quarta-feira, abril 30, 2014

Eu Li: Primeiro Amor - James Patterson & Emily Raymond


Título:
Primeiro Amor
Autor:
James Patterson & Emily Raymond
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.

James Patterson, James Patterson, o que fazer com esses tuas histórias? Desde que li “O Diário de Suzana para Nicolas” tento me preparar psicologicamente para seus livros únicos. “Primeiro Amor” se insinua de uma forma para depois pegar um rumo completamente inesperado. Eu realmente não esperava o que me aguardava. E doeu, sabe?!

Alix é uma garota de 16 anos comum dentro dos padrões considerados normais: estudiosa, dedicada, boa filha, etc, mas um dia ela acorda com um propósito de fugir de sua cidade pequena e de sua normalidade. Na mochila apenas o estritamente necessário e ao lado seu companheiro de viagem: Robinson. 

Dois amigos de personalidades diferentes (patife e MC *Menina Careta*) em uma road trip sentindo o gosto de liberdade. É o ideal. A não ser que exista sentimentos mais profundos entre eles.

Alix, mesmo viajando lado a lado com o garoto que faz seu coração palpitar, aprontando tudo que não deveria (como roubar carros em várias cidades diferentes, por mais que eles devolvam com um bilhete de agradecimento), não consegue pôr para fora seus sentimentos.

“... Eu não conseguia nem mesmo dizer a um garoto que o amava. Que, toda vez que olhava em seus olhos, sentia como se estivesse me afogando e sendo salva ao mesmo tempo. Que, se tivesse que escolher entre morrer amanhã e passar o resto do dia da vida sem ele, eu seriamente consideraria optar pela morte iminente.”

Durante sua aventura, seus sentimentos são revelados e correspondidos de maneira doce e sincera. Robinson também ama Alix mas, às vezes, a vida não para para apreciar um belo primeiro amor. 
“O amor é mágico e infinito. Mas a sorte, no final das contas, não era.”

O autor foi feliz em fazer o leitor desvendar aos poucos as reais motivações da fuga. Alix está longe de ter uma vida perfeita e descobrimos que não há muito que a prenda em sua cidade. E Robinson, o adorável Robinson, não é apenas charme e otimismo. Há muito de palpável nos dois personagens mesmo que suas rotinas durante a road trip não sejam críveis o suficiente. 

James Patterson tem uma narrativa muito gostosa e fácil. Os diálogos são engraçados e joviais e há várias referências de musicas e livros, fator esse que aprecio. No entanto, suas experiências são muito atenuadas e, do nada, uma bomba. Honestamente, eu não esperava o teor trágico que o livro trouxe, mas enfim... os autores andam meio sem coração ultimamente. 

“Primeiro Amor” é um livro com citações bonitas que inspira boas perspectivas. Posso catalogá-lo como água com açúcar tranquilamente (e com lágrimas nos olhos). Apreciei a leitura, mas não há nada de muito arrebatador, mesmo o autor alegando que a história é inspirada em um romance de sua vida. 

Quem gosta de Nicholas Sparks, pode vir que aqui é seu lugar. Estarei no aguardo do próximo livro de James Patterson com um lenço em mãos, certeza.







Fernanda Karen Estudante de Serviço Social com o coração no curso de Letras. Apaixonada por séries, dramas e café. Bookaholic irrecuperável e promiscua literária. Eventualmente estou trocando um de meus rins por livros muito desejados. (Qualquer coisa é só entrar em contato). Amo YA, ficção-fantasia, clássicos (brasileiros, portugueses, ingleses, latinos etc), chick-lits... Perceberam que meu preconceito literário é zero? Ops, quase zero; não leio auto-ajuda.

terça-feira, abril 29, 2014

Eu Li: Eu Compro, Sim! Mas A Culpa É Dos Hormônios... - Pedro Camargo


Título:
Eu Compro, Sim! mas A Culpa É Dos Hormônios...
Autor:
Pedro Camargo
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Entenda o comportamento do consumidor e aprenda a comprar com consciência!
Este é um livro divertido. O tipo de livro que a gente tem que ler nem que seja só para continuar uma conversa quando aqueles terríveis momentos de silêncio se instalam entre os interlocutores. Mas, além disso, este é um livro sério, muito sério. (Antes de começar a lê-lo, vale a pena dar uma olhada nas referências bibliográficas).
A proposta sensacional de Pedro de Camargo é demonstrar, da forma mais simples possível, como nosso comportamento de consumo está diretamente ligado aos neurotransmissores responsáveis pelas sensações de prazer. Parece complicado, mas sob a escrita de Camargo você vai compreender perfeitamente alguns de seus comportamentos pouco ortodoxos, embora comuns, como assaltar a geladeira em noites mais frias, ou comprar aquele monte de bobagens que nunca, em toda a sua vida, pretendeu usar...
E, como cortesia, com as dicas no fim de cada capítulo é possível aprender a combater seus próprios neurotransmissores endoidecidos — e consumistas — e conquistar o orçamento saudável com que sempre sonhou.
Oi gente, estou sumida, mas ainda sou uma colaboradora desse amado blog!

Hoje estou passando por aqui para falar um pouquinho de um livro que recebi da nossa chefinha Bianne faz um tempinho (Leia-se: desde o final do ano passado..rsrsrs). Eu admito, estava procrastinando para começar a ler este, mas no fim tudo não passou de um certo receio, porque não estou acostumada a ler livros contemporâneos que sejam escritos por homens, fora os da minha profissão (eu sei, preconceito meu, mas já estou trabalhando nele!), mas nos acertamos, o livro e eu, depois que li a apresentação do livro, e descobri que se tratava também de um dos ramos de estudo do comportamento humano que eu mais gosto, o Processamento de Neurolinguagem.

É, já deu para perceber que o livro não é um romance, apesar de que eu mesma esperava que ele fosse parecido com o livro "Delírios de consumo de Becky Bloom", que eu ainda não li, mas esta na minha lista, e eu amei o filme (até agora, enquanto estou na 'ignorância' sobre o livro!).

Gente o livro não é chato, eu garanto! Ele analisa nosso comportamento como compradores compulsivos, dentro da perspectiva da neurobiologia (porque ele aborda muito o ramo da psicologia evolucionista, e ela culpa, se assim pode ser descrito, boa parte da nossa biologia pelos nossos comportamentos), ele tenta justificar alguns comportamentos nossos analisando como nossas funções biológicas, como hormônios e neurotransmissores reagem expostos a determinada situação. O autor Pedro Camargo traz para a berlinda situações cotidianas nossas e dele também...rsrs.

Eu me acabei de rir em alguns momentos, porque ele sofre de um hábito nosso também... ele não pode passar perto de livrarias (kkkkkkkkkkkkkk) ele, assim como nós, também tem uma quedinha pelo cheiro de livros (assim como a maioria de nós... bookaholics). Ele também fala um pouco sobre nossa necessidade por sapatos, batons, blush e o quanto a cor vermelha é poderosa na hora do flerte.

No livro todo você vai encontrar o autor falando de um carinha muito presente em nossas vidas, ele ainda apelida o neurotransmissor de Gimme More (sim, eu também associei logo a música da B.S.), chamado de Dopamina. No livro tudo é analisado tentando mostrar como as lojas vem trabalhando para que os produtos pareçam mais tentadores nas vitrines.

Eu li rapidamente o livro, e fiz alguns dos testes que o autor recomendou:

1° - fui a minha loja favorita (lógico que é uma livraria) passei cerca de 1 hora lá. Olhei, segurei, cheirei e folhei livros e mais livros, depois passei para a sessão de filmes e tinha até uma penca deles em promoção (que é uma das palavrinhas mágicas citadas no livro) olhei todos, mas no fim acabei fazendo o que o autor sugeriu. Me perguntei: Eu preciso deles AGORA? Não tenho um monte de livros em casa esperando que eu os devore e resenhe? Eu não poderia economizar esse dinheirinho para a feira do livro? E depois disso fui para casa só...foi um pouco triste nos 30 minutos seguintes, mas valeu a pena nas horas posteriores.

2° - o autor tem como público alvo principal nós, mulheres, apesar de ele também associar certos comportamentos aos homens também, e falando neles, o autor trata sobre como certos comportamentos nossos podem fisgar eles biologicamente...assim digamos. Eu ri muito nessa parte, quando ele fala sobre o poder de um batom vermelho e um blush. Na verdade o poder da cor vermelha em muitos sentidos. E como o salto alto também pode ser o canto da sereia no despertar dos sentidos primitivos e biológicos. Eu ainda não fiz esse teste...kkk...mas quem sabe? kkkkk

No inicio da minha leitura, pensei que o livro fosse meio sexista, e olha que eu sou uma devoradora de livros que discutem sobre gêneros, que é a minha linha de pesquisa favorita, mas foi só um equivoco de interpretação minha para com o autor. Bom gente, o livro vai ser devorado para os amigos que são Biólogos. Mas, ele é muito acessível para nós, leigos. Gostei muito do livro, e pretendo compartilhar (emprestando, lógico!) com minhas Best's.

Fica a dica, e espero que tenha deixado todos com muita curiosidade sobre ele!

Beijos, até a próxima.




Anne Magno Sou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

domingo, abril 27, 2014

Chegou Pra Mim #88

Ai gente, antes de tudo, vocês não acham que os fins de semana estão passando muito rápido? Nossa, mal começa e já termina. Aff²³²¹²³¹³³¹²

A parte boa é que nos fins de semana eu posso mostrar os livros lindos que chegaram para mim HAHAHA. 

Bom, O Sacrifício, terceiro volume de Hex Hall, chegou junto com os brindes do Encontro de Fãs da Cassandra Clare que eu organizei aqui em Belém -  e cujo post ainda está a caminho -, resenha no blog :) 
porém eu esqueci de mostrá-lo no post anterior. Bom, já foi lido e já tem


Sedução ao Amanhecer, da Lisa Kleypas, eu ganhei no evento de Romances de Época da Editora Arqueiro que teve aqui em Belém. 


Essa semana eu também recebi uma caixa da Novo Conceito com os lançamentos de Maio, e entre eles veio Boneca de Ossos, primeiro livro da Holly Black a ser publicado pelo selo #IRADO do Grupo Editorial Novo Conceito. É um livro infanto-juvenil cheio de ilustrações, e minha leitura atual. 


Também chegou Um Herói para Ela, da Lu Piras (que eu já li), pelo selo Novas Páginas, e Os Solteiros, da Meredith Goldstein. 


E por último, mais dois livros: A Rosa da Meia-Noite, da Lucinda Riley, que parece ser muito fofo e tem uma capa linda, e O Retrato, de Charlie Lovett, que segundo a sinopse, é "um livro para aqueles que amam os livros". Deve ser uma das minhas próximas leituras ;)


Bom, foram esses os livros que chegaram para mim. E vocês, andaram recebendo muito livros? Gastando muito nessa vida bookaholic? rsrsrsrs

[Resultado] Promoção Lançamentos Novo Conceito de Janeiro - ATUALIZADO

Oieee!

Finalmente chegou a hora de conhecer os ganhadores da promoção que vai dar três lançamentos (A Cidade dos Segredos, Príncipe da Noite, O Mundo pelos Olhos de Bob) de janeiro da Novo Conceito para dois sortudos! O primeiro sorteado vai escolher dois títulos e o segundo sorteado ficará com o livro restante. 

Vamos conhecer os(as) sortudos(as)? 

A primeira sorteada foi a...


Parabéns Geórgia Germer! Escolha dois entre os três títulos acima e mande os nomes e seus dados para o e-mail garotapaidegua@hotmail.com até sexta-feira ;)

E a segunda sorteada foi a...

Parabéns Érika Rufo! Envie seus dados para o e-mail garotapaidegua@hotmail.com até sexta-feira também. 

Quem não ganhou, não se preocupe. Em breve teremos mais resultados de promoções e outras promoções do tipo. Fiquem atentos!

ATUALIZAÇÃO I

A segunda sorteada original, Érika Rufo, não enviou seus dados, por isso foi necessário realizar um segundo sorteio. Dessa vez a sorteada foi a Elizabeth Salles!

ATUALIZAÇÃO II

Nem a Érika Rufo nem a Elizabeth Salles enviaram seus dados no prazo correto, por isso estou fazendo o terceiro e último sorteio.  E dessa vez a sorteada foi a Cristiane Dornelas Silva:




Parabéns Cristiane! Não deixe de enviar seus dados para garotapaidegua@hotmail.com até terça-feira!

Beijos!

[Resultado] Promoção Um Perfeito Cavalheiro - ATUALIZADO

Finaalmenteeeee! Este é o coro que eu ouço ao escrever esse post. São os anjos cantando aleluia por finalmente estre resultado estar indo ao ar kkkkkk. 

Pois é gente, eu sou uma pessoa formada agora, mas também uma pessoa que trabalha e por isso mesmo tem usas responsabilidades, sendo estas o principal motivo do atraso do resultado. Peço desculpas, mas sabem como é né? Life happens! 

Sem mais delongas, vamos conhecer a sortuda (sim, foi uma garota) que vai levar esse livro super legal dessa série mais legal ainda, para casa. 

A ganhadora foi a....

Parabéns Andreza Sola! Envie seus dados para garotapaidegua@hotmail.com até sábado, para que eu possa repassá-los para a editora. 

ATUALIZAÇÃO I

Como a primeira ganhadora não respondeu, fiz um novo sorteio (e me surpreendi com o novo visual do Rafflecopter!!), e a nova sortuda é a...

Parabéns Silvia Nunes!!! Envie um e-mail com seus dados para o endereço garotapaidegua@hotmail.com até quinta feira! E aproveite a leitura. Romances de época são owwwnt! 

ATUALIZAÇÃO II

A segunda sorteada também não enviou seus dados no período estipulado, e por isso foi necessário um terceiro sorteio. Dessa vez a sorteada foi a Jardani Dias !


Parabéns Jardani! Envie um e-mail com seus dados para garotapaidegua@hotmail.com até terça, dia 29/04. 

Beijos!

sexta-feira, abril 25, 2014

[Evento] 3ª Turnê Intrínseca em Belém!

Oi!!

Já estão sabendo que nesse sábado, dia 26/04, tem Turnê Intrínseca aqui em Belém? Pois é, a partir das 14:00 o pessoal da editora estará presente para conversar sobre os futuros lançamentos, autores, capas e tudo mais que nos deixa super ansiosos para participar de um evento assim. Nas palavras da própria editora:






É o terceiro ano que a Intrínseca vai colocar a mochila nas costas e partir em uma grande turnê pelo Brasil.. A missão do encontro continua a mesma: aproximar a editora dos fã-clubes e dos leitores, apresentando muito conteúdo inédito, como capas, vídeos, curiosidades, bastidores e notícias. Venham novamente trocar ideias e novidades sobre suas séries e autores prediletos, tirar dúvidas e conhecer outros fãs, além de, é claro, concorrer a muitos livros e brindes exclusivos da Intrínseca.

Não esqueçam de confirmar presença no evento pelo Facebook. Encontro vocês lá ;)

quarta-feira, abril 23, 2014

Eu Li: Flash Forward - Robert J. Sawyer


Título:
Flash Forward
Autor:
Robert J. Sawyer
Editora:
Galera Record
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

O que faria se tivesse um vislumbre trágico do seu próprio futuro? Tentaria mudar as coisas, ou aceitaria que o futuro é imutável? Em Flashforward - Presságio do Futuro, é iniciada uma experiência científica que conduz ao inesperado: o mundo inteiro cai inconsciente por instantes e todas as mentes são projetadas vinte anos no futuro. Quando a humanidade desperta, o caos impera por todo o lado: carros arruinados, cirurgias falhadas, quedas, destruição em massa e um elevado número de mortes. Mas esse é apenas o início. Passado o choque das visões, cada indivíduo tenta desesperadamente evitar ou assegurar o seu próprio futuro vislumbrado… Expondo as perspectivas de várias personagens, Robert J. Sawyer realiza uma brilhante reflexão filosófica sobre viagens no tempo, consciência, destino e o que significa ser humano. “Uma reflexão criativa e profunda sobre o destino, o livre arbítrio e a natureza do universo.” Publishers Weekly "Sawyer apresenta uma abordagem original ao tema das viagens no tempo numa história que explora as consequências de se conhecer o futuro. Uma boa escolha para apreciadores de ficção cientifica." Library Journal

Flash Forward...esse nome nunca me foi estranho, e só com o livro em mãos eu descobri o porquê: o livro inspirou uma série de mesmo nome que estreou nos EUA em 2009 e no Brasil em 2010, uma série que tinha como objetivo atrair os fãs de Lost para o grande mistério do enredo, e por isso todo o bafafá da época gravou o nome em minha mente. Bem, posso adiantar para vocês que a série já está em minha watchlist, tudo por que o livro me deixou muito curiosa para saber o que eles conseguiram retratar na televisão. 

Em 21 de abril de 2009, a equipe de cientistas do CERN - Organização Européia para Pesquisa Nuclear, o maior laboratório de física de partículas do mundo - está se preparando para acionar o LHC, o Grande Colisor de Hádrons, em busca do Bóson de Higgs, ou partícula de Deus, para alguns. Porém, no exato  momento em que a máquina é acionada, todas as pessoas do mundo ficam inconscientes por 2 minutos e 17 segundos, mas na verdade as pessoas não estão inconscientes, mas sim vivenciando alguma cena de um futuro 21 anos depois, ou não vivenciando nada. 

Durante esse tempo catástrofes aconteceram no mundo todo: carros ficaram desgovernados, aviões caíram, veleiros afundaram, pessoas caíram de escadas e quebraram o pescoço, etc. Todos estão se perguntando o que aconteceu, lamentando as mortes. Enquanto isso a equipe do CERN coloca no ar um website voltado para reunir todas as informações sobre os flahsforwards das pessoas, a fim de tentar montar um imagem do futuro. Mas o mais importante: quais as consequências de saber de seu futuro? É possível mudá-lo? Ou a simples ciência de como ele será começa a te levar a tomar atitudes que resultarão no que foi previsto, mesmo que a intenção tenha sido o oposto? 

Durante todo o livro vamos acompanhando a tentativa de descobrir o que causou o 'apagão' e também as consequências das pessoas terem visto o futuro. Lloyd Simcoe, o chefe do projeto, se viu em uma cama com uma pessoa que não era sua atual noiva, e isso vai influenciar sua decisão de levar o noivado adiante, pois se ele vai se separar mesmo (e ele odeia separações, por causa do divórcio doloroso de seus pais), então por que casar? Mas decidir não casar, nem tentar, não vai levar ao futuro de qualquer jeito? Já Theo Procopides, o sub-chefe do projeto, não viu nada, o que levou todos a deduzirem que ele estará morto. E agora? Dá para tentar mudar o futuro?

É um livro realmente ótimo, apesar de não ter um ritmo muito agitado ou corrido. É mais como se o autor estivesse discorrendo sobre fatos reais, como uma estratégia para o leitor se aproximar mais do tema e da narrativa, já que fica mais fácil se imaginar na situação de um personagem, como Theo, por exemplo, que está desesperado para evitar sua futura morte. Porém essa falta de ação pode ser desanimadora em alguns momentos, principalmente quando parece que estamos caminhando para um clímax mas nada acontece. 

Os personagens são bem caracterizados em seu medo pelo futuro, sua busca por respostas. Todos os conceitos de física e a forma como são apresentados não deixam dúvidas nem no leitor mais leigo de todos, e isso é muito legal. São conceitos complexos explicados com a ajuda de exemplos acessíveis. O final não é daqueles OMG que final magnífico, e eu fiquei com uma vontade imensa de saber mais sobre que fatos previstos aconteceram, se houve muitas mudanças, e etc. Isso vai ficar por conta da minha imaginação. 

P.S. Em breve vou fazer review da série. E você que viu a série mas não sabia da existência do livro, corre para comprar e comparar ;) 

terça-feira, abril 22, 2014

Eu Li: As Mentiras de Locke Lamora - Nobres Vigasristas #1 - Scott Lynch


Título:
As Mentiras de Locke Lamora
Autor:
Scott Lynch
Editora:
Saída de Emergência Brasil
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

O Espinho é uma figura lendária: um espadachim imbatível, um especialista em roubos vultosos, um fantasma que atravessa paredes. Metade da excêntrica cidade de Camorr acredita que ele seja um defensor dos pobres, enquanto o restante o considera apenas uma invencionice ridícula.
Franzino, azarado no amor e sem nenhuma habilidade com a espada, Locke Lamora é o homem por trás do fabuloso Espinho, cujas façanhas alcançaram uma fama indesejada. Ele de fato rouba dos ricos (de quem mais valeria a pena roubar?), mas os pobres não veem nem a cor do dinheiro conquistado com os golpes, que vai todo para os bolsos de Locke e de seus comparsas: os Nobres Vigaristas.
O único lar do astuto grupo é o submundo da antiquíssima Camorr, que começa a ser assolado por um misterioso assassino com poder de superar até mesmo o Espinho. Matando líderes de gangues, ele instaura uma guerra clandestina e ameaça mergulhar a cidade em um banho de sangue. Preso em uma armadilha sinistra, Locke e seus amigos terão sua lealdade e inteligência testadas ao máximo e precisarão lutar para sobreviver.

Locke Lamora...este é um nome de um grande vigarista, ou Nobre Vigarista, para ser mais exata. Ele é um ladrão desde que se entende por gente,  e segundo um de seus aliciadores, gosta demais de roubar, o que ele diz como se fosse algo ruim. Imaginem, se um ladrão diz que outro gosta demais de roubar, deve ser algo realmente ruim. Mas é porque Locke era uma criança muito engenhosa, que bolava planos bem complexos para uma criança de sua idade, e cujos alvos nem sempre eram os mais fáceis, o que colocava em perigo a segurança do golpe.

Locke cresceu, mas não perdeu sua sagacidade. Existe um mito em torno dele, que lhe rendeu o nome de Espinho de Camorr, um ladrão que rouba dos ricos para dar aos pobres. A última parte não é verdade, já que o dinheiro fica todo para ele e seus parceiros Nobres Vigaristas: os irmãos Sanza, Jean, e Pulga. Esse carismático grupo de ladrões (de alta classe né? Não são ladrões qualquer rsrs) está envolvido em um super golpe, daqueles cuja grande quantidade de detalhes te faz apostar que não vai dar certo, e você vai se surpreendendo com o desenrolar bem sucedido de tudo. Porém alguém misterioso e realmente cruel pretende usar os Nobres Vigaristas em um golpe que colocará em risco seu anonimato e suas vidas. 

Locke e seus amigos são muito carismáticos, o que torna impossível não torcer por eles, mesmo sendo ladrões. O sentimento é facilitado pelo fato de eles roubarem dos ricos, que por sua vez não conseguiram sua fortuna das formas mais honestas, então você liga o 'dane-se' e torce muito mais ainda por eles haha. Outra coisa que eu admirei muito na caracterização deles é o fato deles utilizarem mais o cérebro do que a força bruta. Eles são ladrões cultos, que sabem idiomas a fim de dar veracidade aos golpes, sabem se fingir de lacaios altamente treinados, ou seja, são preparados para assumir qualquer posição se isso significar levar o golpe até o fim. Eu AMEI isso neles.

Toda a narrativa se passa em um mundo novo, mundo que o autor não se dá ao trabalho de explicar nem de onde veio nem pra onde vai. Eu achei isso meio chato, visto que eu me perdia entre os diversos nomes de cidades - ou vilarejos? ou estados? ou províncias? Não dá para saber - porém depois eu passei a ignorar esse nomes e me atentar ao desenvolvimento dos golpes, a tentar buscar pistas para descobrir quem estava tentando acabar com o Locke e seus amigos. 

Uma coisa interessante é que a narrativa no tempo atual da história é interrompida por interlúdios da época de quando Locke era criança, e dessa forma podemos acompanhar o início de sua amizade com os outros Nobre Vigaristas, sua instrução na arte dos golpes baseados na 'finesse', seu erros e seus acertos, enfim, podemos conhecer mais os personagens dos livros e nos apegamos mais a eles. Ah, cada interlúdio apresenta um detalhe 'antigo' que será importante no momento 'atual'. 

Eu gosto muito de personagens inteligentes, e Locke se encaixa nessa definição. Não gosto de ficar perdida em relação ao ambiente, e eu fiquei. O clima evolui de algo morno para a pura expectativa em relação ao modo como Locke se livrará da armadilha em que caiu sem arriscar mais ainda a vida de seus amigos, porém esse clima demorou um pouco a evoluir. Na verdade é compreensível, visto que é o primeiro livro de uma série e havia muitas informações, muitas características, muitos fatos sobre a infância de Locke para serem introduzidos, mas isso não deixou uma parte da história menos morna. 

Mesmo assim, toda a expectativa e tensão do final foram suficientes para me fazer superar quase todos pontos ruins. Eu não esperava nada muito violento da história, mas me surpreendi em relação a isso também. Mesmo assim eu gostei do livro, e principalmente dos personagens, e por isso mesmo é certeza que eu vou acompanhar as outras aventuras dos Nobres Vigaristas.

segunda-feira, abril 21, 2014

Eu Li: Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler



Título:
Vinte Garotos no Verão
Autora:
Sarah Ockler
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que vocêaprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.


Frankie e Matt são irmãos e vizinhos de Anna. Os três são amigos inseparáveis desde pequenos. Frankie, a amiga que sabe de todos os segredos e Matt, o amigo que faz o coração de Anna palpitar. Em sua festa de 15 anos, Anna repetiu o mesmo pedido que fazia há anos, desde que descobriu que era apaixonada. E naquele ano, ele se transformou em realidade. Matt finalmente a tinha beijado.

“... Esqueci o tempo. Esqueci meus pés. Esqueci as pessoas lá fora esperando que voltássemos à festa. Esqueci o que acontece quando amigos cruzam esse limite. E, se meus pulmões não se enchessem, se meu coração não batesse e meu sangue não pulsasse contra a minha vontade, eu teria me esquecido deles também.”

Foi um momento inesquecível. E o mês que se seguiu foi igualmente especial entre encontros furtivos, olhares cúmplices e sentimentos a flor da pele. Mas Frankie ainda não estava preparada para saber. Matt prometeu que contaria a ela quando eles viajassem com seus pais para a Califórnia naquele verão.

No entanto, ele nunca contaria.

Matt teve um ataque cardíaco pouco antes da viagem e morreu antes de poder se abrir com a irmã. Anna prometeu a ele que guardaria segredo. E cumprirá.

É um tempo difícil após a morte de Matt. Tudo fica diferente. Frankie muda, seus pais mudam; A morte de um filho é uma ferida que não se fecha e eles não conseguem superar, mesmo depois de 1 ano. A autora, Sarah Ockler, trabalhou bem a reação dos personagens. A família de Matt ficou completamente desnorteada, o que é normal e aceitável. Cada um reage à perda ao seu modo. Frankie muda completamente seu comportamento casto e se transforma na bitch da escola. Sua mãe ficou obcecada com decoração e seu pai nunca toca no assunto. Matt é um tabu.

Para Anna, resta levar seu segredo a sete chaves e sofrer categorizada como a melhor amiga. Ninguém sabe a dor que ela leva ao pensar no que poderia ter sido, mas nunca será.

O texto é bem focado nas lembranças de Anna naquele mês especial - do primeiro beijo à morte de Matt - mas também nos dá vislumbres da personalidade do Matt de antes. O leitor tem a oportunidade de conhecer e se afeiçoar a ele e, assim, compreender melhor os sentimentos de Anna. É uma narrativa triste e cheia de razão. É injusto uma garota de 15 anos perder seu primeiro amor, de 17 anos, por uma fatalidade do destino. Na mente, ficam as lembranças de seus últimos momentos e a tentativa de encontrar possíveis saídas para um desfecho que ela não conseguiria evitar.

Após 1 ano, é preciso seguir em frente. A família de Matt fará sua primeira viagem de férias sem ele e Anna é convidada para fazer companhia a Frankie. Em meio aos preparativos, Frankie propõe que a  “melhor férias de todos os tempos” precisa de um desafio.

Vinte garotos.

Elas devem tentar conhecer um garoto por dia e, quem sabe, até se divertir e conseguir seus primeiros amores de verão.Anna não nega, porque não tem como explicar a dificuldade que esse desafio trará. Afinal, o ultimo garoto que ela se envolveu, e que coincidentemente foi seu primeiro amor, está morto e ela não quer macular suas lembranças.

“As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal que está tudo bem...”

Juntas, Anna e Frankie vão passar por várias situações típicas de adolescentes comuns, como flertar com garotos ao tentar alcançar a meta dos vinte. Mas também vão ter que lidar com coisas que fogem ao controle: reações intempestivas de uma saudade que nunca vai embora. É difícil para a família viver uma nova realidade sem Matt, porém a Califórnia mudará suas vidas. As lembranças serão vívidas e dolorosas, mas necessárias para tentar ver uma perspectiva nova.

Esse livro é incrível. Ele é emocionante, e doce, e verdadeiro. Impossível não sentir empatia pelos personagens e a cada lembrança que Anna tinha de seu Matt, eu chorava mais porque ele era uma pessoa maravilhosa e que, de fato, merecia lágrimas por ter partido.

A narrativa em primeira pessoa de Anna dá um tom muito pessoal à dor, mas o leitor consegue ser atingido pelo sofrimento tangível da família de Matt.

Recheado de citações dolorosas, porém bonitas, “Vinte Garotos no Verão” é um livro com perspectivas reais e plausíveis. Não retrata apenas a dor da perda. Mostra que seguir em frente é inevitável, mesmo que as lembranças nunca nos deixem.

“... Agora sei que jamais serei capaz de apagá-lo. Ele sempre fará parte de mim – só que de uma forma diferente. (...) Na verdade, as coisas não vão embora. Elas se transformam em algo diferente. Algo mais bonito.” 





Fernanda Karen Estudante de Serviço Social com o coração no curso de Letras. Apaixonada por séries, dramas e café. Bookaholic irrecuperável e promiscua literária. Eventualmente estou trocando um de meus rins por livros muito desejados. (Qualquer coisa é só entrar em contato). Amo YA, ficção-fantasia, clássicos (brasileiros, portugueses, ingleses, latinos etc), chick-lits... Perceberam que meu preconceito literário é zero? Ops, quase zero; não leio auto-ajuda.

domingo, abril 20, 2014

[Promoção] Comentários Premiados - Abril e Maio

Feliz Páscoa!!

Hoje é dia de se empanturrar de chocolate, e também de promoção nova! Yuppi! Como o mês já está quase acabando, a promoção Comentários Premiados dessa vez abrangerá os meses de Abril e Maio. Dessa vez teremos três ganhadores. O primeiro poderá escolher dois livros da lista abaixo. O segundo escolherá um entre os dois restantes, e o terceiro ficará com o último livro restante. Confiram a lista de prêmios:

O Começo de Tudo - Robyn Schneider
As Gêmeas - Saskia Sarginson
Bob - Um gato fora do normal - James Bowen
A Escolha do Coração - Amanda Brooke

Bom, para quem ainda não sabe direito como funciona, segue uma breve explicação: 
- Todos os posts válidos para a promoção são listados e numerados;
- No dia do sorteio eu sorteio uma resenha no random.org, verifico o número de comentários que a resenha possui e sorteio entre esses comentários, também no random.org, o vencedor.

Por exemplo: em determinado mês houve 20 postagens. Eu sorteio um número entre 1 e 20. Vou até a resenha correspondente ao número sorteado e vejo quantos comentários ela possui; vamos considerar que a resenha tenha 12 comentários. Eu sorteio um número entre 1 e 12 e vejo qual o comentário ganhador. 

Postagens válidas (atualizado em 14/06/14)


  1. [Resultado] Promoção Um Perfeito Cavalheiro - ATUALIZADO
  2. Chegou Pra Mim #86
  3. Eu Li: A Filha do Louco - Megan Shepherd
  4. Eu Li: Jogos do Prazer - Os Rothwells #3 - Madelaine Hunter
  5. Eventos Literários em Belém: Cassandra Clare, Romances de Época e Convergente
  6. Eu Li: O Códex dos Caçadores de Sombras - Cassandra Clare
  7. Lançamentos de Abril da ÚNICA Editora
  8. Eu Li: O Sacrifício - Hex Hall #3 - Rachel Hawkins
  9. Eu Li: Manuscritos do Mar Morto - Adam Blake
  10. Chegou Pra Mim #87
  11. Eu Li: Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler
  12. Eu Li: As Mentiras de Locke Lamora - Nobres Vigaristas #1 - Scott Lynch
  13. Eu Li: Flash Forward - Robert J. Sawyer
  14. [Evento] 3ª Turnê Intrínseca em Belém!
  15. Chegou Pra Mim #88
  16. Eu Li: Eu Compro, Sim! Mas A Culpa É Dos Hormônios... - Pedro Camargo
  17. Eu Li: Primeiro Amor - James Patterson & Emily Raymond
  18. Na Tela #5 - Vampire Academy
  19. Eu Li: O Lado Mais Sombrio - A. G. Howard
  20. Eu Li: Mar de Rosas - Quarteto de Noivas #2 - Nora Roberts
  21. Lançamentos de Maio da Galera Record
  22. Lançamentos de Maio da Arqueiro
  23. Chegou Pra Mim #89
  24. Eu li: The 100 - Os Escolhidos - Kass Morgan
  25. Eu Li: Desejos - Amanda Bullen
  26. Eu Li: Aconteceu Em Paris - Molly Hopkins
Para participar basta seguir as regras abaixo:

- Seguir o blog via GFC;
- Curtir a página do blog no Facebook;
- Deixar um comentário nesta postagem com seu nome de seguidor via GFC e Facebook, além de seu e-mail;
- Ser morador do Brasil ou ter endereço de entrega no país.

Fiquem ligados para a atualização da lista, mas basicamente todos os posts de abril e maio estão valendo para a promoção! BOA SORTE PESSOAL!

Chegou Pra Mim #87

Oi gente! Todo mundo colocando em dia as leituras atrasadas? 
Eu estou tentando ao máximo ler tudo o que é possível, mas a minha cama fica me chamando o tempo todo, aquela chata! Aff ¬¬'

Bom, de qualquer forma a fila de leitura não para de aumentar. Nas últimas semanas chegou mais uma caixa de livros do Grupo Editorial Novo Conceito. Mais 11 livros para disputarem minha atenção. Ainda bem que eu posso contar com a ajuda da Fernanda e da Anne, né? hahaha

Para começar, dois romances com muito potencial: Belleville, do Felipe Colbert, e Esta é uma História de Amor, de Jessica Thompson. Os dois parecem ser daqueles romances de dar muitos suspiros apaixonados, o que eu espero muito fazer. 

O Lado Mais Sombrio, de A. G. Howard, conta a história da tataraneta de Alice, sim, a mesma das histórias de Lewis Carroll, e promete ser uma aventura e tanto! É minha próxima leitura. Colin Fischer, de Ashley Edward Miller e Zack Stentz, é um livro super fininho e eu ainda não sei muito bem o que  esperar dele rsrs. 

A Escolha do Coração, de Amanda Brooke é um drama familiar choroso, e O Menino dos Fantoches de Varsóvia, de Eva Weaver, parece ser no estilo de O menino do pijama listrado, também um drama. As capas estão lindas! 

Também chegou Bob - um gato fora do normal, de James Bowen, e Mulheres que Escolhem Demais, de Lori Gottlieb. 

Primeiro Amor, de James Patterson , vai ser resenhado pela Fernanda, uma devoradora nata de romances! E Desde o Primeiro Instante, Mhairi McFarlane, vai ser resenhado pela Anne, outra devoradora de romances! 

E por último, mas não menos importante, Vinte Garotos no Verão, um livro que eu já li em inglês, e amei, diga-se de passagem, e que por motivos de chantagem emocional vinda da Fernanda, é ela quem terá o prazer de lê-lo desta vez. 

Bom gente, foram esses os livros que chegaram. Em breve as resenhas \o 

quarta-feira, abril 16, 2014

Eu Li: Manuscritos do Mar Morto - Adam Blake


Título:
Manuscritos do Mar Morto
Autor:
Adam Blake
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

A ambiciosa policial Heather Kennedy está em seu trabalho mais difícil: seus métodos de investigação são criticados e ela está sendo assediada por colegas rancorosos porque não lhes dá atenção. Até que lhe é atribuída o que parece ser uma investigação de rotina, sobre a morte acidental de um professor da Faculdade Prince Regent, mas a autópsia deste caso volta com algumas descobertas incomuns: o inquérito vincula a morte deste professor às de outros historiadores que trabalharam juntos em um obscuro projeto sobre um manuscrito do início da Era Cristã. Em seu escritório, Kennedy segue com sua investigação e logo se preocupa com o rumo para onde está sendo levada. Mas ela não está sozinha em sua apreensão. O ex-mercenário Leo Tillman — seu futuro parceiro — também tem angustiantes informações sobre estes crimes. E sobre a misteriosa organização mundial a que os crimes se relacionam… Escondido entre os pergaminhos do Mar Morto, um códice mortal pretende desvendar os segredos que envolvem a morte de Jesus Cristo. Entre um terrível acidente de avião no deserto americano, um brutal assassinato na Universidade de Londres e uma cidade-fantasma no México, Manuscritos do Mar Morto é o mais emocionante thriller desde O código Da Vinci.

Nada como um bom livro policial para dar uma variada nas leituras, e o livro acima foi uma ótima escolha. Quem me conhece e acompanha o blog já deve ter me ouvido falar dezenas de vezes que eu adoro romances que mexem com nossas crenças atuais, sejam elas religiosas (adoro!) ou não. Isso por que, mesmo que nada do esteja escrito seja real, é interessante imaginar como as pessoas reagiriam, quais seriam seus preconceitos, suas decisões, principalmente no que tange à religião.

Em MdMM temos dois personagens principais, Heather Kennedy e Leo Tillman, cujas histórias aparentemente não tem nada a ver uma com a outra. Heather está sofrendo represálias de seus colegas pelo desfecho de um caso, e como parte do 'bullying' é encarregada de cuidar de um caso sobre a morte acidental de um professor universitário, morte essa que se revela mais tarde nada acidental e intimamente ligada à morte de outros historiadores que trabalharam juntos em um projeto. Já Leo é um ex-mercenário que procura há muitos anos notícias de sua esposa e três filhos que sumiram sem deixar pistas exceto o nome da última pessoa com quem ela falou, um nome que não é desconhecido para Heather. Juntos os dois se envolvem numa trama que tem como base os Manuscritos do Mar Morto e o que está escrito em suas entrelinhas. 

Inicialmente, nada na história dos protagonistas parece ter relação. As mortes dos historiadores e o desaparecimento da mulher e filhos de Tillman são fatos tão distantes no tempo que você não vê relação. Porém a investigação começa a se aprofundar e nomes conhecidos por ambos começam a surgir, aventando possibilidades das histórias se cruzarem, e quando isso finalmente acontece, é surpreendente. 

Todo o lado religioso da trama também é muito interessante. O que está escrito nas entrelinhas dos manuscritos é algo que poderia mudar todo o conceito que as pessoas tem sobre um personagem muito importante na história de Jesus Cristo, e os mais religiosos iriam recusar acreditar nisso até a morte. Temos uma amostra disso na própria reação dos protagonistas com a descoberta. Toda a crença é motivo de um segredo tão grande que levou à necessidade de esconder todas as informações por séculos e a matar todos os que pudessem chegar perto de descobri-la. 

É um thiller policial muito, muito bom! Eu adorei o assunto abordado, a maneira como as histórias foram se cruzando aos poucos, os personagens, o desfecho, a narrativa. É um livro grande, e os questionamentos religiosos são polêmicos, instigantes, e te deixam curioso para pesquisar mais sobre o assunto, navegar em novas águas, matar a curiosidade que o livro deixa. Em minha opinião não deixa nada a desejar em relação a livros famosos, como O Código Da Vinci e Anjos e Demônios, que eu adoro, com a vantagem de ter uma escrita um pouco mais trabalhada. Por sinal, Adam Blake é o pseudônimo de um escritor best-seller mundial. Será? 




terça-feira, abril 15, 2014

Eu Li: O Sacrifício - Hex Hall #3 - Rachel Hawkins


Título:
O Sacrifício
Autora:
Rachel Hawkins
Editora:
Galera Record
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Sophie Mercer, com os poderes reprimidos e mais vulnerável do que nunca, deve impedir a guerra épica que se aproxima. O único feitiço capaz de ajudar Sophie a recuperar os poderes está bem guardado no Hex Hall, onde tudo começou, protegido pelas malignas irmãs Casnoff. Acompanhada de sua melhor amiga-vampira Jenna, seu namorado Archer, seu noivo Cal (sim, a vida amorosa dela é complicada) e uma fantasma pentelha, Sophie travará uma batalha contra um exército de demônios. Mas mesmo com seus melhores amigos e aliados, o destino de todos os Prodígios está nas mãos dela, e somente dela.

Ahh, Hex Hall está acabando =( Um trilogia YA tão legal, cheia de aventuras, sobrenatural, romances fofos, perdas, dramas, e toda aquele mistura bem elaborada que faz uma série ser tão boa. Acabei de ler o livro, estou escrevendo a resenha, e já estou com saudades da Sophie, do Archer, da Jenna, do Cal e de todos os outros =((

Bom, recapitulando um pouco os eventos anteriores, Hex Hall é um instituição estilo reformatório voltada para seres sobrenaturais -  os Prodígios -  adolescentes que se comportaram mal por um motivo ou outro. Hex Hall abriga todo tipo de criaturas, desde bruxas e fadas até lobisomens e metamorfos. Sophie, nossa personagem principal, começou a série como bruxa e depois descobriu que não era bem assim. Se meteu em várias confusões, descobriu que pessoas aparentemente confiáveis eram capazes das piores coisas possíveis, se decepcionou, magoou e me fez rir horrores! 

Agora, tudo está caminhando para decisões difíceis, que talvez envolvem a perda de pessoas importantes, e Sophie, para evitar que isso aconteça, colocará a si mesma em perigo. Sophie também descobrirá um pouco mais sobre sua origens e que faz parte de uma família muito, muito complicada hahaha. A Sophie tem uma sorte...só que não. 

Sem poder dar spoilers, só posso afirmar que é tão legal quanto os anteriores. Nesse livro eu fiquei com o coração na boca mais vezes, mas também há momentos de humor e amor entre ela e seus amigos e família. Eu devorei o livro em apenas duas horas! Gente, a narrativa é fácil como nos outros, e a vontade descobrir o que acontecerá com todos, quem será o(a) protagonista do sacrifício que dá título ao livro, é muito grande e me fez virar as páginas freneticamente. 

Pena que esse virar de páginas frenético resultou em menos tempo saboreando a leitura, e a saudade veio mais rápido. O que me consola é que eu gostei muito do final, com exceção do sacrifício (#SNIF #SNIF #SNIF)( NÃO DEVERIA HAVER SACRIFÍCIO ALGUM SENHORA AUTORA. ISSO É UM YA! PODIA MUITO BEM TERMINAR TUDO BEM! #SOFRIDA). Além do mais, essa trilogia é do tipo que você sempre vai pegar para reler em algum momento, abrindo aleatoriamente em uma página e continuando a partir daí. Eu sei disso, e vou adorar reencontrar todos os personagens quando isso acontecer! Até mais prodígios! Adorei compartilhar das suas aventuras \o/ \o/ 


segunda-feira, abril 14, 2014

Lançamentos de Abril da ÚNICA Editora

A ÚNICA editora é um selo da editora gente voltado para a ficção, e em sua missão de trazer histórias originais e com personagens cativantes e aventureiros, ela lança agora em abril dois livros que prometem atender muito bem a esses requisitos. Confiram as capas e as sinopses!



Devoção - J. C. Reed


Com uma promissora carreira pela frente, Brooke Stewart não é o tipo de pessoa que se envolve em relacionamentos, principalmente em seu trabalho. Entretanto, ao ser enviada para fechar um grande negócio na Itália, ela percebe que uma das peças-chave do seu novo projeto é o cara que ela havia abandonado dias antes em sua cama.
Jett era um homem de negócios. E altamente atraente. Seu sorriso malicioso escondia seus verdadeiros intuitos e seus olhos verdes eram um convite permanente. Sexy e arrogante, um cretino e um estranho, disposto a conseguir tudo o que quer e, desta vez, ele desejava Brooke, não importando o preço a pagar.
Então, quando eles percebem que essa relação pode afetar o mundo dos negócios, surge um contrato...
Perigosamente arriscado. Altamente sexy. Uma relação que não aceitará um “não” como resposta.



O Teste - Joelle Charbonneau


No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam.
Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?

E aí, de qual desses livros vocês querem resenha no blog? ;)

sábado, abril 12, 2014

Eu Li: O Códex dos Caçadores de Sombras - Cassandra Clare e Joshua Lewis


Título:
O Códex dos Caçadores de Sombras
Autores:
Cassandra Clare e Joshua Lewis
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

A Clave tem o prazer de anunciar a mais nova edição no mais antigo e famoso manual dos Nephilim: o Shadowhunters’ Códex. Desde o século XIII, o códex vem sendo o mais jovem amigo de todo Caçador de Sombras. Quando você está cercado por demônios, é muito fácil esquecer os pontos mais obscuros da linguagem demoníaca ou a maneira mais rápida de parar um ataque de demônios Raum. Com o códex, entretanto, você nunca vai precisar se preocupar.
Agora em sua vigésima sétima edição, o códex abrange tudo: a história e as leis do nosso mundo; como identificar, conviver com, ou se preciso, matar a maioria dos coloridos habitantes deste mundo; qual ponta da estela você deve usar para se marcar. Suas tentativas de matar um vampiro ou um feiticeiro não serão mais atrasadas por intermináveis perguntas de seus recrutas: O que é um Pyxis? Por que não usamos armas de fogo? Se não posso ver um símbolo de um feiticeiro, há alguma forma educada de perguntar a ele onde a marca está? Onde conseguimos toda nossa água benta? Apostilas de geografia, história, magia e zoologia, todas juntas em uma só, o códex está aí para ajudar novos Caçadores de Sombras a navegar no belo, às vezes brutal, mundo que habitamos.

Estou quase saindo por aí a procura de demônios menores e tipos de armas para começar a treinar. Sim porque a autora caprichou tanto nas informações, tanto, que o conteúdo d'O Códex parece mais real que muita coisa por aí. 

A autora não poupou detalhes sobre a 'história' dos caçadores de sombras, suas armas, seus costumes, seus inimigos, e etc. Eu fiquei me perguntando de onde veio tanta imaginação, pois é tudo tão bem construído que alguns capítulos parecem um livro de história mesmo, como seções do tipo 'você sabia?' e 'curiosidades'. 

Não é um livro para ser lido direto, pois seu conteúdo não é dinâmico como estamos acostumados, mesmo porque seu formato não tem esse objetivo. É um guia mesmo, com todo tipo de informações sobre todo tipo de coisas relativas ao mundo dos caçadores, e  por esse motivo eu vinha lendo o livro aos poucos, no intervalo de outras leituras, na última semana. 

Tem muita coisa interessante no livro, tanto que como eu falei acima, você termina a leitura jurando que não tem a Visão é é por isso que ainda não deu de cara com nenhum caçador de sombras nem demônios durante sua vida toda *O*. Tipo eu super gostaria de encontrar um caçador de sombras por aí! VENIMIM JACE!!

A autora caprichou no conteúdo, isso é um fato! Mas o melhor, o melhor de tudo são as ilustrações e os comentários que Clary, Jace e Simon fazem nas 'margens' do livro. É um avacalhando com o outro, é o Simon mandando os dois arranjarem um quarto, é o Jace fazendo piada com o vampirismo de Simon. Eu ri muitoo dos comentários! Os três são HILÁRIOS! Fiquei até me perguntando em que momento da história eles fizeram os comentários, pois a situação sempre esteve tensa para eles (vide todos os livros da série). Só me resta ter esperança de que tenha sido depois do que acontece em Cidade do Fogo Celestial ( e que a autora tenha lançado o Códex antes só para nos dar esperanças de que tudo termine bem). 

Super recomendo para os fãs da série. Na verdade os não fãs da série podem passar a gostar mais quando conhecerem um pouco dos fatos que envolvem os livros. Eu adorei o livro, foi muito caprichado, e as ilustrações estão lindas! Tem uma que fazem parte do próprio Códex, e também tem aquelas que foram desenhadas pela Clary durante sua leitura do Códex, então são auto retratos, desenhos do Simon, do Jace, da Isabelle, e etc., do ponto de vista da Clary. Confiram algumas abaixo: 







Para ver as outras dezenas de ilustrações, só comprando o Códex HAHAHA. Sou má! 




NÃO SE ESQUEÇA! A Galera Record em parceria com vários blogueiros estará promovendo Encontros de Fãs da Cassandra Clare em várias cidade do Brasil. O de Belém acontecerá amanhã, às 15hs, na Saraiva Megastore do Shopping Boulevard, e será organizado por mim ;)


sexta-feira, abril 11, 2014

Eventos Literários em Belém: Cassandra Clare, Romances de Época e Convergente!!

Todo mundo de Belém está esperando ansiosamente pelo próximo fim de semana! Todos estão esperando surtar, conversar e conhecer gente legal, e ganhar prêmios! Tudo isso por causa de três (3!!) eventos literários que vão acontecer nos dias 12 e 13 de abril.



O primeiro deles é o lançamento do livro Convergente, que vai ocorrer às 11h, na Saraiva Megastore do Shopping Boulevard, e é promessa de muitos surtos e lágrimas (quem já leu sabe do que estou falando :((( ) Eu mesma estou doida para conversar com alguém sobre o final do livro. Maiores informações no evento criado pela organizadora, Adriana:  https://www.facebook.com/events/1433783160198514/?ref_dashboard_filter=upcoming





Também no dia 12 de abril acontecerá o evento sobre romances de época, onde os fãs vão poder conversar sobre os lançamentos atuais e futuros, sobre o estilo, personagens e etc, além de concorrer a brindes!! Marquem no relógio: 12 de abril, 15h, na Saraiva Mesgastore do Shopping Boulevard. Confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/729998847041067/?ref=1




E por último, teremos o Encontro de Fãs da Cassandra Clare! OMG! Tenho tanta coisa para falar sobre os livros dela! Eu que estou organizando, então esperem muitos surtos da minha parte HAHAHA. Será dia 13 de Abril, 15h, no mesmo local dos eventos anteriores. Não deixem de confirmar presença no evento (https://www.facebook.com/events/588648787897827/). Já chegaram os brindes, que são lindos! 

Pessoal de Belém, não deixe de comparecer!! Todos eles vão ser maravilhosos! Ah, quem não é de Belém, não se preocupe! Estarão rolando esses mesmos eventos em outros estados também!

Espero que seja um final de semana muito divertido para todos nós!


XOXO

quarta-feira, abril 09, 2014

Eu Li: Jogos do Prazer - Os Rothwells #3 - Madelaine Hunter


Título:
Jogos Do Prazer
Autora:
Madelaine Hunter
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Submarino | FNAC | Saraiva




A bela Roselyn Longworth já aceitou seu destino. Depois que o irmão fraudou o banco em que era sócio e fugiu do país levando o dinheiro dos clientes, suas finanças ficaram arruinadas, assim como suas chances de conseguir um bom casamento.
Por isso foi fácil acreditar nas falsas promessas de amor de um visconde. Mas a desilusão não demorou a chegar: quando Rose não se sujeitou a seus caprichos na cama, o nobre se vingou leiloando-a durante uma festa em sua mansão.
Ela acredita que o destino lhe reserva um fim trágico. Ainda mais ao ser arrematada por Kyle Bradwell, um homem que venceu na vida pelo próprio esforço, mas não é bem-vindo nos círculos mais exclusivos. Mas a jovem é surpreendida pela atitude dele, que a trata com um respeito e uma gentileza que ela não recebia desde antes do escândalo envolvendo o irmão. Quando Rose finalmente descobre o que está por trás do comportamento de Kyle, é tarde demais: já foi fisgada pelo homem que conhece seus segredos mais íntimos.

Gente, quanto tempo?

Ando meio enrolada com a vida pessoal, e morrendo de saudades de resenhar. Provavelmente, estou um pouco enferrujada. Mas, vamos lá! Acredito que já deu para perceber que eu sou ''meio" louca por romances de época, e que para nossa alegria eles estão em alta no mercado editorial ultimamente. Uhuuuuuuuu!

Hoje eu vim falar da continuação da série escrita pela Madelaine Hunter, chamada Os Rothwell. Os nomes dos livros já são bem sugestivos a respeito do que você vai encontrar neles: Lições do Desejo; As Regras Da Sedução e o novo livro lançado pela Editora Arqueiro, Jogos Do Prazer, então nem dá para alegar que comprou mas não sabia do que se tratava...rsrsrs.

Tenho que admitir que eu surtei com a chefinha Bianne via InBox para ela conseguir o livro para mim, mais por ser dessa autora (gosto muito da forma que ela escreve), do que por saber do que se tratava...rsrsrs...e pela capa que é linda. Esses romances da Editora Arqueiro, são ótimos, são rápidos de ler, tem desenvoltura, tem continuidade, são de época e curam uma ressaca literária em dois dias.

Para minha surpresa esse livro é um tanto diferente dos demais, em muitos aspectos. A começar pela capa (que só lembrando: É LINDA!) e por que ela me fez pensar que fosse outra série da mesma autora, com um contexto diferente...rsrsrs. O livro conta as desventuras que aconteceram na vida da "bela dama da sociedade" chamada Roselyn Longhwoth. Para quem leu os livros anteriores, sabe que ela já teve sua participação desde o primeiro livro, mas posso alegar que ela mudou muito desde então, e não ficou ofuscada pelas artimanhas do irmão.

Nos livros anteriores, eu não tinha uma boa imagem dela não, e quando eu descobri que o livro ainda era dessa série, eu esperava que fosse contar a historia do Lorde Eastbrook, masssss...apesar de ele também aparecer no livro e me encantar ainda mais com seu humor sórdido e suas artimanhas para com a sua tia "Hen" (para os íntimos) não foi com ele que essa "tigresa" (é, eu acho que esse animal é cabível com a personalidade dela) marrenta, se enrolou.

Para a época em questão, uma mulher perder sua virtude da forma que ela perdeu (isso não é spoiler, esta na capa do livro...kkk), ensina a ela duas coisas: 

1° - ela vai virar uma solteirona.

2° - no caso dela, que frequenta as mais altas rodas da sociedade londrina, vai ficar mal falada para sempre.

Mas, nem só de tragédia vivem os romances, então em meio a um leilão onde ela era o artigo a ser arrematado (aí sim, seria spoiler contar como ela foi para lá!), ela encontrou um homem misterioso, alto, de ombros largos, sem barriga (o que já era grande coisa para a sociedade masculina da época!), cabelos negros e olhos azuis (gente, eu "piro" quando essas autoras combinam cabelos negros e olhos azuis) que além do porte, se destacava pela sobriedade, e desde então ela ficou curiosa sobre ele. 

Kyle Bradwell, jamais poderia imaginar que por ser obrigado a ir atrás do filho de seu bem feitor, um filho ingrato chamado Norbury, ele acabaria passando por um episódio muito particular de sua vida, e decisivo. Todos os momentos que Kyle passava com Norbury eram tensos, e ele não tolerava a infantilidade dele, porém quando o mesmo cai de paraquedas em meio a uma festa muito diferente para a época (leiam aqui orgias), e adentra o salão em meio ao leilão da mulher que ocupou por muito tempo seus pensamentos, a única atitude que poderia ter era acabar com o leilão, e resgatar ela.
  
Tem gente que acredita em amor (ou paixão também) a primeira vista, não foi esse o caso. Uma das coisas que mas gostei no livro é que entre os dois personagens isso não acontece, eles vão CONSTRUINDO o relacionamento deles, e usam muito da sinceridade (aquelas sinceridades de falar tudo, e depois perceber o que foi que falou), o que eu achei muito válido. Em momento nenhum (praticamento só na ultima pagina, e nem foi assimmmmmmmmm uma decalaração) vocês observam um quase se declarando ou se questionando se o outro já o ama. Achei esse romance diferente dos outros, por essa maturidade dos personagens, que tem uma pitada de personagens de romances históricos. 

Outra qualidade do amadurecimento da história, é o final dela, que não é um final de contos de fadas, mas um final adulto e com perspectivas futuras boas, levando em consideração que ambos os personagens já deixaram o muro do orgulho e da vaidade no chão.

Ler essa resenha pode fazer você se perguntar se vale a pena ler? Mas, gente apesar de eles parecerem frios um pouco, eles vão cativar muito vocês. Eu gostei muito do livro, pelas diferenças entre eles. E no final você vai dar frouxos de risinhos por não ter esperado o que de fato aconteceu para unir ainda mas os dois. Porque como disse a própria Rose no livro, o amor as vezes não é bem expresso por palavras e sim por gestos e atitudes.

Então, fica a dica.
Espero que tenham gostado.
Até a próxima. 





Anne Magno Sou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo