quarta-feira, maio 21, 2014

Eu li: The 100 - Os Escolhidos - Kass Morgan


Título:
The 100 - Os Escolhidos
Autora:
Kass Morgan
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Desde a terrível guerra nuclear que assolou a Terra, a humanidade passou a viver em espaçonaves a milhares de quilômetros de seu planeta natal. Mas com uma população em crescimento e recursos se tornando escassos, governantes sabem que devem encontrar uma solução. Cem delinquentes juvenis — considerados gastos inúteis para a sociedade restrita — serão mandados em uma missão extremamente perigosa: recolonizar a Terra. Essa poderá ser a segunda chance da vida deles... ou uma missão suicida.

O primeiro pensamento que me vem é: muito diferente da série. E o segundo é: o livro é muito melhor. Pois é, ao contrário de muita gente, eu vi o piloto da série e não achei nada de espetacular, porém comecei a ler o livro e adorei, o que por sua vez me deixou curiosa para saber se a série vai seguir pelo mesmo caminho no futuro.

A história dos cem delinquentes juvenis mandados para a Terra tem tudo para ser interessante. Depois de um longo tempo longe da Terra e vivendo no espaço, como forma de escapar das consequências da contaminação nuclear, o Chanceler Jaha, chefe da grande nave onde todos moram, decide enviar cem jovens que cometeram crimes, e arriscar suas vidas, para a Terra de modo a descobrir se já é possível voltar ou não. 

A história é contada a partir dos pontos de vista de quatro jovens: Clarke, que foi presa por traição; Wells, que é filho do Chanceler e apaixonado por Clarke, motivo pelo qual ele está arriscando sua vida ao ir para a Terra; Bellamy, a única pessoa que tem uma irmã na nave, e por quem ele, mesmo não estando confinado, embarca na nave; e Glass, uma garota que conseguiu escapar e cujo ponto de vista nos esclarece o que está acontecendo na nave enquanto os outros estão na Terra. 

Eu particularmente adorei a divisão entre quatro pontos de vista, e também os flashbacks que acontecem durante as narrativas, pois tudo ajuda-nos a entender a dinâmica da nave, os dramas, como cada um entende o que está acontecendo, como suas atitudes parecem para os outros e como foi a vida dos quatro jovens antes dessa grande aventura. É um modo de prender o leitor e ao mesmo tempo poupá-lo de longas explicações condensadas em um único capítulo, o que pode se tornar muito entediante. 

Eu realmente adorei o livro e não vejo a hora de ler os outros livros. O  final é parecido com final do piloto da série, e te deixa pensando ' e agora!? e agora!?'. O piloto da série não reflete tudo o que o livro possui, no meu ponto de vista, e não me atraiu a continuar vendo a série. Porém o livro me despertou uma curiosidade enorme, me apresentou melhor aos personagens, não precipitou as coisas. Creio que darei uma segunda chance à série para ver se será um pouco mais fiel ao livro, e se não for, vou ficar só com os livros mesmo ;)



Um comentário:

  1. Achei a proposta muito bacana de jovens serem enviados para a Terra para pagarem por seus castigos, só fiquei na dúvida se o livro vai focar no "casal" de jovens, porque isso vem me deixando triste em outros livros, eles focam no amor e esquecem do todo ao redor.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo