Na Tela #26 - O ódio que você semeia

Olá, leitores!

Cá estou para mais uma indicação essencial para vocês. 
Não raro sou influenciada a ler livros por filmes e séries e o post de hoje trata de mais um exemplo desse. 
Durante a Festa Literária Pará Ler que aconteceu em Belém há algumas semanas tive a oportunidade de ter em mãos o filme "O ódio que você semeia". Eu já tinha o livro há um tempinho mas vocês sabem como é leitor afobado, né? Tem tanta coisa na estante que fica até difícil de escolher as leituras. No entanto, pós o filme foi uma decisão bem fácil.
Falarei um pouco de ambas as formas de arte, no meu ponto de vista, e fiquem a vontade para trocarmos figurinha sobre o assunto. 


Título:
O ódio que você semeia
Autora:
Angie Thomas
Editora:
Galera Record

Adicione à sua estante

Uma história juvenil repleta de choques de realidade. Um livro necessário em tempos tão cruéis e extremos.
Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial.
Não faça movimentos bruscos.
Deixe sempre as mãos à mostra.
Só fale quando te perguntarem algo.
Seja obediente.
Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto.
Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início.
Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.
Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.
Por Fernanda Karen

Pensando Bem... o que foi essa tal Festa Literária?

Oi, gente... como estamos?

Esperamos que estejam todos bem, e curtindo suas leituras. Aqui pelo blog nós estamos ainda nos recuperando de um pós festa! Quem nunca, não é mesmo? Acontece que não foi qualquer festa, foi uma megafesta, feita especialmente para nós, Paraenses, com nossa cara, gostos, sons e amores. Não sacou ainda do que estamos falando? Égua! Vamos já te contar tudinho de como foi essa festa do babado.

Do dia 30 de outubro ao dia 03 de novembro aconteceu na Casa das Artes em Belém (admito que esta que vos fala não conhecia tal lugar esplêndido, e olha que eu sou daqui mesmo... sendo turista em minha própria terra... aff) localizada atrás da Basílica de Nazaré e ao Lado de nosso tão tradicional, Ita Center Parque. 

Neste lugar tipicamente paraense aconteceu o encontro entre música, gastronomia, ilustrações, movimentos sociais, vozes, cidades e livros... muitos livros! Todos os gêneros e do nosso jeitinho, com muita farinha.

Mas Anne, quem organizou essa festa literária? O governo do Estado através da Fundação Cultural do Pará. Eles pesquisaram bastante dentro de vários movimentos sociais culturais, e selecionaram muitas coisas incríveis para todos os gostos. Dá só uma olhadinha no tipo de programações que rolaram por lá:
Por Anne Magno

Eu li: Amor sob encomenda - Carina Rissi


Título:
Amor sob encomenda
Autora:
Carina Rissi
Editora:
Verus
Ano:
2019

Adicione ao skoob

Melissa Gouvêa está totalmente focada na profissão. Responsável pela situação financeira da família, incluindo o caro tratamento médico da mãe, a determinada assistente sonha em se tornar a produtora de eventos da Allure. Como se casar não faz parte de seus planos no momento, ela se assusta ao saber que o namorado foi visto comprando um anel de noivado. Mas Mel não devia ter se preocupado tanto, já que o anel não era para ela e, pior ainda, a Allure foi contratada para o cerimonial do canalha. Mesmo assim, Melissa aceita o maior desafio de todos: produzir o casamento do ex. A bagunça em sua vida aumenta quando ela se vê dividindo o apartamento com o cara mais irritante, cínico, atrevido - e muito lindo, infelizmente - que conhece. Melissa devia se concentrar em manter o que resta de seu coração a salvo e sobreviver ao casamento do ex. O problema é que o novo colega de apartamento confunde sua razão e seus batimentos cardíacos, despertando desejos avassaladores até então desconhecidos. Tarde demais, Mel se dá conta de que seu coração nunca correu tanto perigo. Amor sob encomenda vem cheio de humor, amor e emoção e apresenta uma história que nos fará refletir a respeito do que realmente é importante na vida.

Mais uma dica de livro irresistível da nossa já conhecida e amada Carina Rissi. Consto com tranquilidade que a autora é um dos grandes nomes do chick-lit nacional; se não o maior!
"Amor sob encomenda" em sua primeira semana já configura um dos livros mais vendidos de ficção no país e em um momento de crise que o mercado editorial está passando o fato é relevante e diz muito sobre o apelo de Carina Rissi para com seus leitores. (Fonte)

Por Fernanda Karen

Quinta em outra Língua - The Play - Elle Kennedy


Título:
The Play
Autora:
Elle Kennedy
Editora Gringa:
Elle Kennedy Inc.
Ano:
2019
Série:
Briar U #3



O que eu aprendi após as distrações do último ano custou ao meu time de hóquei nossa temporada inteira? Sem vadiagem. Sem vadiagem e ponto final.
Como novo capitão do time, eu preciso de uma nova filosofia: hóquei e faculdade agora, mulheres depois. O que significa permanecer no celibato... não importa quão difícil as coisas se tornem.
Mas não há nada no manual que diga que eu não posso ser amigo de uma mulher. E eu não vou mentir - minha nova colega de classe Demi Davis é uma garota muito legal. Sua esperteza é muito atraente, assim como todo o resto, mas o fato dela ter um namorado elimina a tentação de tocá-la.
Exceto que em três meses dessa amizade, Demi fica solteira e está à procura de diversão.
E ela está fazendo um jogo comigo.
Evitá-la é impossível. Nós somos colocados juntos em um longo projeto da faculdade, mas estou confiante de que posso resistir à ela. Nós nunca daríamos certo de qualquer maneira. Nossas origens são muito diferentes, nossos objetivos não se alinham e os pais dela me odeiam.
Esse envolvimento é uma ideia muito ruim. Agora eu só preciso convencer meu corpo - e meu coração.

Manas e manos... segurem as roupas de baixo pois o livro de hoje literalmente acabou de chegar para os fãs e já roubou muito a cena, afinal de contas, quem acompanha as séries da autora Elle Kennedy por certo está ansioso para saber o que aconteceu com nosso magoado Hunter Davenport.
No último livro, The Risk, nosso amadinho saiu todo arrebentado do gelo por causa de uma coisa que ele fez e por isso seu time perdeu o jogo. A culpa cai sobre seus ombros e por isso ele decide tomar uma decisão drástica em sua vida: se o sexo foi a causa dos infortúnios na vida dele e colocou o time em uma situação horrenda, então ele 'corta' o sexo de sua vida e pronto!
Por Anne Magno

Eu li: Prometida - Carina Rissi

Título:
Prometida - Uma longa jornada para casa
Autora:
Carina Rissi
Editora:
Verus
Série:
Perdida #4
Ano:
2016


Elisa Clarke anda um pouco entediada. Seus dias parecem iguais e os bailes há muito deixaram de trazer algum prazer a ela. Não que seja uma surpresa, pois sempre que ela está presente os eventos se tornam um desastre! E é injusto, já que ela foi uma boa moça a vida toda. Nascida em uma das famílias mais influentes, a jovem aprendeu desde pequena a respeitar as normas sociais e se manter longe de escândalos. Na única vez em que ignorou uma dessas regras acabou noiva. E foi apenas um beijo, ora bolas!
Um beijo com o qual Elisa fantasiou desde que conheceu e se apaixonou irrevogavelmente pelo belo e gentil jovem médico e que, como acontece nos contos de fadas, mudou sua vida para sempre. Mas não da maneira que ela esperava. Como consequência, agora está prometida a alguém que a despreza tanto que preferiu viver em outro continente. Tudo o que ela deseja é que as coisas permaneçam assim.
Mas Elisa não sabe que seu noivo está a caminho do Brasil, e ela terá de enfrentar o homem cujo coração um dia se viu forçada a partir.
Destinados a ficar juntos, mas separados por seus corações, eles se envolverão em uma sinuosa dança marcada por segredos, mágoas do passado, intrigas e uma arrebatadora paixão que colocará em perigo não apenas seus sentimentos, mas a vida de ambos.

Voltei com mais dois metros de seda para rasgar para Carina Rissi, gente!
Como comentei na resenha de "Destinado", "Prometida" se tornou, até o momento, meu livro favorito da autora pois tem tudo que adoro em uma história de romance: personagens adoráveis, sagazes, apaixonados e apaixonantes mas que precisam se entender. 
É, de fato, uma longa jornada para casa pois um lar também pode ser uma pessoa. 
Por Fernanda Karen