quinta-feira, maio 24, 2018

#PensandoBem - Shadowhunters na Netflix


Oi gente... e de antemão eu peço ao querido leitor que não fique receoso com este post, a ideia de hoje não é polemizar nada e nem falar mal de série de tv nenhuma. Tiramos um momento hoje para, como fãs, compartilharmos impressões e receios acerca de uma série inspirada em outra série.

Na semana passada tivemos em Belém um evento de uma das nossas editoras parceiras sobre "parcerias em livros" e no decorrer do debate do tema, foi quase inevitável para mim pensar nessa parceira em especifica a ser comentada no post de hoje... onde o livro foi adaptado para a tv.

Compreendo que para alguns fãs #shadowhunters a série de tv pode ser em alguns aspectos uma afronta com relação as séries de livros escritos pela diva ruiva Cassandra Clare.

Mas olhando com mais carinho a série de tv afim de exercitar nosso tão querido combate a intolerância... procurei bastante no facebook e encontrei vários conhecidos que se mantem assistindo a série por motivos bem diversos, e dentre eles, os mais comuns são:
  •   Quer ver no que vai dar;
  •  É uma daquelas séries que não entendemos porque continuamos assistindo, mas adoramos assistir mesmo assim;
  •   Não leram os livros e estão curtindo a série...
  •   Shippam fortemente Malec.
Dentre tantos outros motivos que podemos encontrar por aí! 

Então... na tentativa de encontrar outras pessoas que estão acompanhando a série, ou mesmo tem interesse em assistir, mas ainda se encontra em dúvida, resolvi listar alguns dos motivos a favor e contra a adaptação na minha humilde opinião. Vamos lá?

PONTOS POSITIVOS:

  1. CAST - gosto do fato da série ter pouquíssimos atores conhecidos anteriormente no meio. Nos permite a oportunidade de conhecer novos talentos.
  2. MALEC - #sorrybutnotsorry atualmente (3º temporada) meu casal favorito são Alec Lightwood e Magnus Bane. Gosto da forma como eles vem amadurecendo o relacionamento deles com o decorrer das temporadas. 
  3. SOUNDTRACK - Pode parecer besteira para algumas pessoas, mas um filme ou série sem uma trilha sonora marcante como a "openning" não é a mesma coisa. Tiramos por séries famosas tipo Buffy ou a Familia Addams. Gosto das músicas propostas na série, em especial as que o personagem Simon aparece cantando...
  4. VAMPIROS - A milhões de anos atrás li os livros, então não sou a referência mais confiável em lembrar se os vampiros tinham ou não tanto destaque assim nos livros. Mas na série eu dei uma de Fernanda Karen e shippei errado valendo a Ize e o Rafael. E continuo shippando...rsrsrs
  5. PERSONAGENS SECUNDÁRIOS MELHOR EXPLORADOS - Na série alguns personagens secundários roubam totalmente a cena, tais como Marisa Lightwood, a mãe do Alec e Izzy. Assim como o Luke, lobisomen pai adotivo da Clare.
PONTOS NEGATIVOS:

  1. DESVIO DA HISTÓRIA - Acredito que esse é o ponto mais gritante negativo da adaptação. Não posso dar spoilers mas alguns personagens morrem na série mas não morrem no livro. Mas dependendo de como você olhe pode até ser um ponto bom o desvio pois personagens que não se destacam no livro se destacam na série.
  2. JACE E CLAIRE - Todos sabemos que a trama toda e desenhada para acomodar a história desses dois, porém a meu ver, na série de tv eles estão em evidência claro mas não um casal de roubar a cena assim digamos. Às vezes eu até esqueço que eles são primários.
  3. SHIPS ERRADOS - Tá... eu sei que coloquei meus ships na lista de pontos positivos, mas convenhamos, nem todo mundo gosta de shipar errado! Tipo, no livro todos os leitores sabem que o Simon fica com uma determinada pessoa... mas na série ele e essa pessoa quase não interagem. 
  4. ZUMBIS? - Não posso explanar muito sobre esse ponto... mas alguém que tenha lido todos os 25 mil livros da série pode me recordar se temos personagens mortos voltando a vida? Me mandem Inbox.
  5. LARGANDO PERSONAGENS DE OUTROS ARCOS DA HISTÓRIA - Tenho a leve suspeita que tem personagens na série de tv que aparecem na série de livros "Peças Infernais" que é uma prequel de "Instrumentos mortais".
Espero que vocês tenham ficados instigados, depois desse devaneio de uma leitora mas não tão fã assim da série de livros da Shadowhunters, a compartilhar comigo suas impressões da série! Fica aqui a dica... e não esqueçam: #FightingLikeaGirl 

Até o próximo post! 

quarta-feira, maio 23, 2018

Eu Li: Como Se Vingar De Um Cretino - Suzanne Enoch

Título:
Como Se Vingar De Um Cretino
Autora:
Suzanne Enoch
Editora:
Harlequin Books
Ano:
2018
Série:
Lessons In Love #1

Adicione ao Skoob

Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?

Oi, gente! Vamos de romances de época da editora Harlequin hoje?

Os fãs de romances de época, assim como eu, devem estar em euforia por ter mais uma grande editora publicando nossos queridos livros, assim como por estar nos apresentando novas autoras. E apesar de a Harlequin já ter vários romances do gênero publicados e para venda em bancas de revistas (nossos queridinhos romances de banca), há quem diga que agora que os livros saíram um pouco de suas versões pocket e passaram a ter o formato de livro padrão (e maior), eles estão chamando ainda mais a atenção dos leitores. Isso certa vez provocou uma mobilização considerável entre algumas fãs mais antigas da editora. Particularmente fico muito feliz de ver o compromisso da editora em tentar métodos diferentes de mostrar aos fãs livros incríveis.

E nesse ritmo eis que este ano a Harlequin lançou o primeiro livro da série "Lessons In Love", da autora Suzanne Enoch. Autora já é conhecida nossa por aqui pelo blog, também por meio de romances de época, porém lançada por outra editora. Mas garanto a vocês que nesta indicação de hoje a autora manteve a mesma garra e leitura afiada que se pode encontrar em todos os seus livros.

terça-feira, maio 22, 2018

Na Tela #19 - A barraca do beijo

Oi, gente! Depois de muitooo tempo, eis que estou na coluna Na Tela novamente para compartilhar com vocês o que a Netflix fez comigo essa semana.

Eis que estava eu no trabalho como de costume quando recebi um celebre e-mail da Netflix com uma sugestão de filme que ela achou "a minha cara", então, curiosa como sou, não considerei o e-mail um spam e fui lá ver que filme a Netflix achava que eu gostaria de assistir, dentre o seu catalogo vasto de "originais".

A minha reação ao abrir o e-mail foi idêntica as minhas queridinhas aí do GIF pois embarquei no túnel do tempo com a sugestão, pois o filme se chama "A Barraca do Beijo". E lendo a sinopse descobri que se trata da adaptação do primeiro livro que li em inglês em 2014, no meu segundo ano do curso de inglês.

Infelizmente só consegui assistir ao filme no domingo a noite e vim imediatamente  escrever para compartilhar com vocês minhas impressões. Vamos lá?

Título:
The Kissing Booth
Autora:
Beth Reekles
Ano:
2013

Sinopse:

Meet Rochelle Evans: pretty, popular--and never been kissed. Meet Noah Flynn: badass, volatile--and a total player. And also Elle's best friend's older brother... 
When Elle decides to run a kissing booth for the school's Spring Carnival, she locks lips with Noah and her life is turned upside down. Her head says to keep away, but her heart wants to draw closer--this romance seems far from fairy tale and headed for heartbreak. 
But will Elle get her happily ever after?

Filme:
A Barraca do Beijo
Ano:
2018
Diretor:
Vince Marcello
Gênero:
Comédia, Romance
Onde encontrar:
Netflix

Sinopse:
Elle (Joey King) se encontra em um romance proibido depois do seu primeiro beijo com o menino mais bonito da escola: o irmão do seu melhor amigo.

Para ser bem franca... achei o filme fiel a proposta do livro!

segunda-feira, maio 21, 2018

Eu Li: Mais lindo que a lua - Julia Quinn

Título:
Mais lindo que a lua
Autora:
Julia Quinn
Editora:
Arqueiro
Ano:
2018
Série:
Irmãs Lyndon #1

Adicione ao Skoob


Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.
Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

Oi, gente! Voltei!

E para este retorno, após 1 mês de afastamento do blog por motivos de trabalho e saúde, estamos de volta para mais uma das minhas resenhas favoritas, afinal de contas se trata de um romance de época. E gostaria de aproveitar e já deixar os fãs de romances de época em animação com a notícia de que mês que vêm temos nosso tão amado e esperado Encontro de Fãs de Romances de Época da editora Arqueiro, então temos que correr para colocar nossas leituras do gênero em dia! Vamos logo a resenha?

terça-feira, maio 15, 2018

Nerdice Pai D'égua #22 - 4 títulos para Vingadores 4


Vingadores: Guerra Infinita já está nos cinemas quebrando todos recordes possíveis. Já falamos bastante do Universo Cinematográfico da Marvel com a resenha de Guerra Infinita, o Na Tela de Guerra Civil e o Nerdice Pai D'égua 12, detalhando algumas coisas sobre a Guerra Civil dos quadrinhos. Agora chegou a hora de especular sobre Vingadores 4, filme que será lançado em maio de 2019 e que ainda não possui título. 

Atenção! A partir de agora o texto pode conter spoilers de Guerra Infinita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo