Quinta em outra língua #91 - House of Earth and Blood - Sarah J. Maas

Título:
House of Earth and Blood
Autora:
Sarah J. Maas
Editora:
Bloomsbury
Série:
Crescent City
Ano:
2020



Half-Fae, half-human Bryce Quinlan loves her life. Every night is a party and Bryce is going to savour all the pleasures Lunathion – also known as Crescent City – has to offer. But then a brutal murder shakes the very foundations of the city, and brings Bryce's world crashing down.
Two years later, Bryce still haunts the city's most notorious nightclubs – but seeking only oblivion now. Then the murderer attacks again. And when an infamous Fallen angel, Hunt Athalar, is assigned to watch her every footstep, Bryce knows she can't forget any longer.
As Bryce and Hunt fight to unravel the mystery, and their own dark pasts, the threads they tug ripple through the underbelly of the city, across warring continents, and down to the deepest levels of Hel, where things that have been sleeping for millennia are beginning to stir ...
With unforgettable characters and page-turning suspense, this richly inventive new fantasy series by #1 New York Timesbestselling author Sarah J. Maas delves into the heartache of loss, the price of freedom – and the power of love.


Resenha por Julia Vianna


Quando leio algum livro da Sarah J Maas eu espero algumas coisas. Eu espero que eles me divirtam, que sejam meio absurdos, que todos os personagens sejam lindos e que eu possa ler 800 páginas de um livro por puro entretenimento sem levar muito a sério. Ah, e homens com asas.
Então eu estava esperando isso de House of Earth and Blood. E não foi exatamente isso que recebi. 

Para começar, vou chamar o livro de Crescent City (que é o nome da série) porque "House of Earth and Blood" é um título genérico de qualquer livro de fantasia e o primeiro é muito mais interessante. E eu realmente acho que essa história merece o título mais interessante.

Foto: Julia Vianna
Por Fernanda Karen

[Listopia] Mais que amigos, FRIENDS LITERÁRIOS!

Sei bem que esse meme já está fora de moda mas HOJE É DIA DO AMIGO!
Pelo menos um dos 835384 dias do amigo que comemoramos no Brasil.
Mas se vocês querem saber, dia do amigo é todo dia mesmo pois tem certas pessoas que não dá pra viver sem, né não?

Acontece que na literatura também temos muitas representações de amizades lindas e hoje vou trazer 5 de algumas histórias e aproveitar para indicar livros, claro.
Provavelmente a maioria já deve conhecer algumas das indicações mas sempre pode ter algum desavisado então VAMOS LÁ!

Procurei por "gif amigos" e veio esse ANW

Por Fernanda Karen

Eu Li: A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes - Suzanne Collins

Título:
A cantiga dos pássaros e das serpentes
Autora:
Suzanne Collins
Editora:
Rocco
Série:
Jogos Vorazes #4
Ano:
2020



UMA HISTÓRIA DA SÉRIE JOGOS VORAZES. AMBIÇÃO O ALIMENTARÁ. COMPETIÇÃO O CONDUZIRÁ. MAS O PODER TEM O SEU PREÇO.
É a manhã do dia da colheita que iniciará a décima edição dos Jogos Vorazes. Na Capital, o jovem de dezoito anos Coriolanus Snow se prepara para sua oportunidade de glória como um mentor dos Jogos. A outrora importante casa Snow passa por tempos difíceis e o destino dela depende da pequena chance de Coriolanus ser capaz de encantar, enganar e manipular seus colegas estudantes para conseguir mentorar o tributo vencedor. A sorte não está a favor dele. A ele foi dada a tarefa humilhante de mentorar a garota tributo do Distrito 12, o pior dos piores. Os destinos dos dois estão agora interligados – toda escolha que Coriolanus fizer pode significar sucesso ou fracasso, triunfo ou ruína. Na arena, a batalha será mortal. Fora da arena, Coriolanus começa a se apegar a já condenada garota tributo... e deverá pesar a necessidade de seguir as regras e o desejo de sobreviver custe o que custar.

Olá, leitores!
Como vocês estão? Espero que a quarentena esteja sendo branda com vocês. 
Depois de um longo e tenebroso inverno, vamos retomar as postagens semanais aqui no blog, sempre com uma indicação de livro ou assunto que se refira ao mundo literário.

Hoje vamos de indicação muito comentada e desejada pelas interwebs ultimamente. Estou falando dele: o novo livro de Suzanne Collins que se passa no universo de Jogos Vorazes!
Tem um master post sobre a trilogia original AQUI para refrescar a memória e nesse mesmo post comentei que retomaríamos o assunto novamente muito em breve. 
E cá estamos!

Que a sorte esteja ao seu favor
Por Fernanda Karen

Eu Li: A Ilha da Serpente - Igor Quadros

Título:
A Ilha da Serpente
Autor:
Igor Quadros
Editora:
Independente
Série:
Coleção O Pacto Macabro
Ano:
2020



Uma menina encontra uma serpente gigante que se diz ser capaz de realizar qualquer desejo. Mas para isso, durante quatro dias, a criança precisa embarcar toda manhã para dentro de uma ilha.
Um lugar mágico, diferente de tudo que a menina jamais imaginou encontrar. Contudo, a cada dia a missão fica mais difícil por causa de um antigo conhecido.
Será que a menina realizará o seu desejo? E será que a Serpente, de fato, é confiável?

Olá, leitores?
Como vocês estão durante a quarentena? Cês tem conseguido ler?
Bom, eu confesso que durante algumas semanas meu ritmo de leitura cai consideravelmente e, por isso, vou dar uma dica que tem funcionado perfeitamente para mim: LEIAM CONTOS. 
A indicação de hoje, inclusive, é sobre um conto que está disponível na Amazon.
Uma boa história curta e barata é tudo que a gente precisa às vezes. 
Por Fernanda Karen

Eu Li: Como Salvar um Herói - Suzanne Enoch

Título:
Como salvar um herói
Autora:
Suzanne Enoch
Editora:
Harlequin
Ano:
2020
Série:
Lições do amor #3

Adicione ao Skoob


"Ele estava todo de cinza, com exceção da gravata branca de nó simples. A cor e a pouca luz escureciam seus olhos, fazendo-os brilhar. Novamente, Lucinda teve a sensação inquietante de que ele podia ler seus pensamentos.— Eu plantei as mudas — disse ele subitamente.
— Ah, sim? Ótimo.
— E nós fizemos um acordo.
Minha nossa.
— Sr. Carroway, você não precisa…
— Robert — interrompeu ele.
— Robert, então. Fico grata pela oferta, mas, realmente, não é…
Devagar, ele estendeu a mão e tocou seu rosto, os dedos roçando em sua pele como se esperasse que ela fosse evaporar.
— Eu disse que ajudaria — murmurou ele — e é o que farei.
Um arrepio desceu pela coluna de Lucinda. Tivesse Robert aceitado as rosas ou não, ela não esperava que voltasse a mencionar o acordo. E não esperava se sentir tão… eufórica com aquele toque."

Peço desculpas desde já pelas próximas palavras em caixa alta, mas... QUE TIRO DE LIVRO FOI ESSE PELO AMOR DE DEUS? Ufa... agora que extravasei me sinto bem melhor. Mas sério, como pode uma autora terminar uma série com um livro PERFEITO desses, meu pai? Fechou a série de três livros com chave de ouro e de quebra ainda deixou a todos nós de queixo caídos e querendo muito mais. MANDA MAIS QUE TÁ POUCO SUZANNE!

Por Anne Magno