domingo, dezembro 15, 2013

[RESULTADO] Comentário Premiado #Novembro

Primeiramente gostaria de pedir desculpas pela ausência. É final de semestre na faculdade, e o mais importante para mim, é final de curso também, então estou me concentrando no TCC, em deixá-lo perfeitinho para a apresentação. As minhas queridas Anne e Fernanda estão envolvidas com mestrado e final de semestre também, então está uma correria para todas. Espero que compreendam e não nos abandonem. Em breve estaremos de volta a todo vapor! 

E agora, finalmente, o resultado da promoção! Foram  13 postagens válidas, como vocês podem conferir abaixo:

·  Eu Li: A Ilha dos Dissidentes - Bárbara Morais  (1)
·  Eu Li: Os Adoráveis - Sarra Manning  (13)

O número do post sorteado no Random.org foi:


O post número 3 é Novo livro de Lauren Kate, Lágrima, chega em novembro ao Brasil \o  (3). Ele tem apenas três comentários, da Beth (1), da Anne (2) e da Rafaela (3) e o comentário sorteado foi:

 

Parabéns Anne! Confirme seus dados por e-mail (garotapaidegua@hotmail.com) até dia 18, quarta-feira. Beth e Rafa, únicas outras almas a comentarem no post, enviem seus dados para o e-mail também ;) 

É isso gente! Teremos promoção de Natal valendo o livro Veneno, da editora Única; O Livro das Princesas, da Galera Record, além de vários outros livros legais ;) Fiquem de olho!

sexta-feira, dezembro 13, 2013

Eu Li: Pausa - Métrica #2 - Colleen Hoover


Título:
Pausa
Autora:
Colleen Hoover
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC


Destinados um ao outro, Layken e Will superaram os obstáculos que ameaçavam seu amor. Mas estão prestes a aprender, no entanto, que aquilo que os uniu pode se transformar, justamente, na razão de sua separação. O amor pode não ser o bastante. Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento de Layken e Will enfrenta novos desafios. Talvez a poesia desse casal acabe num verão solitário... Sem direito a rimas ou ritmo. A ex-namorada de Will retorna arrependida de ter deixado o rapaz. E está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas reações no comportamento do rapaz. E na insistência para adiar a "primeira vez" de ambos. Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou fruto da extraordinária situação que os uniu. Será que é amor? Ou apenas compaixão? Layken passa a questionar a base de seu relacionamento com Will. E ele precisa provar seu amor para uma garota que parece não conseguir parar de "esculpir abóboras". Mas quando tudo parece resolvido, o casal se depara com um desafio ainda maior - e que talvez mude não só suas vidas, mas também as vidas de todos que dependem deles. 


Acho que seu eu disser que vomitei arco-íris enquanto lia Pausa muita gente vai entender direitinho do que eu estou falando. Métrica foi perfeito! Nós choramos, esperneamos, torcemos, e tudo mais, e em Pausa provavelmente todos vão fazer um pouco de cada uma dessas coisas também.

Há personagens novos, como a Kiersten, uma menina de 11 anos muito das suas excêntricas, de uma inteligência enorme e muito cativante como seu jeitão diferente e “pra frente” de ser. Nas palavras de Gavin: “Hoje o chato foi ver que uma menina de 11 anos tem o vocabulário maior que o meu.” Kel tem uma paixonite por ela, o que garante momento estilo ‘owwnnn’.

Os dramas desse livro envolvem muito mais o peso da responsabilidade do nosso amado casalzinho em relação aos irmãos e como isso interfere no relacionamento deles, como o pouco tempo para ficarem juntos, os dilemas na educação das crianças, etc. E para piorar a ex-namorada de Will, aquela que o deixou logo que os pais dele morreram, resolve aparecer e atrapalhar o relacionamento de Will e Layken.

A Layken fica toda abalada e tal, o que eu achei um pouco exagerado da parte dela, pois depois de todas as coisas que ela passou ela resolve dar piti por causa da ex-namorada dele?! Ou talvez seja realmente por tudo o que ela suportou com bravura que agora uma coisa de certa forma insignificante perto de todo o resto passe a significar muito. Só sei que eu fiquei irritada com ela em alguns momentos.

É um livro lindo, talvez não tão impactante e emocionante quanto o primeiro, que me surpreendeu e tirou o chão, mas também há outros dramas, nem todos envolvendo Layken e Will, além de momentos de diversão e fofura. A escrita continua a mesma do primeiro livro e eu li sem parar. É poética, fluida, e muito cativante. A, não vamos esquecer que o Slam continua firme e forte no enredo.

Vinte e duas horas e nossa guerra começa.
Nossa guerra de braços e pernas
e lábios
e mãos
A hora de recuar
Deixa de ser um elemento
Quando os dois lados
concordam em se render (...)
Quem amou o primeiro livro com certeza não pode deixar de ler pausar e ficar ansioso como eu para que o último volume chegue logo às terras tupiniquins.



 

quarta-feira, dezembro 04, 2013

Eu Li: Quero Ser Seu - Os Sullivans #6 - Bella Andre


Título:
Quero Ser Seu
Autora:
Bella Andre
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC


Ryan Sullivan sempre gostou muito de Vicki, a quem conheceu na adolescência, quando ela lhe salvou a vida: no estacionamento da escola, um carro desgovernado só não o atropelou porque Vicki o empurrou para longe. Desde então, eles se tornaram melhores amigos — pelo menos, melhores amigos até onde um homem e uma mulher lindos e sedutores conseguem ser... O tempo passou, Vicki casou-se e se separou, e Ryan seguiu sua vida de solteiro. Até o dia em que Vicki pediu-lhe um favor: será que Ryan poderia fazer as vezes de seu namorado para afastá-la de um homem mal-intencionado e pegajoso? Ryan não negaria esse favor a sua amiga, de forma alguma... Não só pelo carinho que nutre por ela, mas também por uma característica de sua personalidade: Ryan faz o tipo protetor (o tipo de homem com que toda mulher sonha em algum momento da vida). Agora, depois de brincarem de namorados, será que os dois conseguirão manter a amizade de sempre?

Como alguns comentaristas bem sabem, fiquei responsável por fazer as resenhas da série hot da Bella Andre, Os Sullivans. Esta resenha vai ser sobre o sexto livro da série, chamado Quero Ser Seu (e eu queria mesmo que o Ryan Sullivan fosse meu, assim como os demais irmãos {incluindo o 9° “irmão” o Jack} lindos e maravilhosos).

As pessoas que já leram algum dos livros da série sabem que os livros podem ser lidos fora de ordem sem problemas, e que o pano de fundo da história sempre são os outros membros da família, então não esperem muita descrição de cenário e tempo, pois você pode ficar meio frustrado. São livros de leituras rápidas, e que não enrolam para chegar às vias de fato, se é que dá para entender..rsrsrs

Bom, este livro conta a história do Ryan Sullivan, que é considerado pelos outros irmãos como aquele passivo com tudo, e que sempre teve tudo muito fácil na vida. Ele é um jogador/lançador de baseball do time dos Hawks. Acho que não preciso encher esse parágrafo de descrições físicas sobre ele, se vocês bem conhecem os outros irmãos já é possível deduzir que ele não fica atrás em beleza (a mãe deles não brincou em serviço, gente, oito filhos (as) lindos?).

Achei esse livro diferente dos demais, pois conta a história e desventuras no decorrer de 15 anos, do relacionamento do Ryan com a Victoria (Vicky), uma amiga do High School que tentando olhar mais de perto o sorriso dele, acabou salvando ele de um acidente fatal. E deste então eram inseparáveis, ate ela precisar sair da cidade. Eles foram crescendo e ainda mantendo contato por redes sociais e telefone. Muitas coisas aconteceram com eles até que uma bela noite, Ryan é surpreendido com a chegada repentina e turbulenta de Vicky a cidade.

Eles acabam se vendo em uma situação delicada que requer que eles finjam ser namorados. O que aparentemente Vicky não contava era que o Ryan usasse isso a seu favor para fisgar de vez a moça, sem reviravoltas e fugas. Mas, gente fala sério, quem não ia querer fingir ser namorada de um deus grego feito o Ryan? E com direitos a beijos, amassos e mãos dadas na praia? Ele tenta desfazer a ideia que todo mundo tem de que os atletas podem ser mais do que só um rosto bonito, e músculos.

Para mim, os dois principais pontos fortes do livro são:

1° - O livro é muito sensorial, porque a Vicky é uma artista plástica que trabalha com argila, então ela mesmo fala no livro que suas mãos tem vontade própria de explorar, principalmente os traços de Ryan...rsrsrs... é como se ela tivesse o tato potencializado, sempre aparece no livro de olhos fechados e tocando tudo. E esse é um ponto forte para mim, pois adoro livros sensoriais.

2° - O epílogo me deixou desesperada pelo próximo, porque finalmente vai contar a história do Smith, o irmão que é um astro de cinema de Hollywood...arfando horrores...rsrsrs

Então gente, fica a dica e boa leitura!



Anne Magno Sou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

terça-feira, dezembro 03, 2013

Eu Li: Esconda-se - Lisa Gardner


Título:
Esconda-se
Autora:
Lisa Gardner
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC


Uma mulher que foi obrigada a fugir — desde criança— de uma possível ameaça. Uma ameaça que seu pai via em todo lugar, mas que a polícia nunca considerou. Um antigo e desativado sanatório para doentes mentais que pode ter muito mais a esconder entre suas paredes do que homens e mulheres entorpecidos por remédios. Uma história de rancor entre membros de uma mesma família que nunca conseguiram superar os episódios de violência doméstica que presenciaram. Um pingente que foi parar em mãos erradas — e a cena de um crime brutal: seis meninas mortas e mumificadas há mais de trinta anos. Agora, cabe à famosa detetive D.D. Warren descobrir quem foi o serial killer que cometeu esta atrocidade e que motivação infame deformou sua mente. Acompanhe D.D. Warren na solução de mais este complexo caso e encontre o inimaginável que está por trás de pessoas aparentemente comuns!



“Esconda-se” é o segundo livro da série “Detetive D.D. Warren” e o terceiro livro da autora publicado no Brasil pela editora Novo Conceito. Cada livro da série se sustenta muito bem, mas confesso que gostaria de ler na ordem cronológica. “Esconda-se”, por exemplo, é o primeiro livro que li da autora e, consequentemente, da série. E, mais do que compreendi, me apeguei. Agora quero todos os livros, por favor, obrigada. Não sou fã de romance policial, mas este livro é interessante de várias formas.

É uma narrativa fluída, consistente e inteligente. Nem um fato que acontece no enredo é aleatório; autora amarra aos poucos todas as pontas de forma perspicaz. E os personagens são espelhos da narrativa.  Ao passo que a detetive D.D. Warren e seu parceiro Bobby Dodge vão juntando as pistas, conectando fatos e conseguindo provas, eles vão despertando para os possíveis culpados e as possíveis saídas.
Como o pano de fundo é uma investigação policial, podemos esperar crimes chocantes e vários palavrões (parabéns, tradutora!). No começo tudo se resume a perguntas: Quem? Quando? Por quê? Quem seria capaz de matar 6 menininhas? Os corpos estão mumificados, então quando o crime ocorreu? Por que esse maníaco fez isso? Claro que as respostas não serão facilmente adquiridas.

A narrativa é condensada. Alguns capítulos são em terceira pessoa, onde o leitor pode acompanhar a investigação de forma onisciente, de acordo com as descobertas da detetive D.D. Warren e Bobby. E outros são da perspectiva de Annabelle Granger, uma mulher com alguns traumas que passou toda sua infância fugindo de um perigo que apenas seus pais sabiam e nunca compartilharam. E agora que ela está sozinha, o passado voltou para assombrá-la.


“O problema é que não há trilha sonora para a vida real. Nos filmes, sabemos quando alguma coisa ruim vai acontecer porque é o que nos diz o próprio som. Não há uma pessoa cujo coração não dispare ao ouvir a música-tema de Tubarão e, francamente, isso é algo reconfortante. (...) A vida muda em um instante, sem trilha sonora para nos guiar.
O que deixa alguém, como eu, dando saltos a cada barulho que ouço, porque não consigo saber a diferença.”


Lisa Gardner nos leva para um mundo sombrio onde adultos são capazes de perseguir e matar crianças, onde crises familiares podem causar transtornos permanentes e onde nem tudo é o que parece. É interessante como ela mexe com a curiosidade. Logo no primeiro capítulo já soltei um “POR QUÊ?” estridente. O que fazer se não continuar a leitura?

O enredo é bem carregado. Há várias pequenas histórias paralelas ao caso principal, porém não menos importantes (e nem menos tensas). Como já constei, nada é aleatório. A escrita da autora é inteligente de uma forma cativante e (surpreendentemente) divertida. Mesmo que o livro seja repleto de tensões, certo humor também é presente. A conclusão da história é alucinante e a única coisa que pensei foi: “Wow! Preciso de mais livros dessa mulher!”

Lisa Gardner é autora de “Viva para contar” e “Sangue na Neve”, também publicados pela Editora Novo Conceito (e também fora de ordem cronológica, para variar). 

Particularmente, sou meio chata com essas coisas. Gosto de acompanhar séries pela linha do tempo de lançamento. Temo perder o fio da relação pessoal entre os personagens. A detetive D.D. Warren e Bobby Dodge estão em todos os livros e, ao que parece, fatos de suas vidas particulares estão intrínseca na série. Portanto, podem ter certeza que vou caçar os livros a partir de agora. 

Mas no que diz respeito ao sentido da proposta do livro, realmente não perdemos nada. Cada caso é novo em cada livro, compostos por seus respectivos começos, meios e fins. No entanto, Lisa Gardner me encantou e saber de todos os casos da detetive D.D. Warrer é minha mais nova missão. 






Fernanda Karen Estudante de Serviço Social com o coração no curso de Letras. Apaixonada por séries, dramas e café. Bookaholic irrecuperável e promiscua literária. Eventualmente estou trocando um de meus rins por livros muito desejados. (Qualquer coisa é só entrar em contato). Amo YA, ficção-fantasia, clássicos (brasileiros, portugueses, ingleses, latinos etc), chick-lits... Perceberam que meu preconceito literário é zero? Ops, quase zero; não leio auto-ajuda.

quarta-feira, novembro 27, 2013

Eu Li: Os Adoráveis - Sarra Manning


Título:
Os Adoráveis
Autora:
Sarra Manning
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraia | FNAC


Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.



Olá novamente leitores vorazes!

E lá vamos nós! Desta vez estaremos falando sobre um livro ADORKABLE, da autora londrina de best-sellers, Sarra Manning. No Chegou Para mim #79 a Bianne comentou que eu havia pedido para resenhar o livro, e ela ainda disse que o livro era a minha cara. O pior gente, é que inevitavelmente acabei me vendo um pouco em algumas partes do livro mesmo...^^...rsrsrs...o que foi extremamente engraçado. Mas acho que muito de nós bookaholics vamos acabar nos vendo em algum capitulo do livro, de quando éramos adolescentes (para quem já é um jovem adulto como eu..kkk), ou para quem ainda é um Adolescente, e ainda viciado em livros.

Então, o livro conta a história de dois personagens bem distintos, a Jeane Smith e o Michael Lee (adoro de paixão ele!). A Jeane podemos dizer que nasceu para ser diferente: ela adora comprar roupas em brechós (detalhe que ela só tem 17 anos e já se emancipou dos pais aos 15 anos), e usa-las desordenadamente, adora mudar a cor do cabelo (que no inicio do livro era cinza e no fim era roxo), e é tachada de excêntrica na escola. Ela é mentora do blog Adorkable, que é um blog de estilo de vida para os geeks, nerds, alternativos, viciados em modas urbanas, indies, enfim, para quem se sente excluído no mundo perceber que não esta só. Com esse blog e pouca idade ela já domina o mundo das noticias e na internet, sendo convidada para palestras e congressos. Para passar o tempo entre postagens de seu blog, ela adora responder aos tweets de seus milhões de ´´amigos´´ seguidores. (Detalhe que durante todo o livro eu me divertia postando comentários sobre o livro no meu twitter. Não acredita? Pode checar em @annecpmagno...e vocês podem rir de meus comentários sobre o Michael, eu deixo..kkk). 

E quem tem capítulos alternados com ela é o Michael Lee. Como descrever esse personagem em comparação com a Jeane sem usar a palavra ANTAGÔNICO? Impossível. O Michael é o cara mais popular da escola, jogador de futebol americano, chefe do clube de debate, bonito, bem vestido, e com um futuro brilhante pela frente. Mas gente, o que me arrancou suspiros no twitter, é que ele é descrito como um asiático, alto, forte, charmoso, com olhos castanhos penetrantes, e um gentleman. (Isso com certeza me fez lembrar dos doramas coreanos que eu tanto amo!). No livro a Jeane não quer ver o real motivo de terem escrito um ODE sobre as maçãs do rosto dele no banheiro feminino. Até por que ela não quer nada relacionado à popularidade, ou a se igualar, por isso ela quer ver esse Gentleman bem longe dela.

A trama toda se passa no High School em Londres, e como esses dois que não tinham nada a ver um com o outro foram invadindo o espaço um do outro, e às vezes literalmente derrubando um ao outro para se verem mais próximos um do outro, em meio a descobrimentos, amizades coloridas, chutes de ex-namorados, em meio ao twitter e e-mails, eles vão invadindo o coração um do outro. 

Eu simplesmente ADOREI O LIVRO. Ok, eu conto os pontos que me identifiquei. Pelo menos alguns...rsrsr... tipo, no ensino médio eu já era meio Bookaholic/otako em meio a vários grandes amigos atletas, então já viu né? A Jeane adora fazer check lists, o que eu ainda faço até hoje, porque acho mais prático e mais ecológico que usar agenda, apesar de todo inicio de ano tentar me convencer a fazer uma para mim! O Michael também tinha um twitter que não usava muito, por não ver muita graça no inicio, e assim como Mike, eu era (sou) muito responsável, e fazia parte da equipe de natação. 

Então fica a dica para vocês conhecerem a história cômica de @adork_able e @dimsumsaboroso.



Anne MagnoSou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

sexta-feira, novembro 22, 2013

Eu Li: Paixão Sem Limites - Abbi Glines


Título:
Paixão Sem Limites
Autora:
Abbi Glines
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.


*grita**corre**duplo mortal pra trás**dá cambalhota* Essa sou eu, comemorando a publicação de Paixão Sem Limites no Brasil. Eu já li outros livros da Abbi, e em todos eles percebi que ela costuma construir suas histórias sobre panos de fundo bem interessantes, e nem sempre dos mais felizes, mas sempre criando personagens que ficam na sua mente e cenas hot que você vai querer reler for sure. 

Eu devorei Paixão Sem Limites sem nem perceber. Eu fui lendo, lendo, e quando vi eu já tinha acabado e precisava urgentemente da continuação. Na verdade são duas continuações e eu não resisti gente #mybad. Eu corri pra ler os outros dois livros, e assim que lançar no Brasil eu vou ler de novo, por que não dá pra se cansar da história. É daquelas tramas que você costuma sentir vontade de ler de vez em quando, e corre pra estante pra abrir o livro em uma página qualquer e continuar a leitura daí em diante. 

Blaire me conquistou com sua força e determinação. Ela é badass gente, e tem um arma, que ela não hesitou em apontar quando lhe foi conveniente kkk. Rush me conquistou pelo seu charme absoluto e pelo seu sentido de honra, por que dada a história que envolve ambos e que só ele sabe, ele poderia muito bem ter ignorado totalmente as necessidades de Blaire. Mas ele a abriga e acaba se deixando conquistar pela força dela. E ela se deixando conquistar por ele, o que não é difícil, convenhamos. Eu estaria totalmente conquistada no minuto em que o visse HAHAHA. 

A sinopse acima já diz bastante sobre o livro, mas não o principal, o segredo que permeia a trama e que deixa nós leitores e a Blaire desconfiados durante o livro todo. Quando eu descobri eu entendi o por que da indiferença inicial de Rush, mas as atitudes da irmã dele por parte de mãe, Nanette, me irritaram muito, muito mesmo. Eu não gostei dela desde o começo, e a descoberta do segredo não amenizou o sentimento, pelo contrário, achei drama demais da parte dela. Muito mimada pro meu gosto, e me irritou muito! 

Conclusão que o segredo me surpreendeu sim, fiquei morrendo de pena do Rush e da Blaire. Tadinhos, meu coração doeu por eles. Claro que eu consalaria Rush semproblemas, mas ele pertence à Blaire XD. Não vejo a hora de podeer falar para vocês dos outros dois livros, mas vou esperar a publicação no Brasill. Vai ser só mais uma desculpa para ler de novo ;)


4,5


quinta-feira, novembro 21, 2013

Eu Li: Postais do Coração - Ella Griffin



Título:
Postais do Coração
Autora:
Ella Griffin
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Saffy tem um trabalho incrível em uma agência de propaganda em Dublin. Ela tem sua difícil mãe a uma distância segura. E ela acredita que seu namorado ator Greg — o próximo Colin Farrell — finalmente irá pedi-la em casamento. Conor admira a linda Jess. Mas depois de sete anos e gêmeos, ela ainda não se casará com ele. Ele passa os dias ensinando adolescentes terríveis e as noites escrevendo o livro que espera que mude tudo — inclusive a mente dela. Mas está difícil de alcançar finais felizes...


Olá leitores! Desta vez falaremos da autora irlandesa Ella Griffin, e seu livro Postais do coração. Bom já havia lido resenhas de autores que tem como pano de fundo de seus romances as paisagens maravilhosas e o clima típico da Irlanda, tais como Maeve Binchiy. Mas este é o primeiro romance que leio completamente inserido nesse cenário. 

O livro conta a história de dois casais que são amigos de longa data. E a narrativa se dá em quatro vozes por causa deles, pois eles dividem o livro todo em diferentes olhares e histórias anteriores. Os livros normalmente são divididos em inicio, meio e fim, mas neste caso o livro é separado por partes. Podemos dizer que na primeira parte são só flores, a segunda algumas fichas caem, e na última é hora de recomeçar, mesmo que isso queira dizer não voltar aos casais do inicio. Vamos aos perfis: 

Temos a Saffy (ou como diz sua certidão Sadbh), é filha de mãe solteira e cresceu com o estigma de que poderia muito bem formar uma família sem precisar ter filhos. Trabalha em uma empresa grande de comunicação e propaganda e para uma megera vestida de Prada, Channel e Victoria Secrets. Suas maiores características são o egoísmo e a ignorância. 

Como namorado de seis longos anos temos o ator/modelo, um dos 10 homens mais bonitos da Irlanda o Greg, ele é bonito, constantemente assediado, e baixinho, mas muito esforçado na sua carreira. Acostumado desde a infância a ser odiado pelos garotos, e perseguido pelas garotas. Suas maiores características são o egoísmo e a ingenuidade. 

Amigo de Greg desde o High school, fofo, posteriormente Sr. Fofo para a família,  e para o resto do mundo, Conor. Ele trabalha como professor de literatura em uma escola que em que sofre bullying dos alunos todos os dias. Pai de gêmeos hilários de 7 anos chamados Lucky e Lizzy. Suas maiores características são a submissão, e falta de comunicação. 

E por fim temos a Jess que vive com o Conor em uma casa caindo aos pedaços, é mãe dos gêmeos. É considerada uma beldade aonde quer que vá, e eu a considerei uma feminista radical, que tem fobia a palavra com C (casamento), mesmo que o seu companheiro seja extremamente romântico, atencioso e bom pai. Suas maiores características são o egoísmo e a imposição. 

O livro todo conta às desventuras deles na Irlanda e em seus relacionamentos. Eu particularmente achei o livro bem redigido, sem pontas soltas. Exigiu muita atenção na leitura por ter uma história muito cheia de controvérsia, envolvendo traições, segredos, muito egoísmo, e varias taças de vinho tinto, colocando eles em varias tramas difíceis. 

Os personagens secundários roubaram a cena, definitivamente. E o mistério do título do livro somente envolve uma personagem principal, também vem a ser desvendado somente quase ao termino do livro. Com o decorrer da trama você começa e entender melhor os personagens, e ser mais complacente com eles, a procura de uma redenção. Fica a dica!! 




Anne MagnoSou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

quarta-feira, novembro 20, 2013

Lançamentos de Novembro da Galera Record

Mais um mês cheio de novidades da Galera Record para animar nossa vida literária. Lançamentos muitos aguardados chegarão às bancas agora em novembro, incluindo Pausa, sequência de Métrica, da Colleen Hoover que eu amei de todo o coração e se tornou favorito. Também tem o novo livro de Lauren Kate, Lágrima, e Princesa Mecânica, de Cassandra Clare, terceiro e último volume da série As Peças Infernais *-* Vontade de ler todos não é? 





“Nunca, jamais volte a chorar”, é a frase que impactou a vida de Eureka, uma menina marcada pela morte da mãe. Mas tudo se transforma quando encontra Ander. Louro, alto e de pele muito branca, o misterioso garoto parece conhecer tudo sobre ela, até coisas que não deveria saber, inclusive que em pouco tempo a menina terá reais motivos para chorar. Mas há um sombrio segredo que ainda será revelado: a história de uma menina que teve o coração partido e, de tanto chorar, deixou debaixo d’água um continente inteiro.

Pré-Venda | Skoob






Sequência de Métrica, continua a história do jovem casal Will e Layken. Depois de testado por tragédias, proibições e desencontros, o relacionamento dos dois enfrenta novos desafios. A ex-namorada de Will retorna, arrependida de ter deixado o rapaz. E está disposta a tudo para reconquistá-lo. Insegura, Layken começa a ler novas razões nos comportamentos do rapaz. E na sua insistência para adiar a “primeira vez” de ambos. Presos em uma ironia cruel do destino, eles precisam descobrir se o que sentem é verdadeiro ou se fruto da extraordinária situação que os uniu.

Pré-Venda | Skoob




O livro conta a história de Teresa. A vida da menina muda radicalmente quando os pais deixam Lisboa para irem viver em NY. Não estando preparada para a vida na América, com dificuldade para se exprimir em inglês, Teresa encontra refúgio no seu particular sentido de humor e no único amigo, Angel, um rapaz brasileiro de 16 anos, bonito, mas desastrado, que adora John Lennon e a sua música. Mas o mundo de Teresa desmorona-se completamente quando o pai morre e a deixa, a ela e ao irmão mais novo, com uma mãe negligente e consumista. Os problemas de Teresa confluem para um clímax de desespero no dia 8 de Dezembro de 2009 - aniversário da morte de John Lennon - quando ela e Angel fazem uma peregrinação ao Memorial Strawberry Fields Forever em Central Park. Aí, um terrível acontecimento que nunca poderia ter previsto devolve-a à vida e ao amor.

Pré-Venda | Skoob





Continuação de Príncipe mecânico, Princesa Mecânica é ambientado no universo dos Caçadores de Sombras, também explorado na série Os Instrumentos Mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.

Pré-venda | Skoob 









Depois do fenômeno editorial 99 livros clássicos para apressadinhos, chega a vez de esmiuçar 99 seriados! 99 séries clássicas de TV para apressadinhos resume em apenas quatro quadrinhos algumas dos seriados mais amados da TV. Lembre-se de séries como Friends, Alfie, Desperate Housewives, Seinfeld, Barrados no baile e muito – Muito- mais!

Pré-venda | Skoob 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo