quarta-feira, novembro 27, 2013

Eu Li: Os Adoráveis - Sarra Manning


Título:
Os Adoráveis
Autora:
Sarra Manning
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraia | FNAC


Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ficaram pela primeira vez.



Olá novamente leitores vorazes!

E lá vamos nós! Desta vez estaremos falando sobre um livro ADORKABLE, da autora londrina de best-sellers, Sarra Manning. No Chegou Para mim #79 a Bianne comentou que eu havia pedido para resenhar o livro, e ela ainda disse que o livro era a minha cara. O pior gente, é que inevitavelmente acabei me vendo um pouco em algumas partes do livro mesmo...^^...rsrsrs...o que foi extremamente engraçado. Mas acho que muito de nós bookaholics vamos acabar nos vendo em algum capitulo do livro, de quando éramos adolescentes (para quem já é um jovem adulto como eu..kkk), ou para quem ainda é um Adolescente, e ainda viciado em livros.

Então, o livro conta a história de dois personagens bem distintos, a Jeane Smith e o Michael Lee (adoro de paixão ele!). A Jeane podemos dizer que nasceu para ser diferente: ela adora comprar roupas em brechós (detalhe que ela só tem 17 anos e já se emancipou dos pais aos 15 anos), e usa-las desordenadamente, adora mudar a cor do cabelo (que no inicio do livro era cinza e no fim era roxo), e é tachada de excêntrica na escola. Ela é mentora do blog Adorkable, que é um blog de estilo de vida para os geeks, nerds, alternativos, viciados em modas urbanas, indies, enfim, para quem se sente excluído no mundo perceber que não esta só. Com esse blog e pouca idade ela já domina o mundo das noticias e na internet, sendo convidada para palestras e congressos. Para passar o tempo entre postagens de seu blog, ela adora responder aos tweets de seus milhões de ´´amigos´´ seguidores. (Detalhe que durante todo o livro eu me divertia postando comentários sobre o livro no meu twitter. Não acredita? Pode checar em @annecpmagno...e vocês podem rir de meus comentários sobre o Michael, eu deixo..kkk). 

E quem tem capítulos alternados com ela é o Michael Lee. Como descrever esse personagem em comparação com a Jeane sem usar a palavra ANTAGÔNICO? Impossível. O Michael é o cara mais popular da escola, jogador de futebol americano, chefe do clube de debate, bonito, bem vestido, e com um futuro brilhante pela frente. Mas gente, o que me arrancou suspiros no twitter, é que ele é descrito como um asiático, alto, forte, charmoso, com olhos castanhos penetrantes, e um gentleman. (Isso com certeza me fez lembrar dos doramas coreanos que eu tanto amo!). No livro a Jeane não quer ver o real motivo de terem escrito um ODE sobre as maçãs do rosto dele no banheiro feminino. Até por que ela não quer nada relacionado à popularidade, ou a se igualar, por isso ela quer ver esse Gentleman bem longe dela.

A trama toda se passa no High School em Londres, e como esses dois que não tinham nada a ver um com o outro foram invadindo o espaço um do outro, e às vezes literalmente derrubando um ao outro para se verem mais próximos um do outro, em meio a descobrimentos, amizades coloridas, chutes de ex-namorados, em meio ao twitter e e-mails, eles vão invadindo o coração um do outro. 

Eu simplesmente ADOREI O LIVRO. Ok, eu conto os pontos que me identifiquei. Pelo menos alguns...rsrsr... tipo, no ensino médio eu já era meio Bookaholic/otako em meio a vários grandes amigos atletas, então já viu né? A Jeane adora fazer check lists, o que eu ainda faço até hoje, porque acho mais prático e mais ecológico que usar agenda, apesar de todo inicio de ano tentar me convencer a fazer uma para mim! O Michael também tinha um twitter que não usava muito, por não ver muita graça no inicio, e assim como Mike, eu era (sou) muito responsável, e fazia parte da equipe de natação. 

Então fica a dica para vocês conhecerem a história cômica de @adork_able e @dimsumsaboroso.



Anne MagnoSou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

11 comentários:

  1. DOIDO, ADOREI A TUA RESENHA E ADOREI TEUS TWEETS NO DECORER DA LEITURA. HAHA
    Simplesmente quero na minha now!
    E sinto que ele é um forte candidato a fura fila. HAHHAA
    (Nerd asiático é golpe baixo, olha. Só acho.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk...também achei golpe baixo da autora criar o Michael Lee dessa forma, não tem como não se apaixonar pelas maçãs do rosto dele...kkkk...
      Ok, eu te empresto para você furar a sua fila quilometrica de leituras...

      ^^

      Excluir
  2. Essa história tem tudo pra ser interessante. Mais achei o Michael muito mimado e filhinho de papai. Já ela é bem mais atirada e evoluída que ele. Será que vai dar certo esse casal? Vou tentar ler pra saber. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Beth,
      Então, no inicio ele é bem filhinho de papai mesmo, ai aií é que está a graça... um vai invadindo o mundo do outro, e aprendendo coisas novas. Achoe que se você permitir, o Micky Lee pode te surpreender.

      rsrsrs
      Beijinhos.
      Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  3. Inicialmente não fui muito com a cara desse livro, mas depois de ler essa resenha, vi que ele é bem melhor do que imaginava. Acho um máximo essas briguinhas de casais que depois se pegam às escondidas. Rsrsrs Adorei sua resenha!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaela,

      Obrigada pelo comentário!
      Então, quando pedi que a Biah, solicita-se esse livro para a Editora, eu fiquei assim, meio que achando o mesmo que você! kkk
      Mas eu ameio o livro no final, e quando eu vi a foto da autora, fiquei gente como ela conseguiu escrever um livro simples e tão legal?
      As respostas deles (ou melhor entre eles) são hilarias...e tipo quando eles viram amigos coloridos...eu morri de rir dessa amizade.
      Esse livro é Adorkable....espero que goste!

      Beijos.

      Excluir
  4. Parece ser uma historia bem divertida e engraçada, com algumas pitadas de romance não muito meloso, que é do jeito que eu gosto. Me interessei pelo o livro a partir do momento em que vi a capa tão criativa, e pelo estilo da menina, que parece não ligar para nada mesmo, pois não é todo mundo que sai na rua com umas roupas dessa. Em resumo o livro parece ser bem bacana, ainda não conheço nenhum trabalho da autora, mas espero realmente futuramente conhecer melhor.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Poison Girl,

      Obrigada por mais um de seus Adorkables Comentários....rsrsr
      Então, eu tava na mesma que você, nunca tinha ouvido falar dessa autora, mas eu adorei porque é um livro de romance adolescente mas muito inteligente e como você disse " não muito meloso", de doce ao extremo só tem as guloseimas que a Jeane tanto ama.
      Me surpreendi com o livro, e ele entrou para a minha lista de 30 melhores livros que já li!

      Beijos.

      Excluir
  5. Adorei a resenha. Como tenho um gosto bem variado, que vai desde suspenses pesados até os romances mais melosos, com certeza entrou na minha lista de leitura. Esse tipo de história com personagens paradoxais, para estar virando meio que um clichê ultimamente, mas, quando bem apresentado (e os seus tweets deixaram bem claro que tá bem apresentado) pode tornar a história única. Vai demorar um pouquinho, mas vou ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Victor por mais um de seus comentários!

      Então, é um romance paradoxal e que tem muito do humor britânico, o que também é um ponto forte do livro. Eu super indico para você, quando tiver a chance de ler, que de uma certa espiadinha no capitulo 26, que faz uma "criticazinha" a geração Y, que eu fiquei de boca a berta...kkkk

      Valeu, bjinhos!

      Excluir
  6. Oii
    Eu acabei de ler esse livro e simplesmente adorei haha, procurei resenhas de blog e a sua foi a que eu mais gostei. A escrita do livro é leve e divertida e a autora me surpreendeu com as reviravoltas que a história dava, gostei tanto que li ele em dois dias.
    *Posso estar um pouco atrasada mas não pude deixar de comentar.
    Bjos

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo