quinta-feira, agosto 29, 2013

[Promoção] Todo Dia - David Levithan



Muito feliz em postar mais essa promoção para vocês! Todo Dia é um livro lindo e que deveria ser lido por todo mundo! Depois dele me consagrei fã do David Levithan hahaha. Infelizmente só um vai ganhar, mas fica aqui uma mensagem para todos: não deixem de ler esse livro, sério. 

Bom, boa sorte e não deixem de convidar os amigos, primos, irmãos e todo mundo para participar da promoção e conhecer o livro, que já tem resenha aqui no blog (comentários valem pontos extras na promoção) :D 


quarta-feira, agosto 28, 2013

Eu Li: Liberta-me - Tahereh Mafi + Promoção!


Título:
Liberta-me
Autora:
Tahereh Mafi
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:

Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.

Eu terminei o livro dizendo uma dúzia de OMG!!! Tipo, gzuis, que livro arrepiante, que final mais arrepiante ainda! É uma leitura frenética, com ritmo muito difícil de interromper, por que parece que vai continuar acontecendo e você estará perdendo.

Eu adorei o primeiro livro, Estilhaça-me, mesmo com todas as críticas, EU adorei. Sempre gostei desse estilo, com personagens poderosos estilo x-men, que precisam ficar escondidos do mundo que não entende o que eles são nem os aceita e tal. Adoro esse tipo de história e por isso amei tanto o primeiro quanto esse segundo livro.

Não dá para falar muito desse segundo livro para não dar spoilers, mas quem gostou do primeiro vai adorar o segundo, e até que não gostou têm grandes chances de passar a gostar. Tem muita ação, muitos confrontos entre o Restabelecimento e os rebeldes, muitos poderes e segredos descobertos e que te deixarão de queixo caído.

Já em relação ao romance, preparem seus corações, porque eles vão parar de bater em alguns momentos! Nossa, têm cenas muito calientes entre Adam e Juliette... e também entre Werner e Juliette.  Eu fiquei com o coração na mão em algumas delas, e agora me encontro parcialmente seduzida pelo Werner, mas ainda torcendo com todas as forças para Adam e Juliette.  Nada é perfeito para o casalzinho, que enfrentará mais problemas em sua relação e levará Juliette a terminar com o pobrezinho do Adam (vemnimim que eu cuido meu bem! HAHAHA).

Enfim, adorei muito, muito. Se o terceiro livro já tivesse sido lançado ele já estaria até lido, pois eu não ia esperar nem um segundinho para saber como vai ser o final da trilogia.  Quero que 2014 chegue logoooo (só por causa do livro, porque meu TCC é no começo de 2014 e eu não estou ansiosa por ele não) pra eu poder shippar meu casal favorito mais e mais!!! 





segunda-feira, agosto 26, 2013

Eu Li: A Cidade Sombria - Catherine Fisher



Título:
A Cidade Sombria
Autora:
Catherine Fisher
Editora:
Bertrand Brasil
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

A única esperança para Anara, um mundo às portas da total devastação, reside em um mestre, seu aprendiz e nas antigas e ilegais relíquias com poderes misteriosos que eles colecionam. Ao saírem à procura de uma relíquia secreta com grande poder escondida há séculos, Raffi e Galen serão caçados, espionados e testados além dos seus limites, pois existem monstros — alguns deles humanos, outros não — que também desejam o poder desta relíquia até consegui-la.

O Mestre das Relíquias é mais uma série da fantasia da consagrada autora do gênero Catherine Fisher. Depois de muito tempo lendo livros de tudo quanto é gênero menos fantasia, foi muito bom tirar um tempinho para mergulhar nas maravilhas desse gênero de novo. É, por que fantasia é um dos gêneros mais interessantes que existem, com seus mundos, seres e lendas, novos.

Em A Cidade Sombria somos apresentados a Anara, um mundo feito pelos Criadores há muito tempo atrás. Criadores estes que haviam descido do céu e construído o mundo para depois partirem para um lugar que ninguém sabe. Eles deixaram para trás as relíquias, objetos variados através dos quais os membros da Ordem, os Mestres das Relíquias, conseguiam vislumbres dos Criadores. Esses mestres têm o poder de manter contato com todos os tipos de vida através do que eles chamam de terceiro olho. É um tipo de magia que envolve a natureza e o poder absorvido dela. A Ordem foi destruída há alguns anos e agora os membros sobreviventes são perseguidos pelos Vigias, que acreditam que a magia dos mestres é só um tipo de ilusão e não deve ser levada a sério.

Galen Harn e Raffi Morel são Mestre das Relíquias e aprendiz, respectivamente. Galen perdeu seus poderes em um acidente com uma relíquia e desde então tem tentado recuperá-los. A oportunidade surge quando precisam ir até Tasceron, a cidade sombria, pra encontrar um Sekoi - um ser peludo e astuto que adora ouro - e capturá-lo. Galen sente que em Tasceron há quem possa ajudá-lo a recuperar suas habilidades com Mestre das Relíquias, e é essa aventura que acompanhamos ao longo do livro.

Como eu disse acima foi boa a mudança de ares que o livro trouxe. Em fantasia você não pode esperar por nada específico, já que é tudo novo, pelos menos em um primeiro livro de série, então em cada página eu descobria algo mais sobre os Criadores, sobre a Ordem, sobre os poderes dos Mestres e seus aprendizes. Eu adorei descobrir aos poucos, pois há autores que jogam todos os fatos no começo, de uma vez só, e nos deixam sobrecarregados de informações.

Eu amo magia, e ler sobre magia é algo que eu amo de paixão, por isso adorei o livro. Ele não tem um ritmo frenético, mas é fácil se perder na leitura sem ver o tempo passar. O final não é daqueles ‘OMG o que vai acontecer agora’, mas há muitas pistas e tenho certeza que vai acontecer muita coisa legal envolvendo uma certa pessoa infiltrada entre os Vigias. Além do mais o título do próximo livro é A Herdeira Perdida, o que me deixa muito curiosa para saber se a herdeira é quem eu estou pensando..hum...

Eu li a história na prova do livro que a editora mandou, e me surpreendi com a qualidade da diagramação. O livro possui imagens muito legais, e a abertura de cada capítulo contém uma citação ou da Litania dos Criadores, ou dos Mandamentos dos Vigias, ou de outros textos pertencentes à história, o que te dá mais informações sobre o mundo do livro. Ele ainda não tem data certa de lançamento, mas assim que tiver  eu aviso vocês ;)

Não deixem de conferir o Booktrailer




quarta-feira, agosto 21, 2013

Eu Li: Todo Dia - David Levithan


Título:
Todo Dia
Autor:
David Levithan
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.



Todo Dia é um livro tão bom que fica até difícil falar sobre ele. Minhas expectativas eram altíssimas, mas não foi preciso avançar muito na leitura para saber que eu ia adorar o livro.  É complexo sabe? Agora eu sei por que o David Levithan tem tantos fãs absolutos espalhados por aí. Ele foi perfeito ao escrever essa história. Precisou colocar A em tantos corpos e histórias diferentes, o que é quase o mesmo que colocar a si mesmo na situação, e conseguiu transmitir muitas mensagens em cada vida de A.

Bom, A é o nosso protagonista, uma alma, um ser, que acorda todo dia em um corpo diferente, seja menino, menina, branco, negro, alto, baixo, gordo, magro, religioso ou não. Em uma de suas ‘encarnações’ ele conhece Rhiannon, uma garota inteligente e bonita, que está tão acostumada a não ter sua opinião ouvida pelo namorado, no qual A está vivendo, que está ficando invisível, se escondendo atrás de seus cabelos em um relacionamento que claramente não tem futuro. E A, que não se deixa envolver, acaba decidindo proporcionar a Rhiannon um dia feliz, com um namorado que a entende e que ouve o que ela tem a dizer. Ele sabe que não deveria ter feito isso, mas não o impede de fazer e se apaixonar por ela. 


"O passado não me ofusca, nem o futuro me motiva. Concentro-me no presente, pois é nele que estou destinado a viver." pág. 12


Mas e no dia seguinte, quando A já estiver em outro corpo e Justin, o namorado, voltar a ser quem sempre foi? Ele se sente ligado à Rhiannon de uma maneira que o leva a procurar por ele, qualquer que seja o corpo que estiver habitando, e a tentar conquistá-la todos os dias com um corpo diferente. 

É lindo o modo como o autor constrói toda a história de Rhiannon e A sem deixar de se importar com a história dos hospedeiros de A, e com isso acaba nos mostrando o que seria viver no corpo de um gay, de um garoto com 150kg, de uma empregada menor de idade e ilegal,  de gêmeos, de pobres, de depressivos. Com cada história refletimos um pouquinho em relação à religião, à família, aos laços duradouros que temos a oportunidade de construir todos os dias, aos amigos que podemos cultivar, ao apoio que nossa família sempre vai nos dar...


"Queria que o amor conquistasse tudo. Mas o amor não conquista tudo. Ele não pode fazer nada sozinho.
Ele depende de nós para conquistar em seu nome." pág. 242


O final foi agridoce para mim e será para muitos outros leitores, creio. Não há como ser perfeitamente feliz, dada toda a situação, e eu entendo. Mas não posso deixar de desejar que houvesse outras possibilidades, outras saídas. Enfim, me emocionei muito, me coloquei mais fortemente ainda no lugar dos personagens e pude sentir algo como a sensação de inevitabilidade, algo agudo e profundo. 

É um livro muito perfeito, muito bem escrito, com personagens tão reais que você fica se perguntando se não existe um A por aí, passando pelas mesmas coisas, pelos mesmos dilemas. Cada corpo que A habitou, cada estória que A viveu, mesmo que por um dia, deixa algo em você. Ainda não consigo colocar em palavras a grande moral da história, por assim dizer, só sei que, depois de tudo, é reconfortante saber que você não é como A e pode se apegar sem medos e manter relações duradouras com as pessoas. Piegas? Talvez, mas depois de ler o livro você vai entender.





terça-feira, agosto 20, 2013

[Listopia #10] 10 Boxes de Livros em Inglês que eu quero PARA ONTEM! Parte #2

Quem conferiu a primeira parte desse post viu cinco boxes lindos que eu ainda pretendo ter embelezando minha estante, e agora eu vou mostrar mais cinco boxes tão lindos quanto os anterires. É normal s sentir desanimado com a falência iminente ao ler posts do tipo, então força na peruca que estaremos falidos juntos! Aeeee #sóquenão 




Todo fã de Harry Potter deveria ter um box dos livros em sua estante. Há vários modelos, vários mesmo. Acho que é a série de livros que mais tem boxes diferentes por aí, e cada um é  ais lindo que o outro. Como eu (ainda, serei ryca um dia) não posso ter todos, escolhi dois deles para mostrar para vocês hoje. Um deles é esse presente nas duas imagens. Os livros são paperback com a capa padrão, mas o mais lindo de tudo é a imagem da parte de trás do box *-*
Pode ser comprado na Livraria Saraiva, na Livraria Cultura e na Amazon



E esse box gente? Preciso falar alguma coisa sobre ele? OMG, é muito lindo!! Os livros são hardcovers e vem nessa caixa que imita o malão de viagem de Hogwarts. Quem comprou afirma que o material da caixa é bem forte e realmente passa a impressão de que é amadeirado. Os capítulos possuem uma imagem em preto e branco, logo no começo, sobre o que será abordado no mesmo. Quero muito, mas é tão carinho =( Um dia, quem sabe? 

Você pode comprá-lo na Livraria Saraiva, na Livraria Cultura, no Book Depository, e na Amazon

Bom, eu nunca me interessei muito por Gossip Girl, não mesmo, mas muita gente que tem gosto literário parecido com o meu gosta. Mesmo assim eu não sei se daria uma chance, mas com um box assim a chance é quase certa. Ficou muito legal a combinação das lombadas dos livros. Acho que todo fã adoraria e os não fãs dariam uma segunda olhada por causa de um box como esse. 
Pode ser comprado na Livraria Cultura, no Submarino,  e no Book Depository



The Parasol Protectorate, da Gail Carriger, já está sendo publicado no Brasil pela editora Valentina, e por sinal eu ainda não li o primeiro volume. Eu fiquei conhecendo a série através do box ao lado, e em minha procura por referências encontrei muitos elogios à série. Provavelmente em vou ler em português, pois a edição está um capricho, mas fica a dica ;)
Pode ser comprado na Livraria Cultura e no Book Depository



O último box da lista é da Meg Cabot e sua famosa série Os Diários da Princesa. Infelizmente esse box lindo e totalmente brilhante( no sentido literal) não está disponível em muitos lugares mais. Você tem que caçar ele no e-bay ou em sites menores e que cobram um absurdo para enviarem para o Brasil. Sad =(


E ai, alguém tem algum desses boxes, ou gostaria de comprar? Comentem ;)

segunda-feira, agosto 19, 2013

Eu Li: A Pousada Rose Harbor - Debbie Macomber


Título:
A Pousada Rose Harbor
Autora:
Debbie Macomber
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

A busca por um novo começo pode levar a grandes revelações. Jo Marie Rose decide comprar uma pequena pousada, como forma de superar a morte do marido. Mal sabe ela que as surpresas que a esperam nessa nova empreitada. Seu primeiro hóspede é Joshua Weaver, que voltou para casa para cuidar de seu padrasto doente. Os dois nunca se conheceram pessoalmente e Joshua tem alguma esperança de que possam conciliar suas diferenças. No entanto, uma habilidade de Joshua há muito perdida prova que o perdão nunca está fora de alcance e que o amor pode florescer onde menos se espera.
A outra hóspede é Abby Kincaid, que retorna a Cedar Cove para comparecer ao casamento do irmão. De volta pela primeira vez em 20 anos, ela quase deseja não ter ido, devido às memórias trazidas pela pitoresca cidade. E conforme Abby se reconecta com sua família e seus velhos amigos, percebe que só pode seguir em frente se permitir-se verdadeiramente a isso.

Debbie Macomber é uma autora que eu ainda não conhecia, e depois de uma maratona insaciável de romances épicos, fiquei feliz em tentar ler e resenhar algo mais contemporâneo. Eu posso disser que esse livro me surpreendeu bastante.

Jo Marie Rose é a nossa primeira protagonista, em momento nenhum a autora diz qual é a idade dela, mais eu gostei de imaginar que ela já estava quase nos seus quarenta anos. Ela tinha uma carreira brilhante na sua cidade natal, e estava quase sendo promovida a gerente do Columbia Bank, até que ela recebeu a noticia de que seu marido tinha morrido em um acidente de helicóptero no Afeganistão. Ela não sabia que ele deixou uma quantia em dinheiro considerável para ela, que decidiu partir para Cedar Cove, como nova proprietária da pousada local, que renomeou de Rose Harbor.

Em seguida aparece nosso protagonista masculino, Josh Waver, até então morando na Califórnia e trabalhando como engenheiro em grandes projetos. Josh é natural dessa cidadezinha, porém expulso foi pelo padrasto durante o ano de sua formatura no colegial. Assim como no caso anterior a autora não diz que idade ele possui, a característica marcante dele é a força tremenda que ele faz para não criar vínculos. Ele passa a ser o primeiro hospede de Jo Marie, quando se vê obrigado a voltar à cidade, para resgatar algumas pendências.

Por fim, mas não menos importante temos a personagem protagonista mais jovem do grupo (pelo menos foi como a imaginei) Abby Kincaid, é uma jovem mulher que se esconde do mundo e aparentemente vive uma vida mecânica. A passagem dela na historia é marcada por muitas intrigas e mistérios, (porém é a que tem um dos melhores finais, na minha opinião). Ela também é natural dessa cidade, e é o ultimo lugar em que ela gostaria de estar. 

Surpresas começam desde a forma como as historias se cruzam, que são contadas por três personagens principais, que se conhecem durante sua hospedagem na pousada (e que por incrível que pareça, foi batizada assim, por cauda do nome do marido de uma das personagens principais, Paul Rose), que fica situada em uma cidadezinha americana litorânea que passa muito tempo cheia de neblina ou chuva e onde a maioria dos moradores se conhecem desde a infância (acalme o seu coração o nome dela não é Forks), chamada Cedar Cove, situada na península Kitsap. 

Eu sinceramente travei no inicio da estória, mas acredito que isso foi devido a minha ressaca literária de épicos, passei um tempo sem tocar no livro, pois não consegui me ligar a ele, achei no inicio a historia meio rasa, mas eu não tenho o habito de abandonar livros, eu não tinha chegado nem no meio do livro, em uma madrugada sem sono eu me forcei a dar uma segunda chance para ele, e devorei-o nessa mesma madrugada. 

Sabe qual foi a mensagem do livro na minha opinião? A gente precisa se permitir dar uma segunda chance para certas coisas na vida para continuar vivendo. Eu achei quase um tapa de luva (rsrsr) a mensagem do livro ser essa quando eu tive de fazer isso, me permitir uma segunda chance para o mesmo. Eu particularmente achei ele diferente de muita coisa que li, e quem mais me cativou foi um personagem terciário e faz-tudo na estória. Mas fica a dica, para aqueles que estão intensamente envolvidos em um determinado gênero literário e querem dar um tempo, e mudar de ares.




Anne MagnoSou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

domingo, agosto 18, 2013

Chegou Pra Mim #75

Não disse no Chegou Pra Mim passado que estava esperando coisas muito legais? Pois é, estava me referindo ao segundo volume da série Minha Vida Fora de Série, da Paula Pimenta, que eu ganhei da aniversário da minha irmã e ainda não tinha chegado, mas eu acabei recebendo mais livros super legais além dele. 
Bom, o MVFS, e é lindo como eu esperava *-* Não vejo a hora de ter tempo para lê-lo. Eu ainda não tinha mostrado o primeiro volume que eu consegui em uma troca no Skoob, então aproveitei a oportunidade :D


Os outros livros legais que chegaram foram Ruínas do Tempo, do Jess Walter, publicado pela Verus e que chegou de surpresa aqui em casa; e Todo Dia, do David Levithan, super lançamento da Galera Record, co-autor de Will & Will em parceria com o John Green. Muitas ótimas expectativas em relação aos dois livros, muitas!! Em breve vocês me verão surtando sobre esses livros nas timelines da vida hahahaha.

sexta-feira, agosto 16, 2013

[Resultado] Sorteio de Marcadores - O Livro das Princesas e Como Dizer Adeus em Robô

Depois de muito tempo de espera, finalmente vamos conhecer os comentaristas que foram premiados com marcadores e cards lindos dos livros O Livro das Princesas e Como Dizer Adeus em Robô ;)

O Livro das Princesas - 6 concorrentes - 1 marcador e 1 card, nessa ordem

1 - Juliana Dias
2 - Pam
3 - Amanda e Elidiane
4 - Natascha Oliveira
5 - Ray Pereira
6 - Fernanda Karen



Como Dizer Adeus em Robô - 2  concorrentes - 2 Marcadores

1 - Sabrina
2 - Myla Henrique
Como só duas pessoas comentaram, elas duas ganham os marcadores.

Quem ganhou deve enviar seus dados para o e-mail do blog (garotapaidegua@hotmail.com), e o assunto do e-mail deve ser 'Marcador/Card + livro correspondente'. 

Parabéns às ganhadoras!!! 

quinta-feira, agosto 15, 2013

Eu Li: O Julgamento de Gabriel - Sylvain Reynard


Título:
O Julgamento de Gabriel
Autora:
Sylvain Reynard
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Gabriel Emerson e Julia Mitchel têm uma história complicada e bonita, que faz muita gente se apaixonar pelo livro. Eu, por exemplo, apesar de algumas observações, adorei o primeiro livro, O Inferno de Gabriel, pois é aquele tipo de livro onde os protagonistas têm um passado a ser enfrentado e superado, há mágoa e tristeza e há um amor capaz de superar todas essas coisas.

Eu esperava gostar desse segundo livro mais do que gostei do primeiro, ou pelo menos gostar igualmente, mas não foi o que aconteceu. Os problemas dos protagonistas não terminaram no primeiro livro, apesar da aparente tranquilidade do final, mas nós leitores já sabíamos o que esperar do segundo livro, então não foi uma grande surpresa. Tudo estava indo bem, em segredo, SEGREDO, e aí a estória deles chega aos ouvidos de pessoas que não querem vê-los felizes, o que leva ambos a tomarem decisões difíceis e capazes de abalar o relacionamento dos dois. 

Eu gosto desse tipo de estória, confesso, mas eu fiquei saturada de clichês até metade do livro. Os muitos 'eu te amo' e 'minha Beatriz' pra cá e pra lá me irritaram de uma maneira meio irracional, admito. Eu acredito que os sentimentos mais verdadeiros são demonstrados com gestos e atitudes, e isso não estava acontecendo até a metade do livro, mas depois....depois Gabriel demonstrou com suas atitudes que Julia era importante para ele, e aí o livro passou a ser bom para mim.

Tenho certeza que o livro vai agradar aos fãs de romances bem românticos, com muitas declarações de amor e obstáculos para a felicidade dos mocinhos, com clichês e cenas hot bem sensuais, com um cara experiente ensinando a moça inexperiente sobre as artes do amor. Eu não dei uma nota maior por causa do excesso de clichês que me tirou do sério, mas não acho que vá ser um problema para a maioria. 

Sobre o final, não acho que deveria haver uma continuação. Como eu falei lá em cima, ao final do primeiro livro já poderíamos prever sobre o que se trataria este livro aqui, mas eu achei que o final foi bem completo para a história dos dois neste segundo livro. Claro, há aspectos que não foram resolvidos, mas nada que justifique um terceiro livro, na minha opinião. Enfim, só nos resta aguardar para saber o que vai acontecer em A Redenção de Gabriel. 


quarta-feira, agosto 14, 2013

[Listopia #9] 10 Boxes de Livros em Inglês que eu quero PARA ONTEM! Parte #1

Eu tenho verdadeira paixão por boxes de livros em inglês. Eles são tão bem planejados, são tão bonitos, e a maioria é de ótima qualidade e feita com carinho para os fãs. Eu amo ficar surfando no Book Depository atrás de box lindinhos e fofos para eu colocar na minha lista infinita de coisas para comprar. Quer conhecer alguns desses boxes? 


Rick Riordan é DIVO e todo mundo sabe disso. Ele cria personagens divos e histórias divas, e claro que seus livros mereciam um box lindo, como esse da foto.


É uma caixa, de aparência bem forte para algo feito de papelão, com cinco hardcovers lindos e divos (repetitiva, mas quem pode me julgar?). Quer um para você? Pode ser comprado no Book Depository, mas tá quase esgotado =(
Este é o box com a série completa de Desventuras em Série, do Lemony Snicket, em hardcover. Eu li essa série há muito tempo, bem antes de criar o blog. Eu ainda quero tê-la, já que eu li emprestado, para voltar às histórias sempre que eu quiser, e esse box é uma ótima opção! Um dia, um dia, essa coisa linda estará em minha estante!

Pode ser comprado na Amazon, Book Depository, Submarino e Livraria Cultura.


Esse box do John Green também é lindo. Eu já fotos dele em blogs de pessoas que não resistiram à tentação e compraram. Realmente, é difícil encontrar boxes assim em livrarias brasileiras, e quando a gente encontra tem que segurar a vontade para não ir à falência na mesma hora HAHAHA.

Pode ser comprado na AmazonBook Depository, e Livraria Cultura.






Esse box é o próximo da minha lista de compras. Estou juntando grana há um tempinho só para poder comprá-lo. Eu amo a escrita da Maggie Stiefvater e preciso da série Os Lobos de Mercy Falls em hardcover e em grande beleza e elegância em minha estante \o/

Pode ser comprado no Book Depository e na Livraria Cultura



Me digam se não ficaria lindo esse box da Julie Kagawa em qualquer estante? É claro que ficaria. As lombadas são lindas e as cores mais ainda. Esse é o segundo da minha lista de compras - vou me baseando pelo preço, sou pobre né gente!?!? sausuhuhauhsuhas. 
Eu amo essa série e vou terminar de lê-la em inglês mesmo, já que não tem previsão do lançamento do terceiro e quarto livros por aqui. 
Pode ser comprado no Book Depository e na Amazon


É isso gente. Semana que vem vou mostrar mais 5 boxes lindo que eu gostaria de ter em minha estante. Até!


terça-feira, agosto 13, 2013

Eu Li: Destrua-Me - Tahereh Mafi


Título:
Destrua-Me
Autora:
Tahereh Mafi
Editora:
Novo Conceito

Download Grátis

Perfeito para os fãs de estilhaça-me que aguardam desesperadamente a liberação de Liberta-me, este original digital da série irá preencher a lacuna entre esses dois romances a partir da perspectiva do vilão que todos nós amamos odiar, Warner, o líder cruel do Setor 45. Em estilhaça-me de Tahereh Mafi, Juliette escapou o restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas como ela vai aprender em Destrua-me, que Warner não é tão fácil de se livrar. . . De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor. Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la, trazê-la de volta, e dispor de Adam e Kenji, os dois traidores que ajudaram a sua fuga. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir. Na sequencia de Estilhaça-me e antes de sua próxima sequencia, Liberta-me, Destrua-me é uma estoria contada a partir da perspectiva da Warner, o líder cruel do Setor 45.

Este livro é muito interessante. Pensem comigo: é muito fácil julgar sem saber o que o outro sente, certo? Ainda mais quando as atitudes gritam de forma hostil (e hostil é um doce eufemismo para Warner nesse caso).

Destrua-me é um pequeno spin-off da trilogia “Estilhaça-me”, da autora Tehereh Mafi, que foi disponibilizado pela editora Novo Conceito aqui ( Ao que tudo indica, não haverá livro físico, o que é uma lástima!). Este ~conto~ é da perspectiva de Warner, o líder do setor 45, depois dos acontecimentos que se passam em “Estilhaça-me”.

Em “Estilhaça-me” uma série de fatores nos faz definir bem quem são os inimigos. O Restabelecimento quer uma arma mortal e Juliette é o que eles precisam. Warner é obsessivo com a ideia de tê-la como uma arma. Será? Em “Destrua-me” constatamos uma certa obsessão, sim, mas gente... é amor! (QUÊ?! O VILÃO É AMOR?! SIM! O VILÃO É AMOR!)

“Cada terminação nervosa do meu corpo está pulsando. Nunca me senti tão vivo nem tão desesperado em toda a minha vida, e tenho certeza de que se ela pudesse saber o que estou pensando nesse momento, ela sairia correndo por aquela porta e nunca mais voltaria.
Porque eu a quero.
Agora.
Aqui.
Em todo lugar.
Não quero nada entre nós.” *Deixa para desmaiar*

A autora foi inteligente em nos dar a perspectiva de Warner, porque nós não podemos mais julgá-lo como antes depois que conhecemos seus sentimentos e suas verdadeiras motivações. Claro que não justifica as coisas ruins que ele faz, mas o universo simplesmente se expandiu (confesso que meu lado negro da força adora os testes que Warner faz com Juliette em “Estilhaça-me”. O que será que isso diz sobre meu caráter?).

Aí vocês podem se perguntar “ah, mas esse vilão é bonzinho?” Eu não escrevi tal coisa em nenhum momento! Warner é um soldado cheio de manias (do tipo TOC), erros e frustrações. Em “Destrua-me”, conhecemos o lado humano de quem julgávamos, em “Estilhaça-me”, um monstro. (AI, MEU FEELINGS!)

“E ainda assim nunca havia experimentado esse sentimento terrível. Horrível e paralisante. Me sinto aleijado. Desesperado e fora de controle. E está ficando pior. Todos os dias me sinto doente. Vazio e ferido por dentro.
O amor é um cretino perverso e sem coração.”

O ebook tem várias capítulos mas, acreditem, ele termina rápido demais. Ainda não li “Liberta-me”, que é o livro dois da trilogia, mas... Adam que se cuide! Indico muito a leitura para dar prosseguimento à série com voracidade!




Fernanda KarenEstudante de Serviço Social com o coração no curso de Letras. Apaixonada por séries, dramas e café. Bookaholic irrecuperável e promiscua literária. Eventualmente estou trocando um de meus rins por livros muito desejados. (Qualquer coisa é só entrar em contato). Amo YA, ficção-fantasia, clássicos (brasileiros, portugueses, ingleses, latinos etc), chick-lits... Perceberam que meu preconceito literário é zero? Ops, quase zero; não leio auto-ajuda.

sexta-feira, agosto 09, 2013

Lançamentos da Galera para o mês de Agosto \o/

Está chegando mais uma enxurrada de livros bons esse mês!! Muitos livros aguardados por aqueles que acompanham os lançamentos internacionais, inclusive eu. Os três primeiros livros da lista estão na minha wishlist há eras, ERAS! Não pude ler antes, mas agora é hora, uhuuul!!! 

Tenho certeza que vocês vão ficar tão empolgados quanto eu com esse lançamentos lindos *-*



Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.
Leia o primeiro capítulo aqui.



Liz Valchar sempre teve tudo o que poderia desejar. Dinheiro, beleza, um namorado perfeito e, agora, uma festa de aniversário no iate particular, na companhia de seus cinco melhores amigos. Mas quando ela acorda no dia seguinte, percebe algo errado. Boiando na água, bem ali, entre o barco e o cais, está o corpo de uma adolescente. Ao observar melhor, Liz percebe horrorizada, que aquele é o seu corpo. E que ela está morta. A única companhia dela é Alex, um menino que morreu um ano antes em um acidente de carro. Juntos, tentarão solucionar o mistério da morte dela, reconstruindo seus últimos dias de vida.
Leia o primeiro capítulo aqui.


Esqueça a lenda. Unicórnios não são fofinhos. Nem alados. Muito pelo contrário: são cruéis, carnívoros e venenosos. É o que Ariel cansou de ouvir de sua, digamos, "um pouco obcecada" mãe. Ao que parece, as duas fazem parte de uma longa linhagem de caçadoras de unicórnios, descendentes de Alexandre, o Grande. Ah, e o Bucéfalo? O famoso cavalo do mais temido conquistador da história? Sim, você adivinhou... Unicórnio. Claro que Astrid costumava zombar dessas excêntricas histórias - até que o namorado foi atacado por um... pônei com chifre? E salvo do estranho veneno por uma droga milenar, um remédio mítico feito à base de unicórnios e guardado com zelo insano pela mãe de Astrid. Por isso, agora ela está indo para um claustro em Roma. Um antigo centro de treinamento para caçadoras. No entanto, na antiga Ordem da Leoa, nem tudo é o que parece. Fora de seus muros, os unicórnios esperam para atacar. E dentro, Astrid enfrenta outras ameaças inesperadas: paredes cobertas de troféus de caça vibram com um poder terrível, as outras caçadoras, e até mesmo seus patrocinadores sugerem intenções escurssas; mas o mais perigoso talvez seja a atração crescente por um estudante de arte... uma atração que pode pôr tudo a perder...
Leia o primeiro capítulo aqui.


O épico confronto entre os Vampiratas e a união formada pela Federação e os Noturnos chega ao seu fim em meio a batalhas que vão ecoar por todos os mares. Os irmãos Grace e Connor Tormenta, peças-chave durante todo o conflito, podem ser a resposta para trazer a tão sonhada paz. Mas para fazerem isso, segundo uma antiga profecia, eles precisam ir até as últimas consequências... E um deles pode não voltar.
Leia o primeiro capítulo aqui.







Os alunos da Sala 209 estão ensaiando uma peça para a Feira Cultural da escola Pine Height Elementary e praticamente todas as meninas da turma de Allie querem o papel principal... Incluindo a própria Allie. Felizmente, ela tem alguns truques na manga para conseguir o papel. Mas o que vai acontecer depois que Allie descobrir que uma de suas melhores amigas, Sophie, quer o papel de Princesa Penélope tanto quanto ela? Allie conseguirá seguir as regras da amizade e, ainda assim, realizar seu sonho?
Leia o primeiro capítulo aqui.

quarta-feira, agosto 07, 2013

[Resultado] Promoção Métrica (Slammed) ;)

Hora do tão aguardado resultado da promoção de Métrica! É muito sortudo qualquer um que tenha a oportunidade de ler esse livro, pois tem uma história muito linda, que vale muito a pena ser lida. E eu fico muito feliz de poder dar essa opotunidade para algum leitor do blog ;)

E aí, vamos conhecer o ganhador? Quem vai levar Métrica para casa é....

terça-feira, agosto 06, 2013

Lançamentos de Agosto da Novo Conceito

No mês de agosto a Novo Conceito vai lançar oito livros de uma vez só. Tem romance, distopia, YA, e outros livros para deixar todo mundo bem ocupado durante o mês ;D Tipo Destino e Olho Por Olho eu estou esperano há muito tempo, então serão os primeiros da lista de livros para ler!

E aí, algum que esteja garantido na sua lista de próximas leituras?

Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar.
Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil.






Este é um livro divertido. O tipo de livro que a gente tem que ler nem que seja só para continuar uma conversa quando aqueles terríveis momentos de silêncio se instalam entre os interlocutores. Mas, além disso, este é um livro sério, muito sério. (Antes de começar a lê-lo, vale a pena dar uma olhada nas referências bibliográficas).
A proposta sensacional de Pedro de Camargo é demonstrar, da forma mais simples possível, como nosso comportamento de consumo está diretamente ligado aos neurotransmissores responsáveis pelas sensações de prazer.
Parece complicado, mas sob a escrita de Camargo você vai compreender perfeitamente alguns de seus comportamentos pouco ortodoxos, embora comuns, como assaltar a geladeira em noites mais frias, ou comprar aquele monte de bobagens que nunca, em toda a sua vida, pretendeu usar…
E, como cortesia, com as dicas no fim de cada capítulo é possível aprender a combater seus próprios neurotransmissores endoidecidos — e consumistas — e conquistar o orçamento saudável com que sempre sonhou.

O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores.
Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua.
Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação?
E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?
A ambiciosa policial Heather Kennedy está em seu trabalho mais difícil: seus métodos de investigação são criticados e ela está sendo assediada por colegas rancorosos porque não lhes dá atenção.
Até que lhe é atribuída o que parece ser uma investigação de rotina, sobre a morte acidental de um professor da Faculdade Prince Regent, mas a autópsia deste caso volta com algumas descobertas incomuns: o inquérito vincula a morte deste professor às de outros historiadores que trabalharam juntos em um obscuro projeto sobre um manuscrito do início da Era Cristã.
Em seu escritório, Kennedy segue com sua investigação e logo se preocupa com o rumo para onde está sendo levada. Mas ela não está sozinha em sua apreensão. O ex-mercenário Leo Tillman — seu futuro parceiro — também tem angustiantes informações sobre estes crimes. E sobre a misteriosa organização mundial a que os crimes se relacionam… Escondido entre os pergaminhos do Mar Morto, um códice mortal pretende desvendar os segredos que envolvem a morte de Jesus Cristo.
Entre um terrível acidente de avião no deserto americano, um brutal assassinato na Universidade de Londres e uma cidade-fantasma no México, Manuscritos do Mar Morto é o mais emocionante thriller desde O código Da Vinci.
Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason…
Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era!
Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele.
Então, Erin viajou durante todo o verão…
Zach, o mais arredio dos Sullivan, é mecânico e corredor de pistas de alta velocidade. Suas únicas preocupações são: como gastar seu dinheiro e com que mulher passar a próxima noite… Até que ele recebe a difícil tarefa de cuidar do filhote de yorkshire de seu irmão por duas semanas — um total contratempo para um homem como ele.
Mas Zach não tem como negar este favor a Gabe e, muito a contragosto, acaba aceitando cuidar de Ternurinha, a cachorrinha que, para piorar, é um terror e certamente precisa de treinamento.
Heather Linsey não acreditava que teria de treinar o fi lhote do arrogante Zach Sullivan. De todos os homens que já conhecera, Zach era o mais atrevido. Palavras como arrogante, esnobe, pretensioso cabiam especialmente bem no mecânico da família Sullivan.
Além disso, a beleza e o charme de Zach eram desconcertantes e a atração entre eles, inevitável… Heather estava francamente disposta a negar esse trabalho, mas teve que pensar duas vezes antes de recusar, pois fora indicada por uma grande amiga.
De qualquer forma, ela sabia que podia controlar as investidas de Zach Sullivan, caso ele se mostrasse desrespeitoso. O que ela não sabia é que sua rejeição ia despertar os mais profundos e obstinados desejos no mecânico…

Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena…
Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho…
No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos.
Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!
Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois… os filhos. Não é assim?
Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe, e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben.
O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e — assim como Claudia — também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos?
Uma Prova de Amor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo