terça-feira, agosto 13, 2013

Eu Li: Destrua-Me - Tahereh Mafi


Título:
Destrua-Me
Autora:
Tahereh Mafi
Editora:
Novo Conceito

Download Grátis

Perfeito para os fãs de estilhaça-me que aguardam desesperadamente a liberação de Liberta-me, este original digital da série irá preencher a lacuna entre esses dois romances a partir da perspectiva do vilão que todos nós amamos odiar, Warner, o líder cruel do Setor 45. Em estilhaça-me de Tahereh Mafi, Juliette escapou o restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas como ela vai aprender em Destrua-me, que Warner não é tão fácil de se livrar. . . De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor. Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la, trazê-la de volta, e dispor de Adam e Kenji, os dois traidores que ajudaram a sua fuga. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir. Na sequencia de Estilhaça-me e antes de sua próxima sequencia, Liberta-me, Destrua-me é uma estoria contada a partir da perspectiva da Warner, o líder cruel do Setor 45.

Este livro é muito interessante. Pensem comigo: é muito fácil julgar sem saber o que o outro sente, certo? Ainda mais quando as atitudes gritam de forma hostil (e hostil é um doce eufemismo para Warner nesse caso).

Destrua-me é um pequeno spin-off da trilogia “Estilhaça-me”, da autora Tehereh Mafi, que foi disponibilizado pela editora Novo Conceito aqui ( Ao que tudo indica, não haverá livro físico, o que é uma lástima!). Este ~conto~ é da perspectiva de Warner, o líder do setor 45, depois dos acontecimentos que se passam em “Estilhaça-me”.

Em “Estilhaça-me” uma série de fatores nos faz definir bem quem são os inimigos. O Restabelecimento quer uma arma mortal e Juliette é o que eles precisam. Warner é obsessivo com a ideia de tê-la como uma arma. Será? Em “Destrua-me” constatamos uma certa obsessão, sim, mas gente... é amor! (QUÊ?! O VILÃO É AMOR?! SIM! O VILÃO É AMOR!)

“Cada terminação nervosa do meu corpo está pulsando. Nunca me senti tão vivo nem tão desesperado em toda a minha vida, e tenho certeza de que se ela pudesse saber o que estou pensando nesse momento, ela sairia correndo por aquela porta e nunca mais voltaria.
Porque eu a quero.
Agora.
Aqui.
Em todo lugar.
Não quero nada entre nós.” *Deixa para desmaiar*

A autora foi inteligente em nos dar a perspectiva de Warner, porque nós não podemos mais julgá-lo como antes depois que conhecemos seus sentimentos e suas verdadeiras motivações. Claro que não justifica as coisas ruins que ele faz, mas o universo simplesmente se expandiu (confesso que meu lado negro da força adora os testes que Warner faz com Juliette em “Estilhaça-me”. O que será que isso diz sobre meu caráter?).

Aí vocês podem se perguntar “ah, mas esse vilão é bonzinho?” Eu não escrevi tal coisa em nenhum momento! Warner é um soldado cheio de manias (do tipo TOC), erros e frustrações. Em “Destrua-me”, conhecemos o lado humano de quem julgávamos, em “Estilhaça-me”, um monstro. (AI, MEU FEELINGS!)

“E ainda assim nunca havia experimentado esse sentimento terrível. Horrível e paralisante. Me sinto aleijado. Desesperado e fora de controle. E está ficando pior. Todos os dias me sinto doente. Vazio e ferido por dentro.
O amor é um cretino perverso e sem coração.”

O ebook tem várias capítulos mas, acreditem, ele termina rápido demais. Ainda não li “Liberta-me”, que é o livro dois da trilogia, mas... Adam que se cuide! Indico muito a leitura para dar prosseguimento à série com voracidade!




Fernanda KarenEstudante de Serviço Social com o coração no curso de Letras. Apaixonada por séries, dramas e café. Bookaholic irrecuperável e promiscua literária. Eventualmente estou trocando um de meus rins por livros muito desejados. (Qualquer coisa é só entrar em contato). Amo YA, ficção-fantasia, clássicos (brasileiros, portugueses, ingleses, latinos etc), chick-lits... Perceberam que meu preconceito literário é zero? Ops, quase zero; não leio auto-ajuda.

5 comentários:

  1. Oii!!
    Já li Estilhaça-me e gostei bastante! Esse livro será uma das minhas próximas leituras! Quero muito ler o ponto de vista de Warner nesse livro, mesmo ainda preferindo o Adam! <3
    Beeijos

    Elidiane Ferreira

    ResponderExcluir
  2. essa Fernanda!
    Como sempre apaixonada pelos personagens secundários....rsrrss
    Sera que este coloca o lugar do Adrian (VA) em risco no seu coraçãozinho?
    Boa Resenha!!!

    ResponderExcluir
  3. Nunca fui com a cara do Warner, sempre achei ele estranho e obcecado. Quero ler Destrua-me justamente para ver o que tantas resenhistas viram nele de bom ahaha espero entender o Warner melhor depois que ler Destrua-me (E sim! Uma lástima não lançarem livro físico dele)

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Quando eu li estilhaça-me eu tinha tanto ódio de Warner que estava quase jogando meu notebook na parede para ver se isso o atingia um pouco, mas consegui me controlar e quebrei totalmente a cara quando li liberta-me e descobri o porque de Warner ser do jeito que era, além de ver o quanto ele ama a Juliette. Eu não gosto desse livros que os autores soltam de graça e que tem poucos capítulos, porque eles sempre tem o mesmo conteúdo apenas mudando a visão do personagem, por isso pulo logo para o que deveria realmente ler, onde a estória realmente continua.Não é preciso ler esse livro para saber o quanto Warner ama Juliette, pois em liberta-me tudo isto é bem mostrado.

    ResponderExcluir
  5. Todo mundo acha que conhece o Warner....até ler Destroy Me.

    Fico me perguntando se a Tahereh não escreveu Destroy Me quando de repente se apaixonou pelo próprio vilão e precisou dar um sentido pra ele... Aliás, tá mais do que provado que ela é warnette, só que deve ter descoberto isso depois e agora não sabe mais como fazer eles ficarem juntos com o Adam no caminho HAHAAHAHAAHAHAHAH

    Destroy me foi uma coisa linda, uma leitura apaixonante e sofredora.... Conhecer Warner de verdade sangrou mais anda meu coração.... (e a culpa é tua, tu sabe xD )
    Espero que ele tenha um fim digno T_T

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo