sábado, março 30, 2013

Chegou Pra Mim #66

Ahhhhhh! Finalmente consegui gravar um vídeo para vocês! *dá pulinhos* Depois de três fins de semana consecutivos ausente de casa, consegui um tempo livre para mostrar minhas compras pra vocês. Espero que gostem!


Vou sortear um comentarista para ganhar um kit de marcadores!

sexta-feira, março 29, 2013

[Promoção] A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista


Olha que linda a nova promoção do blog *vomitaarcoíris* Sim, é uma promoção do livro A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, que eu li em inglês no começo do ano passado. É um livro muito fofo, com uma mensagem bonita, cenas tristes, outras fofas, e que vale muito a pena! Participem, participem, leiam, leiam! 

Ah, deixem um comentário nesse post para confirmar a participação ;)


Boa Sorte !!! 

[Resultado] Top Comentarista Fevereiro - Novo Resultado

Estou muito contente de anunciar que finalmente temos um sorteado para o Top Comentarista de Fevereiro. Depois de muita enrolação finalmente as entradas de comentários apareceram e eu pude fazer o sorteio. Bom, na verdade eu fiz dois sorteios para compensar a demora, então dois sortudos vão levar livros para casa \o/

O primeiro sortudo é....G William Snow. Parabéns! Você receberá o livro Postais do Coração, da Ella Griffin. Envie um e-mail até domingo com seus dados para garotapaidegua@hotmail.com.

O segundo sortudo é na verdade uma sortuda, a Francine Fernandes. Parabéns! Assim que enviares o e-mail para garotapaidegua@hotmail.com te responderei com uma lista de livros para você escolher seu prêmio!

Parabéns Gladys e Cristiane! Vocês tem até sábado para enviar seus dados para o e-mail garotapaidegua@hotmail.com. A Gladys, por ter sido a primeira sorteada, ficará com o livro do TC e a Cristiane escolhera um livro da lista que eu vou enviar. 

Bom, como os sorteados novamente não enviaram e-mail dentro do prazo, eu refiz os sorteios, e os novos ganhadores são...




Parabéns meninas! Enviem seus dados para garotapaidegua@hotmail.com até sábado, dia 20/04. 

=D

terça-feira, março 26, 2013

Eu Li: Dezoito Luas - Kami Garcia, Margaret Stohl



Título:
Dezoito Luas
Autores(as):
Margaret Stohl, Kami Garcia
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC


Ethan Wate pensou que ele estava se acostumando com os estranhos, acontecimentos impossíveis acontecendo em Gatlin, sua pequena cidade do sul. Mas agora que Ethan e Lena voltaram para casa, estranho e impossível assumiram novos significados. Enxames de gafanhotos, recorde de calor e tempestades devastadoras devastar Gatlin como luta Ethan e Lena para entender o impacto da Alegando Lena. Mesmo família de Lena de Supernaturals poderosos é afetada - e suas habilidades começam a falhar perigosamente. Com o tempo, uma questão torna-se clara: o que - ou quem - terá de ser sacrificado para salvar Gatlin Para Ethan, o caos é uma distração assustadora, mas bem-vindo. Ele está sendo perseguido em seus sonhos de novo, mas desta vez não é por Lena - e tudo o que está assombrando ele está seguindo-o para fora de seus sonhos e em sua vida cotidiana. Ainda pior, Ethan está gradualmente perdendo pedaços de si mesmo - esquecendo nomes, números de telefone, mesmo memórias. Ele não sabe por que, e na maioria dos dias ele está com muito medo de perguntar. Às vezes, não há apenas uma resposta ou uma escolha. Às vezes não há como voltar atrás. E desta vez não haverá um final feliz.



Dezoito Luas é bem mais sombrio do que os livros anteriores, isso por que a decisão tomada por Lena no livro anterior foi tão grandiosa que alterou a ordem natural das coisas, e agora Gatlin e seus moradores estão sofrendo as consequências, com o pragas de gafanhotos, lagos secando, entre outros sinais que poderiam ser considerados apocalíticos. O que não deixa de ser, já que uma Nova Ordem precisará nascer, mas essa ordem pode ser da Luz, mas também das Trevas.

Essa série desperta um sentimento um tanto contraditório em mim. Não é uma série que eu releria, pois sei que o ritmo da narrativa é um tanto lento, baseado na expectativa sobre o dia da lua do título e o que ele representará para o povo de Gatlin, Ethan, Lena, Macon, Amma e todos os outros envolvidos. Porém, enquanto estou lendo, me sinto envolvida pelo ritmo lento dessa expectativa, cheia de pistas a serem desvendadas, e pelo medo sombrio do que vai acontecer no final, por que nunca, nunca é algo bom. E mesmo sabendo disso eu continuo lendo mais um capítulo, e outro, dava uma pausa, e outro... até o fatídico dia. E aí fico morta de ansiedade para saber o que acontecerá depois, e no caso de Dezoito Luas a ansiedade provocada pelo final é muito, muito maior! 

Foi um final do tipo, "não é possível...ou é?" Eu fiquei assim, olhando para a página por um tempinho antes de fechar o livro, e eu não tinha como saber nem a sinopse do próximo livro, pois estava no ônibus!!!  Já matei a curiosidade, mas só um pouco, o que não é quase nada, podem crer. 

Como eu disse, a narrativa é sombria e os personagens entraram no clima, totalmente. Há poucos momentos que podem ser considerados alegres. O restante é todo baseado em medo do futuro, de não saber mais quem você é, arrependimento pelas escolhas feitas, descobertas sobre pessoas queridas, ou não. É bem legal mesmo, e a narrativa, que é do ponto de vista do Ethan, só faz melhorar.  

Como eu disse, essa série gera um sentimento contraditório, mas mesmo assim é ótima enquanto dura, bem cativante, apesar do ritmo, que como eu disse, não me agrada muito, pois prefiro livros cuja leitura seja rápida (oi falta de tempo u.u), mas eu recomendo mesmo! Não vi o filme, mas normalmente os livros são melhores (minha opinião), então se foi ver no cinema, não se dê por satisfeito e leia a série também ;)


Capa e Sinopse de Um Milhão de Sóis, de Beth Revis

Este é o segundo volume da trilogia escrita por Beth Revis, cujo primeiro livro, Através do Universo, já tem resenha aqui no blog, e diga-se de passagem, é muito bom!!




Descubra os segredos que Godspeed esconde nessa eletrizante sequência de Através do Universo.
Já se passaram três meses desde que Amy foi desconectada. A vida como ela conhecia chegou ao fim. E para onde quer que ela olhe, enxerga apenas as paredes da nave espacial Godspeed.
Mas ainda pode haver esperança. Elder assumiu a liderança da nave e ¬finalmente se vê livre para agir de acordo com seus desejos: sem mais Phydus, sem mais mentiras.
Quando Elder descobre os terríveis segredos da nave, ele e Amy correm em busca da verdade por trás da vida em Godspeed. Eles precisam se unir para desvendar um grande mistério, posto em ação centenas de anos antes. Seu sucesso ou fracasso determinará o destino dos 2.298 passageiros. Porém, a cada passo, a jornada se torna ainda mais perigosa, a nave, cada vez mais caótica, e o amor entre eles, mais impossível de se concretizar.

Adicione o livro no Skoob

segunda-feira, março 25, 2013

Capa e Sinopse de O Destino do Tigre, de Colleen Houck

Está para chegar às livrarias brasileiras o quarto volume da série de Collen Houck, faltando ainda um livro, O Sonho do Tigre, para o grande final! Ansiosa para saber o que mais vai acontecer aos lindos tigres e à Kelsey.


Adicione ao Skoob aqui

quarta-feira, março 20, 2013

Circuito Novo Conceito #3 - Violetas de Março

O amor surge quando você menos espera!

Quantas e quantas vezes você procurou um amor? Viver um grande romance é o seu sonho? E você já percebeu que quanto mais você procura, menos acha uma pessoa bacana?!Pois é, você pode se surpreender, pois o amor surge de onde você menos espera. Mas a grande questão é: Você diz que o ama logo de cara?

A mulher tem a reputação de dizer "eu te amo" logo no início de um relacionamento, mas na verdade são eles que dizem antes. Aliás, eles admitem pensar sobre confessar o amor em média seis semanas antes que suas parceiras, segundo um artigo publicado no periódico norte-americano Journal of Personality and Social Psychology.

 Por mais estranho que pareça, a resposta para essa atitude dos homens faz todo sentido à luz da psicologia evolucionista. Os homens podem ser mais impulsivos na maneira de expressar o amor, mas para eles este tem significado muito diferente do que para as mulheres.

Veja só, os pesquisadores descobriram que uma confissão de amor por parte dos homens pode resultar em sexo o mais rápido possível, que é o objetivo evolutivo final do gênero, e por isso dizem "eu te amo" o mais rapidamente possível. E, ao contrário, as mulheres só dizem "eu te amo" depois do sexo, porque elas têm mais a perder com a gravidez. A confissão para elas é um sinal do compromisso de longo prazo, bem diferente dos homens, que não querem compromisso. No jargão, eles querem "comprar na baixa" e elas, "vender na alta".

Na pesquisa feita no MIT, os homens mais felizes em obter a confissão de amor da mulher eram aqueles interessados em aventuras de curta duração, e mulheres que procuram relacionamento de longo prazo eram mais felizes em ouvir o "eu te amo" depois do ato consumado.

Pois é, padrões primitivos persistem no comportamento humano. São as bases biológicas que podem nos ajudar a entender as motivações ocultas das pessoas. Isso inclui também o comportamento de consumo, pois o homem dará muitos presentes antes de ter a mulher, e ela vai esperar uma ocasião mais tardia, que demonstre compromisso de longo prazo.


terça-feira, março 19, 2013

Lançamentos de Abril da Novo Conceito

Esses dias a Novo Conceito anunciou os seus lançamentos de Abril, inclusive o aguardado Liberte-me, continuação de Estilhaça-me, e cuja capa está sendo motivo de polêmica entre os blogueiros, que querem que a editora mude a capa. A maioria quer, pelo menos. Eu também acho que poderia ser melhor, mas o conteúdo é o que mais importa para mim \o



Jardim de Inverno - Kristin Hannah
Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma fotojornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas.
A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história.
Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são.
“Difícil não rir um tanto e chorar ainda mais com a história de mãe e filhas que se descobrem no último momento.”
– Publishers Weekly
A história que sua mãe conta é como nenhuma outra já ouvida por elas antes — uma história de amor cativante e misteriosa que dura mais de sessenta anos e parte da Leningrad congelada e devastada pela guerra até o Alasca, nos dias atuais. A obessão de Nina por esconder a verdade as levará a uma inesperada jornada ao passado de sua mãe, onde descobrirão um segredo tão chocante, que abala a estrutura da família e muda quem elas acreditam ser.



Sangue na Neve - Lisa Gardner
A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confirmam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D.Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples.
No entanto, ao abrir o inquérito, D. D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e — afinal — onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou em seu marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha?
D. D. Warren, a experiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética por uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.


Simplesmente Ana - Marina Carvalho
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha…
Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex.
Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro.
A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam.
Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.


Liberta-me - Tahereh Mafi
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha…
Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex.
Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro.
A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam.
Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.


A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra - Robin Sloan
A recessão econômica obriga Clay Jannon, um web-designer desempregado, a aceitar trabalho em uma livraria 24 horas. A livraria do Mr. Penumbra — um homenzinho estranho com cara de gnomo.
Tão singular quanto seu proprietário é a livraria onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se enfurnar, junto do proprietário, nos cantos mais obscuros da loja, e apreciar um misterioso conjunto de livros a que Clay Jannon foi proibido de ler.
Mas Jannon é curioso…


O Poder da Energia - Brendon Burchard
O Poder da Energia, de Brendon Burchard, nos convida a pensar grande e a transcender as ideias a que nos acostumamos, enquanto, ao mesmo tempo, aprendemos a comandar nossa própria consciência. Convida-nos a uma existência muito mais planejada, onde o controle sobre o prazer e sobre a dor estará em nossas mãos.
E como é possível apoderar-se assim da vida? Podemos escolher entre seguir nossos impulsos, ou dirigir a nossa atenção e atividade a um estado mais elevado de motivação. Podemos deixar que a vida nos leve, ou tomar as rédeas de nossa história até que possamos realmente desfrutá-la.
Para encontrar um propósito na experiência humana e ultrapassar qualquer circunstância limitadora, O Poder da Energia o levará a se conectar a algo maior que as coisas do dia a dia; algo que vai conduzi-lo do mundano ao mágico, de uma vida inepta à plenitude.

segunda-feira, março 18, 2013

[Garoto Pai D'égua] O Ovo Apunhalado - Caio Fernando Abreu



Título:
O Ovo Apunhalado
Autor:
Caio Fernando Abreu
Editora:
Agir
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

O livro mais underground do poeta da angústia.

Anjos, monstros devoradores, alucinações muito reais. Os seres fantásticos que povoam este livro são constituídos de mistérios. Suas rotinas triviais foram recriadas na forma de epopéias transformadoras, despidas dos disfarces que arrastam os seres humanos no cotidiano. Uma obra que mostra que o grotesco não está em tais seres. Está em não saber vê-los.
   
Quando primeiro se pensa em Caio, é impossível não lembrar das suas frases de impacto espalhadas em perfis adolescentes - e outros nem tão adolescentes assim - pelas diversas redes sociais. Em companhia com a famigerada Clarice Lispector, Caio Fernando permeia entre os about me e as mensagens pessoais de quase todo o sujeito pensante pela internet. Não os culpo, Caio sempre soube o que escrevia e deveria ser ciente do poder que suas palavras causariam em simples indivíduos como nós. Pelo contrário, convido-os a conhecer o Caio que está além dos 140 caracteres do Twitter e que transpõe as imagens compartilhadas pelo Facebook.

O Ovo Apunhalado, terceiro livro de Caio Fernando Abreu, presenteia o leitor com 21 contos, divididos em três partes: ALFA, BETA e GAMA. O livro foi primeiro publicado em 1975, refletindo os acontecimentos vigentes da sociedade da década de 70, e não muito tempo depois foi alvo da censura, tendo alguns de seus trechos cortados e três contos excluídos, o que levou a ser republicado em 1984.
O livro conta com um universo fantástico que captura o leitor a partir do primeiro parágrafo e o carrega por diferentes estados de excitação. Os personagens trazem consigo uma carga de emoção e intimismo que mesmo sendo os desejos e aflições exprimidos da sociedade da década de 70, conseguem atravessar os degraus do tempo e fazer com que o leitor de hoje se sinta desnudado e descrito pelo próprio Caio - o que talvez justifique as frases perambulantes pelas redes sociais.

Você cresceu em mim de um jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente.

Os contos são ricos em fantasia e são habitat de criaturas como anjos, homenzinhos verdes e gravatas assassinas. Parece surreal de início, mas, naquela época de censura, o sobrenatural não passava de um pretexto para dizer coisas que jamais seriam ditas em termos realistas. Mais do que um simples pretexto, o fantástico acabava por ser um combate sutil a uma ou outra censura.
Os três contos que, na minha opinião, merecem destaque são: Oásis, Gravata e Retratos. Oásis por conseguir despertar minha imaginação e me levar de supetão a minha época de menino; Gravata por deixar tão expostas as garras do consumismo; e Retratos por se revelar tão esclarecedor quanto a atrocidade do tempo. Porém, acima de tudo, o mais encantador é a pluralidade desses e dos outros contos presentes na obra, que tomam formas variadas e suportam todo o tipo de interpretação. Por todos esses motivos, deixo a dica: deixem-se inocular pelo vírus chamado Caio Fernando Abreu e degustem da obra fruto do boom da literatura brasileira.




Circuito Novo Conceito #1 - A Pousada Rose Harbor


Alguém viu os valores que estavam aqui? Família, lar amizade....

Você também está procurando algumas coisas que se perderam pelo caminho? Nostalgia! Talvez. Pode ser, mas na verdade sinto falta de valores simples que foram ficando de lado no "fast dia" do workaholic e sua família instantânea. Tudo tão rápido, sem consistência, sem sabor e ainda por cima, mal passado! Até os índices econômicos são com base em fast-food "Índice McDonald´s". Para o mundo que eu quero descer!

Socorro! Cadê a minha avó!? A vó Antonieta que fazia a Páscoa ficar mágica e que reunia as amigas e noras para a novena, fazia o Natal ser um grande jantar para reunir toda a família e ganhar presentes simples e até feitos à mão, e que abria as portas da sua casa para receber a festa de Santo Reis, quando se desmontava a árvore de Natal e os violeiros de roupas coloridas, máscaras e pandeiros com fitas se apresentavam em troca de uma xícara de café. Onde foi parar tudo isso?

Onde está aquela vida simples, corrida também, com muito trabalho para colocar dinheiro em casa, filhos para criar e educar? Porém simples! E cheia de valores, coisas pequenas que faziam o dia, o mês, o ano e a vida valerem à pena. Cadê o almoço em família com todos à mesa e o jantar para contarmos como foi o dia? Tenho a leve impressão que curtíamos mais a chuva na janela, que agradecíamos mais, que sonhávamos mais.
Você tem sonhado? Tem feito piquenique com seus filhos? Ou sua vida tem sido drive-thru em que você passa, pega e vai embora.Tem uma autora americana que me faz voltar ao passado com seus livros e lembrar de todas essas coisas boas de uma vida simples. É a Debbie Macomber!

E sabe o que mais? Acho que tem um monte de pessoas saudosas como eu, porque Debbie já vendeu 170 milhões de livros no mundo! Isso significa que não só eu que tenho saudades da vida como ela era.

Como estamos tão ocupados correndo pela vida é fácil perder os momentos de prazer. Uma boa leitura pode trazê-lo de volta! A Pousada Rose Harbor é a minha dica!

Clique na imagem abaixo para ler o primeiro capítulo!




sexta-feira, março 15, 2013

[ Quinta Em Outra Língua #24 ] Stealing Heaven - Elizabeth Scott



Título:
Stealing Heaven
Autor(a):
Elizabeth Scott
Editora:
Harper Teen
Onde Comprar:
Book Depository | Amazon

Danielle, 18, tem sido uma ladra a vida toda. Mudando de cidade em cidade, ela e sua mãe ficam em torno apenas o tempo suficiente para enquadrar os ricos e roubar sua prata. Quando ela tinha 15 anos, eles se mudaram a pedido de Danielle, depois que ela teve relações sexuais pela " primeira e única vez " com o namorado de 20 anos de idade de sua mãe. É um estilo de vida ao qual a adolescente está acostumada, mas ela está começando a desejar algo mais. Ela quer raízes, amigos, e um lugar para chamar de lar. Quando chegam à pequena cidade turística de Heaven, Danielle sabe a rotina. Sua mãe vai flertar com os homens em busca de informação e ela, agora usando o nome de Sydney, deveria fazer o mesmo com seus pares. Só que algo dá errado, e "Sydney" começa a fazer amigos, flertar com um policial local, e, geralmente, fazer tudo o que sua mãe sempre lhe disse para evitar. E quando é a hora do assalto, Danielle não tem mais certeza de que ela pode seguir as ordens de sua mãe. Esta história é enganosamente tocante. Danielle e sua mãe são ambas personagens bem desenvolvidas, como são os personagens secundários Allison (a amiga) e Greg (o jovem policial). O tema primordial de viver à altura das expectativas de um pai em vez de seguir o seu próprio caminho é universal, mas uma família de ladrões dá a originalidade da história.


Depois de escutar vários elogios aos livros de Scott e estar totalmente boiando a respeito por não ter lido nada dela ainda, resolvi matar a curiosidade. “Cavucando“ em minha estante descobri Stealing Heaven, que comprei há séculos só pra fazer volume no carrinho de compras do Better World Books.

Danielle é uma jovem de 18 anos, que já passou por muitas cidades durante sua vida de ladra e que quase não consegue esconder para si mesma e para sua mãe a imensa vontade que tem de largar essa vida e parar num lugar só, sem mentiras nem roubos. Heaven, uma pequena cidade litorânea, parece ser perfeita para fixar raízes, mas não é isso que a mãe de Danielle que fazer. A prataria é sua única motivação, só que Dani não vai ser de muita ajuda e vai cometer vários deslizes, como se envolver com um jovem policial chamado Greg e ficar amiga de Allison, uma jovem rica cuja família pode muito bem se tornar um alvo. E agora Dani talvez consiga mudar seu futuro, mesmo que precise fazer escolhas difíceis.

Dani é uma personagem que não me agradou muito no começo. Ela parece um cachorrinho de estimação da mãe, falando de sua "profissão" com naturalidade demais. Isso me irritou bastante, mas aí ela começa a mostrar seus verdadeiras sentimentos e vontades, além das várias mágoas que essa sua vida errante e mentirosa deixou nela. A mãe dela, de cujo nome não me lembro agora, o que reflete o quanto eu gostei dela, só que não. Não fui com a cara dela desde o começo, nem com seu modo de encarar a vida e o papel que sua filha desempenha, muito menos com a sua mania de lembrar que só se deve confiar no que se pode tocar, não se deve entregar seu coração e blá blá blá. 

Greg é um fofo persistente, pois Dani demora muito a dar confiança para ele. Ele tem uns comentários muito engraçados e irônicos, que ao mesmo tempo em que despertavam um sorriso relutante no rosto de Dani, despertavam um sorriso enorme no meu. Ele é jovem e tem sua parcela de culpa na vida, mas deu a volta por cima e servirá de exemplo e apoio para Dani. Dani ♥ Greg. Allison também é uma personagem legal, apesar de aparecer pouco. 

Minhas únicas reclamações são em relação ao final. Apesar de ter sido bonito em muitos aspectos, também foi inconclusivo em relação a outros que eu considero importantes. Terminou de repente, enquanto eu esperava mais respostas a algumas coisas. Talvez a autora tenha tentado dizer que não é tão fácil tomar esse tipo de decisão e que nem tudo são flores depois, mas mesmo assim eu gostaria de saber o que aconteceu depois. Não foi perfeito, mas agora eu conheço a escrita da Elizabeth e vou ler outros livros dela, com certeza. 



Capa e Sinopse de Revelações, quarto livro de Assassin's Creed

Abaixo a capa do quarto volume de Assassin's Creed, de Oliver Bowden. Nunca li nada da série nem do autor, mas a série tem muuuuitos fãs ;)


Escrito por Oliver Bowden, o livro traz de volta o herói de Renascença, o primeiro livro da coleção. Mais velho, sábio e ainda letal como nunca, o Mestre Assassino Ezio precisa refazer os passos do legendário Altaïr numa jornada de descoberta e revelações. Uma perigosa jornada que o leva até Constantinopla, o coração do Império Otomano, onde um exército de Templários planeja desestabilizar a região.

quinta-feira, março 14, 2013

Capa e Sinopse de Príncipe Mecânico, de Cassandra Clare

Lançamento muito aguardado pelos fãs dos caçadores de sombras e do mundo criado pela Cassandra Clare. Essa série, assim como a outra, é ótima! Tem resenha do primeiro volume, Anjo Mecânico, aqui ;)


Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres – ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada – foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Capa e Sinopse do Terceiro Volume de Interligados, de Gena Showalter

Divulgadas a capa e sinopse de Interligados #3 - Aden Stone, o Rei dos Vampiros. Eu já li o primeiro volume e tem resenha aqui no blog. Depois de ver essa capa linda fiquei com vontade de ir correndo ler o segundo volume! 




Aden Stone tem vivido dias infernais. Victoria, sua namorada vampira, pode até tê-lo trazido de volta à vida, mas ele nunca se sentiu tão fora de controle. Algo sombrio está dentro dele, tomando conta de seu ser, mudando-o completamente... As três almas que habitam sua cabeça poderiam protegê- lo. Porém, a escuridão que cresce no interior de Aden torna-se mais forte a cada dia, deixando Julian, Caleb e Elijah enfraquecidos. Victoria também não pode mais ajudá-lo como antes: da mesma forma que Aden está se transformando em vampiro, ela está se tornando humana... E tudo o que os dois conhecem e amam está ameaçado. As coisas também não estão nada fáceis para sua amiga Mary Ann e para o fiel lobo Riley, e os amigos do rancho D&M também correm perigo. Um turbilhão de emoções cairá sobre todos eles neste terceiro volume da série Interligados, e Aden ainda precisará reunir forças para enfrentar um perigoso desafio: o iminente retorno de Vlad. 


Está em Pré-Venda na Saraiva, com previsão de lançamento para 05/04  ;)

Lançamentos de Março da editora Arqueiro

Nesse mês de março tem muita coisa boa sendo lançada pela Arqueiro também! Tem Os Doze, continuação de A Passagem ( #vemnimim!!) do Justin Cronin; tem Uma Curva na Estrada, do Nicholas Sparks e muito mais.



Os Doze - Justin Cronin

Em A passagem, doze prisioneiros sentenciados à morte foram usados em um experimento militar que buscava criar o soldado invencível. Mas a experiência deu terrivelmente errado. Um vírus inoculado nas cobaias acabou com qualquer resquício de sua humanidade e elas fugiram, matando ou infectando qualquer um que cruzasse seu caminho. Os infectados se tornavam virais obedientes a seu criador, mais um de seus Muitos. No caos que se formou, a única chance de sobrevivência para a espécie humana eram fortificações altamente protegidas. Assim se formou a Primeira Colônia, um reduto a salvo dos virais, mas isolado do resto do mundo. Noventa e dois anos depois, uma andarilha surgiu às portas da Colônia. Era Amy Harper Bellafonte, a Garota de Lugar Nenhum, aquela que iria liderar um grupo de colonos e... Agora, cinco anos após ter cruzado as Terras Escuras em busca de respostas e salvação, seu grupo está separado. Cada um seguiu seu caminho, mas seus destinos logo voltarão a se cruzar, num embate definitivo contra uma ameaça mortal. Fanning, o Zero, aquele que deu origem ao apocalipse, tem planos para refazer o grupo dos Doze e conta com um aliado poderoso, disposto a qualquer coisa em nome da própria imortalidade. Segundo livro da trilogia A passagem, Os Doze nos faz questionar a mente humana, os avanços científicos e a busca do poder que leva a uma certeza sombria de nossa capacidade para o mal. Mas, acima de tudo, ele reforça nossa esperança em uma humanidade que se adapta, sobrevive e não se rende.




Noite de Tempestade - John Sandford

Em uma noite quente e úmida em Minnesota, o detetive Virgil Flowers está na cama com uma de suas ex-esposas quando o telefone toca. Um corpo foi encontrado em Stillwater, perto de um memorial para veteranos de guerra, com dois tiros na cabeça. Há um limão na boca da vítima, exatamente como estava o corpo encontrado na semana anterior.
Quanto mais Flowers investiga, mais se convence de que alguém está eliminando nomes em uma lista e que ela ainda tem muitos nomes. Quando começa a juntar as pistas, percebe que esse caso leva a mais caminhos do que esperava e que há armadilhas em todos eles.





Juntos Para Sempre - Walcyr Carrasco

Alan é um advogado bem-sucedido e leva uma vida aparentemente perfeita. Mas todas as noites é atormentado por um sonho que o leva a um amor de outra vida.
Quando ele viaja para uma cidade do interior, encontra uma moça semelhante à que aparece em seu sonho. Mas
a moça foge aterrorizada ao deparar com ele. Agora Alan precisa descobrir quem é essa mulher e qual é a ligação
entre eles. Para isso, terá que rever sua existência e descobrir que as coisas realmente importantes não podem ser compradas.





Uma Curva na Estrada - Nicholas Sparks

A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy foi atropelada e as investigações nada revelaram sobre o motorista que fugiu sem prestar socorro.
Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews, professora de seu filho Jonah.
Sarah e Miles começam a se aproximar e, em pouco tempo, estão rindo juntos e apaixonados. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para
sempre.

terça-feira, março 12, 2013

Lançamentos de Março da Galera

A Galera está com lançamentos ótimos para o mês de Março! Eu sei que as imagens não estão com a melhor resolução, mas assim que eu consegui-las eu atualizo o post okay?


A Probabilidade Estatística Do Amor à Primeira Vista - Jennifer E. Smith

Hoje deve ser um dos piores dias da vida de Hadley Sullivan, 17 anos de idade. Tendo perdido seu vôo, ela está presa no aeroporto JFK e chegará tarde para o segundo casamento de seu pai, que está acontecendo em Londres, e envolve uma madrasta que Hadley nunca sequer conheceu. Então conhece o garoto perfeito na área apertada do aeroporto, esperando. Seu nome é Oliver, ele é britânico, e ele está sentado em sua linha. Uma longa noite no avião passa em um piscar de olhos, e Hadley e Oliver perdem o controle de si mesmos no caos do aeroporto quando chegam. Pode o destino intervir para reuní-los mais uma vez? Os caprichos do destino e as casualidades da vida são o motor deste emocionante romance sobre laços familiares, segundas oportunidades e primeiros amores. A história de Hadley e Oliver é um bálsamo para quem gosta de acreditar que o verdadeiro amor existe. E que aparece nas nossas vidas quando menos
esperamos.
Confira o 1º Capítulo AQUI.





Hollywood é como a Escola - Zoey Dean

Taylor Henning está prestes a realizar seu sonho ao ingressar na indústria cinematográfica. Mas quando logo na primeira semana nossa heroína nerd encontra desafios maiores do que aprender a mexer na máquina da Xerox - agentes inescrupulosos? Uma primeira assistente nem um pouco interessada em dividir o território? Executivos de criação prontos para roubar ideias e créditos? - Taylor entende que vai precisar de ajuda profissional. E como Hollywood é mesmo igualzinha à escola, ninguém melhor do que Quinn Whitaker para ajudá-la. Ela tem 16 anos, é filha da chefe e superpopular entre as It Girls!
Confira o 1º Capítulo AQUI.




Floresta Sombria - Matt Haig

Samuel Blink e a irmã, Martha, estão no banco de trás do carro dos pais. Samuel nem sequer suspeita que um tronco de árvore gigante esteja prestes a cair do céu e transformar sua vida para sempre. Ao se mudarem para a casa da Tia Eda, na distante e desconhecida Noruega, automaticamente ficam proibidos de se aproximar da floresta que fica nos fundos do terreno. Nosso futuro herói não tem a menor ideia de que sua irmã vai resolver dar um passeio justamente por lá. Como ele vai resgatar Martha dessa tal de Floresta sombria, também não se sabe.
Confira o 1º Capítulo AQUI.


Confissões - Exclusivo 4 - Kate Brian

Após a morte de Thomas Pearson, namorado de Reed Brennan, e a prisão de Josh Hollis pelo crime, todas só querem esquecer o crime e pensar na próxima balada. Ou na próxima edição da Vogue. Todas... menos Reed Brennan. Afinal, ela acaba de descobrir que está perdidamente apaixonada por Josh. E disposta a tudo para provar sua inocência. Será que ela vai conseguir? E o mais importante: será que ela vai sobreviver às investigações?
Leia o 1º Capítulo AQUI





Garotos, Garotas e Outros Materiais Explosivos - Rosalind Wiseman

Rosalind Wiseman mergulha no mundo das garotas e analisa tudo o que diz respeito à adolescência - da relação das jovens com a fofoca e os namorados até as panelinhas típicas dessa fase. Um romance divertido e inovador sobre amizade, traição e o que os jovens são capazes de fazer para se sentirem aceitos. Enquanto navega entre as difíceis águas do oceano estudantil - nerds, esportistas, populares, Charlie Healey aprende cada vez mais sobre si mesma, o que é certo e o que é errado.
Confira o 1º capítulo AQUI.




sábado, março 09, 2013

Capa e Sinopse de No Limite da Atração, lançamento da editora Verus



Mais um livro famoso lá fora e muito elogiado pelos blogueiros. Do original "Pushing the Limits", de Katie McGarry, será lançado em abril pela editora Verus.

Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.
Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.
Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente.
No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.

Aproveitem e marquem o livro no SKOOB

sexta-feira, março 08, 2013

[ Listopia #8 ] 10 Autores que eu gostaria de conhecer (e babar em cima)

Ô lista difícil de fazer hein? Foi quase um parto!! rsrsrs Eu não sei bem se está por ordem de preferência. Eu só fui pensando nos autores que eu mais queria conhecer e ter autógrafos e cheguei nesta lista aí. Espero que seja possível conhecer pelo menos alguns deles um dia =D



10 – Cassandra Clare

Depois de ter lido todos os livros de Cassandra e ter vivido grandes aventuras junto aos caçadores de sombras, não importa a época, como não desejar ter todos os livros autografados e um foto linda no mural? *-*



                               9 – Maggie Stiefvater

Maggie tem uma escrita muito cativante, e mesmo quem não gosta da estória em si (o que não é meu caso, pois gosto de tudo) elogia o modo como ela escreve, a sensibilidade impressa em tudo.

8 – Suzanne Collins

Quem não conhecia os livros dela agora conhece, com o sucesso que foi o filme Jogos Vorazes e as contantes informações obre o próximo livro, Em Chamas. Sem querer desmerecer, mas leiam os livros e se encantem e se apaguem aos personagens que ela criou. É muito mais emocionante ;)



                                                          7 – Carina Rissi

Carina Rissi é um autora nacional de chick lit e merece todos os elogios que recebe. Seus livros são maravilhosos, engraçados, os mocinhos são aqueles que povoam os sonhos da moças e você não para de desejar que algo do tipo aconteça com você. 



6 – Meg Cabot

Os livros da Meg me acompanham da pré-adolescência até hoje, e nunca deixaram de me divertir. E nunca deixarão, se depender de mim \o


                                                    5 – Rick Riordan

Eu nem preciso falar muita coisa né? Quem não gostaria de ser um semideus e morar num acampamento que atire a primeira pedra rsrs Eu gostaria muito, e minha paixão por mitologia grega só aumentou por causa dele. 





4 – John Green

John já me fez chorar tanto que eu quase sequei, e minhas expectativas com seus livros são sempre altas. Amo a sensibilidade presente neles.





                                                    3 – Richelle Mead


Romitri *-* ♥♥ Amo suas estórias, seus personagens, as tramas, as unhas que eu roí por causa delas, seus finais de rasgar o coração, e tudo mais. Sim, pelo seus personagens eu sofro feliz (??).






2 – Carlos Ruiz Záfon



Não comentarei  muito. Quem  leu seus livros sabe o quanto são bons e marcantes. A Sombra do Vento é meu preferido, e eu amaria tê-lo autografado por Záfon.




    1 – J.K Rowling


                                          


De longe, a minha preferida. É um sentimento agridoce saber que Harry Potter acabou, mas só nos livros. Sempre continuará em meu coração, sempre esperarei minha carta de admissão, sempre sonharei acordar em um mundo onde tudo o que ela escreveu seja possível. Quem é fã e ama essa série sabe do que eu estou falando. Para sempre JK Rowling e para sempre HP ♥♥♥




E aí, quais autores vocês mais gostariam de conhecer? 

quarta-feira, março 06, 2013

Eu Li: A Hospedeira - Stephenie Meyer


Título:
A Hospedeira
Autor(a):
Stephenie Meyer
Editora:
Intrínseca
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Eu adiei muito, muito a leitura desse livro. Eu o tenho desde seu lançamento, em 2009, mas na única vez em que tentei, não consegui prosseguir com a leitura além das 30 primeiras páginas. As primeiras páginas são muito maçantes, motivo pelo qual a leitura não fluiu para mim, porém com a aproximação do lançamento do filme e os elogios vindos de alguns membros do PA Book Club (nosso clube do livro aqui de Belém) eu resolvi tentar mais uma vez e, SURPRESA! SURPRESA!, não larguei mais e ainda me pergunto por que eu não li antes!

Eu realmente me surpreendi com a estória. Mesmo, mesmo. A autora não criou um universo muito complexo, e por isso mesmo não deixou 'furos' na estória. Simplesmente as almas, formas de vida alienígena que já pacificaram vários planetas, resolveram pacificar a Terra e para isso se infiltraram nos corpos dos humanos, extinguindo a alma que vivia ali e tomando suas lembranças. Alguns humanos conseguiram evitar os alienígenas. Entre eles estão Melanie Stryder e seu irmão Jamie, e é numa busca por alimentos para seu irmão que Melanie encontra Jared pela primeira vez. Eles se unem para sobreviver e logo se apaixonam. 

Depois de alguns anos vivendo sozinhos, eles resolvem seguir pistas de um possível abrigo para humanos, e é durante a tentativa de resgate de um parente de Mel que ela se vê encurralada por buscadores e, para não ser capturada, pula no fosso de um elevador. Seu corpo sofre danos, mas é resgatado por buscadores e tem uma nova alma colocada nele: Peregrina, uma alma que já viajou por muitos países. Pena que Peregrina não se adapta muito bem, pois Melanie não quer deixar seu corpo, e assim as duas passam a conviver, e nessa convivência Peregrina aprende a amar Jared e Jamie como se fosse a própria Melanie. Que opção resta a não ser partir em busca dos dois? 

É uma aventura, com direito a perseguições, roubos, fugas, amor platônico, tensão, uma certa dose de violência, auto conhecimento e aceitação por parte dos personagens, preconceito contra o que é diferente e por aí vai. Não é um livro voltado para a reflexão, mas você acaba imaginado o que faria naquela situação, como reagiria a Peregrina se fosse um humano, como reagiria a violência de ações e sentimentos dos humanos se fosse um ser pacífico...

Alguns citaram que era um triângulo amoroso em dois corpos, mas eu interpretei como um 'quadrado' amoroso em três corpos, já que a relação entre Jared, Melanie, Ian e Peregrina é bem complexa...Peregrina não consegue deixar de amar Jared, mas isso por que o corpo é de Mel e esta sempre reage de forma arrasadora a Jared, mas Peg tem sentimentos por Ian, e ele por ela. Entendem a confusão? 

Eu adorei o livro, tirando a parte maçante do começo, que junto com o preconceito em relação a autora, deve ter afastado muitos leitores. Não siga o mesmo caminho. Se leu e não gostou, acontece, mas pelo menos você não deixou de tentar ;)

O livro é interessante em sua ideia, tem questionamentos (e leves críticas) bem legais, personagens em conflito, um amor difícil de se concretizar (ei, eu gosto, dá licença?) e me prendeu. Agora é esperar que o filme seja bom - a esperança é a última que morre rs.



terça-feira, março 05, 2013

Capa e sinopse de Os Doze, continuação de A Passagem , de Justin Cronin



Em A passagem, doze prisioneiros sentenciados à morte foram usados em um experimento militar que buscava criar o soldado invencível. Mas a experiência deu terrivelmente errado. Um vírus inoculado nas cobaias acabou com qualquer resquício de sua humanidade e elas fugiram, matando ou infectando qualquer um que cruzasse seu caminho. Os infectados se tornavam virais obedientes a seu criador, mais um de seus Muitos.
No caos que se formou, a única chance de sobrevivência para a espécie humana eram fortificações altamente protegidas. Assim se formou a Primeira Colônia, um reduto a salvo dos virais, mas isolado do resto do mundo.
Noventa e dois anos depois, uma andarilha surgiu às portas da Colônia. Era Amy Harper Bellafonte, a Garota de Lugar Nenhum, aquela que iria liderar um grupo de colonos e eliminar a cobaia número 1, Gilles Babcock, libertando seus Muitos.
Agora, cinco anos após ter cruzado as Terras Escuras em busca de respostas e salvação, seu grupo está separado. Cada um seguiu seu caminho, mas seus destinos logo voltarão a se cruzar, num embate definitivo contra uma ameaça mortal. Fanning, o Zero, aquele que deu origem ao apocalipse, tem planos para refazer o grupo dos Doze e conta com um aliado poderoso, disposto a qualquer coisa em nome da própria imortalidade.
Segundo livro da trilogia A passagem, Os Doze nos faz questionar a mente humana, os avanços científicos e a busca do poder que leva a uma certeza sombria de nossa capacidade para o mal. Mas, acima de tudo, ele reforça nossa esperança em uma humanidade que se adapta, sobrevive e não se rende.


Eu já li A Passagem e A-D-O-R-E-I ! Esperando muito, muito ansiosamente por esse lançamento! Confira um trecho de Os Doze aqui ;)

segunda-feira, março 04, 2013

Sinopse do novo livro de Carina Rissi, autora de Perdida e Procura-se Um Marido

Ai que emoção *-* A autora divulgou em sua página no Facebook a sinopse de seu próximo livro, que se chamará No Mundo da Luna. Confiram:

A vida de Luna está de cabeça para baixo. O namorado está de caso com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina mecânica que com ela e seu emprego é uma droga.
Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas financeiros e o quadro de funcionários acaba sendo reduzido.
É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo de Luna. Embora não acredite em misticismo, forças ocultas, magia, e não tenha a menor ideia de como criar um mapa astral, ansiosa em dar o primeiro passo para se tornar a jornalista que sempre sonhou, ela aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser?
Luna não desconfia das confusões que o futuro lhe reserva. Dentre elas, uma arrebatadora e irresistível paixão que mudará sua vida para sempre. A história de amor perfeita... Se não fosse com o homem errado.

E agora um trechinho divulgado pela Carina:

Luna&Dante
"– Ei! – reclamei depois de tomar um gole do que deveria ser vodca. – Quem foi que colocou tequila no meu copo?
– Ué! Foi ele. – e apontou para um dos caras atrás do balcão.
– Qual deles? – forcei os olhos.
– Eu zei lá. Eu tinha zerteza que tinha um zó aqui, mas vai zaber.
– Têm uns zinco.– eu estreitei os olhos tentando focar um dos rapazes atrás do balcão, mas eles não paravam quietos para que eu pudesse mirar em um só. Eu me virei para Dante. – Eles num param de ze mejer.
– Puzza que pariu! – ele fez uma cara engraçada. – Zeus olhos zão verdes que nem azeitona!
– Zão. Os dois. – concordei orgulhosa.
Ele riu.
– Zão lindos. Os dois. Cê é engrazzada. – Ele ajeitou os óculos de novo. Ficaram ainda mais tortos.
– É porque cê tá bêbado.
Ele assentiu.
– Tô. Eu gosto de você quando cê tá bêbeda.
– Eu também gosto de você quando eu tô bêbada."

Procura-se Um Marido tem resenha aqui no blog. Confira!

Eu Li: Tinta Perigosa - Wicked Lovely #2 - Melissa Marr



Título:
Tinta Perigosa
Autor(a):
Melissa Marr
Editora:
Rocco
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC | Buscapé

Sem o conhecimento dos mortais, uma luta pelo poder está se desenrolando em um mundo de sombras e perigo. Depois de séculos de estabilidade, o equilíbrio entre as Cortes das Fadas se alterou e Irial, o regente da Corte Sombria, está lutando para manter suas rebeldes e vulneráveis fadas juntas. Se ele falhar, o derramamento de sangue e a brutalidade não tardarão a aparecer.
Desta vez, o foco muda de Aislinn para Leslie, uma de suas amigas mais íntimas. A jovem não sabe nada sobre as fadas – criaturas mágicas e voluntariosas, beirando a perversão -, mas ao se sentir atraída por uma linda tatuagem de olhos e asas, seu caminho cruza com o de Irial, o Rei Sombrio, o sedutor e ardiloso monarca da Corte Sombria. Nem mesmo o desejo que o Rei Sombrio sente pela jovem é capaz de evitar o destino ao qual ela parece fadada: servir de canal para a energia ruim de que Irial precisa para manter o equilíbrio em sua corte. Ele tem uma obrigação com seus súditos e fará de tudo para assegurar sua sobrevivência em meio às disputas com aos outros reinos do mundo das fadas: a Corte de Verão, a Corte de Inverno e a Alta Corte.

É difícil resenhar livros dessa série e esse livro é um dos mais sombrios que eu já li. Na verdade a série toda tem um ar sombrio, e os dois livros que eu li até agora só confirmam essas suspeitas. E esse aspecto, que poderia assustar e afastar muitos da série, só me faz ter mais certeza de que eu preciso terminá-la e saber o que vai acontecer. É sombrio de um jeito muito cativante, muito interessante, e explora as emoções dos personagens de um jeito único, ao meu ver.

Nesse livro a personagem principal é Leslie, uma das amigas de Aislinn, protagonista do livro anterior e da série como um todo.  Leslie tem muitas sombras dentro dela, originadas de sua mágoa em relação às coisas ruins que lhe aconteceram. Ela tem uma necessidade imensa de se sentir ela mesma, de ter poder sobre seu corpo, e por isso resolve fazer uma tatuagem, porém a imagem que ela escolhe é o símbolo de vínculo com Irial, o rei da Corte Sombria, e é feita com o próprio sangue dele. 

Irial precisa rapidamente resolver o problema de como alimentar seu povo, que utiliza emoções  como ódio, raiva, medo e tristeza dos seres encantados para sobreviver. Porém, com o retorno do equilíbrio entre as cortes do Verão e Inverno, essas emoções têm sido mais difíceis de conseguir, e a única solução é tirá-las dos mortais. Para isso é necessário que algum mortal estabeleça um vínculo com o rei e assim possa servir de condutor entre as emoções humanas e o rei e seu povo. E Leslie, a garota cheia de sombras, está a caminho de tornar esse condutor. Mas há pessoas que se importam com ela, como Niall, servo da Corte de Verão, que fará de tudo para tirar Leslie de Irial, mesmo que para isso tenha que voltar a ser algo odioso...Niall ♥

Os personagens desse livro são....perfeitos em sua imperfeição. Irial é fascinante em  muitos aspectos. Apesar de sua missão como rei envolver ações cruéis, no fundo ele gostaria de ser tão normal como a maioria dos seres encantados, sem toda a responsabilidade sobre uma corte tão mal vista, ou então apenas um mortal. Ele não nega sua origem, mas sabe que tudo o que precisa fazer como rei é desgastante e não o faz ser melhor visto aos olhos de Leslie. Leslie precisa aprender a conviver com o que lhe aconteceu, mas ao fazer a tatuagem e se entregar ao poder das sombras percebe que é melhor sentir medo e dor do que não sentir nada, não ter escolhas. Já Niall precisa aceitar quem realmente é e perceber que suas origens não são o suficiente para determinar quem ele será.

O encanto de tudo nessa série está onde você não esperaria encontrar. Os seres encantados são misteriosos e cruéis, até o mais bonzinho de todos, mas mesmo assim você não consegue deixar de se sentir curioso sobre as particularidades de suas cortes, suas interações, a tensão entre todos e a possibilidade de uma guerra realmente sangrenta. Sendo todos de certa forma cruéis, talvez fosse difícil se acostumar com eles, mas não é. A autora explora suas personalidades de uma forma muito legal, onde maus podem sentir piedade e pena e, mesmo um pouquinho, tentar ajudar e buscar a luz. Eu sei, parece que eu não estou falando coisa com coisa, mas é que é difícil explicar. Mas é que é perfeito de um jeito incomum. Vou soltar uma frase clichê: só lendo para entender. 

Não há muito de Aislinn, Keenan e Seth, mas eles aparecem um pouco sim, para jogar mais intriga em uma estória já complicada. Ai gente, vou dizer mais uma vez o quanto o livro é fascinante. É perfeito! rsrsrs Leiam, leiam, leiam! 



domingo, março 03, 2013

Capa e Sinopse de Inverno de Cinzas, da Adriana Brazil


Surtei com essa capa! Está muito linda, e não vejo a hora de ter o livro em mãos. Eu li o primeiro, Outono de Sonhos, em 2011 e tem resenha aqui no blog. 



No segundo livro da série “Foi Assim que te Amei”, INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.

[Promoção] Top Comentarista Março



Como eu falei no Twitter, estou tendo dificuldades para realizar o sorteio do Top Comentarista de Fevereiro pois o formulário do Rafflecopter não possui nenhum entrada relativa a comentários, nenhum. Mandei e-mail perguntando se houve alguma coisa errada, o que eu realmente prefiro. Se não houve, simplesmente o prêmio de Fevereiro será adicionado ao Top Comentarista de Março :)

Esse mês o prêmio é um kit do livro Esperando Por Você, da Susane Colasanti. Participem e não esqueçam de preencher o formulário okay? :D



sábado, março 02, 2013

Uma série que eu amo: A Mediadora, de Meg Cabot

Oi gente! Há muito tempo eu estava querendo gravar um vídeo para falar dessa série que eu amo tanto! Amo mesmo, e sempre que posso abro um dos livros numa parte aleatória e leio com o maior gosto! ♥ ♥
Espero que gostem do vídeo \o/





sexta-feira, março 01, 2013

[Promoção] Concorra a O Inferno de Gabriel, da editora Arqueiro


Êeeeeeeee, é hora de promoção! Quem aí está doidinho para colocar as mãos nesse livro? Então participe e tenha a chance de conhecer Gabriel e seus demônios... Boa Sorte!



Eu Li: O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard


Título:
O Inferno de Gabriel
Autor(a):
Sylvain Reynard
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC | Buscapé

A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher.
Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.
O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados.
Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer.
Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.
Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.


Eu esperava este lançamento há um bom tempo. Eu ouvia os burburinhos sobre a estória desde que era uma fanfic de Crepúsculo. Eu lia muitas fanfics da série, muitas mesmo, e li umas cujos links eu ainda tenho de tanto que eu gostei, mas nunca tive a oportunidade de ler a fanfic que baseou este livro. Então vocês podem imaginar minha ansiedade certo? As minhas expectativas? Pois é...

Não vou dizer que atrapalhou, pois eu já estava de certa forma preparada para enfrentar uma protagonista com os traços de personalidade da Bella: tímida, que cora facilmente, estabanada, e mesmo assim atraente aos olhos masculinos. Bom, estar 'de certa forma preparada' não é o mesmo que estar 'preparada', e por isso mesmo eu fiquei bem irritadinha com a protagonista, Julia, que mais parecia uma criança do que uma mulher, com sua delicadeza exagerada, olhos baixos e bochechas coradas. 

Gabriel é outra estória. Ele era um verdadeiro crápula no começo, com frases horríveis e cruéis, e eu estava sentindo nojo e raiva dele, confesso. Pelo que vocês vêem eu teria odiado o livro, se não fosse o fato de os protagonista terem evoluído, amadurecido. E não foi de um jeito drástico, como acontece em alguns livros e que te deixa com a sensação de que foi tudo forçado demais. Eles evoluíram aos poucos, pequenos comentários aqui, outras condescendências ali, e tantas outras pequenas ações acolá, que os fizeram crescer aos meus olhos. A Julia não perdeu toda sua inocência, mas não se pode ter tudo né? 

Em relação ao inferno e pecados que transformaram Gabriel no crápula que ele é no começo do livro, posso dizer que achava que acabaria por ser muito drama por nada. Bom, não foi assim. Não era nada do que eu esperava também. Eu entendo a culpa e sua autopunição e depreciação, mas o modo como ele afastava as pessoas que se importavam com ele era por vezes cruel demais, e me dava vontade de sacudi-lo até ele acordar para a vida, e para Julia.

Eu não gostei de alguns aspectos, é verdade, como por exemplo a grande mágoa que Julia tem de Gabriel. Eles se encontraram uma única vez e ela se apaixonou perdidamente, mas no dia seguinte ele tinha sumido, e ela se sentiu traída. Tipo, ahn? Também achei algumas frases bem clichês, e revirei os olhos por causa disso (sim, eu tenho uma mania da Bella) mas é um romance, então você tem que ler sabendo que é bem provável que encontre algo do tipo.

O que eu mais gostei, além da evolução dos personagens (adoro ver personagens amadurecendo), foi a eroticidade do livro. O livro todo é erótico, nem sempre do jeito que costumamos imaginar, mas pelo modo com a autora explorou os sentidos, principalmente de Julia, se utilizando de músicas, sabores e texturas para transmitir a carga elétrica existente entre os dois. Ora beijos rápidos e excitantes, beijos roubados, beijos longos e de tirar o fôlego ao som de músicas cujos ritmos revelam eroticidade (sim, eu fui ouvir as músicas), abraços, dormir de conchinha...Isso tudo entre um homem para lá de experiente e disposto a ensinar e uma jovem mulher tímida, mas lá no fundo disposta a aprender. Conseguem sentir? Humm...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo