quarta-feira, outubro 03, 2018

5 livros Sonserinos para quem gosta de ler sobre gente (meio) errada

Alô Potterheads e aqueles que possuem a alma sonserina, dando continuidade a nossa semana de comemoração do nosso oitavo aniversário, vamos focar na casa de Hogwarts mais linda (Desculpa aí galera): a Sonserina. Se estamos falando de Harry Potter, clarooo que eu e a Nana resolvemos dividir um post falando sobre a nossa casa do coração. 
A Sonserina é o lar dos estudantes mais ambiciosos, astutos, engenhosos e determinados. Nós somos encorajados a quebrar regras e sermos livres. Claro que nosso brasão é lindo de morrer e nossas cores são dignas do nosso poder. Podem falar o que quiserem de nós, mas se você precisa de um plano mirabolante para resolver as cagadas é só nos chamar! Sim, algumas pessoas podem se machucar, corações podem ser quebrados e algum dinheiro pode ser desviado (temos dois livros de roubo na lista kk) mas se você tem um problema impossível e precisa de uma solução criativa vocês podem contar com os sonserinos para resolver a questão (de uma maneira ligeiramente indolor) (tá, talvez doa um pouco). 

Com tudo isso, segue uma lista dos cinco livros mais sonserinos que conhecemos e amamos. Afinal, personagens e histórias com caráter duvidoso são a nossa praia. 

Vamos lá galera?!?!

O Príncipe Cruel - Holly Black

Sinopse: Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos. 
Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo... e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue. 
Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor pedindo bis – querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.

Diga mais, diga mais: Ai gente, não faz muito tempo eu fiz uma resenha desse livro e até comparei um personagem ao Draco. Jude, nossa rainha sonserina, é extremamente ambiciosa e cheia dos segredos. Uma humana que quer fazer parte da corte das fadas, e usa o fato de poder mentir para conseguir o que quer, e um príncipe cruel, que adora atormentar Jude e que despreza humanos. Um romance ligeiramente obsessivo, como só Holly Black sabe fazer. E existem seres mais sonserinos do que as fadas? Acho que não hein? 

Vicious - V. E. Schwab

Sinopse: Victor e Eli começaram como colegas de quarto na faculdade - jovens brilhantes, arrogantes, e solitários que reconheceram a mesma perspicácia e ambição um no outro. No seu último ano, um interesse compartilhado numa pesquisa de adrenalina, experiências de quase-morte, e eventos aparentemente sobrenaturais revelam uma intrigante possibilidade: que sob a certas condições, alguém poderia desenvolver habilidades extraordinárias. Mas quando a tese sai do papel para o experimental, coisas dão terrivelmente errado.
Dez anos depois, Victor sai da prisão, determinado a apanhar seu velho amigo (agora inimigo), auxiliado por uma jovem cuja natureza reservada esconde uma habilidade deslumbrante. Enquanto isso, Eli está em missão de erradicar todas as outras pessoas com superpoderes que ele pode encontrar - menos a sua ajudante, uma mulher enigmática com uma vontade inquebrável. Ambos os lados armados com terríveis poderes, impulsionados pela memória da traição e da perda, os arqui-inimigos estabeleceram um caminho para vingança - mas quem ficará vivo no final?”

Mas o quê mesmo a autora disse dessa galera: Então, né, a Victoria Schwab já até confirmou no twitter kkk
Ambos Eli e Victor são pessoas extremamente ambiciosas, eles literalmente para conseguir poderes... até passar por cima de um amigo. Esse livro é uma história de super heróis com direito a arqui inimigos e super poderes incríveis, e a questão é que ninguém aqui presta kkkk. Em Vicious grandes poderes não vem com grandes responsabilidades, mas sim grandes rancores (e uma certa dose de psicose) (sério, todo mundo que tem poderes fica meio psicopata).

Sinopse: Damianos é um herói para o seu povo e o legítimo herdeiro do trono de Akielos. Mas, depois da morte do pai, seu meio-irmão toma o poder e o captura, vendendo-o como escravo. O guerreiro é obrigado então a servir a Laurent, o príncipe de Vere, a poderosa nação inimiga.
Para manter em segredo sua verdadeira identidade e as marcas que escondem seu passado, Damen como também é conhecido – aceita a condição submissa.
Mas Laurent é o que há de pior na corte de Vere. E, como nos meios políticos nada é o que parece ser, Damen é obrigado a estar ao lado do tirano manipulador, ainda que ele o odeie mais do que a qualquer pessoa.
Laurent e Damen têm consciência de que não são sentimentos nobres que os aproximam, mas o desejo de supremacia que está na origem da discórdia entre as duas nações. Com um ritmo de tirar o fôlego, Príncipe Cativo: O escravo é uma narrativa que coloca em questão temas políticos e culturais. Uma saga épica que entrelaça de maneira brilhante jogos de poder e sedução.

Essas crianças são sonserinos porque: Essa série toda está resenhada aqui no blog, e é uma pequena obsessão da Nana kkk. Laurent é um dos personagens mais sonserinos que ja vimos. Ele mente, trai e é extremamente maquiavélico. Com o andar da série, é justamente o Laurent que pensa em como ele e o Damen podem conseguir garantir a segurança de Akielos e Vere. O interessante, que assim como um bom sonserino, ele mostra para as pessoas a parte que lhe convém. No início Laurent é frio e calculista, com o andar da carruagem nós vemos outros lado do príncipe de Vere e como ele teve que desenvolver uma máscara para poder sobreviver na sua própria corte. E sem toda a esperteza de Laurent e sua frieza de planejamento definitivamente nada daria certo.

Sinopse: Cassel vem de uma família de mestres da maldição – pessoas que têm o poder de mudar emoções, memórias e destinos com o mais leve toque das mãos. Mas fazer isso é ilegal, o que significa que todos eles são criminosos. Exceto Cassel. Ele não tem o toque mágico, está de fora: é o único filho normal em uma família paranormal. O único detalhe é que matou sua melhor amiga.
Tentando fugir de seu terrível passado, Cassel faz de tudo para ser como os outros garotos. Uma noite, porém, tudo vai por água abaixo: depois de sonhar repetidas vezes com uma estranha gata branca, um ataque de sonambulismo o põe em perigo e ele começa a achar que seus irmãos estão escondendo mais do que alguns segredos.
Desconfiado de que não passa de uma pequena peça de um grande golpe, Cassel começa então a fazer uma busca em seu passado e em suas memórias, que parecem lhe fugir. Para desvendar os mistérios de sua vida, ele vai precisar armar um verdadeiro golpe de mestre.

Qual o papo desses sonserinos: Sim, temos dois livros da rainha Hollu Black nesta lista. Cassel é o nosso bebê que simplesmente não consegue fugir de situações ruins. Na sua família de mestres da maldição ele é o único sem poderes o que não o impede de ser o melhor golpista deles. Na verdade, a maioria dos personagens desse livro são criminosos. E os que não são ainda logo serão corrompidos. Como um bom livro de crime, não temos mocinhos e a polícia é só mais problema a ser resolvido. É incrível ver como o Cassel usa toda a sua esperteza para conseguir sair dos mais diversos problemas, tudo é válido para sair dos diversos problemas e a pouca moral de nosso bebê vive sendo questionada.

Sinopse: Ketterdam, capital de Kerch, fica a Oeste da famosa Ravka dos contos grisha. É lá que vamos encontrar nosso grupo de personagens duvidosos. Kaz Brecker, o melhor trapaça de Ketterdam, é contratado para realizar um assalto improvável. Sua equipe fica completa com uma espiã, um fugitivo perito em explosivos, um atirador viciado em jogos de azar, uma grisha e um prisioneiro. 
Seis foras da lei, juntos, liderados por um cara cheio de astúcia e planos mirabolantes. O desfecho pode dar muito certo, ou muito errado, depende também se eles vão conseguir sobreviver uns aos outros.

Fale mais dessa trupe de sonserinos: Six of Crows é um livro absolutamente sonserino, além de personagens do lado errado da lei, nós temos uma história de roubo e planos tortos que de alguma forma acabam dando certo. Kaz Brekker, um dos personagens principais, tem o sangue sonserino correndo nas veias. Cada vez que ele bola um plano novo que bota em risco toda a equipe, é um novo momento de desespero para quem está lendo. E gente, todo mundo está ali por causa do dinheiro. Por incrível que pareça, até a pessoa mais boazinha tem seu momento ambicioso e malicioso (mesmo que sejam pelas razões certas). Se o Darkling (da trilogia grisha) já tinha seu lugar no meu coração, esse bando de desajustados e foras da lei ganharam mais um espaço. 



Então é isso galera, esses são os sonserinos. Temos ladrões, príncipes cruéis e cientistas malucos. Suas ambições, amizades e amores são testadas; traições, planos ardilosos e sacrifícios são feitos. E as mais estranhas alianças surgem. A pergunta que fica: até onde você iria para conseguir realizar os seus objetivos?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo