segunda-feira, março 20, 2017

Eu Li: Escândalo de cetim - Loretta Chase

Título:
Escândalo em cetim
Autora:
Loretta Chase
Editora:
Arqueiro
Série:
As Modistas #2
Ano:
2016

Adicione ao Skoob


Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação.
Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro.
Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.
Oi gente...tendo em vista que dia 9 de abril teremos encontro de fãs de romances de época da editora arqueiro aqui em Belém... mediado por mim... anotem aí essa data e espero ver todos lá, resolvi começar a entrar logo no clima... vamos de romances de época então? 


Já conhecemos a autora Loretta Chase de livros como ´´O príncipe dos canalhas``, ´´O último dos canalhas`` e sua nova série As Modistas com o primeiro livro ´´Sedução da seda`` e hoje vou apresentar para você o segundo: ´´Escândalo de cetim``. Mas, para quem ainda não está familiarizado com a autora, vale ressaltar que ela consegue mostrar os bastidores das interações românticas do período de forma muito única.

No primeiro livro entramos em contato com a singularidade que são as mulheres da família Noroit. Estas mulheres, Marcelline, Sophia e Leonie tem uma história de grandes lutas para chegar a conquistar tanto o mercado de moda em Londres como se manterem unidas como família. Juntas elas abrem em Londres a ´´Maison Noroit`` com vestidos únicos, onde elas tentam ressaltar a beleza das mulheres através da elegância de trajes e acessórios. Mostrando que todas as mulheres podem ser belas, quando devidamente vestidas.

O alvo principal delas é Lady Clara Fairfax, a irmã caçula do Conde de Longmore. No primeiro livro ela era noiva não oficialmente do sumido Duque de Clevedon. Digo sumido pois há anos que ele está refugiado na França e só se corresponde com Clara por cartas. Eles foram criados desde pequenos juntos, e foi inevitável a sociedade associar eles ao matrimonio. E no primeiro livro vemos como os planos de Marcelline vão por água abaixo quando ele se apaixona por ela.

Nesse segundo livro já temos uma Marceline que agora é Duquesa de Clevedon, com sua loja ´´Maison Noroit`` ainda tentando se estabelecer depois do escândalo que foi o casamento dela. E além de estabelecer a loja as irmãs Noroit agora tem uma nova missão: Achar um pretendente à altura de Lady Clara Fairfax. Pois além delas terem se afeiçoado muito a jovem Lady, elas também precisão que Lady clara leve seus vestidos para os altos salões de bailes e salas de chá.

Então elas decidem ir a procura do par ideal para a Clara nas altas rodas da sociedade. Para isso elas vão dispor da agilidade e pericia de Shopie Noroit para se disfarçar e investigar. Além de sua habilidade em escrever artigos cativantes no jornal a favor de Clara, para despertar o interesse e os olhares da sociedade sobre a moça.

O que Sophie não poderia imaginar era que o irmão de Clara, o Conde de Longmore fosse ficar no pé dela. Era inevitável encontrar com ele durante o café da manhã pois ele tinha o habito terrível de ir tomar café na casa do Duque de Clevedon. Assim como ela. E quando ele fica ciente do plano das modistas decide que deve acompanhar de perto esses planos. O que permite a ele um motivo para estar perto da intrigante Shopie.

Shopie é ótima em conseguir se tornar invisível perante a alta sociedade, mas começa a ficar complicado se manter nos personagens quando um certo Conde começa a saber onde procurar ela, e a comparecer aos eventos sociais só para ficar encarando ela. Na mente de Sophie ele poderia estar tomando conta d vida da irmã, ou ajudando elas a encontrar um par ideal a Lady Clara. Mas isso se passa só na mente dela, o corpo dela tem uma opinião diferente sobre o apetitoso Conde.

Ambos são a personificação do termo ´´As aparências enganam`` pois Sophie é de uma constituição toda angelical mas na verdade é uma trapaceira. E o Conde é todo músculos e muito antissocial e tudo que ele vê nas mulheres é sempre uma forma de levar elas para a cama.  Mas eles começam a se focar mais intensamente um no outro durante a jornada deles.

Achei o livro ainda mais delicioso que o primeiro. E fiquei super frustrada que ele terminou tão rápido. A cada nova página eu me viciava ainda mais nos entraves entre eles dois. Hilária é a forma como eles ficam medindo forças. Ele consegue ser tão simples e direto, um paradoxo para um nobre com a aparência dele.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo