sábado, novembro 05, 2016

Eu Li: Luz, o deus do horror - Andrei Simões

Título:
Luz, o deus do horror
Autor:
Andrei Simões
Editora:
Twee

Adicione ao Skoob

Um jovem atormentado do pela morte do irmão, em uma jornada de vingança que irá além das fronteiras do absurdo e uma amiga simplesmente em busca de justiça. Neste contexto, vários lugares do mundo, seres de existência impossível, na forma de anjos, semeiam e colhem medo, para uma poderosa entidade que reside na mais profunda escuridão. Neste romance seriado, cada capítulo encerrará uma história, escrita ora nos moldes do terror minimalista e filosófico, ora no antimolde da subversão de gênero. Mas ao avançar das histórias, uma apenas é contada, que une, interliga todas as outras. E a esta história, você, Aquele que Lê, é muito bem-vindo.É parte dela, inclusive.
Utilizando filosofia, ciência e ocultismo, navegando entre o realismo mágico e o horror, Andrei Simões procura instigar e provocar o leitor, com literatura minimalista, direta e profunda, utilizando de símbolos obscuros do inconsciente para trazer à tona difíceis, mas necessárias reflexões sobre a vida e a morte.

Andrei Simões, autor de “Zon, o rei do nada” e “Putrefação” lançou no dia 04 de outubro o seu mais novo livro “Luz, o deus do horror”. 
Gosto de identificar o autor pela obra e o atual lançamento não foi diferente. Andrei tem uma forma peculiar de narrar. Seus livros são mais que simples obras de terror; ele questiona e instiga, tudo isso enquanto te faz acender todas as luzes de casa. 

"E se Deus não for como pensamos que Ele é? E se Este criador, que muitas vezes parece muito criação nossa, com nossos defeitos, reger o mundo através do mal, em vez do amor? E se o planeta Terra for um reino da maldade, onde a bondade é a contra-maré?". Essas são palavras do próprio autor sobre “Luz, o deus do horror” quando o livro ainda estava em produção. Em minha leitura, vi a maldade, o medo e a dor em sua forma mais crua, mas também vi significados interessantes para traduzi-las.  

“Luz, o deus do horror” é um livro com capítulos em formas de contos. Cada capítulo conta uma história (que quase nunca acaba bem) que nos apresenta perspectivas variadas do medo. Elas não são aleatórias e ao final o leitor é testemunha de uma síntese perturbadora.
Entre palhaços, hienas e baratas, o medo surge para nos mostrar algo surpreendente. 
“Estava acontecendo de novo? Eu e o mundo tentando me enganar para evitar a simples verdade: o terror existe e vai muito além do que os livros querem ensinar.”
Andrei Simões entrelaçou o horror e o terror de uma forma interessantemente harmoniosa.
Os contos costumam iniciar com uma realidade comum, alguns em dias ensolarados até, para logo sermos introduzidos a novas realidades assustadoras. Realidades essas que, talvez, alguns de nós conheça.
“Não sei como o mundo pode pedir por sermos gratos a este sistema de quase escravidão que precisamos nos sujeitar para poder comprar o pão e o chão e teto (...) Preciso realmente agradecer pela oportunidade de ser só uma peça de um sistema que não parará por um segundo, se eu quebrar, substituindo-me no momento seguinte.”
O livro faz parte de um universo que Andrei Simões chama de “Crônicas da não-existência", onde seus três livros lançados tem algo que se conectam, mesmo que não tenha uma ordem obrigatória para compreender a leitura. Cada livro é autossuficientes, no entanto, se conheces as três histórias terás uns arrepios a mais, Aquele que lê. 

“Luz, deus do horror” foi lançado pela Editora Twee e contém ilustrações incríveis (e assustadoras) do paulista Eduardo Sejji. O único adendo à 1ª edição do livro é que o texto está muito junto a lombada e dificultou um pouco a leitura, no entanto, é um problema ínfimo se comparado ao cuidado com o todo. O livro tem as laterais escuras e um trabalho gráfico muito bonito.
Um prato cheio para os fãs de terror e horror! 

5 hienas sorridentes feat famintas


Como nós acompanhamos ansiosos o lançamento do livro, a Editora Twee cedeu um exemplar para sortear entre os nossos leitores! 
CÊS SÃO MUITO SORTUDOS! 
Para participar é muito fácil! Basta deixar um comentário aqui na resenha.
Vamos numerá-las na ordem e sortear entre vocês, no dia 11 de novembro.

Então é isso: boa sorte e não vá para a Luz!


4 comentários:

  1. Olá!
    Não costumo ler livros de terror mas fiquei muito interessada nesse livro, ainda mais que o autor é paraense.
    Participando dessa promoção!!!

    ResponderExcluir
  2. Égua, eu quero esse livroooo!!! Desde que vi o autor pessoalmente tô querendo esse livro! XD

    ResponderExcluir
  3. Resenha maravilhosa! Já quero esse livro.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo