sábado, junho 11, 2016

Eu Li: After- Depois do desencontro - Anna Todd


Título:
After - Depois do desencontro 
Autora:
Anna Todd 
Editora:
Paralela 

Tessa passa pelo momento mais difícil de sua vida. Enquanto luta para crescer na carreira com a qual sempre sonhou, seu mundo é virado de ponta-cabeça: a inesperada aparição de seu pai e uma traição imperdoável a deixam mais fragilizada do que nunca. Hardin — com seus beijos viciantes, seu toque incendiário e seu charme de bad boy — seria o único capaz de fazê-la esquecer das dificuldades, mas até ele se vira contra Tessa quando descobre o segredo que ela vem guardando. Se este casal intenso e apaixonado já vivia por um fio antes, agora os obstáculos são maiores do que nunca. Depois do desencontro, essa história de amor sobreviverá? 

ATENÇÃO! Por se tratar do terceiro livro da série, esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores.

"Aloka" de After chegou! Se preparem para os meus surtos durante a resenha, serão MUITOS!
A Anne já resenhou os dois primeiros livros, e você pode acompanhar aqui (After) e aqui (After - Depois da verdade).

O livro começa exatamente de onde parou o anterior: um encontro inesperado que irá bagunçar ainda mais a vida de Tessa. Seu pai surge após ter sumido quando ela ainda era criança, e não está em sua melhor forma. A garota se vê dividida entre dar uma chance aos dois de se conhecerem e tentarem construir uma relação de pai e filha, ou deixar que todos esses anos de abandono falem mais alto e não permitam com que ela se aproxime. Mas Tessa, como bem conhecemos, tem o coração mole e acaba dando essa chance a ele, e o leva para o apartamento que divide com Hardin que, lógico, não gosta nem um pouco da ideia. 

Além desse reencontro, o casal está tentando lidar com a mudança de Tessa pra Seattle. Tessa sempre deixou muito claro pra Hardin esse seu sonho, mas o nosso querido, teimoso, cabeça dura não se conforma, e quando achamos que teremos um Hardin maduro, capaz de lidar com a mudança, vemos que isso ainda está longe de acontecer. Ele continua achando que pode manipular Tessa com chantagens emocionais, e claramente acredita que a garota depende emocionalmente dele pra viver. Ele faz de tudo para impedir que vá embora, continua guardando segredos, que quando revelados provocam aquele furacão que já estamos familiarizados. A diferença dessa vez, pela qual Hardin não esperava, foi que Tessa sim amadureceu, e não deixa que nada atrapalhe seus planos de ter uma carreira de sucesso, nem o bad boy todo tatuado que ela e eu tanto ama.

"Depois do desencontro" nos traz algumas surpresas em relação a alguns personagens. Conhecemos a verdadeira face de algumas pessoas, percebemos o quanto estávamos enganados (ou não) e vemos Tessa sofrer por causa da escolha de suas amizades. E, novamente, quem está por perto pra recolher os cacos de Tessa é Zed, que está na eterna friendzone, mas não larga o osso. Confesso que ele foi fundamental para que Tessa não sofresse mais depois do que aconteceu, mas nem assim consigo gostar desse cara. 

Nesse terceiro livro nós encontramos um casal extremamente teimoso e que morre de medo de extravasar seus verdadeiros sentimentos. Tem hora que a relação parece uma luta por poder, pra ver quem exerce mais influência sobre o outro. A gente vive esperando o momento em que Tessa finalmente terá um atitude pra acabar com a marra de Hardin. Demora um pouco, mas ela finalmente acorda e resolve se mudar pra Seattle mesmo sem o rapaz, e mesmo sem ter onde morar, já que ele sabotou suas chances de ter um teto (sim, ele fez MESMO isso!). Quando achei que Hardin estava conseguindo se controlar, deixar sua raiva de lado e agir como uma pessoa decente, ele mostra mais uma vez que não está pronto pra um relacionamento.

Tessa se mostra mais forte, mais decidida e independente indo embora sem Hardin. Uma pequena evolução diante de tudo que ainda precisa ser melhorado, mas já é um começo. Porém, continua confiando nas pessoas erradas e vai sofrer sérias consequências por causa disso. O final é bem calmo, se comparados com os outros dois, mas deixa aquele gosto de quero mais que, na minha opinião, só After consegue. 

A escrita da Anna continua viciante, fluida, e nos deixa incapazes de largar o livro antes de terminá-lo. Desde o primeiro essa mulher me conquistou, e hoje, com toda certeza, ela é minha autora favorita. After sempre me proporciona sentimentos e emoções que nunca achei que seria capaz de sentir apenas lendo um livro. Só de falarem sobre perto de mim, já me vem lágrimas aos olhos, pois é impossível não me passar um filme pela cabeça, de toda a trajetória que vivi com eles. Cada um deles pra mim é um aprendizado, uma surpresa, e cada um deles transforma alguma coisinha dentro de mim. Costumo falar que After ou você ama, ou odeia, pois trata assuntos sérios que cada pessoa tem a sua interpretação. São livros que eu amo odiar e odeio amar, e se você tem coração pra aguentar montanhas russas insanas de emoções, recomendo pra você!

Muuuuuuito amor!




2 comentários:

  1. Mesmo com os riscos de Spoilers vim aqui ler essa resenha maravilhosa <3. Preciso urgentemente terminar o segundo livro T_T

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo