Eu Li: Lady Malícia - Karina Heid

Título:
Lady Malícia
Autora:
Karina Heid
Editora:
Independente
Ano:
2020
Série:
Damas de Aço #2




Reino de Württemberg, 1868
Charlotte Thiessen mantém uma vida dupla: para a sociedade, ela é a herdeira de um império. Para o submundo, é Lady Malícia, escritora de romances proibidos. Quando decide conhecer um clube secreto para entender como funciona a sedução, encontra em um homem encantador a chance única de conhecer a arte do amor sem amarras.
Theodor, o conde de Urach, estabeleceu cedo na vida sua reputação. Distante, esnobe e arrogante, seu interesse pela mascarada é real, mas envolver-se com a jovem escritora de livros proibidos, não. Nem mesmo quando ela é chantageada por um empresário que afirma ter em seu poder provas de quem ela é.
Forçada a casar-se e partir, Charlotte jura nunca mais olhar para o conde outra vez.
Três anos depois, ela está de volta ao reino. Longe de ter sido um calvário, a permanência em Berlim a transformou em um fenômeno de vendas, graças ao seu genial - e falecido - marido. Agora, seus desafios são outros: assentar-se em um castelo medieval, escrever sobre paixões e montar sua tão sonhada sociedade literária - além, claro, de manter secreto o que precisa continuar secreto.
Resistir a Theodor, no entanto, é um problema à parte. O conde de Urach mudou, e nem de longe parece o mesmo homem rude e distante que a dispensou. Para o coração remendado, ele representa perigo. Especialmente por entender tão bem de castelos, paixões avassaladoras e segredos tão grandes quanto os dela...
+18 | segundo da série Damas de Aço.

 

Olá, amados leitores!
Há algum tempo tive a oportunidade de conhecer o trabalho da autora Karina Heid e como leitora de romances de época assídua, admito que me apaixonei. Ela me conquistou não apenas pela narrativa extrovertida, mas pelo bom humor e propostas diferenciadas, não só de enredo, mas também de cenário e plots twists. E por isso resenhei o primeiro volume da série Damas de Aço aqui no blog. Hoje me senti inspirada com as palavras para vim contar um pouco da história do segundo livro... que merece toda a minha inspiração! Então, vamos lá?

No primeiro livro da série, Lady Audácia, tivemos a honra de conhecer a família Thiessen. Uma família burguesa pouco ortodoxa que vive no reino de Wurttemberg. O pai dessa família é um homem muito obstinado e apaixonado por seu império de ferro. A nobreza deste reino em sua maioria já admite que seu estilo de vida está com os dias contados para uma mudança brusca e que vai precisar aceitar a burguesia como um futuro eminente e inevitável. Então Herr Thiessen sempre recebe convites de bailes e atividades da nobreza, onde vê campo fértil para tentar casar suas três filhas. Seus planos se mostraram muito promissores quando sua filha Emma se casa com um nobre.

Enquanto o conto de fadas de Emma estava acontecendo às mil maravilhas, mal ela sabia que sua irmã mais velha, Lady Charlotte Thiessen, estava passando por um dos momentos mais opressivo de sua vida, pois aparentemente a polícia estava tentando descobrir quem era a libidinosa autora de uma série de romances apimentados e proibidos que vinham ganhando a cada dia mais e mais espaços nas rodas de conversas ao redor do país; eles sabiam apenas que a autora se denominava Lady Malícia. E as irmãs Thiessen deveriam ser as únicas a saberem que Lady Malícia na verdade era Lady Charlotte. Elas só desconheciam que mais uma pessoa sabia da verdade: o editor dos livros!

Certo dia esse verme aparece na porta de Charlotte anunciando que não só sabia do seu segredo, mas queria que ela se casasse com ele. Nem preciso dizer que ela ficou muito fula da vida. E negou fortemente, porém o que ela não esperava mais uma vez era que ele usasse da informação para a chantagear. Logo teve que se casar com esse imbecil, desculpem os xingamentos, mas eu odeio esse personagem, e não satisfeito de a ter colocado nessa situação, dizendo que só queria salvá-la, ele resolve levar Charlotte para bem longe de suas irmãs e família para a ter somente para ele. Ou seja, um stalker! 

E assim Charlotte teve que viver por alguns anos, até ficar viúva e conseguir retornar para casa. O que ninguém esperava era ela voltar tão mudada. O tratante do seu marido ajudou, de certa forma, Charlotte se libertar de algumas amarras sociais. Passou a ter mais confiança não somente nela mesma, como em suas publicações que continuaram crescendo aos cuidados deles. Então quando retorna para Wurttemberg a primeira coisa diferente que faz é alugar uma casa onde não precise dar satisfação a ninguém, nem às suas irmãs, com as quais ela não manteve tanto contato como antes.

Charlotte pensou mil vezes se retornaria para seu antigo lar, pois lá não estavam apenas suas irmãs, pai, babá, sobrinhos e cunhado. Também estava Theodor, o conde de Urach, seu grande amor e pior traidor. Theodor, ou Theo, é o irmão mais velho do marido de Emma, a irmãzinha de Charlotte. O que ninguém sabia era que Charlotte e Theodore tinham muita bagagem no passado. Pois para iniciar a escrever os livros há algum tempo, com o codinome de Lady Malicia, Charlotte foi buscar inspiração em um famoso clube noturno de libertinagem, onde todos eram nobres mascarados. Em sua primeira noite lá, conheceu o homem que mudou a sua vida para sempre em todos os aspectos, e principalmente nos mais deliciosos deles. 

Theo e Charlotte frequentavam os mesmos círculos sociais então foi inevitável que acabassem descobrindo a identidade um do outro por trás das máscaras noturnas. E quando Charlotte pensou que poderia viver um grande amor com Theo, seu editor aparece e a chantageia, então ela vai atrás de Theo para pedir ajuda e refúgio, os quais são negados por ele de forma muito tosca. E assim ela acabou casada com o editor. Então ter de voltar para a mesma cidade que Theo vive é agonizante para ela.

Mas o destino, ou melhor dizendo, um possível fantasma travesso tem outros planos para Charlotte, pois tudo que ela constrói para si parece sempre envolver Theo. O que não poderia passar pela cabeça de Charlotte é que Theo tinha outros planos para a segunda oportunidade que recebeu de estar perto dela, afinal de contas, Charlotte não foi a única chantageada naquele fatídico dia em que ficou noiva.

A história desse casal foi a mais tensa dos três livros, assim como a mais madura. Outra informação que talvez você, querido leitor, precise saber é que após ler este livro você vai sair correndo para ler o spin off da série onde Lady Malícia conta como foram suas noites no fatídico clube anteriormente mencionado. Adoro!

Espero ter conseguido deixar a todos com gostinho de quero mais... lembrem de ler a série e contar para a autora o que acharam pois ela é muito adorável com seus leitores e muito acessível no Instagram!

Então, fica a dica e até o próximo post.

.

Assistente Social por amor a profissão, descobriu em 2013 uma nova paixão: ser blogueira literária. Desde então vem se apaixonando mais a cada novo livro lido. Descobriu através de Jose de Alencar e só reafirmou ao ler Jane Austen, que Romances de Época são imprescindíveis para a sua vida assim como respirar. Adora intercalar suas leituras com momentos em família, séries de tv, doramas, música, bujo, fotografia, saídas com amigos e seus cachorros lindos. Encontra na literatura uma forma de desbravar o mundo e fazer novos amigos.

Recomendado Para Você

Comentários