Quinta em outra língua - Trinity Academy Series - Michelle Heard

Vamos acordar para cuspir!

Oi gente... como estamos? Espero que todos estejamos bem e já recuperados de nossas maratonas maravilhosas de confras de fim de ano. Todo mundo engordou e bebeu muito nestas festinhas divas... mas agora, em plena segunda semana de janeiro, podemos dizer que o ano 'iniciou' formalmente. Afinal de contas, a vida volta a rotina (ou não) mas o que também tem que voltar a nossa vida divante são os nossos posts do quinta em outra língua, e por isso cá estou eu aqui nesta data para vos falar da minha primeira leitura do ano de 2020.

Estava eu zapeando pela galeria do Kindle Unlimited procurando novas delicinhas para me acabar de tanto ler quando me deparei com essa capa ao lado, do primeiro livro da série "Trinity Academy", e me apaixonei logo pela sinopse pois me fez lembrar um pouco de um de meus filmes favoritos "The Covenant" (2006).

O que fazer com livros que tem capas com Abs maravilhosos?Como não adorar? Sei que as vezes se torna um pouco, talvez muito, repetitivo esses tanquinhos nas capas de alguns romances. Mas  não consigo enjoar deles, vocês conseguem?

Tá! Surtos a parte, a sinopse do livro é esta:

"Riqueza e poder os tornam intocáveis. Os monarcas da Academia Trinity.
Falcon Reyes. Com um olhar afiado e inteligente, cheira a arrogância, envolto em uma camada gelada de indiferença. Vive uma vida em meio ao luxo que o deixou com a noção de que pode tudo. Poder. Riqueza e Status.
Ele é um deus e eu uma mera mortal. Ele é Júpiter e eu Mércurio. Há tanto poder neste homem. Ele tem o tipo de influência que as pessoas nem conseguiriam imaginar.
E eu sou uma garota de 18 que conseguiu fazer com que ele perdesse o controle."

.

Estava louca por novidades no meu Kindle e querendo variar dentre os plots de romance e fazia um tempinho que não lia nada que fosse situado em uma universidade. Admito que me empolguei bastante ao ser ambientada em uma universidade privada; Um local muito exclusivo e luxuoso onde vários filhos de milionários e famosos frequentam antes de assumirem os negócios da família.

E tudo ia bem até que certo dia, antes de retornar a academia, Falcon vai para sua fria casa para pegar o resto de suas coisas e se vê obrigado a jantar com seu pai ausente, a mãe malvada e o irmão mais velho que só pensa em conseguir o cargo de CEO a todo custo. Nem preciso dizer que Falcon meio que odeia voltar para casa. Seu verdadeiro lar é na academia junto de seus melhores amigos e irmãos, Lake e Mason. 

Em meio a este jantar, sua mãe acaba revelando que a filha da assistente pessoal de seu pai vai começar a frequentar a Trinity, e por isso pede que ele seja no mínimo cortês com a jovem e que a ajude a se ambientar. E também pergunta se em seu último ano na academia ele adotará um aluno como seu assistente durante o semestre. Ao que Falcon responde, muito afrontoso, que para manter tudo em família poderia bem assumir a filha da assistente de seu pai. Nem preciso dizer que a mãe dele ficou possuída no ritmo ragatanga, né?

Obviamente que ele só queria deixar a família escandalizada, mas quando as atividades de Trinity retornam e ele enfim conhece Layla, descobre que para seu total espanto ela não se sente nem um pouco intimidada por ele. Afinal de contas, ela só quer concluir a faculdade e viajar ao redor do mundo com seu pai rippie blogueiro de viagem. Então não tem nada que Falcon possa oferecer que a faça mudar de ideia, a não ser é claro se apaixonar.

Layla começa a passar por situações insanas na universidade, desde fugir de um 'macho escroto' a ter de ser secretaria de Falcon. Mas nem tudo são só mudanças loucas na vida dela. Os três maiorais da Trinity acabam se mostrando três caras insanamente incríveis e amigos, e passam a fazer parte de sua família, junto com sua melhor amiga louca por doces.

Uma das coisas que mais gostei no primeiro livro foi que tem os plot twists mas não são dramalhões, sabe? Daqueles que você passa uns 3 capítulos tentando dar uns tabefes na mocinha para ver se ela sai da bad. Não, a Layla é muito forte e perspicaz. Então por mais que aconteçam as reviravoltas da história ela se mantem leal a promessa a Falcon de nunca duvidar deles. E assim as reviravoltas que ela consegue dar no livro são ótimas. 


Outra coisa que amei é que apesar do casal fechar a história de forma coerente e concisa a trama maior que perpassa por todos os personagens não acaba neste livro. Ao contrário, ela só te deixa ainda mais curioso com o final. E eis o porquê de ter de ler em ordem pois assim quando você pegar o livro do Mason não vai pegar o bonde andando.


Quando eu comecei a ler o Mason na história fiquei logo contraria a ele pois não passava de um bad boy que só queria brigar e não tinha pavio nenhum. Mas eu não poderia estar mais enganada, pois ele é um cara traumatizado pela culpa e escravizado pelo medo.

Vamos a sinopse?

“Você é minha assistente.”As palavras mágicas que toda garota da Trinity Academy está morrendo de vontade de ouvir. Mas eu sou aquela que fica presa com Mason Chargill, a estrela da maioria das fantasias femininas, mas meu pesadelo. Um dos herdeiros da CRC Holdings, ele pode ser perigosamente lindo, mas seu comportamento frio e insensível faz dele um príncipe de gelo.Ele espera que eu respeite a hierarquia da Academia, que esteja à disposição dele.Sim, certo … o inferno vai congelar antes que isso aconteça.Infelizmente para ele, não sou tola.Infelizmente para mim, ele está determinado a me quebrar.Se ao menos houvesse uma maneira de derreter o pedaço de gelo que ele chama de coração.

Eis outro belo tapa na cara! Achei que ia mesmo encontrar mais um dos nossos clichês maravilhosos com bad boys 'restaurados', porém não poderia estar mais deliciosamente errada. Na verdade, Mason é um homem de família e muito envolto em resolver tudo para que seus irmãos e melhores amigos possam viver a vida da forma que acharem melhor, nem que para isso ele tenha que assumir o legado de ser o CEO do conglomerado das famílias.

Ele era um homem preparado para sujar as mãos no trabalho da família , até o dia que ele se sentiu afrontado pela melhor amiga de Layla ao descobrir que ela não tinha medo dele. O que foi só o que ele precisava para falar em meio ao salão das refeições, em meio a uma festa que ela, Kinsley, era a partir dalí sua assistente. Deixando uma louca por doces de boca aberta e coluna gelada na frente de todos.

A forma de interação desses dois louquinhos é bem única e hilária! Apesar do livro ter uma pegada mais para o drama, enfim passamos a entender o que aconteceu com Mason para que ele ficasse desse jeito e com crises de pânico. A Kinsley também é uma personagem badass, dessas que deixam a gente orgulhosa.

E é por não baixar a cabeça para as merdas que ele solta de vez em quando que ela consegue driblar as defesas dele, sendo unicamente a mulher emponderada, inteligente, engraçada e fogosa que ela sempre foi kkk Não consigo lembrar de nenhum parte do livro que Kinsley foi menos que ela mesma em todas as tramas do livro. E achei bem fofo o gosto viciante dela por doces em todas as situações.

O que mais gostei em Kinsley foi que em momento nenhum ela teve medo de trilhar o caminho ao lado dele, e mesmo quando estava tentando entender o que sentia, ela seguiu em frente. Ela é o tipo de personagem que gostaria que existisse na vida real e que fosse, de preferência, minha best!

Tanto é que virou uma das bests de Lake. O terceiro intrépido do grupo e o namorado perfeito! A palavra perfeita para descrever Lake é:  Gentleman.

Vamos a sinopse?

Seus olhos têm o poder de desfazer toda a mágoa causada pela minha família.
“Não deixe que eles vejam você chorar.”Depois de meses de recusa, finalmente concordo em me mudar para a América, onde meu noivo está me esperando.Assim como minha mãe, um casamento arranjado está no meu futuro próximo.Assim como minha mãe, provavelmente serei posta de lado alguns anos depois de fornecer à família Cutler um herdeiro.Sendo uma garota coreana de uma cultura muito diferente do ocidente, isso me faz sobressair como um polegar dolorido. Não há nada que eu possa fazer além de aceitar o destino arranjado por meu pai e sua amante. Meu casamento com Lake Cutler será um negócio e nada mais.Meu plano é simples. Fazer com que ele me odeie o suficiente para romper o noivado, para que eu possa voltar para a Coréia.Mas eu não contava com aqueles olhos castanhos carinhosos.O que começou como uma missão para me salvar de um casamento arranjado infeliz logo se transforma em uma batalha para não perder meu coração.Eu o desafio a ir embora, mas em vez disso, ele me mostra que qualquer ponte pode ser atravessada.

Para contar o desenrolar da história do Lake, preciso voltar um pouquinho na história e explicar melhor uma coisinha: Lake, Mason e Falcon são herdeiros de um grupo muito poderoso de empresas. Os pais deles eram amigos inseparáveis na infância, e permaneceram assim na vida adulta. e juntos construíram tudo o que vão deixar para nossos protagonistas. Então os três amigos herdeiros se organizaram da seguinte forma para levar a frente o legado:
  • Falcon: Tem que construir uma nova empresa sozinho para provar seu valor e depois juntar ao grupo.
  • Mason: Tem que ser o CEO de todo o império e se manter no escritório governando o patrimônio dos três.
  • Lake: Tem que se casar com a herdeira de um grupo muito forte na Coreia do Sul para que o grupo deles consiga expandir para a Asia.
Aí você para e pensa: Um casamento arranjado, sério?

Lake em nenhum momento dos três livros se mostrou menos que empolgado ou disposto a este casamento. Ao contrário, sempre falou da noiva que nunca conheceu com respeito e adoração, o que deixa os amigos desconcertados todas as vezes. 

Enfim o grande dia chegou e ele vai conhecer a Lee. Mas acaba descobrindo que as coisas não eram nada do que ele esperava, o que deixa ele irado com o pai de Lee e o torna ainda mais protetor com ela. E depois de arranjados os termos do acordo entre as famílias, cabe a ele e seus amigos mostrarem para Lee como é a vida de verdade e ama-lá. Acima de tudo amar essa garota que foi arrancada de sua casa e família para viver uma vida que só imaginava ser a pior.


Eu amei os livros como um todo, tanto que comecei imediatamente outra série desta autora pois vai rolar uns crossovers muito interessantes entre ambas, porém o livro do Lake roubou geral meu coração no final pois o relacionamento do Lake com a Lee é muito esses doramas coreanos que tanto gosto de ver repetidamente.

Inclusive o próprio Lake fala que assistiu Healer e K2 para poder se habituar a sonoridade e aprender alguma coisa do idioma de sua noiva. Particularmente eu assisti Healer para babar muito no Ji Chan Wook que é esse oppa magia aí do gif. #choices

O Lake é conhecido pelos amigos como sendo aquele que consegue tudo o que quer pois faz carinha de cachorro que caiu da mudança e assim ninguém resiste. Até que ele conheceu sua melhor adversária, pois a Lee tem o mesmo efeito nele toda vez que o olha e o chama de Oppa kkk 
Eu ri muito dessa parte do livro, nossa adorei mesmo, e dá para ver que a autora tem um dedinho de dorameira.

Neste livro o maior plot da história é concluído, mas a autora consegue deixar alguns poucos ganchos para poder criar um possível novo livro dessa série e para o crossover que vem neste ano.

Ufa... consegui! Eis aí um pouco da minha paixão bookaholic mais recente. Espero que tenham gostado e até o próximo post.
Fica a dica!

Até a próxima, pessoal! 


Assistente Social por amor a profissão, descobriu em 2013 uma nova paixão: ser blogueira literária. Desde então vem se apaixonando mais a cada novo livro lido. Descobriu através de Jose de Alencar e só reafirmou ao ler Jane Austen, que Romances de Época são imprescindíveis para a sua vida assim como respirar. Adora intercalar suas leituras com momentos em família, séries de tv, doramas, música, bujo, fotografia, saídas com amigos e seus cachorros lindos. Encontra na literatura uma forma de desbravar o mundo e fazer novos amigos.

Recomendado Para Você

Comentários