sábado, janeiro 13, 2018

Novidades! Coluna #Diferentona

Olá, leitores mais lindos do Brasil! 
Como vai essa força hoje?

Hoje preciso sentar com vocês para termos "a conversa". Vamos falar sobre sexo? Também e eventualmente. Mas primeiramente venho apresentar uma proposta nova que consiste em um projeto pessoal que planejei para 2018: a coluna #Diferentona. 

Essa coluna foi pensada para alguns de vocês que, como eu, eventualmente fogem um pouco da temática primordial que trabalhamos aqui no blog Garota Pai D'Égua. Em sua maioria, nossos posts falam sobre romance - contemporâneos, históricos e de época, fantasia, YA, hot e geeks. Sejamos sinceros, nosso conteúdo é muito variado pois somos 7 colunistas com gostos e preferências distintas. Dá um caldinho bom e diverso. 

Eu adoro? Sim.
Eu me amarro? Claro. 

Mas eventualmente fico em uma vibe mais fechada. Me refiro à alguns autores que podemos apontar como "cults". Por exemplo, amo Austen e as Brontë mas também sou enlouquecida de amor por Gabriel García Márquez e Pablo Neruda. De nacionais, adoro a prosa de Chico Buarque, Caio Fernando Abreu e Clarice Lispector. Vocês provavelmente já devem ter ouvido falar desses autores e lido algo sobre eles, mas dificilmente foi aqui no Garota Pai D'Égua (na verdade, tem uma resenha de "O ovo apunhalado" de Caio Fernando Abreu que saiu no blog em 2013. Confiram aqui que o negócio vai ser nesse nipe.) (Esse livro é fantástico, leiam!).

Sendo assim, coloquei como uma das metas de ano novo escrever mais sobre esses autores que adoro mas que não estava compartilhando diretamente com os leitores do blog. Vejam bem, eu falo muito sobre vários deles, mas principalmente no meu twitter e nos encontros do PA Book Club então decidi trazer isso um pouco para vocês neste novo ano.


Vai dar certo? Não sei. 
Estou querendo ser antipática? JAMAIS. 

Só quero compartilhar um pouco mais sobre as minhas preferências que não entravam nessas linhas. 
Então, na reunião anual do blog, levantei essa questão. Meus amigos queridos e companheiros colunistas apoiaram muito a ideia (obrigada, gente, amo vocês) mas estávamos sem um nome para o projeto. Eu não queria postar nada como "cult" porque né, gente: ninguém me respeita. 

Eu sei, também fico desolada 
Então a Nana maravilhosa teve a ideia do #Diferentona. Eu sei que, normalmente, quando se explica a piada é porque não teve graça mas quero deixar as coisas bem claras entre nós, leitores: a coluna #Diferentona é meu projeto pessoal para falar sobre livros e autores que normalmente não falamos aqui no blog. Não é porque sou cult ou mais especial que ninguém. Mesmo que eu seja muito especial aos olhos do Pai, rssss.

olaar
E mesmo sendo um projeto pessoal meu, acredito que eventualmente os outros colunistas vão postar sobre leituras que diferem de seus padrões. E essa é a mágica da literatura, meus amores, podemos ir para qualquer lugar desvendar mares nunca antes navegados.

A frequência de postagens serão poucas; uma ou duas vezes ao mês pois continuarei contribuindo com os posts frequentes do blog então não se preocupem, leitores queridos, tudo o que vocês amam no Garota Pai D'Égua continuará aqui. No mais, espero que vocês curtam a nova coluna que provavelmente terá inauguração na próxima semana. Fiquem ligadinhos! 

Beeeijos ♥


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo