terça-feira, dezembro 12, 2017

Eu Li: Agonia - Igor Quadros

Título:
Agonia

Autor:
Igor Quadros

Editora:
Independente

Ano:
2017


Um menino que adoece por um contato sobrenatural; um casal disposto a sacrificar tudo para alcançar um outro mundo; estranhos fenômenos acontecendo em uma cidade no interior do Pará; uma idosa solitária que ouve um choro no andar de baixo de sua casa; duas irmãs que se odeiam, mas que se unem para sobreviverem a um sequestro. Situações angustiantes, escolhas perturbadoras e retratos da psique humana fazem parte desta coletânea de terror.

Igor Quadros é um autor paraense que está construindo sua carreira em cima de nossos pesadelos. Sim, os nossos autores de terror estão com tudo aqui pelo norte e estou muito orgulhosa. E chorosa. A propósito, nem um título poderia traduzir melhor o que é esta obra de Igor Quadros: Agonia.

O livro contém cinco contos de um terror psicológico que deixa o leitor envolvido e constantemente preocupado com os personagens. É interessante como a tensão permeia em cada página. Começamos tão bem e terminamos assim:

Tedoidé!
No conto “Pestilência” conhecemos uma mãe e um filho pequeno. Eles moram no interior e em uma noite a criança reclama que tem um bicho no quarto. A mãe, claro, vai procurar e nada encontra mas ainda sim leva o menino para dormir com ela. Nas noites seguintes, o mesmo choro por um bicho que ela não encontra de jeito nenhum. 
Talvez seja manha de criança, né. Normal. Portanto, ela decide ser firme e deixa o pequeno em seu quarto para dormir sozinho em uma noite. Ela adormece ainda ouvindo o choro alto da criança. O menino acorda diferente, quieto, soturno e claramente alguma coisa mudou. Mas o que a espera é inacreditável. 

Esse primeiro conto do livro, em específico, costuma deixar os leitores bem chateados mas é um inicial condizente com o que nos aguarda no decorrer das histórias.

Os outros contos, que se chamam “Sacríficos”, “Ermo”, “O choro” e “Por trás das paredes” , também são de uma aflição que só lendo para compreender. 
O autor pegou muitas referências das nossas próprias lendas do norte e as desenvolveu com um toque pessoal de crueldade. O terror contido nas páginas de “Agonia” não é aquele que nos faz gritar de susto, mas aquele sutil que nos deixa reflexivos e nos faz adiar aquela ida ao banheiro na madrugada, sabe.

Igor Quadros é um autor jovem com um talento inegável para contações de histórias. Sua narrativa é fácil e nos prende logo de cara com personagens palpáveis que poderia ser vocês ou eu.

Deuzulivre e guarde 
A produção dos exemplares físicos de “Agonia” foi toda independente e teve o acompanhamento direto do autor. O livro também está disponível em e-book na Amazon com um preço bem módico. 
Vocês podem conhecer esse e outros trabalhos de Igor Quadros em sua página no facebook
Confiram essa trevosidade e bons pesadelos! 

Leiam! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo