Eu Li: Desencontros à beira-mar - Jill Mansell

Título:
Desencontros à beira-mar
Autora:
Jill Mansell
Editora:
Arqueiro
Ano:
2019
Série:
Romances de Hoje

Adicione ao skoob

O amor está no ar na pequena cidade litorânea de St. Carys – mas à primeira vista nem dá para saber, pois seus habitantes são mestres em esconder os próprios sentimentos.
Após perder a hora, Clemency é a última a entrar no avião, frustrando os planos do belo passageiro que esperava viajar ao lado de um assento vazio. Durante o trajeto, ela percebe que o simpático estranho tem tudo para ser o amor de sua vida. Mas só não conta com um pequeno detalhe: ele é casado.
Três anos depois, Clemency está morando em uma casinha aconchegante perto da praia para focar na própria carreira. Tudo segue na mais perfeita ordem quando o homem apaixonante do avião, Sam, reaparece, porém não do jeito que ela gostaria: ele agora está namorando justamente sua meia-irmã, Belle.
Tentando esconder os sentimentos, Clemency convence Ronan, o melhor amigo, a embarcar em um plano maluco, fingindo um relacionamento amoroso com ela. E é aí que os desentendimentos e a confusão começam.
Enquanto o sol esquenta a areia e o mar turquesa cintila, uma verdade fica clara: segredos enterrados sempre acabam vindo à tona.

"Desencontros à beira-mar" foi um dos primeiros lançamentos da coleção Romances de Hoje que a editora Arqueiro está publicando no Brasil. Falaremos sobre os livros dessa coleção ao longo desses dias pois estou em overdose de chick-lit! 
E quem de nós, pobre mortais, não gosta de um bom romance com toque de realidade?
A nossa protagonista, Clemency, adora! Assim sendo, quando um bonitão viaja ao lado dela no avião ela começa a idealizar e imaginar cenários incríveis para um belo romance. Quem nunca?
A decepção vem de imediato quando o supracitado bonitão não dá um pingo de confiança.
Clemency, portanto, se recolhe a sua insignificância e decide para e incomodar o homem, claro. Só para após ele mostrar um interesse repentino nela. Então eles conversam e é um bom tipo de conversa; aquelas inteligentes, engraçadas e com uma pitada de flerte.
Tudo parece promissor até o avião pousar e Sam, o bonitão, voltar a encarnar a Frozen.
É então que Clemency descobre que Sam é casado e tudo termina antes mesmo de começar. 

Após três anos desse encontro, o destino volta a reunir Clemency e Sam de uma forma bastante inusitada pois agora ele está namorando com a sua irmã postiça, Belle.
O constrangimento só não é maior que aquela sensação incômoda de algo não acabado.
Mas para respeitar a irmã e um pacto que ambas fizeram na adolescência, Clemency tentará fugir da tentação e pede ajuda de seu grande amigo, Ronan, para fingir ser seu namorado e facilitar essa distância entre ela e Sam.
É legal constar que Belle sempre teve uma quedinha por Ronan e, apesar de ter seu homem perfeito, não gosta nada do novo relacionamento da irmã. 
Ronan é um evento a parte. Um homem lindo com uma história de família complicada, ele também tem seus interesses em fingir um relacionamento com Clemency para chamar atenção de uma certa pessoa. 

"Desencontros à beira-mar" é uma linda história de amor com muitos altos e baixos e, claro, encontros e desencontros. Durante a leitura me senti acompanhando uma novela pois a história de cada personagem é marcante e importante para a sua construção no enredo. 
Apesar de sabermos bastante sobre Clemency e Sam, não deixamos de nos encantar com as histórias paralelas que, ao final, se unem e fazem todo o sentido.

Adorei a narrativa rápida e divertida. A autora entrega os enredos de forma sucinta e nos faz ter uma empatia enorme pelos personagens, além de estimular muito uma torcida para que tudo dê certo.
No final, todos nós só queremos que a nossa história tenha um final feliz e esse livro vai nos lembrar disso. 

Indico demais a obra e aguardem que teremos mais de Romances de Hoje em breve aqui no blog! 
Até mais! 

leiam 

Assistente social apaixonada por livros. Militante da transformação social através da literatura.

Recomendado Para Você

Comentários