Quinta em outra língua - Kiss the Girl - Tara Sivec

Título:
Kiss the Girl / Beije a garota
Autora:
Tara Sivec
Editora Gringa:
Swerve
Editora Brasileira:
The Gift Box editora
Ano:
2019
Série:
The  Naughty PrincessClub #3


Enquanto as amigas se livraram de suas inseguranças, Ariel Water ainda luta para sair de sua concha. Seu ex-marido tirou a sua voz e sua autoconfiança, e ela está se afogando em um mar de dívidas para pagar sua pensão. Ela se recusa a se deixar enganar pelo charme de um homem outra vez, e está determinada a se virar sozinha.
Quando a sua casa e as suas amadas antiguidades são tomadas pelo banco depois de muitas contas vencidas, Ariel se encontra à deriva até que o charmoso e irritante Eric Sailor vem ao seu resgate.
Embora ela não consiga suportar o playboy milionário, a gentileza e o apoio incondicional de Eric revelam águas profundas e um amor que Ariel nunca imaginou que pudesse encontrar novamente.
Mas existem influências de fora que não medirão forças para afastá-los. Será que Ariel e Eric conseguirão navegar pela tempestade e encontrar uma maneira de ficarem juntos?

Olha eu aqui invadindo a coluna alheia novamente!

Há alguns dias atrás também estive por aqui para resenhar o segundo livro da série "The Naughty Princess Club" da bafônica Tara Sivec e na época estava rolando ou estava nas vésperas de rolar a Bienal do Livro no Rio de Janeiro, acontece que de lá para cá o livro foi lançado pela The Gift Box Editora aqui no Brasil, então para os amadinhos que não leem em inglês, eis uma boa notícia, pois agora você poderá se deliciar com os três livros de uma vez. Depois não esquece de vir aqui me contar como foi e qual das três se tornou sua princesa favorita!

Então vamos logo a resenha, mas antes disso, vale lembrar que este é o terceiro livro da série e que há sim prejuízo na leitura se você ler fora da ordem. Principalmente se tratando deste livro pois a história de Ariel já começa a ser desenvolvida desde o livro um. Mas se você não tem problema com isso... siga em frente e continue se apaixonando.

O livro começa com Ariel em meio a uma entrevista para uma possível companheira de casa, já que descobrimos desde o início que ela está mergulhada em dívidas e não está tendo condições de manter sua casa em um condomínio fechado sem ter que vender suas preciosas antiguidades, colecionadas há muito tempo. E como ela ainda não começou a fazer seu show de princesa ela acaba tendo que procurar alguém para repartir os gastos. E é isso que ela está fazendo quando seu telefone celular toca... e vale apenas dizer que ela não suporta atender telefone, para ela ninguém mais liga para ninguém, tudo, absolutamente tudo, pode ser dito por mensagem. Então não foi de se estranhar que a Ariel soltasse os cachorros em quem estava do outro lado da linha... e infelizmente era Cindy.

Após essa ligação tudo foi por água abaixo pois a pessoa que ela estava entrevistando praticamente olhava para Ariel como se ela tivesse fugido de um hospício. E assim, Ariel retorna para casa sem saber bem como conseguir marcar mais uma entrevista para uma nova possível roommate. Mas ao chegar em casa ela passa pela frente da casa de Cindy e observa que seus amigos já estão lá para ajudar a amiga com a mudança para a casa de um certo príncipe.

Mas Ariel decide primeiro passar em casa, mas antes e conseguir entrar em casa, uma viatura para na frente da casa e começa a questionar se ela é a proprietária. Obviamente que Ariel dá uma resposta super desaforada, e com isso eles descobrem que de fato ela é a proprietária e informam a ela que ela tem algumas poucas horas para pegar o essencial de sua casa, pois a casa estava indo para leilão para quitar as dívidas de Ariel. Então ela surtou de verdade e do nada ela estava se vendo amparada pelas amigas e alguns vizinhos estavam na porta observando, ela perdeu totalmente o chão e não conseguia digerir bem o que estava acontecendo.

Eis que surge o príncipe encantado da Cindy e descobre que Ariel recebeu várias notificações de que precisava entrar em contato com o banco, mas novamente Ariel pergunta: quem ainda manda carta? O mais incrível da coisa é que ela não viu nem a notificação de despejo que estava grudada na porta dela por dias. Prioridades na vida, né amores? Então seus amigos começam a preparar a mudança dela, pegando só o essencial, pois Ariel se encontra postada no chão sem entender o que se passa. Ela também não estava em si quando por muito tempo, nem quando colocaram ela dentro de um carro e a levaram para algum lugar, a ficha dela só caiu mesmo quando ela se viu em frente a um par de iates e quando Eric surge e diz a ela que passará a morar em um de seus iates, mais precisamente o que está ao lado do dele.

Nem preciso dizer que se ela estava quase para surtar, acabou surtando de vez com a notícia. Mas não é Ariel que possui seus encantos, Eric não fica atrás e acha um jeito de convencer ela a morar ao seu lado. Logo, encontrar com ele se tornou inevitável... assim como o conhecer melhor. Mas será que isso não tornava ainda mais difícil não se apaixonar por ele? A vida vai seguindo seu rumo... até Ariel, certo dia se depara com a maior de suas mentiras parada bem na sua frente, a chamando de querida, e dizendo que a quer novamente ao seu lado.

Então Ariel passa a perceber que a maior tragédia não foi bem perder anos de antiguidades acumuladas em sua velha casa, mas sim a possibilidade de perder suas melhores amigas porque não foi capaz de contar a verdade a Cindy e Bella sobre seu passado. E como ela pode pensar em seguir em frente com Eric com essa sombra do passado cobrando o seu preço.

Ariel é de longe a mais desorganizada e louca das três amigas... mas ainda assim uma personagem complexa e cativante. Adorei cada minuto da leitura, o Eric conseguiu totalmente fazer algo que não fez no filme da Disney, ele roubou a cena com seu carisma e sex appel. Um personagem secundário em particular roubou muito a cena com apelos hilários, e este foi o pai dela Tritão um vendedor de carros usados que viralizou na internet por seus comerciais hilários onde ele mesmo aparece.

Enfim... eis minha dica de leitura e espero que todos deem uma oportunidade para que Tara Sivec entre em sua vida bookaholic. Espero que tenham gostado da resenha, e até o próximo post!


Assistente Social por amor a profissão, descobriu em 2013 uma nova paixão: ser blogueira literária. Desde então vem se apaixonando mais a cada novo livro lido. Descobriu através de Jose de Alencar e só reafirmou ao ler Jane Austen, que Romances de Época são imprescindíveis para a sua vida assim como respirar. Adora intercalar suas leituras com momentos em família, séries de tv, doramas, música, bujo, fotografia, saídas com amigos e seus cachorros lindos. Encontra na literatura uma forma de desbravar o mundo e fazer novos amigos.

Recomendado Para Você

Comentários