Eu Li: Uma paixão e nada mais - Mary Balogh

Título:
Uma paixão e nada mais
Autora:
Mary Balogh
Editora:
Arqueiro
Ano:
2019
Série:
O clube dos sobreviventes #4

Adicione ao Skoob


Ao voltar para casa depois das Guerras Napoleônicas, Flavian, o visconde de Ponsonby, ficou arrasado ao ser abandonado pela noiva.

Agora a mulher que partiu seu coração está de volta, e todos estão ansiosos para que eles reatem o noivado. Exceto Flavian, que, em pânico, corre para os braços de uma jovem sensível e encantadora.
Apesar de ter sido casada por quase cinco anos, a viúva Agnes Keeping nunca se apaixonou, nem quer se apaixonar. Aos 26 anos, ela prefere manter o controle de suas emoções e de sua vida. Porém, ao conhecer o carismático Flavian, fica tão arrebatada que acaba aceitando seu impetuoso pedido de casamento.
Quando descobre que Flavian pediu sua mão apenas para se vingar da antiga paixão, Agnes decide fugir. Mas Flavian não tem a menor intenção de deixar a esposa partir, principalmente após descobrir que, para sua própria surpresa, está completamente apaixonado por ela.
Olá meus queridos leitores... como estão as leituras de vocês este segundo semestre?

Já estamos em setembro... para 2020 falta pouquinho... e com isso seguimos com nossas ressacas literárias, lançamentos de livros maravilhosos e nossa querida torre de livros não lidos, e que vão ficando para depois pois você as vezes não consegue dizer não para você mesmo ao entrar em uma livraria ou em um site! Quem nunca, não é mesmo? E hoje temos mais uma dica de livro esperta para viciar e amar... mas vou logo avisando que o livro de hoje já começa tenso... afinal de contas quem gosta de ser traído?


Ser traído pela pessoa amada nunca foi fácil para ninguém nos dias de hoje! E com toda certeza do mundo no período regencial esse acontecimento não iria doer menos nos corações apaixonados. E partindo dessa situação desconcertante para algumas pessoas e arrasadora de almas para outras é que vamos passar a conhecer Flavian, ou Visconde de Ponsonby dentre a nobreza. Na verdade, quem acompanha a série por certo já conhece nosso amigo de língua afiada, porém este é o livro dele, e vamos acompanhar dois momentos distintos de sua vida para entender porque ele correu em direção as guerras napoleônicas, e não contra elas.

No passado, Flávian era apenas o segundo filho de um nobre e um jovem travesso em uma família que já tinha um primogênito 'quase' perfeito para assumir o viscondado. Não me levem a mal, a família nutria sentimentos fraternos um pelo outro, e jamais desejaria o mal a qualquer um deles, porém o irmão mais velho de Flávian nasceu com uma particularidade. E devido a essa obra do destino Flávian era educado para ser um Visconde também, mas na verdade nunca quis nada disso, só queria seu irmão em uma condição boa de saúde.

Com o passar do tempo os irmãos que eram muito amigos, passaram a conhecer melhor a família de seus vizinhos mais próximos, e assim eles conhecem 'a' mulher de suas vidas. A pessoa capaz de revirar com tudo a vida deles, a mesma que em um futuro próximo se tornaria a noiva de Flávian. Porém certo dia Flávian, em meio as guerras, acaba sofrendo um acidente gravíssimo, que o fez ter de retornar para casa em condições de saúde muito debilitantes. A família não acreditava que ele pudesse melhorar, e ainda mais com seus ataques de loucuras. Então se viram obrigados um certo Lorde, já conhecido nosso, que possuía um castelo isolado e que aceitava heróis de guerra para cuidados dos quais Flávian necessitava.

E foi assim que ele conheceu e passou a fazer parte do clube dos sobreviventes, deixando seu passado, ou a rede cheia de buracos de seu passado para trás e seguir em frente sempre alimentando as brasas de sua raiva e rancor por sua noiva que o traiu, sendo esta uma das poucas memorias que ele tem do passado,

Muito tempo depois, já como parte do grupo que tanto passou a amar, Flávian se vê quase sem sequelas de seu período na guerra. Tropeçando nas palavras continuamente,e contendo seus impetus de raiva, e ele passou vivendo tranquilamente. Certo dia ao chegar na casa de Vincent para a reunião do clube, Flávian conhece uma jovem viúva que rouba um pouco sua tranquilidade. Não sabe explicar bem o porquê, mas ela consegue despertar muitas coisas nele, e isso inclui resgatar suas memorias perdidas.

No decorrer daquela viagem, Flávian recebe uma carta de sua família, informando que o período de luto de sua antiga noiva estava acabando e que ela e ele estavam sendo esperados para uma pequena reunião familiar. O que estava intrínseco na carta era que ambas as famílias ainda nutriam expectativas altíssimas sobre o enlace dos dois. E isso perturbou muito ele por um tempo. Mas toda vez que Agnes Keeping estava por perto tudo ficava tão confuso, e de uma forma tão boa, que foi inevitável que ele ignorasse o bom senso e a pedisse em casamento, e assim ele fez para ser rejeitado inicialmente.

Mas se ela não tivesse aceitado, não teríamos história não é mesmo? Flávian comeu o pão que o diabo amassou para conseguir conquistar a mão de Agnes. E assim ele conseguiu. Mas o que era para ser um mar de rosas, acabou por se tornar um pesadelo. E Flávian e Agnes passam a ter que vencer impencilios a todo o momento. Mas o que fazer quando a maior de todas as provas é a memória restabelecida de Flávian. Onde enfim ele vai lembrar o que de fato aconteceu com seu irmão, seu noivado rompido e assimilar de que forma vai conseguir continuar ao lado de Agnes.

De longe este é o livro mais sombrio de todos os livros desta série, e admito que fiquei um pouco chocada ao descobrir o segredo por trás das memorias perdidas de Flávian. E como se não fosse o suficiente, ele ainda acaba descobrindo o passado tenebroso de Agnes também... então é uma história com romance sim, mas também recheada de esqueletos nos armários.

O livro é quase uma montanha russa de emoções e surpresas no caminho. Gostei bastante da história de Flávian e já fiquei muito eufórica para a próxima, essa autora tem esse poder com as palavras. Espero que vocês tenham curtido a resenha, e que se permitam conhecer esses esqueletos nos armários de Flávian e Agnes. Fica a dica...


Assistente Social por amor a profissão, descobriu em 2013 uma nova paixão: ser blogueira literária. Desde então vem se apaixonando mais a cada novo livro lido. Descobriu através de Jose de Alencar e só reafirmou ao ler Jane Austen, que Romances de Época são imprescindíveis para a sua vida assim como respirar. Adora intercalar suas leituras com momentos em família, séries de tv, doramas, música, bujo, fotografia, saídas com amigos e seus cachorros lindos. Encontra na literatura uma forma de desbravar o mundo e fazer novos amigos.

Recomendado Para Você

Comentários