sexta-feira, junho 07, 2019

Eu Li: No badalar da meia-noite - Tara Sivec

Título:
No badalar da meia-noite
Autora:
Tara Sivec
Editora:
The Gift Box
Ano:
2019
Série:
The Naught Princess Club #1

Adicione ao Skoob

"Era uma vez, Cynthia, a perfeita dona de casa. Entre ser presidente da Comissão de Eventos da Vizinhança e manter a casa sem um fio de cabelo (ou suas pérolas) fora do lugar, sua vida era o sonho que se tornou realidade. O marido fora seu cavaleiro de armadura brilhante, mas agora ele tinha fugido com todo o dinheiro deles... e com a babá.

Vestida como princesa na festa anual de Halloween do bairro em Farytale Lane, ela conhece duas "princesas" que também enfrentam problemas financeiros: Ariel, a dona de uma loja de antiguidades, e Isabelle, uma bibliotecária. Quando as mulheres são convidadas a vestir suas fantasias em uma festa e são confundidas com strippers, Cindy, Ariel e Belle percebem que uma mudança de carreira poderia ser a melhor maneira de fazer seus problemas desaparecerem."

Mas poderia uma recatada Cindy se aproximar de um pole dancing sem seus paninhos de limpeza? E poderia o “anti-príncipe” de olhos azuis que apareceu no caminho de Cindy, ser seu final feliz? 'No Badalar da Meia-Noite' é uma hilária e empoderada história onde princesas podem salvar a si mesmas abalando em seus stilettos. 
Oi gente, como estamos? Espero que as leituras de vocês estejam fluindo como num passe de mágica!

E por falar em mágica: minha amiga Renata Pamplona do blog Pausa Para Um Capítulo, sabendo dos meus surtos por novas versões de contos de fadas me indicou o livro de hoje com a promessa de que morreria de rir com os títulos dos capítulos, o que totalmente aconteceu, e que eu encontraria uma nova espécie de Cinderela, e não é que essa versão é de 'matar'? Vamos a resenha então para que eu possa contagiar vocês com a história.


Era uma vez... uma linda moça que vivia uma vida muito pacata com o seu pai, pois sua mãe morreu no parto. E tudo o que ela queria era uma família como os comerciais de margarina que ela via na Tv, então certo dia seu pai volta para casa com uma mulher linda dizendo que ela seria sua nova mãe. E para a felicidade ser completa ela ainda tinha duas filhas na mesma idade que ela e que seriam parceiras de aventuras perfeitas... e assim tudo correu bem... até que o pai dela morre misteriosamente, e a vida dela passa a ser um pesadelo. Parece similar a história até aqui, né? Mas o nome da nossa protagonista é Cynthia.

Então quando tinha idade o suficiente para conseguir se virar só ela fugiu das garras da madrasta e começou a trabalhar em lanchonetes e afins... e morando em trailers. Até o dia em que um cara muito galante começou a prestar a atenção nela, e com o estalar dos dedos eles estavam casados, ela gravida e virando pupila da mãe de Brian para se tornar a bela, recatada e do lar, a digna esposa troféu, deixando seu passado para trás para viver a vida perfeita, no conforto, luxo, família como ela sempre quis. E isso tudo com os vinte e poucos anos dela. 

E assim ela foi vivendo e se transformando... com o decorrer do tempo Brian comprou uma casa lindíssima e grande em condomínio fechado chamado Fairytale Lane onde todos viviam como eles, e para viver lá tinha que ter a aprovação prévia. 

O tempo passou e as coisas mudaram drasticamente. Cynthia, atualmente com 33 anos e com uma filha quase adolescente, passou a ser o modelo de sua comunidade e também uma megera. Mas, quem vê cara, não vê problemas, o que as pessoas não comentam em sua frente e ela finge que ninguém sabe é que Brian fugiu de casa há 6 meses com a baba da filha deles, deixando para ela os papeis do divórcio e muitas dívidas. E tudo ia bem até que certo dia...

Uma vizinha ruiva linda e sensual bate na porta dela e joga na cara dela uma conta médica do tratamento da DST que o marido de Cynthia tinha transmitido a ela. E assim Cynthia conheceu Ariel. 

Ariel é uma nova vizinha, e se aproveitou de um descuido da comissão de admissão de novos moradores, e conseguiu uma casa para ela. Ela é divorciada e colecionadora de antiguidades. Ela também é muito desbocada e louca por sexo. E considerada a praga da vizinhança.

Nem preciso dizer que o encontro delas foi tão emocionante e nada convencional que levou ao desmaio de Cynthia no meio da rua. Quando esta recupere sua consciência ela conhece Isabelle que estava passando na rua e ajudou a trazer Cynhia para dentro de casa junto com um homem misterioso. E assim Cynthia acaba a conhecendo Ariel e Isabelle no mesmo dia... e que muito tempo depois elevaria a torna-las BFF's umas das outras... e sociais.

Ariel e Isabelle foram fundamentais para que ajudassem Cynthia a deixar de ser esnobe e enfrentar seus problemas de cabeça erguida. Mas acima de tudo elas ajudaram Cynthia e descobrir quem de fato ela era debaixo de todos aqueles terninhos e roupas caras. 

No decorrer da carruagem... Cynthia, Ariel e Isabelle, todas com seus problemas financeiros gritantes, são convidadas a participar da animação de uma festa infantil com suas fantasias de princesas. E como o dinheiro era fácil e honesto elas toparam... afinal o cara prometeu mil reais a cada uma delas. E assim aconteceu... o que elas nunca iriam imaginar é que a festa não era para crianças e sim para um cara que estava completando 35 anos. E calhou de ser o Bad Boy lindo e misterioso que mexeu com Cynthia algum tempo a trás. Elas contaram até 3 e sairão correndo da festa...

Mas com isso elas descobriram o mercado de trabalho do Striptease profissional e para animação de festas e começaram a se perguntar: por que não?

Nem preciso dizer que Ariel topou na mesma hora, Isabelle queria viver um pouco mais a vida fora dos livros e Cynthia queria seu emponderamento total, e para isso ela precisava resolver seus conflitos internos com sua sensualidade. E assim elas decidiram entrar nesse mercado de trabalho criando um site para animação de festas onde elas usariam as fantasias de princesas Cinderela, A pequena sereia e Bela.

E com uma espécie de fada madrinha às avessas elas conhecem o então famoso clube de striptease da cidade chamado Charming's que é de ninguém menos que o Bad Boy que ajudou Cynthia em seu desmaio, era o aniversariante que elas teriam que animar e seu nome era PJ Charming.

Esse clube em particular era comandado por ele, porém contava com a suporte financeiro de seu sócio Eric e do Fera para controlar a segurança do local. Nem preciso dizer que eles não ficaram muito empolgados com a interferência de três possíveis concorrentes. Mas foi a partir do encontro deles todos que a história começou a ficar ainda mais interessante. 

Achei o livro uma delícia... e fiquei super empolgada para ler os próximos da série!

Então imploro a The Gift Box Editora que não se demore tanto assim em publicar os livros... pense em como minha abstinência deles será cruel... #queendrama

Espero que todos tenham gostado da resenha... e de minhas possíveis referências a Desesperate Housewives, pois para mim foi impossível não pensar nelas ao ler o livro. Então fica a dica e até o próximo post...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo