quarta-feira, junho 19, 2019

Eu Li: Até o fim - Harlan Coben

Título:
Até o fim
Autor:
Harlan Cober
Editora:
Arqueiro
Ano:
2019


O detetive Nap Dumas nunca mais foi o mesmo após o último ano do colégio, quando seu irmão Leo e a namorada, Diana, foram encontrados mortos nos trilhos da ferrovia. Além disso, Maura, o amor da vida de Nap, terminou com ele e desapareceu sem justificativa.
Por quinze anos, o detetive procurou pela ex-namorada e buscou a verdadeira razão por trás da morte do irmão. Agora, parece que finalmente há uma pista.
As digitais de Maura surgem no carro de um suposto assassino e Nap embarca em uma jornada por explicações, que apenas levam a mais perguntas: sobre a mulher que amava, os amigos de infância que pensava conhecer, a base militar próxima a sua antiga casa.
Em meio às investigações, Nap percebe que as mortes de Leo e Diana são ainda mais sombrias e sinistras do que ele ousava imaginar.


Olá, leitores!
Como muitos sabem, sou adepta a um rodízio de gêneros eventualmente e os livros policiais sempre vem para na minha mão uma hora ou outra. 
Gosto deles pois seus ritmos costumam ser rápidos e, claro, tem o suspense a ser desvendado no decorrer da narrativa. 
"Até o fim" não foge dessas características. 
O autor Harlan Coben é famoso e tem diversos livros do gênero mas confesso que conheço pouquíssimo de suas várias obras. Lembro de recomendações no PA Book Club eventualmente e isso significa que o autor roda bastante entre as estantes dos leitores. 

A história de "Até o fim" é interessante e com um potencial mirabolante. O autor, no entanto, tem planos mais simplistas para nós. 
Nap é um detetive competente com um passado não-resolvido. Quando tinha 18 anos, o corpo de seu irmão gêmeo foi encontrado nos trilhos de um trem junto com a namorada e todos os indícios apontavam para um suicídio passional. 
Pouco depois, sua namorada some misteriosamente sem nenhum tipo de pista. 

Anos depois, já adulto, esses fatos ainda provocam profunda inquietação em sua vida. Nap é um homem solitário e sem um motivador concreto para perspectivas; Ele apenas vive um dia após o outro. 
No entanto, ele irá recuperar o seu propósito quando a polícia encontra, finalmente, uma pista de sua ex-namorada em sua cena de assassinato. 
Laura nunca saiu da mente de Nap e o seu reaparecimento trará uma nova luz aos fatos que ocorram a tanto tempo atrás. 

"Até o fim" é um título conveniente para o novo proposito de Nap de descobrir toda a verdade sobre os segredos que o assombram desde os seus 18 anos. 
A narrativa é em primeira pessoa, do ponto de vista do protagonista, e com um diferencial: Nap não direciona a história à nós, leitores, mas para seu irmão gêmeo, Leo. 

As conclusões são, de certa forma, surpreendentes para os arcos que o autor ensaiou explorar. 
As histórias dos personagens são mais exploradas e atrativas do que a construção de suas personalidades, o que faz o ritmo do livro ser bem acelerado e, consequentemente, o faz terminar rápido demais. 
No entanto, há o fato de não haver tanta empatia por parte do leitor. Há mais curiosidade. 

Harlan Coben faz um ótimo trabalho aos nos enredar em mistérios que queremos muito saber as causas e, claro, como terminam. 
Indicação preciosa para quem gosta de romances policiais.

Leiam

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer essa equipe de blogueiros feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena!

Muito obrigada por comentar! Volte sempre!

P.S: Comentários ofensivos serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo