terça-feira, janeiro 08, 2019

Eu Li: Eu perdi o rumo - Gayle Forman


Título:
Eu perdi o rumo
Autora:
Gayle Forman
Editora:
Arqueiro

Adicione à sua estante

O novo romance de Gayle Forman, autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Eu Estive Aqui.
Suas obras já venderam mais 9 milhões de livros pelo mundo.
Freya perdeu a voz no meio das gravações de seu álbum de estreia. Harun planeja fugir de casa para encontrar o garoto que ama. Nathaniel acaba de chegar a Nova York com uma mochila, um plano elaborado em meio ao desespero e nada a perder.
Os três se esbarram por acaso no Central Park e, ao longo de um único dia, lentamente revelam trechos do passado que não conseguiram enfrentar sozinhos. Juntos, eles começam a entender que a saída do lugar triste e escuro em que se acham pode estar no gesto de ajudar o próximo a descobrir o próprio caminho.
Contado a partir de três perspectivas diferentes, o romance inédito de Gayle Forman aborda o poder da amizade e a audácia de ser fiel a si mesmo. Eu Perdi o Rumo marca a volta de Gayle aos livros jovens, que a consagraram internacionalmente, e traz a prosa elegante que seus fãs conhecem e amam.

Gayle Forman sempre me encantou. Desde que a conheci com o "Se eu ficar", os sentimentos que ela deixa são semelhantes: agridoces, como gosto que falar. 
São livros bonitos, com uma narrativa que flerta muito com o poético e gosto disso. 
Em "Eu perdi o rumo" conhecemos as histórias de Freya, Nathaniel e Harum. Em um primeiro momento, apenas três completos estranhos que tem algo em comum: a dor.

Freya é uma cantora em ascensão que teve que abrir mão de pessoas importantes para onde chegou. Nesse momento, no entanto, perdeu a voz. Já foi em especialistas, tratou do assunto com sua mãe controladora e até seu agente, porém, não se encontra explicação do porque ela não consegue cantar. Freyra está convida que terá de abrir mão de tudo o que conquistou nesse tempo de dedicação e sem sua voz ela perdeu o rumo.

Nathaniel é um rapaz solitário, que mora apenas com o pai; e seu pai tem algo de diferente. Quando criança, ele achava incrível ter um parceiro para todas as suas horas de lazer, porém, depois de crescido percebe que se as pessoas descobrirem sobre as limitações de seu pai, sua guarda irá para sua mãe, portanto, ele decide ficar, apesar de todos os reflexos que irá lhe causar. Após um acidente, Nathaniel se tornou recluso, sem muitos amigos e cortou contato com a mãe e consequências de sua escolha o fizeram perder o rumo. 

Harum é um jovem americano de família paquistanesa. E uma família bem tradicional. Por isso, ele não sabe como lhe dar com seus sentimentos voltados para James, um garoto que conheceu na faculdade. O amor que sente é intenso, porém, seu temor de decepcionar a família é alarmante. E agora James foi embora e Harum perdeu o rumo.

Esses três personagens se encontrarão da forma mais imprevisível e passarão um dia inteiro juntos, cada um com sua dor. Aos poucos, eles vão descobrindo formas, mesmo que acidentalmente, de se apoiarem e vão descobrir que uma boa amizade pode amenizar dores antigas e acalantar o mais machucado dos corações. 

"Eu perdi o rumo" é, sim, uma história de perdas mas também contempla boas mensagens de esperança e fé no outro. Gayle Forman sabe fazer isso, amigos. Ela nos apresenta os personagens quebrados e nos leva em uma narrativa de construção, tanto narrativa como pessoal destes. E é sempre emocionante fazer parte disso. 
Indico demais para quem curte um drama emocionante e bonito. 

Leiam! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer essa equipe de blogueiros feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena!

Muito obrigada por comentar! Volte sempre!

P.S: Comentários ofensivos serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo