segunda-feira, dezembro 03, 2018

Eu Li: Uma duquesa qualquer - Tessa Dare

Título:
Uma duquesa qualquer
Autora:
Tessa Dare
Editora:
Gutenberg
Série:
Spindle Cove #4
Ano:
2018

Adicione ao skoob


O que fazer com um duque relutante em se casar? A Duquesa de Halford – e mãe de Griffin, o duque libertino, irresponsável, que deseja apenas os prazeres da vida – tem o plano perfeito. Na verdade, ela conhece o lugar perfeito… Spindle Cove.

No paraíso das jovens solteiras, a duquesa insiste para que o filho escolha uma dama. Qualquer uma. E ela a transformará na melhor duquesa de Londres. Griff, então, decide achar alguém que acabará com os planos e com a ideia maluca de forçá-lo a se casar… Ele escolhe a atendente da taverna Touro & Flor, Pauline Simms – que nunca sonhou com duques ou com casamento, mas sim com o dinheiro que possibilitaria uma mudança completa em sua vida e na vida da pobre irmã, Daniela.
O duque e a Srta. Simms estabelecem um acordo: a mãe de Griff tem uma semana para transformar a criada em uma duquesa perfeita, então Pauline deverá ser um desastre durante sete dias e, se tudo der certo (ou melhor, se tudo der completamente errado), receberá mil libras e poderá realizar o sonho de construir a própria biblioteca em Spindle Cove.
Em pouco tempo, porém, o duque é surpreendido ao conhecer Pauline e descobrir que a moça é muito mais do que uma simples atendente, e a atração entre os dois é inevitável. Mas em um mundo em que as classes sociais são o que realmente importa, vence a ambição ou o coração?

De todas as mães obstinadas que já tive o prazer, ou não, de conhecer em livros de romances de época acredito que não cometeria certo "perjúrio" literário se disse que, sem sombra de dúvida, a Duquesa de Halford é uma das mais assustadoras que conheci!



Desculpem o desabafo mas este livro já começa um tanto quanto diferente. Estou acostumada a ter livros da série Spindle Cove que começam me apresentando a uma mocinha que não é tão convencionalmente alienada pela sociedade Londrina e precisa urgentemente de um período no litoral para retornar a sociedade posteriormente como uma Fênix no alto de sua glória para conseguir os melhores casamentos. Não esperava começar um livro onde um libertino famoso estava sendo sequestrado pela mãe viúva para ir a Spindle Cove 'respirar' outros lugares menos abrasivos. E de quebra, quem sabe, conseguir uma noiva para dar a ela muitos netos o quanto antes. Afinal esse assunto está tirando a Duquesa do sério!

Loucura é a palavra que vem logo a mente quando o Lorde Griff acorda em sua carruagem mais luxuosa no meio de campos verdejantes e não consegue se situar de cara. A única coisa que lhe é familiar é a presença de sua mãe sentada magistralmente em sua frente como uma rainha em seu trono como se nada no mundo não fosse possível de uma solução simples dada por ela. Quando ele percebe que foi sequestrado reagiu da melhor forma possível. Mas quando descobre para onde está indo, ele entra em pânico!

Spindle Cove é conhecida entre todos em Londres como uma cidade de solteironas esquisitas... então além de ficar assustado, ele começa a sondar a mãe procurando respostas. E quando ela diz de forma super natural que Lord Griff está indo para apontar qualquer mulher no povoado para se casar com ele, e deixar o resto com ela... o Lord passa a ter certeza que sua mãe está entrando em senilidade. Afinal ele NUNCA vai se casar e muito menos ter filhos.... mas a mãe parece ter audição seletiva pois parece nunca lembra que ele fica sempre respondendo isso!

Em Spindle Cove, Griff se convence a armar uma vingança para a mãe. E para isso, entra no bar\casa de chá "Touro em flor" e se depara com muitas mulheres e começa a procurar seu alvo. Dentre todas, ele vê uma jovem moça que está trabalhando como atendente. Está muito malvestida mas ainda assim tem uma luz que a destaca das demais. Então sem dó nem piedade ele aponta para ela e diz a mãe, na frente de todos, que vai se casar com aquela moça se a mãe conseguir transforma-la em uma Duquesa em um determinado período. A mãe não se intimida, vai até a jovem e diz que ela tem que pegar suas coisas pois está indo para Londres se casar com um Duque, e que eles vão partir dentre algumas horas. Loucura né?

Acontece que por mais humilde que Paulinne seja, ela não vai se casar com um Duque pois tem planos de abrir uma livraria de livros pouco convencionais em Spindle Cove. Junte a isso ao fato de Paulinne ter um pai abusivo e uma irmã com necessidades especiais que não pode ficar a mercê da cidade que não a aceita e compreende. Então Paulinne tem vários bons motivos para não levar em consideração a "ordem" de casamento que foi dada a ela mas resolve chocar o almofadinha que a colocou nessa posição e sua mãe, tudo para lhes dar uma lição de humanidade. Então os leva até sua casa e apresenta sua vida real a eles.

Mas ao contrário do que ela esperava, Griff bate o pé depois de testemunhar certa brutalidade do pai dela e o amor incondicional de sua irmã, e diz que vai pagar uma fortuna a Paulinne em uma semana se ela conseguir convencer sua mãe em Londres de que nunca conseguiria se tornar uma Duquesa, mesmo com os ensinamentos da Duquesa Viúva. Então pensando em tudo que tem planejado para ela e sua irmã, para que ambas fiquem bem longe do pai, ela aceita e vai para Londres com a condição de retornar em uma semana rica.

Então Pauline vai para Londres com a Duquesa viúva e Griff e a partir daí tudo pode acontecer!

Em determinada período da história, Paulinne começa a questionar sua lealdade aos nobres... pois por um lado ela fez um acordo com Griff e a sua felicidade e de sua irmã depende do acordo ser perfeito. Por outro lado, ela acaba descobrindo o porquê da Duquesa viúva ter feito o que fez e se solidariza com a causa. Mas quando tudo parecia perdido, ela descobre o porquê de Griff ser tão contrário ao casamento e filhos e isso é o suficiente para Paulinne parar de tentar não se apaixonar ainda mais por ele.

Paulline foi um verdadeiro diamante bruto achado por Griff... mas quem poderia adivinhar que a luz que ele viu nela na primeira vez começaria a deixar ele cego de amores por ela? E passa a entrar em sério dilema entre seus sentimentos por ela e a promessa que fez há muitos anos atrás.

Só o que posso dizer a mais é que os segredos de Griff e da viúva vão desarmar seu coração para essa história linda de amores nas mais diferentes esferas.
Espero que tenham gostado da resenha e até o próximo post! XOXO


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo