quarta-feira, dezembro 12, 2018

Eu Li: Quinze Dias - Vitor Martins

Título:
Quinze Dias
Autor:
Vitor Martins
Editora:
Globo Alt
Ano:
2017 
Adicione ao skoob


Felipe está esperando por esse momento desde que as aulas começaram: o início das férias de julho. Finalmente ele vai poder passar alguns dias longe da escola e dos colegas que o maltratam. Os planos envolvem se afundar nos episódios atrasados de suas séries favoritas, colocar a leitura em dia e aprender com tutoriais no YouTube coisas novas que ele nunca vai colocar em prática.
Mas as coisas fogem um pouco do controle quando a mãe de Felipe informa que concordou em hospedar Caio, o vizinho do 57, por longos quinze dias, enquanto os pais dele estão viajando. Felipe entra em desespero porque a) Caio foi sua primeira paixãozinha na infância (e existe uma grande possibilidade dessa paixão não ter passado até hoje) e b) Felipe coleciona uma lista infinita de inseguranças e não tem a menor ideia de como interagir com o vizinho.
Os dias que prometiam paz, tranquilidade e maratonas épicas de Netflix acabam trazendo um turbilhão de sentimentos, que obrigarão Felipe a mergulhar em todas as questões mal resolvidas que ele tem consigo mesmo.

Recentemente o autor Vitor Martins esteve em Belém, através da iniciativa dos maravilhosos blogs Pausa para um capítulo e Super Literário. Foi realizado um bate-papo onde Vitor falou um pouco sobre o processo de construção da obra e foi gratificante.
"Quinze dias" é o seu livro solo de estréia e fez bastante sucesso entre os leitores que o acompanhavam desde a época em que ele apenas indicava livros em seu canal. Atualmente, Vitor já tem outro livro lançado, o muito elogiado "Um milhão de finais felizes" (amo esse título), também publicado pela editora Globo Alt, e tudo indica que em breve seremos agraciados com mais histórias do autor.

Em seus dois livros, Vitor trata de algumas temáticas bem relevantes de maneira leve e bem gostosinha. "Quinze dias" nos apresenta Felipe e Caio, dois garotos que moram no mesmo condomínio, que eram amigos na infância e se afastaram no decorrer do crescimento de ambos. Até um belo dia em que Felipe descobre que os pais de Caio vão viajar para uma nova lua de mel e ele irá passar 15 dias em sua casa. Os dois já estão de férias da escola e já como não tem mais tanta proximidade e muito tempo livre, claro, fica uma situação estranha. 

Adicionem o tempero de Filipe ser apaixonado por Caio há um tempo considerável. Imaginem só: o seu crush ficar na sua casa por uns dias! Oportunidade de ouro! 
Seria, sim, se para Filipe não existisse uma questão bem pontual: ele é gordo. 
Caio, magro e padrãozinho e Felipe gordo. 

Essa história é muito mais do que sobre dois garotos maravilhosos que virão a se conhecer melhor. Também é a história de dois rapazes que precisam se aceitar e se verem o suficientemente merecedores de amor. 

Tudo em "Quinze dias" é bom é importante de se ler. Felipe e sua batalha interna que pesa muito mais sobre o fato de ser gordo do que por ser gay. Sua mãe maravilhosa que o ama incondicionalmente e é chegada em projetos sociais. Caio e a forte barreira social e familiar que, às vezes, pesam mais do que acha que pode aguentar. Beca, a melhor amiga de Caio e seu porto seguro. Ela é forte, cheia de atitude, bate de frente com as adversidades e é lésbica. Jorge e Bruno, jovens babacas e nada empáticos. 
Todos esses personagens são tão palpáveis que tenho certeza que existem várias pessoas como eles por aí. 

A narrativa de Vitor também ajuda bastante, preciso admitir. É algo dinâmico e divertido que cria uma especie de laço. Durante a leitura deste livro eu fiquei apaixonada, emocionada, raivosa e, sobretudo, grata por ele existir. 

A história de Felipe e Caio nos faz ter certeza de que o mundo inteiro pode ser nosso. 
Uma indicação precisa para quem ainda não conhece. 

Leiam!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo