segunda-feira, setembro 10, 2018

Eu Li: O silêncio das águas - Brittainy C Cherry

Título:
O silêncio das águas
Autora:
Brittainy C Cherry
Editora:
Record
Série:
Elementos #3
Ano:
2017

Adicione ao skoob

Quando a pequena Maggie May presencia uma cena terrível à margem de um rio, sua vida muda por completo. A menina alegre que vive saltitando de um lado para o outro e tem uma paixonite por Brooks Griffin, o melhor amigo de seu irmão, sofre um trauma tão grande que acaba perdendo a voz. Sem saber como lidar com o problema, sua família se vê em uma posição difícil e tenta procurar ajuda, mas nenhum tratamento vai adiante. Ao longo dos anos, Maggie aprende sozinha a conviver com os ataques de pânico e, sem conseguir sair de casa, encontra refúgio nos livros. A única pessoa capaz de compreendê-la é Brooks, que permanece sempre ao seu lado. A cumplicidade na infância se transforma em amizade na adolescência, até que um dia eles não conseguem mais negar o amor que sentem um pelo outro. Mas será que o forte sentimento que os une poderá resistir aos fantasmas do passado e a um acontecimento inesperado, que os forçará a navegar por caminhos diferentes?

Oi gente, como estamos? Estão gostando dos posts do blog? Vocês sabem, e se não sabem devem saber, que podem mandar mensagens para a gente no instagram do blog perguntando sobre livros ou mesmo sugerindo alguns para que possamos ler e resenhar. Você pode ver seu livro favorito por aqui... isso se ele já não está. 

Vocês perceberam que desde a última semana de agosto estamos resenhando os livros da série "Elementos" da linda Brittainy C Cherry e hoje temos a resenha do terceiro livro da série. Ainda fico estasiada em como a autora conseguiu me deixar mega surpresa e viciada a cada novo livro. E o de hoje não podia ser diferente.


Era uma vez em uma cidadezinha pacata onde todo mundo se conhecia. Todos sabiam da vida uns dos outros e viviam bem com os sussurros e ecos maldosos esporádicos, típicos de cidades bucólicas e pequenas. E a vida ia seguindo seu fluxo. Nessa cidade vivia uma mulher com seus dois filhos em uma casa linda, típica do sonho americano de se viver. Essa mulher, certo dia, conheceu um homem, e eles se apaixonaram perdidamente. Este homem também tinha uma filha na idade dos filhos dessa mulher. O amor deles era tão grande que não tiveram um namoro muito extenso e logo se casaram e juntaram as famílias em uma grande e feliz nova família.

Ao contrário do que possa parecer em histórias com essa introdução, os filhos de ambos logo se tornaram muito amigos. E a filha deste homem realizou o seu, então sonho de menina, que era ter uma mãe, irmãos e uma casa em que ela tivesse a certeza de que sempre seria seu lar. E tudo corria bem para todos... essa menina em seu primeiro dia na casa conheceu o melhor amigo e vizinho de seu novo irmão, ele se chamava Brooks, e logo ela percebeu que ele era o amor da vida dela, mesmo que ela não tivesse nem 10 anos completos.

Essa menina se chamava Maggie, e sempre foi uma romântica sonhadora. Certo dia ela tinha pentelhado o Brooks, que era só uns dois ou três anos mais velho que ela, de que dali há alguns dias eles teriam um casamento na campina. E exigiu que ele fosse bem-arrumado. Apesar de Brooks sempre desviar das investidas de Maggie, eles tinham uma história juntos. E assim ela conseguiu deixar toda a família ciente de que mesmo que Brooks negasse ele a amava sim e que o casamento deles seria em breve.

No grande dia deles dois... Maggie não conseguiu se conter e esperar seu pai para levá-la na campina onde aconteceria o seu casamento. Como ela era muito esperta e inteligente, e mesmo sabendo que seus pais nunca a deixariam andar só pela cidade, ela foi encontrar Brooks sozinha. Até aí tudo bem... acontece que ela chegou cedo e não o achou, e saiu no meio da floresta indo atrás do noivo. Foi inevitável ela se perder. Só que Maggie acabou testemunhando uma situação muito nefasta e foi descoberta e acabou sendo perseguida na floresta. Ela se machucou... e muito antes que Brooks a achasse correndo na floresta suja de terra, folhas e sangue.

A pequenina cidade parou para tentar entender o que tinha acontecido com a pequena e brilhante Maggie, que sempre foi uma tagarela. Acontece que o que testemunhou mexeu completamente com ela, e a partir daquele momento Maggie ficou diferente demais, e nem o amor de sua família foi o suficiente ou resistiu ao que aconteceu.

Ela passou a não falar mais nada, ter crises de pânico e não sair mais de casa. E assim viveu por muitos anos... a forma dela viver o mundo foi se tornando uma bookaholic e a única pessoa que sempre entendia todos os seus silêncios era Brooks que sempre esteve ao lado dela a partir daquele dia.

Esse livro conta o drama vivenciado por Maggie e vamos aos poucos tentando entender o mistério por trás do ocorrido na floresta. Como todos os livros da série até agora o livro também fala sobre luto, mas não da forma que você está acostumado a vivencia-lo, afinal não seria um luto a morte da esperança?

Espero que vocês tenham gostado da resenha e que me permitam contagiar o mundo com essa minha paixão por essa série! Fica a dica e até o próximo post.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo