quarta-feira, setembro 12, 2018

Eu li: Bruto e apaixonado - Janice Diniz

Título:
Bruto e apaixonado
Autora:
Janice Diniz
Editora:
Harlequin Books
Ano:
2018
Série:
Irmãos Lancaster #1

Adicione ao Skoob


Mário Lancaster e Natália Esteves parecem não ter nada a ver um com o outro: ele é um ex-peão de rodeio e ela, uma empresária sofisticada de uma metrópole. Ela deve demitir funcionários da maior fábrica local, e ele é o responsável por convencê-la a mudar de ideia. 

Eles estão em lados opostos, mas a química entre os dois é impossível de ignorar. Bruto e Apaixonado é o primeiro volume da série Irmãos Lancaster e uma história irresistível de amor, superação, sedução e, claro, caubóis atraentes e possessivos. 

Oi, gente! Tudo bem com vocês? Espero que todos estejam conseguindo cumprir suas metas pessoais de leituras e que tenham descoberto novos livros e autores no decorrer da jornada do leitor. E a pergunta de hoje é: a primeira impressão da leitura é a que fica? Se a primeira impressão é a que fica... Janice Diniz chegou na minha estante provocando uma reviravolta bem desconcertante!


Recebi esse livro as vésperas de ir para a a Bienal Internacional do Livro em São Paulo este ano e o elegi como meu companheiro de viagem. É o primeiro livro que leio da autora e, parece meio dramático dizer, mas, fiquei bem desconcertada com a história. Não por ser difícil ou algo assim... mas porque realmente estranhei um pouco a forma de escrita da autora e a caracterização da personalidade de seus personagens, talvez por isso levei um pouquinho mais de tempo para ler um livro de duzentas e cinquenta e poucas páginas. Mas chega de ficar falando como foi a leitura, vamos a resenha que é o que interessa!

Justo no dia em que a vaca vai para o brejo, literalmente, conhecemos o mais que grosso cowboy Mario Lancaster, proprietário de vastas terras na cidade de Santo Cristo e membro de uma família tradicional e muito influente na cidade até chegar a vez dele de assumir os negócios da família. Acontece que esse belíssimo e bruto homem há algum tempo atrás era um muito renomado campeão em rodeios. Mas aconteceu uma coisa que o obrigou a se afastar de sua grande paixão. E assim nós passamos a entender um pouco do porquê do gênio infernal dele.

Acontece que a Mario está para descobrir que a cidade de Santo Cristo está entrando em colapso e os pacatos moradores estão assustados ao descobrir que a única fábrica da cidade, que é a base empregatícia da maioria da população, foi vendida para uma empresa grande de São Paulo. E por Mario carregar, de certa forma, o legado de seu pai as pessoas começaram a procurá-lo para pedir conselhos de como expulsar esses estranhos de suas terras. Nem preciso dizer que aquilo pouco importava para ele. No meio dessa confusão, sua mãe arma uma arapuca e ele acaba recebendo uma incumbência muito atípica como missão para defender a cidade da invasão.

Se a pessoa que chegar para desmontar a empresa for mulher: ele tem que a seduzir!
Simples, né? Só que não!

Natália Esteves é uma mulher que tem uma sombra em sua vida que sempre a puxa para uma zona de inferioridade sobre absolutamente tudo, e essa sombra é seu próprio pai. Ele é o presidente da empresa na qual ela trabalha e podemos resumi-lo muito bem em uma palavrinha, sem maiores rodeios: misógino. Ele é odiável do início ao fim do livro e só vai ficando pior com o tempo. Admito que queria um final destruidor para ele... mas ok!

Tentando, como sempre, agradar ao pai, ela parte para uma cidade do interior chamada Santo Cristo com a proposta de demitir muitas pessoas na fábrica local, reestruturar para colocar a empresa a venda novamente e lucrar sobre isso. Mas tudo pareceu já dar errado desde sua saida de São Paulo, pois ela teria que ir com o cretino do seu primo, que acabou fugindo no dia da viagem. As coisas só foram ficando pior pois a recepção que teve ao chegar na cidade não é foi das melhores, mas isso não a impediu de começar o seu trabalho quase que imediatamente. Logo no seu primeiro dia ela conheceu um cowboy estupidamente lindo e muito rústico chamado Mario Lancaster.

E a partir desse encontro tudo mudou. Os dois tiveram que aprender a conviver um com o outro em meio a tensão sexual visível  por qualquer um, e a diferença de culturas de ambos. Mario já não estava tão focado assim em sua missão, e depois de ver quem era Natália na internet acaba desviando mesmo da missão que a cidade lhe outorgou pois não consegue deixar de pensar de forma lasciva em Natália mesmo antes de vê-la pessoalmente. Em contrapartida, ela não deixa sua cobiça pelo corpo de Mario atrapalhar seus planos e segue com sua missão e, por isso, come o pão que o diabo amassou quase que literalmente.

Mas quem disse que não ceder um ao outro vai ser uma tarefa fácil?

Admito que ler este livro me tirou um pouco da minha zona de conforto. De fato, cowboys ainda são um mundo desconhecido para mim, mesmo depois de ler esse livro. Agradeço a autora por esse show de alusão e exploração da cultura destes, pois ajudou e muito a entender, mesmo que não aceitando totalmente, um pouco do comportamento do Mario.

Mario e Natália passam por visíveis mudanças no decorrer da trama e o amadurecimento deles é lindo de se ver. A história desses dois não deixa um pouco de ter todos aqueles nossos clichês adoráveis em meio a cultura country. A autora parece ser, não sei confirmar ao certo pois esse é o primeiro livro dela que leio, uma expert conhecedora da cultura dos cowboys... pois escreve com muita propriedade e paixão sobre o tema. Bruto e apaixonado é só o início dessa louca história dos irmãos Lancaster e admito que fiquei intrigada em saber como vai ser a trama dos outros dois irmãos!

Espero que tenham gostado da resenha e até o próximo post!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo