sexta-feira, agosto 31, 2018

Eu Li: A Duquesa feia - Eloisa James

Título:
A duquesa feia
Autora;
Eloisa James
Editora:
Arqueiro
Ano:
2018
Série:
Contos de fadas #3

Adicione ao Skoob


Baseado na história O Patinho Feio, esse é o terceiro volume da série Contos de Fadas.

Como ela ousa achar que ele a ama, quando Londres inteira a chama de Duquesa Feia?
Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado.
Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses.
Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote.
E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação.
Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra.

Oi, gente! Quem aí está ansioso para saber, enfim, do que se trata o livro "A duquesa feia"? Todos supomos desde o início que o livro é uma nova versão da história do patinho feio... mas até que ponto?


Li a história sedenta e posso dizer que me surpreendeu pelo fato de Eloisa James proporcionar aos personagens um amadurecimento tão brutal de forma separada para, enfim, o produto da mudança partir para o romance de fato. E digo que por alguns momentos do livro eu achei que estava lendo "o diabo veste prada" kkkk mas vou me explicar mas a frente na resenha.

O livro começa em meio a uma discussão acalorada entre o Duque de Ashbrook e seu filho James sobre o casamento mais que necessário entre James e Theodora, a filha de um grande amigo do duque que morreu e foi deixada aos seus cuidados até se casar para ter acesso a sua fortuna. Mas James é um filhinho de papai meio covarde que não quer se envolver no mundo da nobreza e ainda não descobriu qual o seu lugar no mundo e, como um excelente partido, prefere estar fora dos salões de baile para evitar olhares diretos com as assustadoras mães casamenteiras e suas filhas adoráveis. Ele não queria casar; na verdade ele não queria nada daquilo. E o que o pai estava pedindo era um absurdo, como poderia ele casar com sua melhor amiga? A única mulher que ele não vê como mulher e que sempre o entende!

Theodora não é a beleza da temporada; na verdade, de temporada nenhuma! Mas ela se resigna em saber que tem um dote muito encantador e que qualquer nobre falido estaria interessado em casar. Na verdade, ela só queria acabar logo com isso para poder escolher roupas que de fato ficassem bem nela... as roupas de debutante que sua mãe escolhia só valorizavam as coisas que todos achavam banais... mas o senso de moda de Theodora era mais apurado que isso. E com as cores certas ela conseguiria, sim, deixar a impressão no mundo que tanto queria.

Enquanto um não sabia o que queria e tinha uma personalidade fraca, o outro tinha uma personalidade expansiva e louca para ser mostrada ao mundo, mas não podia. Só que o pai de James usou um argumento inquestionável que o obrigou  a conseguir que Theo aceitasse a casar. E logo ele foi atrás dela mas perdeu a coragem de dizer o que precisa... ele fez isso em um Baile onde ela não poderia recusar, e a fez acreditar que o que ele sentia era profundo e verdadeiro. E assim Theo caiu feito uma patinha na armadilha do Duque.

E isso tudo acontecei logo no início do livro... muita coisa, né? Calma que ainda tem muito mais!

Não é spoiler dizer que Theo descobre toda a falcatrua e acaba expulsando o seu melhor amigo e já marido da casa... e ele vai embora com a roupa do corpo, e arrasado em não poder ter dito a ela que ele descobriu a verdade sobre os sentimentos dele antes de tudo isso. E com isso se passaram muitos anos... e o casamento deles só durou uma noite e um dia.

E a cada ano que se passou eles se tornavam pessoas totalmente diferente! Ela, com o status de Duquesa, conseguiu se infiltrar no mundo dos negócios e da moda. E antes a menina que era chamada de sem charme passou a ser considerada a referência de estilo e moda para todos na Inglaterra e na França. Conseguiu reerguer o título do marido e fazer fortuna para a casa que representava. E passou anos sem ir para a Inglaterra!

James acabou tendo um crescimento muito improprio e inesperado... e não tinha um dia em que não pensasse em Theo. Mas ele achou melhor deixar Theo viver a sua vida e assim anos... e anos... foram passando. 

Theo ficou todo o tempo sem notícia de seu marido e teve que entrar com o processo de declaração de morto para ele, pois só assim o título iria para o primo dele, e ela poderia seguir com a sua vida da forma que bem entendesse. Mas no último minuto algo chocante acontece com todos e os planos mudam bruscamente. Afinal de contas, quem poderia imaginar uma invasão de piratas a Londres no dia em que James iria ser declarado morto?

Essa história foca muitíssimo nos personagens principais e mostra plenamente a diferença no mundo deles após seu amadurecimento. O livro é bem mais tenso que os demais e os personagens são de uma profundidade admirável! Um livro digno de Eloisa James.
Espero que todos tenham gostado do post e que deem uma chance ao livro!
Até o próximo. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo