sábado, fevereiro 24, 2018

Evento "Literatura em Diálogo" por Monomito Editorial

Oi, gente! Como estamos?

Espero que estejam todos bem-dispostos e com as leituras em dia. Mas falando em estar em dia com as coisas, vocês estão em dia com os eventos literários da cidade? Não?! Nossa, que triste.
Tem rolado uns eventos bem legais e os blogs estão começando a esquentar esse cenário na cidade então é melhor ficar de olho nas redes sociais dos seus blogs favoritos. Mas não são apenas os blogs que estão começando a cativar os leitores na cidade. 

Novos amigos estão começando a invadir o cenário de eventos literários, afinal, quanto mais eventos melhor, não é mesmo? E foi assim que nos dias 20 e 21 de fevereiro, terça e quarta-feira da semana que finda hoje, aconteceu na Na Figueiredo, organizado pela Monomito Editorial, a primeira edição do "Literatura em Diálogo". E adivinha.... fomos convidados a participar do evento!
Aqueles amigos que puderam ir, o nosso muito obrigado e para os amigos que não puderam, vou contar um pouco como foi para instigar vocês a ficarem mais esperto nas agendas de eventos e não perderem mais nenhum.


No dia 20/02, sempre a partir das 19 horas, o evento começou com uma roda de conversa mais que necessária, afinal, como andam as mulheres nesse mercado editorial? Então a primeira roda teve o título de "A Literatura das Minas: A inserção em um mercado ainda dominado por homens".

Mesa mediada pela comunicóloga Luiza Chedieck, onde Inaê Nascimento (interprete e criadora do Grupo Projeto Vertigem) e a autora Mayara La Roque estiveram como convidadas, aconteceu a discussão sobre esse tema.
Ou seja, o evento já começou quente! #GostamosAssim.

No segundo momento da noite, do dia 20/02, ocorreu uma segunda roda de conversa, também bem contagiante, só que dessa vez o papo foi englobando obviamente literatura. Mas você já parou para pensar em literatura e música, não exclusivamente falando das biografias de seus astros favoritos? 

Foi pensando nisso que tivemos a mesa "Literatura e música: muito além das biografias" onde nosso amado amigo e blogueiro literário, Francisco Neto do Sooda Blog, esteve mediando a mesa a convite do nosso amigo e organizador do evento Tony Morais.

Nessa mesa também estiveram presentes para debater sobre o assunto: Marcelo Damaso, o diretor do Festival Se Rasgum, e o professor Felipe Cruz.

Já deu para sentir que o evento foi um mito com um papo organizado entre amigos. Foi muito gostoso de se vivenciar e muito descontraído para participar.
E na quarta-feira dia 21/02, o clima se manteve nessa fraternidade compartilhada.

Na primeira roda de conversa da noite, a querida Renata Pamplona, já conhecida nossa de eventos literários na cidade organizados pelo blog Pausa Para Um Capítulo, além de colunista ativa do blog, esteve como mediadora da mesa "A literatura no meio digital: Campanhas de financiamento coletivo e o papel dos formadores de opinião". 

E SIM, aquela moça de preto e botas no fundo da foto sou eu mesma melo kkkk. Fui convidada a participar do evento onde contei um pouco o que é ser blogueira e como é um trabalho árduo e que requer muita responsabilidade, já que falamos de livros, o mundo que os engloba, e como outras pessoas que podem vir a levar nossas opiniões em consideração na hora de dar uma oportunidade ao mundo literário; fora o trabalho de formiguinha que é tentar contagiar o mundo por esse amor aos livros.

E nessa mesa tivemos a oportunidade de conhecer o André Fernandes, o simpático amigo participante da editora Pará.grafo, que está por trás do projeto de crowdfund das obras do nosso estimado e genial Dalcidio Jurandir. Ele falou sobre como é começar um projeto de crowdfund e os caminhos tortuosos por trás. Assim como contou sobre sua vivência no projeto de publicação e divulgação de "Ponte do Galo".

E para fechar a noite de forma brilhante, tivemos a mesa "Literatura e Cinema: Adaptações de sucesso e fracassos"

A conversa foi conduzida e coordenada pelo Marco Auad (MúsicaParaense.org) onde ele pôde contar com a presença de Marco Antônio Moreira, cinéfilo e critico cinematográfico, assim como a presença de nosso amado amigo blogueiro do Sooda Blog e livreiro da Fox, Rafael Lutty.

O papo foi muito amistoso, descontraído, instrutivo e rolou de tudo: de J. K. Rowling, e como aconteceu a morte de Edwiges no livro e no filme à como "O Contas da Aia", de Margaret Atwood, vem roubando a cena nos últimos tempos à Alfred Hitchcock. A noite corria lindamente até a celebre pergunta que deixou nosso menino Lutty em saia justa (na brincadeira logicamente): e aí Lutty, vamos falar das adaptações de Stephen King? kkkk

Amigos, espero que eu tenha conseguido passar pelo menos um terço de como esse evento foi marcante para todos nós. E novamente aviso: fiquem de olho nas nossas redes sociais sobre as datas dos eventos futuros na cidade, ok? 

Então, sem mais delongas: fica a dica e até o próximo post!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo