terça-feira, janeiro 23, 2018

Eu Li: Solteira até Sábado - Catherine Bybee

Título:
Solteira até sábado
Autora:
Catherine Bybee
Editora:
Verus
Ano:
2017
Série:
Noivas da Semana #4


Karen Jones: a loira estonteante se casou com um astro de Hollywood, porém é ela quem desempenha diariamente um papel — o de esposa feliz. Um ano atrás, ela concordou em se casar com um ator famoso para dissipar rumores sobre a vida pessoal dele. Agora seu divórcio se aproxima, assim como um pagamento de cinco milhões de dólares. No entanto, conforme Karen se prepara para abandonar com elegância seu casamento arranjado, ela conhece o cunhado, um homem lindo de morrer. Zach Gardner: o pedaço de mau caminho de cabelos escuros e olhos azuis aparece sem ser convidado na festa de um ano de casamento de Michael e Karen, determinado a conhecer a esposa que seu irmão escondeu da família inteira. Mas faíscas voam no instante em que ele e Karen se encontram. Quando o casal famoso decide visitar a família Gardner, Karen precisa esconder o segredo do marido e de seus parentes bisbilhoteiros... incluindo Zach, o homem que talvez seja o verdadeiro amor da vida dela.

Oi, gente! A pergunta de hoje é: tem alguma coisa dentro do contexto ou como elemento na história de um livro que incomoda vocês? Acredito já ter exposto isso em alguma outra resenha mas é cabível aqui dizer que eu tento. Leio outros livros para ver se consigo melhorar sobre o assunto mas ainda assim... encontrar em um livro uma personagem "cozinhando em banho maria" dois caras me incomoda muito até hoje! Para começar a resenha do livro de hoje foi preciso dizer essa minha particularidade como leitora para deixar claro minha impressão sobre o livro.

O livro "Solteira até Sábado" conta a história da Karen Jones, uma mulher com um coração de ouro e um passado tenebroso que ainda está trancado a sete chaves em um baú no fundo do mar. Apesar desse passado mexer com ela até os dias de hoje, ela consegue se tornar uma mulher adulta linda, com princípios e que sabe bem o que quer na vida. 

Ela é uma das amigas e atuais organizadoras (além de cliente) da Alliance, a empresa casamenteira que vem perpassando e casando o povo desde o primeiro livro. E eis que um belo dia surge na porta da Alliance o renomado ator de ação Mike Gardner, um cara lindíssimo com muito dinheiro e sem um motivo aparente para não conseguir uma mulher por conta própria, ao invés de procurar os serviços da Alliance. Acontece que Mike também tem lá seus esqueletos no armário e vê em Karen a companheira e amiga perfeita para os seus planos. 

Então os dois se conhecem e rola aquela química única que acontece quando encontramos uma pessoa com potencial enorme para ser O MELHOR AMIGO. E assim eles correm com um casamento as escondidas... deixando muita gente surpresa. E dentre essa "gente" se encontra a família dele que chegou no seu limite quando se passa quase um ano e Mike, além de não convidá-los para o casamento, também não se importou em levar Karen para conhece-los.

Então sua família manda um membro para fazer aquela visita que a gente tanto ama quando os parentes fazem sem avisar! Pois é... só que eles não mandam qualquer pessoa... eles mandam o irmão mais velho de Mike... Zach. 

Aí é que a coisa fica meio feia... porque Karen não estava preparada para conhecer a versão mais linda de seu marido. E que eles imediatamente sentissem uma atração um pelo outro. Uma atração que só vai ficando pior a cada novo dia. Então ela tem que se controlar, mesmo quando as coisas ficam ainda mais quente entre eles.

Quando as coisas ficam perigosas entre eles... Zach foge para a segurança de sua família. Só que ele deixa seu ultimato para o Mike, dizendo que se ele não levar Karen para conhecer a família eles vão aparecer em peso na casa de Mike. Então esse ator consagrado consegue alguns dias para passar com sua família e convencer eles de que Karen e ele são reais mesmo...

Só que Karen vai estar exposta a mais dias direto com uma família de verdade... coisa que ela não sabe o que é há muito tempo... então o remorso começa a pressionar a mente dela e ainda para melhorar Zach parece sempre estar ao seu redor... e fica mais difícil de esconder o que sentem um pelo outro. A ponto da família dele e Mike começar a perceber.

E como se não fosse uma bomba relógio esse triangulo amoroso... ainda por cima Karen e Mike tem que manter o segredo do astro de cinema super oculto. Enquanto Zach e Karen tem que resolver o mistério de uma adolescente que está gravida e desapareceu na cidade. 

O livro tem uma trama um pouco mais densa que os livros anteriores da série... mas devido ter uma personagem "cozinhando em banho maria" dois caras... admito que levei mais tempo (uma semana e meia) para ler o livro justamente por ter essa travinha como leitora sobre o assunto, os demais livros da série eu normalmente li em um dia ou dois. O final do livro tem um plot twiste digino das novelas mexicanas que tanto amamos ver... mas o que mais mexeu comigo foi o gancho que a autora vez com o próximo casal... nem preciso dizer que saí correndo para a livraria comprar o livro "Conquistada até terça".

Então eis aqui minha impressão sobre o livro. Espero que vocês tenham gostado da resenha e que compreendam que: está foi a minha opinião, o que não quer dizer que o livro não é bom, pois ele é muito bem escrito e não deixa pontas soltas. Mas o meu "eu leitora" interferiu um pouco na leitura.

Fica a dica... e até o próximo post!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo