quarta-feira, dezembro 20, 2017

Eu Li: Romance entre rendas - Loretta Chase

Título:
Romance entre rendas
Autora:
Loretta Chase
Editora:
Arqueiro
Ano:
2017
Série:
As Modistas #4

Adicione ao Skoob


Que lady Clara Fairfax é dona de uma beleza estonteante, Londres inteira já sabe. Mas a fila de pretendentes que bate à porta de sua casa com propostas de casamento já está irritando a jovem.

Cansada de ser vista apenas como um ornamento, Clara decide afastar-se um pouco da alta sociedade e se dedicar à caridade. Um dia, numa visita a uma obra social, ela depara com uma garota em perigo e pede ajuda ao alto, sombrio e enervante advogado Oliver Radford.

Radford sempre foi avesso à nobreza, mas, para sua surpresa, pode vir a se tornar o próximo duque de Malvern. Embora queira manter sua relação com Clara no campo estritamente profissional, aos poucos ele percebe que ela, além de linda, é inteligente, sensível e corajosa.
E quando a perspectiva de casamento se aproxima, tudo o que Radford pode fazer é tentar não perder a cabeça por Clara. Será que a herdeira mais adorada da sociedade e o solteiro menos acessível de Londres serão vítimas de seus próprios desejos?
Em Romance entre rendas, livro que encerra a série As Modistas, Loretta Chase nos brinda com uma história envolvente e cheia de paixão, com personagens fortes e marcantes.
E viveram felizes para sempre...

Bem que seria legal ter um livro simples que levasse na conclusão essa frase singela. Mas aí, não teria tanta graça assim, afinal a forma como chegamos ao fato tem que ser intrigante e interessante para prender a nossa atenção, afinal somos leitores exigentes. E hoje estamos falando nada menos que do livro de Loretta Chace, então segurem as perucas pois tudo pode acontecer até a fatídica frase "E viveram felizes para sempre"!

Para quem já leu Lorettta, bem sabe que ela não é uma escritora um tanto quanto convencional na hora de narrar um romance de época, então se prepare para os diálogos rápidos e desafiadores. Mas fora isso, a leitura vai ser uma delícia. E hoje vamos falar um pouco do último livro da série "As Modistas" lançada pela editora Arqueiro.

Esse livro conta a história de bela mais visada da sociedade. A solteira mais cobiçada. A dama imaculada. A moça perfeita para ser marquesa, duquesa, condessa ou mesmo uma princesa. Sim, estamos falando da nossa querida, e solteira desde o primeiro livro, Srta. Clara Fairfax. Tivemos 3 livros anteriores para a conhecer nos bastidores da trama principal, mas acredito que a Loretta foi piedosa o suficiente para não deixar a moça sem o seu final feliz. Afinal de contas ela já passou por poucas e boas: Já teve o "olho furado" pela amiga, já fugiu, já tentaram forçar ela para casar, tem que aturar uma mãe daquelas e ainda teve que testemunhar todas as suas amigas se apaixonando... até mesmo ver sua prima patinho feio virar um cisne e encontrar o amor. Então, poxa... ela não merece?

Claro que merece... só que o amor para Clara aconteceu há muito tempo atrás e ela nem se tocou disso. Sim, a pessoa capaz de mudar a vida dela foi apresentada a mesma quando ela tinha por volta de uns 5/7 anos de idade. Exatamente no dia em que ela perdeu um barco, brigou com um menino pela primeira vez e também quebrou o dente da frente.  E a pessoa responsável por tudo isso foi o primeiro e único amor de Clara. Mas as coisas não deram certo nesse período com seu crush "o professor corvo".

Muitos anos se passaram e hoje ela é muito cobiçada, mas ninguém conseguiu despertar na moça a paixão e amor que ela presenciou acontecer com suas amigas. A mãe dela não aguenta mais nem olhar para ela. Então ela evita a mãe a todo custo, para evitar lembrar a ela porque Clara a deixa chateada. E em um desses dias de evitar a mãe, ela resolve ir visitar suas amigas Noiret e acaba por encontrar uma das aprendizes mais promissoras sendo agarrada a força por um sujeito maltrapilho, então ela faz à única coisa que lhe vem a mente: dá uma chicotada no braço dele e o manda embora.

Para piorar, momentos depois, da situação ela ainda é quase atropelada por uma cabriole. Até aí de boas, não fosse a pessoa que a salvou ser tão irritantemente racional e desafiador. O jovem senhor veste completamente preto, e seus cabelos o são da mesma cor, mas os seus olhos claros o deixam ainda mais impressionante de forma bela e não convencional. Mas a partir do momento que ele abre a boca... o encanto acaba. Nossa... ele consegue em poucos minutos tirar Clara do salto, assim digamos.

Passado o susto e o momento de raiva, Clara volta a sua rotina, mas algo não está como antes. Pois ela descobre que vai precisar dos serviços de um advogado para ajudar uma amiga em perigo. Então em certo dia ela se disfarça e vai com sua acompanhante ao escritório de um advogado indicado por um amigo que garantiu ser o melhor para este caso em especial. Só que Clara novamente se depara com o homem rude que a salvou de ser atropelada.

Mas uma coisa inesperada acontece, Clara descobre que na verdade o homem rude que agora tenta convencer ela a não se meter em encrencas na verdade é o seu "professor corvo". Detalhe: isso tudo acontece nos capítulos iniciais do livro. No decorrer dos capítulos tudo acontece... em parte vi até referências quem sabe a história de Oliver Twist. E na verdade o nome de "corvo" é Oliver Radford e ele é primo de um dos nobres que tentou forçar um casamento com Clara.

Nossa, tem tanto plot twist nessa história que falar mais dela vai ser bem delicado para desviar dos spoilers. Amei a leitura e achei bem única. Espero que vocês deem uma chance a autora, assim como para a série.

Até o próximo post... beijos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo