quinta-feira, outubro 12, 2017

[Lista] Livros para a sua criança interior

Hoje é dia das crianças, mas só porque eu já estou grande demais para ir na piscina de bolinhas isso não quer dizer que eu não possa mais alimentar a minha criança interior. Durante a minha infância eu lembro de ler basicamente Turma da Mônica e Contos de Fadas. Foram as minhas duas fixações, e quando havia versões de contos de fadas na Turma da Mônica eu explodia de felicidade. Mais velha eu descobri mais livros infantis. A primeira vez que eu li Crônicas de Nárnia foi mágico e me pergunto como seria ter lido esse livro ainda criança. 
Os livros infantis tem um encanto próprio. As ilustrações, as cores, a linguagem mais lírica... tudo isso nos faz ver o mundo de outra maneira, a maneira das crianças. Na lista de hoje convido vocês a dar uma chance a essa literatura, porque ler para uma criança é algo mágico (mesmo que seja para a sua criança interior). 

Inês - Roger Mello
Resumo: Neste belo livro narrado sob a perspectiva de uma das filhas pequenas de Inês de Castro, os leitores vão conhecer a famosa história de Inês e seu amor proibido por Pedro, príncipe de Portugal. Cruelmente assassinada por ordens do rei (que não aprovava nem um pouco essa paixão às escondidas), ela foi coroada depois de morrer. Para honrar sua amada, Pedro fez que seus súditos beijassem a mão da rainha morta, especialmente aqueles que eram contra seu amor. Roger Mello e Mariana Massarani reúnem-se aqui para mostrar aos leitores que talvez Inês não esteja tão morta assim, já que vive em cada um de nós e em cada detalhe deste poema em forma de livro, narrado através do olhar de uma criança.
Vendendo o meu peixe: essa gracinha de livro é um poema ilustrado. Mesmo sendo uma história um tanto já conhecida, e contada por vários autores - inclusive Camões - o autor dá um novo olhar para uma história tão trágica: a leveza e inocência de uma criança. O Roger Mello tem vários prêmios por sinal, inclusive o Prémio Hans Christian Andersen, que é como um óscar dos livros infantis. E olha só como esse livro é LINDO (x). *-*



O futuro do Horácio - Maurício de Souza
Resumo: Horácio vivia tranquilo comendo alfaces e explorando cavernas pré-históricas — e acreditava que assim passaria o resto de seus dias. Mas o seu mundo virou de pernas para o ar quando, certa tarde, ele conheceu um velho dinossauro que lhe mostrou que seu futuro era menos promissor do que ele podia imaginar: Horácio e seus companheiros de espécie seriam extintos! E agora? Será possível mudar o seu destino? Triste e desnorteado, o dinossauro não fazia ideia de que, naquele mesmo dia, se tornaria o responsável por garantir o futuro de outra — e importantíssima — espécie... Nesta história, o quarto volume da coleção Turma da Mônica, além do texto em prosa ilustrado por Weberson Santiago, o leitor também conhecerá curiosidades sobre o Horácio, o personagem que mais se parece com seu criador, Mauricio de Sousa, e trechos da versão original em quadrinhos desta narrativa, de 1971.
Vendendo o meu peixe: Maurício de Souza sem dúvida é um clássico atemporal com vários personagens maravilhosos. Mas o Horácio é especial. O nosso tiranossauro vegetariano é o único personagem que só o próprio Maurício escreve. Esse livro é uma versão de uma história antiga do Horácio com ilustrações de tirar o fôlego. É realmente muito lindo, não tem como não se encantar.

A Luz é Como a Água - Gabriel García Márquez
Resumo: O show de fantasia da obra de Gabriel García Márquez fez do escritor colombiano o grande mestre do realismo mágico, Prêmio Nobel de Literatura e símbolo de uma das mais marcantes correntes da Literatura Contemporânea. O universo criativo e encantado do autor de Cem anos de solidão, Doze contos peregrinos, O general e seu labirinto, Amor nos tempos de cólera e Crônica de uma morte anunciada agora está ao alcance dos jovens. A Record traz uma seleção de histórias escolhidas para o público juvenil, primorosamente ilustradas por Carme Solé Vendrell. Para os jovens, entrar em contato com García Márquez é muito mais um passaporte para o mundo fantástico e alegórico que hipnotiza milhões de admiradores em todo o mundo. Com suas fabulações povoadas por situações oníricas e fenômenos insólitos que estimulam, divertem e impressionam, o autor nos descentra da realidade para dar lições onde cabem reflexões sobre o poder, o amor, a amizade, a política e a História, usando a mitologia e o cotidiano da América Latina como cenário de seu universo fantástico.
Vendendo o meu peixe: Gabriel García Márquez sempre vale a pena. Esse foi o primeiro livro infantil dele que eu li e admito que nem sabia que ele escrevia esse gênero. O estilo dele de realismo mágico combina perfeitamente com a literatura infantil, é mágico e palpável ao mesmo tempo. Essa história em particular me deu nostalgia das brincadeiras de criança onde a gente reinventava o mundo ao nosso redor: como ver lava no chão, escolher uma cor de azulejo para pisar, entrar no guarda-roupa fingindo que é Nárnia, etc. E é claro, as ilustrações são lindas. (Sim eu to dizendo isso de todos os livros sem vergonha alguma) (Mas é 100% verdade) (Juro).

Os Lobos Dentro das Paredes - Neil Gaiman
Resumo: Os lobos dentro das paredes, livro do escritor e quadrinista inglês Neil Gaiman. Depois do sucesso de Coraline, uma cáustica reinterpretação de Alice no país das maravilhas, lançado pela Rocco em 2003, Gaiman e o ilustrador Dave McKean apresentam aos fãs uma nova obra-prima da literatura infanto-juvenil. Em Os lobos dentro das paredes, Lucy escuta ruídos "furtivos, rastejantes e amarrotados" vindo de dentro das paredes de sua casa. Ela tem certeza de que existem lobos vivendo ali, mas a família não acredita nela: "Você deve estar ouvindo camundongos", diz a mãe; "Morcegos", berra o irmão; "Malditos ratos", resmunga o pai. E todos são unânimes em dizer: "Se os lobos saírem de dentro das paredes, está tudo acabado." "O que está acabado?", pergunta Lucy. "Tudo", diz a mãe. "Todo mundo sabe disso", completa. Um dos mais importantes e versáteis autores da atualidade, Neil Gaiman possui um talento multifacetado que se expressa de maneira inconfundível também nas suas obras dedicadas às crianças.
Vendendo o meu peixe: o dia em que eu não falar do meu reizinho Neil Gaiman o inferno vai congelar! Assim como o Gabriel García Márquez, esse autor tem por excelência o realismo mágico. O mundo mágico do Neil Gaiman é o nosso, nós só precisamos abrir os olhos. Ele consegue realmente escrever para todas as idades. Esse livro te conquista e você não quer largar ele para saber qual é o papo dos lobos, ele parece um sonho acordado.

É isso pessoal!
Essas são as minhas indicações de quinta, dois livros brazucas em homenagem a Semana Nacional e dois gringos porque afinal hoje é quinta. Então, quais foram os livros que marcaram a infância de vocês? Alguém ficou chateado que eu não falei de Monteiro Lobato? (Eu nunca li ele gente, desculpa) Quem tem coragem de dar livro para uma criança em vez de brinquedo? kk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo