quinta-feira, maio 04, 2017

Quinta em outra língua #51 - Confess - Collen Hoover

Título:
Confess
Autora:
Collen Hoover
Ano: 
2015

Adicione ao Skoob

Nesse novo livro a autora Best Seller Collen Hoover nos apresenta um novo romance sobre encontrar seu coração ou amor em uma situação entre a verdade e a mentira. Auburn Reed tem sua vida inteira traçada e não há espaço para erros. Mas quando ela entra em um estúdio de artes em Dallas em busca de um emprego, ela não espera desenvolver uma atração profunda pelo artista enigmático que trabalha lá, Owen Gentry. Então Auburn assume o risco de colocar seu coração no comando, apenas para descobrir que Owen tem segredos, o passado dele pode colocar em risco e destruir tudo que é importante para Aurbun, então ela precisa cortar ele de sua vida. Porém a última coisa que Owen quer é perder Auburn de sua vida, mas ele não consegue convencer ela de que as vezes a verdade é tão subjetiva quanto a arte. Tudo que ele tem que fazer para preservar seu relacionamento com ela é confessar. Mas neste caso a confissão poderia ser muito pior que o pecado real.
Oi gente... hoje eu meio que invadi a coluna alheia para compartilhar com vocês um pouco do processo que foi a minha primeira leitura coletiva e para melhorar mais a situação ainda comecei com um livro da Collen...

Se é a sua primeira vez lendo um livro da Collen Hoover seja bem-vindo a um mundo novo em que dor, drama e lágrimas vão te deixar meio que viciado e apaixonado. Não estou dizendo que os livros dela são só isso... JAMAIS... mas essa autora consegue a cada novo livro te trazer uma situação difícil que poderia acontecer com qualquer um de nós e consegue transformar a forma de abordagem em algo poético. Descrevo assim a experiência que é ler ela pois foi isso que aconteceu comigo, e quando ouço alguém descrevendo como se sentiu ao ler Collen sempre vejo as pessoas se jogando de coração na leitura.

O livro Confess começa contando a história de uma adolescente chamada Auburn Reed que se encontra em um quarto de hospital se despedindo de alguém que ela ama muito e que está morrendo, mas que as pessoas ao seu redor, em particular a família dessa pessoa, insistem em minimizar os sentimentos deles, dizendo que é um amor juvenil, e que logo vai passar. MAS NÃO VAI PASSAR! O livro já começa com aquela angustia instigada ao leitor que está lendo uma cena marcante de separação e lagrimas, e que não há nada que possa ser feito para esticar o tempo.

Mas o tempo passa assim mesmo, mesmo contra a vontade de Auburn, e ela cresce. Se torna uma jovem adulta que não teve opção de escolher ou conhecer o que gostaria de fazer em sua vida adulta. Ela está em uma condição meio que refém da família da pessoa que ela teve que deixar para trás de forma irremediável.

Depois de muito tempo em estado de torpor pelo que a sua vida tinha se tornado, Auburn toma uma decisão, para conseguir se libertar das guaras manipulativas de outras pessoas. E para concretizar isso ela precisa em primeiro lugar se mudar para Seatle, e em seguida conseguir dinheiro para pagar um bom advogado para pegar de volta a coisa mais importante de sua vida. Ela começa a trabalhar em um salão de beleza, mas ainda assim precisa de outros empregos para pagar o advogado.

Um dia voltando para casa ela repara que em seu caminho se encontra uma porta simples, mas que possui uma placa escrita Confess. Ela começa a reparar em tudo sobre o lugar, e descobre uma fenda por onde as pessoas colocam papeis. Para surpresa e espanto de Auburn a porta é subitamente aberta e ela dá de cara com um homem lindo e a primeira coisa que ele diz para ela é ´´você está aqui para me salvar?`` e se apresenta sendo Owen Gentry o dono do estúdio e artista plástico em crise pois neste dia ele tem uma exposição e não tem uma ajudante para auxiliar ele na venda dos quadros.

Auburn e Owen tem uma química incrível logo de cara, e ela consegue intender a arte dele como ninguém mais conseguiu até o momento. O que Auburn não sabe é que Owen já havia a encontrado muitos anos atrás, só não sonhava em ver ela novamente no mundo real, Owen percebe que precisa se agarrar a essa oportunidade, pois quantas vezes isso poderia acontecer novamente?

Mas o que ambos vão descobrir da forma mais dolorida possível é que por mais que tentemos fugir do passado,ele tem formas bem bizarras de se fazer presente em nossas vidas. Ambos possuem muitos segredos, e não sabem se estes vão permitir que vivam os sentimentos que despertam no presente um no outro. 

Podem me chamar de insensível, mas eu não chorei! Só fiquei por muito tempo meio que na bad com a história e apesar do livro ter um final satisfatório, ele não te dá a reposta para alguns mistérios importantíssimos. E senti que a Auburn teve que descer a um nível perigoso para conseguir se desvencilhar de seu passado e permitir que Owen estivesse ao seu lado sem recriminações. Para quem não sabe o livro Confess virou um boom na mídia, mesmo antes de ser lançado no Brasil, pois ele virou uma série de Tv com o mesmo nome:




















Admito que ainda não estive bem o suficiente para assistir essa série... ela deve ser tão linda e tocante como o livro, mas ainda não consegui ver com minhas amigas bookaholics e não quero ver só..rsrsrsr então tô aguardando!

Espero que vocês tenham gostado do post e até o próximo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo