sexta-feira, fevereiro 03, 2017

Eu Li: Alma? - Gail Carriger

Título:
Alma?
Autora:
Gail Carriger
Editora:
Valentina
Ano:
2013
Série:
O Protetorado da Sombrinha #1

Adicione ao Skoob


Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.

E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.
Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e... será que vai ter torta de melado?

Vamos começar a semana com um Steampunk muito amorzinho?

Adimito que steampunk é uma novidade para mim, pois são livros que sempre quis ler. Ano passado me decidi a ler pelo menos um livro desses, e pesquisando um pouquinho descobri que uma das nossas parceiras, a Editora Valentina, vem publicando uma série que muito me interessou, que é além de ser steampunk, também tem vampiros, lobisomens, fantasmas e por aí vai. Então ano passado li Alma? e vim contar um pouco desse livro para vocês e como foi a minha primeira leitura steampunk.

O livro começa contando que a sociedade londrina possui um novo contexto em que vampiros, lobisomens e fantasmas são reconhecidos e possuem direitos assim como deveres para permanecerem vivendo na sociedade juntamente com os humanos. Nessa sociedade a Rainha é a líder humana, ladeada por um lobisomem alfa também lobo solitário para tratar dos interesses de sua espécie, assim como possui um vampiro desgarrado que executa a mesma função visando o interesse dos vampiros.

E no meio disso tudo temos a Alexia Tarabottti, uma garota aristocrata incrível, super inteligente, forte e determinada, e apesar dos comentários maldosos das irmãs sobre a sua ausência de beleza, tem toda uma condição favorável de vida e amigos nada convencionais que sempre a fazem se sentir querida e respeitada, mas o que ela realmente não possui é uma alma! 

É isso mesmo...ela é o que se pode chamar de preternatural. Com essa condição especifica Alexia tem características bem marcantes como: não conseguir ser empática com as pessoas, quando lobisomens e vampiros a tocam ela transforma eles em meros humanos, e quando fantasmas a tocam eles são exorcizados. Outra característica marcante nela é que ela vive com fome...

Em meio a essa vivência ´´pacifica`` de espécies, em determinada noite ocorre um baile dos mais maçantes na casa de um aristocrata muito mão de vaca. E Alexia foi obrigada a ir por sua mãe. Podemos dizer aqui que a mãe dela subornou ela com comida...sim nossa mocinha nesse livro tem um apetite voraz. E cansada de esperar que as comidas e petiscos sejam servidos, ela sai de perto da mãe na surdina e começa uma caçada a comida escondida.

Quando finalmente encontra a comida, também encontra uma surpresa: um vampiro recém criado louco por sangue...o dela de preferência. E por causa disso acontece uma coisa e a ´´policia`` sobrenatural é chamada, e para nossa alegria porque meu gezuis ele é lindo, quem vem pessoalmente investigar o ocorrido é Sir Malcon.

Sir Malcom, é o Alfa da alcateia de Londres. Ele possui uma história bem intrigante de como conseguiu se tornar alfa e todos o teme e respeitam...todos menos a Alexia. Ela faz questão de deixar o poderoso lobisomem desconfortável quando começa a querer fazer parte da investigação. As interações entre eles vão ficando mais densas e intensas...e meio que obviamente eles se tornam o casal principal da trama.

Em determinado contexto da trama eles se vem no meio de uma grande conspiração em que cientistas não são tão iluminados e em prol da sociedade e do conhecimento quanto se espera, eles se mostram capazes de sede de sangue quando movidos por motivos como vingança. 

A ´´treta`` toda foi muito bem escrita pela autora. Fiquei fascinada como ela conseguiu usar os elementos sobrenaturais, steampunk e romance tudo junto sem perder o foco. Um dos detalhes que mais me marcou no livro é que a Alexia não é nada emotiva e sensível, então se envolver com Malcon foi bem divertido de se ver. Mas essas mesmas características foram imprescindíveis para a solução e combate a conspiração em que os sobrenaturais são alvos a serem expurgados. 

Os elementos de terror e suspense também marcam presença no livro, e são fascinantes. A investigação deles desencadeia inúmeras descobertas sobre a sociedade em que eles vivem, que eles não faziam ideia. Como o fato de Alexia ser uma das últimas preternatural conhecida, e a única de Londres.

Outro elemento usado pela autora que vai roubar de vez o seu coração de leitor são os personagens secundários cativantes, pois temos o Sr. Lyall como beta, um beta com cara de nerd que na hora da luta se torna uma fera para defender os interesses de seu alfa e da alcateia. E os melhores amigos da Alexia um vampiro tão velho que se perde as contas, que é super fora de moda e tem um excelente gosto por homens, e a melhor amiga dela, uma jovem adorável que tem o mal habito de nunca ouvir o que a Alexia diz, sempre cegar nos momentos mais impróprios e ser muito avoada.

Acredito que os livros do protetorado da sombrinha vão totalmente cativar vocês, assim como aconteceu comigo. Espero que vocês tenham gostado da resenha e até o próximo post...Beijos!


2 comentários:

  1. Oiii Anne

    Eu tenho muita vontade de ler essa série, mas fico com o pé atrás quando vejo que a editora até agora não publicou o último livro e já faz um tempinho desde a que publicaram esses. Ainda assim quero muito ler os que temos disponíveis, por conta de todos esses elogios que li na tua resenha e em outras tb. Nunca li nada do gênero Steampunk, espero resolver isso ainda esse semestre....rsrs


    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice,

      Admito que no início eu estava como você, com receio de ler e tals...mas a Alexia ganhou todo o meu respeito logo no primeiro capítulo pela personalidade dela. Se você puder, acredito que dar uma chance ao livro não vai ser ruim...rsrsrs


      Beijos...

      Excluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo