sexta-feira, dezembro 23, 2016

Eu Li: Delícia, Delícia - Donna Kauffman

Acho que eu nunca tinha visto
tanto trocadilho com doce numa
mesma sinopse...

Título:Delícia, Delícia
Autora:Donna Kauffman
Editora:Valentina
Série:Cupcake Club #1
Adicione ao Skoob
Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. 

Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!
E vamos novamente falar de um romance doce da Valentina! Sério, é doce, mesmo. Tem até receitas de cupcake no final.

Leilani é uma renomada pâtisserie que adora sua receitas e todos os tipos de doces. Ela fez uma longa carreira como confeiteira em Nova York e, inclusive, já trabalhou até com Baxter Dunne: um conhecido chef confeiteiro, dono de uma grande confeitaria (o Gateau, que ela já gerenciou por um tempo) e apresentador de um reality show de cozinha (o Hot Cakes), por quem ela já foi incrivelmente apaixonada. Entretanto, após ter vários problemas com essa paixão pelo chef e com a vida louca de Nova York, ela resolveu abandonar toda a sua vida de confeiteira profissional, para a abrir a pequena confeitaria Cakes by the Cup em uma cidadezinha aos arredores da Geórgia chamada Sugarberry.

Já acostumada com a vida nova e bem mais lenta, Lani só espera ver sua confeitaria crescer e levar suas receitas a todas as pessoas da cidade. O que ela não esperava era que Baxter voltasse para sua vida de repente: ele aparece em Sugarberry, informa que vai filmar seu programa de culinária lá e deseja utilizar a cozinha da Cakes by th Cup. E se isso não fosse suficiente, ele ainda se declara para ela.

Extremamente perdida com a confusão que sua vida vai virar, tentando fingir que já não sente mais nada pelo Chef e lutando para lidar com as fofocas da cidade, a única coisa que acalma Leilani é o clube do cupcake: um lugar para cozinhar com suas amigas, esquecer dos problemas do cotidiano e praticar a "boloterapia".

Lani cutucou a amiga, mas ela própria estava com dificuldades de conter um sorriso. Quando isto aconteceu?, se perguntou, parada ali em sua minúscula e lotada cozinha, no meio da noite. Mas a verdade era que... ela realmente não se importava. Na verdade, pensou, sorrindo para si mesma, estava divertido.- Sejam vem-vindas ao Clube do Cupcake - murmurou bem baixinho.

O Delícia, Delícia é aquele livro de romance sem muitas curvas de roteiro. É aquela história bem linear, que você sabe mais ou menos como vai terminar, mas se diverte com o meio da trama. A Leilani é um protagonista meio perdida: é apaixonada pelo Baxter, mas sofreu muito com isso na época em que trabalhava para ele por causa das fofocas dos outros funcionários. Quando ela abandonou tudo e foi para Sugarberry, resolveu esquecer dele também. Só que, quando ele aparece e se declara para ela, imaginei que o mais lógico seria ela ficar logo com ele e pronto, mas não acontece. Uma boa parte da trama vai se enrolando nisso e acaba sendo meio chatinho. Fora que, pra uma protagonista, achei o personagem da Lani raso demais. Donna Kauffman se preocupou tanto em se aprofundar no personagem do Baxter, que acabou esquecendo um pouco da confeiteira, coisa que pra mim fez falta.

A outra parte da trama que envolve o dilema de Leilani entre abandonar a vida calma de Sugarberry (que ela adora) ou seguir uma vida com Baxter (justamente por isso ela tentar fugir do romance com o Chef) até convence, mas acaba ficando repetitiva também. A minha sensação geral é que o livro poderia ser muito mais curto.

Por outro lado, toda a parte que envolve o Clube do Cupcake em si e as amigas de Leilani (em especial a Charlotte) é muito engraçado. A ideia por trás da boloterapia (um dia eu testo essas receitas do livro) de cozinhar para relaxar funciona muito bem na trama e trás os diálogos mais engraçados do livro. A parte hot (que é meio curtinha) é bem colocada (ui): Donna Kauffman trás umas descrições bem interessantes e melhores que muito livro erótico que eu vejo por aí. Aliás, a capacidade de descrever da autora como um todo é um ponto alto. Tem horas que dá pra sentir o cheiro de todas as receitas que estão sendo descritas ali: definitivamente preciso provar um cupcake red velvet.

Enfim, Delícia, Delícia é um bom romance para você sair daquela ressaca literária e curtir umas receitas de doces. Apesar de bem divertido, se fosse um tanto mais curto, teria me entretido mais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo