segunda-feira, novembro 07, 2016

Eu Li: Filha da Ilusão - Teri Brown

Título:
Filha da Ilusão
Autora: 
Teri Brown
Editora:
Valentina
Série:
Herdeiros da Magia #1

Adicione ao Skoob


Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini - ou pelo menos, é o que Marguerite alega - os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truque mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro. Porém, à medida que os poderes de Anna vão se intensificando, ela começa a experimentar visões apavorantes que a levam a explorar as habilidades por tanto tempo escondidas. E, quando um jovem enigmático chamado Cole se muda para o apartamento do andar de baixo, apresentando Anna a uma sociedade secreta que estuda pessoas com dons semelhantes aos seus, ela começa a se perguntar se há coisas mais importantes na vida do que guardar segredos. Mas em quem ela pode, de fato, confiar?

Oi gente!

Hoje vou apresentar para vocês um dos livros que li para entrar no clima do evento do dia 12 de novembro, a Retrospectiva Valentina 2016. Como todos já sabem a editora é uma grande parceira nossa e este ano novamente incluiu Belém no roteiro desse evento que vai acontecer em várias cidades do país. Então, pensei que para entrar no clima poderia colocar algumas resenhas, e decidi começar pelo primeiro livro da série Herdeiros da Magia, o livro ´´Filha da Ilusão``.

Este livro se passa em 1920 nos Estados Unidos, na era de ouro do Jazz, e também no período de grande sucesso de nomes auspiciosos do ilusionismo, como por exemplo, o incrível e fenomenal Houdini. E é ao redor de mistérios que rodeiam esse personagem que o livro é narrado e passa a contar a história de Anna Von Housen, uma jovem adulta que sabe somente viver na sombra da beleza, astúcia e sucesso da mãe, a médium mais famosa do momento, Marguerite Von Housen. 

Marguerite Von Housen, além de encantar o público no palco e nas sessões mediúnicas privadas em seu apartamento, é uma mulher com uma história muito peculiar. Ela segue sempre sua vida sem olhar para trás, mas por vezes podemos concluir, na leitura do livro, que a história da infância e adolescência dessa jovem garota do interior da Europa não foi nada fácil. Parte do sucesso e fofocas que rodam ela, hoje como adulta e mãe, se dá pelo fato de ela mesma ter contado para algumas pessoas que Anna é filha de ninguém mais ninguém menos que Harry Houdini, o grande ilusionista e caçador de médiuns farsantes.

Anna não tem provas de que ele de fato é seu pai, e sua mãe não gosta de contar nada sobre o passado, então a dúvida sempre fica rondando Anna. Ela sempre ajuda sua mãe com suas apresentações no palco, e até faz alguns truques de mágica e ilusionismo como pré show de sua mãe. Mas Anna está indecisa sobre o que realmente quer para sua vida. Ser uma grande ilusionista ou ter a vida normal e pacata que sempre quis, e nunca pode ter por sempre estar vivendo na infância cercada pela vida circense!

Com o decorrer do tempo, a vida meio que acaba decidindo por ela, pois vai percebendo que enquanto sua mãe é uma boa atriz e dribla muito bem seu público com suas farsas, o que Anna consegue fazer é bem mais real e assustador, e ainda mais perigoso pois Anna tem medo que sua mãe descubra e acabe se aproveitando dos poderes dela. A relação de mãe e filha é muito conflituosa e masoquista, pois a filha sempre se preocupa com a mãe, mesmo quando essa segunda insiste em acabar machucando a filha, para correr atrás da fama e sucesso. Enquanto que a mãe parece ser muito superficial e egoísta.

Apesar disso a jovem ilusionista continua tentando se achar, algumas coisas na vida de Anna são novas, como por exemplo o fato de ter dois belos garotos interessados nela. Owen, é o sobrinho lindo e charmoso do empresário de sua mãe, Jacques, enquanto que Colen é um inglês muito reservado com um grande segredo que pode mudar de uma vez por todas a vida de Anna, tanto para o bem quanto para o mal.

O livro todo é escrito em tom de mistério e suspense, pois Anna passa a ser perseguida por um homem interessado em explorar os dons de Anna para suas pesquisas sem se importar se ela pode ou não ficar louca com esses experimentos. Ao mesmo tempo descobre que existe uma sociedade secreta que estuda os fenômenos mediúnicos em Londres e que mantem o anonimato pois querem preservar a identidade dos médiuns presentes nessa sociedade. Em meio disso ano tem que descobrir quem é que vem tentando extorquir dinheiro dela, primeiro tentando sequestrar ela, sem sucesso e depois sequestrando alguém que não tem nada relacionado aos dons de Anna.

É um livro bem pontual nos fatos, e no final te faz questionar se o livro acabou mesmo, ou é só uma ilusão para te deixar pronto para o próximo livro. Também foi o primeiro livro que li que o cenário de fundo é os Estados Unidos em 1920.

Espero que vocês tenham gostado da resenha...Fica a dica!


Um comentário:

  1. Oii Anne

    Adorei essa ambientação, nunca li nada ambientado nessa época e além disso, amei a premissa. Esse mistério sempre consegue me manter presa à história. Vou querer conferir esse livro, obrigada pela dica.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo