quinta-feira, novembro 03, 2016

Eu Li: Cilada para um marquês - Sarah MacLean

Título:
Cilada para um marquês
Autora:
Sarah MacLean
Editora:
Gutenberg
Série:
Escândalos e Canalhas #1

Adicione ao Skoob


Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares.
Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela.
No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço.
O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada?
Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…

Oi gente, vamos de romance de época hoje? Sim, claro ou anda logo com essa resenha Anne!

Para quem curte um bom romance de época como eu, por certo já deve conhecer a autora Sarah MacLean de outras séries e de outras editoras também que publicam desse gênero, de séries tais como: Os números do amor e O clube dos Canalhas, que são curtas, divertidas, românticas e diferentes, ou quem sabe você conhece a autora através das minhas resenhas destes livros aqui no blog...rsrsrs... Desta vez vim apresentar a vocês essa nova série que tive o prazer de conhecer na bienal do livro em São Paulo este ano, a série Escândalos e Canalhas.

Lembra que eu disse que essa autora é conhecida no meio por escrever histórias com características peculiares e enredos nada ortodoxos? Pois é...neste livro temos a história de uma garota simples chamada Sophie Talbot, que um belo dia, durante a sua infância, teve sua vida mudada radicalmente quando seu pai fez alguma coisa excêntrica para o rei, e acabou passando de carvoeiro (acho que é assim que chamam) a conde. Toda a sociedade especula durante as reuniões sociais o que teria o conde Talbot feito para ganhar o título? E desta forma a família parece se manter sempre como assunto das fofocas, e apesar disso, se adaptaram muito bem a essa nova realidade, só uma das filhas Talbot parece não ter se adaptado tão bem assim!

Além da família Talbot ser conhecida por essa história de como receberam o título, também são constantemente objeto de fofoca nos folhetins, por causa das infames filhas Talbot, conhecidas por alguns como ´´As Cinderelas Borralheiras`` ou mesmo como ´´Irmãs Perigosas``. Vamos recapitular então porquê elas são consideradas perigosas : Seraphina a irmã mais velha das filhas é casada com um idiota com um título, então basicamente elas são chamadas perigosas por causa de Sesily, Seleste e Seline, que são as três irmãs mais velhas e solteiras de Sophie, que adoram se meter em escândalos com seus respectivos pretendentes são muito ousadas. Fora isso ainda temos a mãe louca delas que adora fazer umas festas nada haver, e que as pessoas sempre vão para poder ter assunto de fofoca sobre a família Talbot no dia seguinte.

Enfim...em meio a tudo isso temos a filha caçula Sophie Talbot, que não é nenhuma beldade com um corpo espetacular como as irmãs delas são descritas, ela é só uma bookaholic, que não queria um título, escândalos ou mesmo festas ultrajantes...ela só queria voltar para a cidade natal dela, Cúmbria, abrir sua própria livraria e se casar com seu amigo de infância. Será que é pedir muito? Em um belo dia Sophie acaba enfrentando um cretino idiota da sociedade no meio de uma das festas da família dela, e a mãe dela acabou ficando do lado dele, e chamando a atenção dela na frente de toda a festa.

Nem preciso disser que isso foi a gota d'água para Sophie, e depois disso ela acaba tomando uma decisão sem pensar e foge escondida na carruagem de Rei, um libertino conhecido por desonrar jovens, destruir noivados e fugir depois. Rei nada mais é do que o marquês de Eversley, e futuro Duque de Lyne. E o que poderia ter sido uma fuga perfeita para a cidade natal dela, acaba se tornando um pesadelo completo, com direito a disfarces, intrigas, bandidos, um médico estranho, personagens secundários muito cativantes e um libertino que não deveria ser tão apaixonante, pelo bem da sanidade de Sophie.

A história é cheia de altos e baixos, e é muito divertido ver a Sophie passar a conhecer tão bem o mais infame libertino da atualidade, que nem é tão infame assim no fim das contas. A história tem algumas reviravoltas muito apaixonantes. Como sempre, Sarah MacLean não nos deixa ficar entediados durante a leitura em momento nenhum, e nem com uma ressaca literária depois.

Então, espero que vocês tenham gostado da resenha...e fica a dica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo