sexta-feira, outubro 07, 2016

Eu Li: Pecados no Inverno - Lisa kleypas

Título:
Pecados no Inverno
Autora:
Lisa kleypas
Editora:
Arqueiro
Série:
Quatro Estações do Amor

Adicione ao skoob


Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!

A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.
Oi gente, vamos de romances de época? Simmmm, pelo amor de God!

Hoje temos a resenha de um dos livros que mais me surpreendeu este ano, e é obvio que ele é da minha amada editora Arqueiro! Sabe aquele ditado que diz: ´´devemos temer as quietas`` ou alguma coisa quase isso, bom você me entendeu, o caso é que o livro Pecados no Inverno não poderia ser descrito de forma melhor.

Então vamos logo ao que interessa que meus dedos estão coçando para compartilhar com vocês os detalhes desse livro delicioso, mas antes deixem que eu fale um pouquinho da diva que escreveu o livro. Bom, a autora Lisa Kleypas eu já conhecia de uma outra série de época, também lançada pela Editora Arqueiro, chamada ´´Os Hathaways`` contando as desventuras e aventuras amorosas da referida e nada convencional família. Que por sinal ambas as séries ´´As Quatro estações do Amor`` e ``Os Hathaways`` estão interligadas, a primeira poderia ser descrita por alguns como uma prequel da segunda.

Para quem não conhece ainda a encantadora forma de escrever da autora, então seja bem-vindo ao mundo das solteironas, sim você não leu errado não, essa série fala de 4 amigas que não são consideradas bons partidos para a nata da nobreza londrina, e dessa igualdade das 4 nasce a união destas para começar uma caçada que vai mudar as vidas delas para melhor...a caçada à um bom marido. Mas atenção aqui querido leitor, a resenha de hoje é do terceiro livro. E ler este livro sem ter lido os dois anteriores vai prejudicar a sua leitura.

Desta vez temos narrada a aventura de nossa tímida Evangeline Jenner, uma moça que não é descrita por ninguém como uma beldade, ela é ruiva demais com sardas demais e poucas curvas, e ainda por cima é gaga quando tem que falar com pessoas que não conhece. Uma moça de uma família tradicional londrina com um passado obscuro, pois a mãe de Evangeline acabou se casando com um burguês dono de um clube para cavalheiros de aspecto muito duvidoso.

Evangeline fica sabendo que seu pai está muito doente e a família dela por parte de mãe, que é quem ´´cuida`` dela não permite que ela veja ele ou ninguém, e quando sua odiosa tia decide que Evangeline tem que se casar com seu gordo, nojento, asqueroso e imaturo primo para que a tia possa ter controle do dinheiro de Evangeline, ela decide que essa foi a gota d´água. Ela chegou no limite dela de sofrer bullying e espancamentos, ela então foge quando seu primo vem ao quarto dela e diz que ela não tem que ter esperança de casar com ninguém e que ele está fazendo um favor casando com ela. #PrimoTosco

Então ela arquiteta e coloca em prática seu plano sem falar para ninguém, nem mesmo para suas fieis amigas solteironas. Afinal quem poderia imaginar que a tímida Evangelina fosse decidir fugir na noite e entrar no quarto do maior libertino da temporada e propor uma troca com ele. Se ele casar com ela e a libertar dos laços que a prende de sua tia, ela dá para ele a fortuna dela. Evie só tem uma condição, o casamento vai ser consumado e depois dessa noite, eles não podem ter mais relações intimas.

Lorde St Vincent já tinha visto por altos a gaga Evie nos cantos dos bailes, sempre sem dançar com ninguém. Teve de admitir que a proposta dela não é uma que ele possa recusar, visto que ele está falido. E a condição dela, não pareceu discutível, ele poderia ter uma noite com a ruiva tímida. Então ele pega a doce Evie e foge para casar!

Sebastian jamais poderia imaginar conhecer de fato quem é a Evie, e perceber que por trás de sua fachada de insegurança habita uma mulher linda, cativante, bondosa, doce e inteligente que presa muito uma coisa que ele pouco conheceu, os laços de pai e filho. Essa viagem para casar foi muito reveladora para ambos, e quando eles têm de voltar para Londres para tentar ainda ver o pai de Evie com vida as coisas no coração e na mente de Sebastian já estão diferentes.

No decorrer do livro o nosso encantador Sebastian se vê tentando de todas as formas conquistar de verdade sua esposa, que não quer acreditar que ele esteja mesmo apaixonado por ela, e ele está disposto a tudo por ela, até aceitar a aposta dela de passar um tempo estipulado por ela sem ter sexo! Sebastian também acaba descobrindo um novo gosto, o de trabalhar! Coisa que antes só de alguém falar perto dele, lhe provocava coceiras.

A forma como a autora achou de contar a história de amor de Sebastian e Evie foi única. Me fez suspirar, e reler várias partes antes mesmo de terminar o livro. É lógico que ao termino do livro, li ele todo novamente só para suspirar de felicidade mais um pouco! #SouDessas

Então, fica a dica!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo