quarta-feira, outubro 12, 2016

Eu Li: Para Sempre Minha - Abbi Glines

Titulo:
Para Sempre Minha
Autora:
Abbi Glines
Editora:
Arqueiro
Saga:
Rosemary Beach #9

Adicione ao Skoob


Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.

Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal
para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.

Há algum tempo venho perturbando a nossa chefa aqui no blog (valeu Biah!) para ela falar com os contatos dela e solicitar para mim um livro lançado esse ano pela diva da editora arqueiro, que foi lançado em junho, e na época que foi lançado acabei resenhando outro livro da mesma editora e esqueci de pedir esse livro também. Bem, esqueci por hora...eis aqui a resenha do tão aguardado livro.

Quem aqui já conhece a autora Abbi Glines? Não? O nome te soou familiar? Talvez porque você alguma vez já tenha folheado, ouvido falar ou mesmo viu um dos livros abaixo em alguma livraria:
Imagem: Blog Meu Vicio Em Livros

Como vocês podem ver a escritora já está construindo um nome no meio editorial brasileiro quando o assunto é romances quentes/dramáticos. O primeiro livro dela que li foi ´´Paixão Sem Limites`` e agora o ´´Para Sempre Minha`` e posso dizer sem medo, que apesar deles serem vivenciados dentro de um mesmo universo, consegui ler o segundo sem tanto prejuízo na leitura por não ter lido todos os anteriores. 

´´Para Sempre Minha`` é um livro com dois períodos temporais, passado e presente, em que estaremos conhecendo um pouco mais como era a versão mais jovem da Bethy e do Tripp, e o que foi que aconteceu no passado deles para eles estarem em pé de guerra no presente. 

No passado: Bethy Lowry é uma garota de 17 anos, virgem e sem muita esperança para nada sério em seu futuro, com uma família nada convencional, uma mãe ausente da história, um pai alcoólatra e viciado que sempre deixava ela sozinha em um trailer perto de uma vizinhança nada segura ou amigável, devido a isso ela aprendeu com o tempo a contar muito com ela mesma para resolver as coisas. Sua única outra referência de família é sua tia, que em muitas passagens do livro, eu bem que pensei se tratar de um general.

Bethy após perturbar muito a tia, finalmente consegue um emprego no clube mais elitista da cidade. Ela é muito bonita e acaba chamando a atenção de muitas figuras masculinas, uma delas é o seu colega de trabalho, um instrutor de golfe (acho que é isso...rsrsrs) que tem o hábito de ser o amante de muitas matronas socialites do clube. Aparentemente Bethy não sabe disso, pois aceitou ir com ele em uma festa de riquinhos. E já podemos deduzir o que ele queria dela no fim da noite, né?

Tripp Newark tem sua vida já toda planejada por seus pais esnobes. Eles já escolheram a faculdade que ele vai cursar, com quem ele deve casar e quando. Tripp é filho de uma das famílias mais ricas e influentes da região. Mas ele sabe muito bem que após o termino desse verão ele vai subir em sua moto Harley e sumir do mapa de seus pais, para poder se encontrar ou não!

Durante uma festa organizada na casa de um de seus amigos de infância, Tripp ouve uma discussão e aparentemente tem um cara tentando se dar bem a força com alguém nessa festa. Ele então vai interceder e salvar uma garota em apuros. O que ele jamais poderia imaginar é que seria o odioso instrutor do clube que deu uma de penetra na festa, e ainda arrastou a funcionaria do clube, e linda e doce Bethy.

Tripp tinha total conhecimento da existência de Bethy, como não notar aquela beleza tentadora. E a partir desse encontro, Tripp e Bethy começam a se ver com mais frequência do que deveriam e as coisas vão ficando mais intensas, o mundo ao redor deles vai perdendo o sentido, quando todo o sentido de ambos só pode ser encontrado um no outro. Bem, isso até terminar o verão!

No presente: Nos dias atuais Bethy está com 25 anos, continua trabalhando no clube mais privativo da cidade, e está totalmente mudada. Sua vida se resume a viver um um apartamento em uma vizinhança perigosa, e beber para esquecer da sua culpa. Uma pessoa muito importante que ajudou ela a se reerguer do seu passado, morreu e ela se culpa muito por isso.

Ela vive seus dias somente indo para o trabalho, e voltando para casa, nem suas amigas ela passa a ver com frequência. As duas únicas presenças frequentes na vida dela atualmente são seu colega de trabalho e melhor amigo e sua tia que passou a comandar o quadro de pessoal no clube com mãos de ferro. Bethy, tem plena consciência que está sendo seguida todos os dias quando faz o trajeto de casa para o trabalho e vice e versa.

Bethy então percebe que vai ter que lidar com suas perseguições, e ela não se resume a um cara que ela sabe muito bem quem é, seguindo ela, mas vai ter que pensar em suas perdas passadas, tanto as duas de 8 anos atrás, quanto a mais recente delas. Mas será que ela vai conseguir sair inteira desse confronto? E o coração dela?

´´Para Sempre Minha`` é o tipo do livro que você pega e pensa que vai ser o típico caso de um bad boy riquinho e uma garota linda e pobre, mais não é assim não. Quando eu descobri o que aconteceu com ela nesse intervalo de 8 anos, eu fiquei impactada com a leitura, e o que ela vai descobrindo com o decorrer do livro não deixa de ser muito sofrido também.

Este livro é sem dúvida uma das minhas recomendações deste ano, mas vou logo avisando que ele não é só um romance hot, ele é também um drama muito delicado, mais cativante!

Espero que tenham gostado. Fica a dica!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo