segunda-feira, outubro 03, 2016

Eu Li: Diário de uma cúmplice - Mila Wander

Título:
Diário de uma cúmplice
Autora:
Mila Wander
Editora:
Planeta - Selo Essência


Adicione ao Skoob


Meu nome é Christine, ou pelo menos costumava ser. Professora numa escola infantil, eu levava uma vida bem normalzinha, meio sem graça, até que numa noite eu o vi. Começou com uma paquera descompromissada, daquelas que acontece quando você vê um cara gato do outro lado da rua. Ele me olhou, eu olhei pra ele e sorri. Esse joguinho de sedução poderia ter terminado num café, ou quem sabe em um namoro, se ele não tivesse se aproximado de mim e me apontado uma arma.


Não sei o que me deu para salvá-lo da polícia e abrigá-lo na minha casa. Burrice? Solidão? Não tinha a menor intenção de me tornar cúmplice de um criminoso. Mas seu olhar quente, sua fala mansa e sedutora me enlaçaram de tal forma que, de repente, eu me vi no meio de um turbilhão de acontecimentos. Agora, refém da paixão por aquele homem, só me restava relatar em um diário como fui me envolver mais de corpo do que de alma com a maior quadrilha do país.
Oi gente! Vamos de Mila Wander hoje? 

Se vocês têm o hábito de acompanhar minhas resenhas no blog, devem por certo saber que da última vez que resenhei um livro da Mila Wander, O safado do 105, eu praticamente escrevi um Ode ao livro. Pois além de ter sido meu primeiro contato com o trabalho da autora, ainda quando ele estava disponível no Wattpad, o livro é muito bom e eu quero viciar todo mundo! Todo o mistério que autora fez sobre o nome do personagem principal até o final e todas as citações de Clarisse Lispector fizeram do livro um dos meus queridos.

Falando em mistérios, hoje temos um livro que vai mostrar um lado diferente do trabalho da Mila Wander, um lado que sinceramente eu não estava preparada para ler. Você poderia imaginar essa autora de hot escrevendo um livro drama/suspense com um toque de romance e três grãos de hot? Não? Então vamos a resenha para saber o que se passa?

´´Diário de uma cúmplice`` conta a história de uma personagem muito apagada no cenário a Christine. Ela praticamente vive todos os dias em um ciclo vicioso e preguiçoso de uma rotina monótona: Casa, trabalho e as vezes ir ao mercado, pois sem comida ela não pode ficar! Ela não tem amigos, com exceção de uma sua melhor amiga Ana Lessy, e perdeu suas únicas referências de família em um acidente trágico de carro em seu passado. Então ela vive basicamente só! 

Ela acabou de fazer aniversário e sua melhor amiga deu a ela um diário para que ela externalize o que se passa na sua cabeça, essa amiga é muito preocupada com a Christine, que começa a questionar a sanidade de Ana, e faz mil reflexões de porque o diário é o pior presente possível (depois de se ganhar meias no natal) apesar disso ela vai levando a sua vida na mesma, e do nada mesmo contrariada ela se vê escrevendo naquele diário idiota mesmo não entendendo bem o porquê. Você pode ver nas primeiras páginas do diário, sim o livro é em formato de diário, que ela parece muito ressentida e com raiva, mesmo assim ela continua escrevendo. Vai entender?

Em uma noite que teve que ir ao mercado, no retorno para casa ela se pergunta o que poderia acontecer de extraordinário para mudar essa monotonia toda. Pintar o cabelo? Mas ela adora ser ruiva. Deixar a escola onde trabalha? Mas vai se sustentar como? Até que no meio desse dilema interno todo ela vê O CARA. Um moreno muito atraente e sexy vindo na direção dela, com aquele olhar predador. Claro que ela fica imaginando o quanto seria bom se ele estivesse mesmo vindo para ela. O que ela nunca poderia imaginar é que ele estava mesmo vindo. Com uma arma apontada para ela!

Pois é, o Miguel fez ela de refém para fugir da polícia que estava atrás dele. Ele estava machucado e precisava de um escudo humano para se proteger e fugir. O que ele não esperava é que ela levasse ele para a casa dela (isso não é spoiler, pois está na capa) cuidasse dele e no fim das contas acabasse entrando de forma irremediável na vida dele.

Então no fim a Christine conseguiu alguma coisa para tirar ela da vida de torpor em que vivia. E nisso acabou entendendo no que Miguel estava metido. Só que descobrir isso significa fazer uma viagem só de ida para esse mundo do crime e do submundo. Ela jamais vai poder voltar para a vida antiga dela. A única coisa que ela mantem da sua vida antiga é o bendito diário onde ela continua escrevendo tudo o que acontece com ela. Ele acaba se tornando fundamental na vida e sanidade dela!

As coisas não saem bem como ela queria, pois Miguel tem uma ´´mulher`` (vaca que fica agarrada nele e que se acha dona dele, mas no fundo era só uma namorada com prazo de validade vencido) e ela também pertence ao bando dele. Resignada, ela muda! Passa a ser uma loura platinada, que é muito boa em montar armadilhas e planos, e que tem um talento nato com armas. Uma observação aqui é que ela é estranhamente muito muito muito muito boa com armar!

Na leitura como um todo estranhei muito esse livro da Mila Wander, acho que isso aconteceu porque eu já fui com pré noções de outro livro dela, o Safado do 105, que é de outro subgênero literário, o romance hot. Mas como autora, ela tem, pode e deve abusar do direito criativo dela de causar e ousar nos livros de gêneros variados, como esse que é romance, mas muito mais voltado para o mistério, suspense e crime. Pontos para ela por se empenhar e escrever!

Mas algumas coisas não ficaram bem esclarecidas para mim, por exemplo? Christine/Chris tem distúrbio de personalidade? Ela é Christine no dia a dia, e em missão ela vira Chris, uma Femme Fatale? As vezes durante a leitura isso me deixou um pouco encucada. E Mila querida, vai ter um segundo livro? Contando o que ela vai fazer no futuro em sua nova caçada? Admito que me surpreendi bastante com o livro, pois não conhecia esse lado da Mila Wander. A trama é construída de uma forma peculiar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo