sexta-feira, julho 22, 2016

Eu Li: Wacraft: Durotan - Christie Golden


Título:
Warcraft: Durotan 
Autora:
Christie Golden 
Editora:

Galera Record
Adicione ao Skoob


Prequel do aguardadíssimo filme de ação e fantasia, dirigido por Duncan Jones.
Em Draenor, sob a sombra da Montanha do Grande Pai, entre a Serra do Fogofrio e as terras do sul, o forte, honrado e ferozmente livre clã Lobo do Gelo enfrenta invernos cada vez mais rigorosos... e caça talbuques e fenocerontes cada vez mais escassos. No entanto, um Lobo do Gelo não reclama. Sob a liderança sábia de Garad eles perseveram, honrando os Espíritos da Terra, do Fogo, do Ar, da Água e da Vida. Outros orcs podem sentir prazer na matança... Não os Lobo do Gelo. Quando Guldan, um misterioso forasteiro, chega ao inóspito território ao norte, oferecendo uma terra rica em alimentos em troca da submissão do clã à sua Horda de orcs, o chefe declina. A dignidade de seu povo não está à venda. Assim como sua liberdade.
Arauto da morte, a partida de Guldan traz a reboque a morte de Garad e a ascensão de seu filho: Durotan. Agora cabe ao jovem líder manter seu povo unido em um dos momentos mais críticos de sua história. Contra a fome, o inverno rigoroso, a fúria dos elementos e os Andarilhos vermelhos... Será possível?

Siiim, pessoal. Estamos em 2016 e esse é o ano em que o cinema de filmes de games ganhou/ganhará 3 novas boas tentativas de sucesso: Angry Birds, Warcraft e Assassin's Creed. Angry Birds (eu curti) fez bastante sucesso e deu uma boa bilheteria; Warcraft (não consegui ver no cinema...) fez até uma bilheteria bem alta, mas ainda não se sabe se terá continuação; Assassin's Creed está por vir (lançamento em dezembro) e é a minha maior esperança.

Mas eis que para o lançamento de Warcraft, a Blizzard (produtora do jogo) começou a lançar conteúdo a rodo. Tivemos um novo guia sobre esse universo (Warcraft: Crônica), um guia sobre a arte do filme (Warcraft: Por trás do Portal Negro) e dois livros relativos à história do filme. O primeiro é um prequel e o segundo a novelização. 

Warcraft: Durotan é o prelúdio da história que foi ao cinema. Estamos no mundo de Draenor e os Orcs do clã do Lobo do Gelo levam uma vida um tanto difícil sob a Montanha do Grande Pai, seu lar ancestral. O norte sempre foi um lugar onde a vida era mais escassa e as caças e plantações era mais difíceis. Os Orcs percebem que as dificuldades estão cada vez maiores, mas mesmo assim, as tradições do clã, o respeito ao xamã e aos espíritos dos elementos não devem ser esquecidos. 

Tudo muda depois que surge um misterioso forasteiro, Guldan, e, sob a proteção de uma tradição antiga dos orcs, solicita conversar com o lider do clã, Garad. O forasteiro sugere que Draenor está para ser destruída e que está oferecendo a todos os clãs uma proposta de união para que todos se justem à sua Horda. Em troca ele ofereceria um novos lar, com terra rica e caça abundante. Avisa ainda que os orcs que não se juntaram a essa Horda, os Andarilhos Vermelhos, estão passando por muitas dificuldades, tiveram de se tornar nômades e estão próximos de desaparecer. Garad recusa a proposta.

-Então você veio para nos salvar, não foi? - perguntou Garad. - Nós somos Lobo do Gelo, Gul'dan. Não precisamos de sua salvação, de sua Horda, de sua terra que não passa de uma promessa. A Serra do Fogofrio tem sido o lar dos Lobos de Gelo desde quando qualquer história possa contar, e assim permanecerá!

O problema é que após a partida de Guldan tudo começa a desandar: Após um ataque dos andarilhos vermelhos, Garad é assassinado brutalmente, deixando para Durotan a tarefa de ser o lider do clã. O inverno está cada vez mais rigoroso, a caça menor e a reservas de alimentos menores. Pior, após a Montanha do Grande Pai sangrar fogo, a aldeia dos orcs foi completamente destruída. E agora cabe a Durotan lutar para liderar seu clã, manter todos a salvo e suas tradições.

Um fogo líquido, reluzindo no tom laranja avermelhado da forja do ferreiro, brotou do pico mais alto da Montanha do Grande Pai. O líquido subiu alto no céu, iluminando os ângulos e as reentrâncias da montanha antes de cair e escorrer por um caminho sinuoso que delineava a forma da montanha em tiras de pedra derretida.
Um rio de sangue.
Um instante depois, a noite explodiu.

O que é bem interessante destacar é o texto de Christie Golden. Ela já escreveu vários outros livros do universo de Warcraft e a linguagem que ela utiliza é espetacular. O livro é relativamente curto (tem um pouco mais de 200 páginas) mas é extremamente denso. A trama consegue ao mesmo tempo, apresentar toda a história do clã dos Lobos do Gelo, vários detalhes do mundo de Draenor e da mística de sua criação, além de apresentar vários personagens e ainda deixar alguns mistérios no ar. Não sabemos exatamente, por exemplo, o que Guldan pretende ao juntar a Horda (mentira, eu sei porque li os spoilers e já joguei um tempo atrás) nem se ele realmente tem algum poder e isso funciona perfeitamente para deixar um gancho para o livro principal (com a história do filme). 

Todos os personagens tem um propósito e ganharam ótimas motivações para a trama principal que vira no livro do filme. O desenvolvimento de todos, principalmente de Durotan traz uma evolução que eu achei muito boa e já me deixou curioso sobre como vai ser explorada no próximo livro. Além disso, todas as lutas são muito bem descritas e épicas. Há inserções do uso de armas e magias do jogo que ficam bem claras pra quem conhece o universo a fundo, mas sem ficar maçantes para que nunca jogou. O poder descritivo da autora é muito bom também, algo extremamente útil numa novelização ou história do universo do Warcraft, pois os cenários são muito importantes na trama.

O livro é daqueles page turners. Se você curte universos fantásticos vai achar muito interessante e não vai conseguir para de ler. Eu li realmente bem rápido e adorei toda a história. Minha nota final é:

PS: Em breve resenha de Warcraft





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo