quarta-feira, julho 13, 2016

Eu Li: Black Para Sempre - Sandi Lynn

Título:
Black Para Sempre
Autora:
Sandi Lynn
Editora:
Valentina
Série:
Trilogia para Sempre #1

Adicione ao Skoob

O primeiro livro gira em torno de Ellery, que sempre imaginou que seu futuro estaria ao lado de seu namorado perfeito e seus felizes para sempre estava garantido. Entretanto, quando ele faz suas malas e pede espaço, ela vê seu mundo ruir e decide focar somente em suas pinturas e desistir de relacionamentos, até que em uma noite ajuda um homem completamente bêbado a chegar a sua casa em segurança. Um homem que logo estará disposto a brigar por um futuro ao lado de Ellery e apoiá-la quando seu mundo estilhaçar novamente.


Oi gente! Tudo bem?

Vamos falar hoje do filme Doce Novembro? kkkkkkk...brincadeirinha. Na real, vamos falar de um livro chamado Black para sempre da Escritora Sandi Lynn, lançado em 2015 pela nossa querida parceira a editora (linda) Valentina, e que ao término da leitura me fez lembrar algumas coisas/situações muito similares a do filme acima citado. Mas,  pode acalmar o seu coração Bookaholic que não vim fazer ninguém chorar lendo a resenha, ou mesmo o livro.

Black para sempre conta a história misteriosa da Ellery, (apesar do livro ter o nome do nosso querido mocinho a história central do livro é a colisão do passado e presente dela), uma artista plástica que tem um passado todo obscuro e que deixou marcas profundas na sua personalidade e no seu jeito de agir com algumas pessoas ou sobre alguns assuntos bem cotidianos, tipo levar um fora do namorado de anos. Lendo essa descrição você pode pensar no mínimo, pronto vou ler o livro de uma personagem que é meio antissocial! #SQÑ.

Ellery é uma jovem adulta com uma consciência coletiva nata. Ela pode até correr e tentar se esconder do passado dela que está vindo à tona novamente, mas nem por isso ela deixa de ir ajudar no centro comunitário perto da sua casa, a preparar e distribuir comida as pessoas que estão na rua. Na, Nani, na não...ela é uma pessoa bem espirituosa quando ignora por horas o que está acontecendo com a vida dela, e ela passa boa parte do livro ignorando.

Então, o contexto do livro começa com a Ellery sendo deixada pelo ´´namorido`` dela de muitos anos, e na descrição da cena, a autora nos deixa com uma impressão ruim dele. Ele parece um cara sem coração que achou uma novinha siliconada para rodar por aí. E a melhor amiga dela, Peyton, como toda boa melhor amiga, fica preocupada com o fora que a Ellery levou. Aí sabe o que ela faz? Leva pipoca e chocolate? #SQÑ. Ela leva a Ellery a uma boate super na moda, um lugar em que a nossa artista plástica não se sente nem um pouco à vontade.

Então, pouco tempo depois delas chegarem Ellery saí de mansinho da boate, e acaba presenciando uma cena que a tocou, e que vai mudar definitivamente a vida dela. Presenciou um cara sendo ´´convidado a se retirar`` da boate. Ele estava totalmente alcoilizado, de não conseguir nem andar direito. Isso fez ela lembrar de uma pessoa do passado dela, e qual foi a primeiro reação dela? Ajudar o desconhecido escandalosamente lindo, a chegar em casa, sem nenhuma segunda intenção. Então ela revira os bolsos dele, pega o endereço, dinheiro para o táxi e entra com ele no carro.

ESSA ATITUDE DELA SERIA A MINHA PRIMEIRA IDEIA AO VER UM ESTRANHO PORRE NA RUA! #SQÑ...

Chegando na casa dele, ela descobre que ele é muitissimo rico, ajuda ele a ficar mais confortável para dormir, sem aquela quantidade toda de roupa, e todo cheio de vômito, colocando ele assim na cama, como se ele não tivesse no minimo uns 100 kilos, e alguns muito centímetros a mais que ela em altura. Quando ela estava indo embora, ela fica pensando ´´e se ele vomitar mais uma vez e acabar morrendo afogado no vômito?`` e resolve ficar mais um pouco para ter certeza que ele vai ficar bem. E ficar mais um pouco acabou sendo ela dormindo lá.

Nossa história começa de fato quando ele acorda...e eles começam a se desentender.

Então, para descobrir onde vai dar a história e brigas, porque Deus sabe que eles brigam muito...credo, vai dar, você tem que ler o livro. Um boa noticia para quem se interessou no livro e que não gosta de séries longas é que ele é parte de uma trilogia, e toda ela já foi publicada pela editora Valentina.

Espero que tenham gostado da resenha... Fica a Dica...beijos e até a próxima!


Um comentário:

  1. Oi Anne! Gostei do livro e concordo com a sua classificação de 3 livros, achei meio que desnecessário os outros 2 livros. Bjs

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo