terça-feira, junho 14, 2016

Eu Li: Os Bons Segredos - Sarah Dessen


Título:
Os Bons Segredos
Autora:
Sarah Dessen
Editora:

Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos. Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

Sarah Dessen é conhecida como a rainha do YA contemporâneo e enfim pude conferir um pouco de sua majestade. Com fortes indicações nas redes sociais e ótimas notas no goodreads, sempre tive curiosidade de ler algo da autora mas sempre tinha alguma prioridade na frente. 

No entanto, graças a um evento sobre YA que terá na cidade em breve, me dispus a ler “Os bons segredos”, que recebi há um tempo da editora Seguinte e... socorro... foi amor a primeiro livro! 
A narrativa de Sarah Dessen é tão fluída e confortável, mesmo enquanto narra um drama meio pesado, que parecia que eu estava ouvindo a história de uma amiga. 

“Os bons segredos” nos apresenta Sydney e sua família quase perfeita. Pelo menos era o que costumava ser. 
Os Stanford era uma daquelas famílias que faziam tudo o que deveria ser feito. Um pai bem sucedido, uma mãe participativa, uma irmão bonito e talentoso e uma doce garotinha. 
No entanto, tudo começou a desmoronar quando Peyton, o irmão mais velho de Sydney, se mete em vários tipos de encrencas. Começa com pequenos delitos que vão tomando proporções desastrosas quando Peyton é preso por causar um acidente que deixa uma pessoa paraplégica. Sydney, que sempre esteve a margem por causa de seu irmão, se vê novamente deixada de lado por seus pais. A prioridade sempre foi Peyton e ela já aceitou seu papel nesse roteiro. 

Sydney então muda de escola para tentar uma nova rotina – e ajudar os pais com as despesas – e lá conhece Layla. Por conviver com Peyton, Sydney sempre soube identificar uma pessoa solar; dessas que atraem as pessoas, e Layla é com certeza uma delas. O grupo de Layla acaba se tornando o grupo de Sydney e ela, de repente, se vê parte de um todo. Com a amizade de Mac, Eric, Irv e, claro, Layla, Sydney vai ter outra perspectiva do mundo. Afinal, novas pessoas sempre trazem consigo novas experiências para a vida. 

“Nos acostumamos com o jeito de ser das pessoas; contamos com ele. E quando o comportamento delas surpreende, para o bem ou para o mal, é capaz de mexer profundamente conosco.” 

Sydney fica bem envolvida com as novidades de sua nova vida. Ela frequenta muito a pizzaria da família de Layla e Mac, e acaba tendo a oportunidade de ajudar Mac com a entrega de pizzas. Dessa forma, ela pode ver pequenos fragmentos da vida das pessoas e perceber como tudo é singular. 

O processo de amadurecimento de Sydney é retratado de uma forma tão honesta que é impossível não se envolver com sua vida, suas dificuldades e suas dúvidas. Sarah Dessen traz um livro muito bonito de se ler e algo mais; uma reflexão importante sobre como a vida pode mudar de repente e nada podemos fazer a respeito. 
O interessante é que Sydney, mesmo sendo a protagonista da história, não foi a causadora dos fatos do enredo. E isso é muito familiar a qualquer ser humano. Nem sempre nós somos os responsáveis por grandes mudanças mas somos obrigados a mudar junto com as circunstâncias. 

“Era isso. Ninguém era capaz de saber o que viria adiante; o futuro era a única coisa que jamais poderia ser destruída, porque ainda não tivera a chance de existir. Num minuto, você está andando sozinha pelo bosque escuro; noutro, a paisagem muda, e você enxerga. Enxerga algo maravilhoso e inesperado, quase mágico, que jamais teria encontrado se não tivesse seguido em frente. Como uma nova amizade que parece antiga, uma lembrança que nunca vai esquecer. Talvez até um carrossel.” 

“Os bons segredos” é o primeiro de muitos livros que, com certeza, lerei de Sarah Dessen. A autora me ganhou com sua escrita harmoniosa e com seu olhar empático para os problemas de jovens adultos. Por tudo que já ouvi falar, seus livros são muito fáceis de amar e claramente sou mais uma apaixonada.

Tem que ler

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo