quarta-feira, maio 11, 2016

Eu Li: Tensão - Gail McHugh


Título: Tensão

Autora: Gail McHugh


Editora: Arqueiro

Adicione ao Skoob

Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.
Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela.
Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?

Olá, pessoal. Hoje vamos falar desse livro que é um erótico, mas nem tanto.
A capa e a sinopse de Tensão vendem como se fossem um livro puramente erótico com triângulo amaroso, mas não é bem assim. Emily Cooper acabou de perder sua mãe, após uma longa luta contra um câncer. Sem muitas opções em sua cidade natal e, por sugestão de seu namorado, Dillon Parker, ela decide se mudar para Nova York e tentar uma nova vida. Morando junto com sua melhor amiga, Olívia, (morar com o namorado era um passo grande demais para o qual Emily ainda não estava pronta) começa a trabalhar em um restaurante enquanto não consegue arrumar um emprego como professora. Eis que surge o estereótipo de livros eróticos: o homem rico, bonito, bem sucedido e que sabe realizar todas as fantasias das mulheres, Gavin Blake, e é óbvio que foi amor a primeira vista.

Embora o pai tivesse lhe contado histórias sobre amor à primeira vista, até aquela tarde fatídica, Gavin Blake tinha acreditado que isso não passava de um mito. A atenção dele estava concentrada na loura do balcão de informações, mas seus olhos se fixaram em Emily no instante em que ela entrou. Ele notou o modo como ela sorriu para o segurança. Sua beleza o atingiu em cheio, de imediato. Porém, mais do que isso, sentiu-se atraído por ela como se houvesse uma corda amarrada à sua cintura e ela estivesse na outra extremidade puxando-o.

O título Tensão faz jus à trama: a personagem principal obviamente está apaixonada por Gavin, mas também se sente muito segura com seu namorado Dillon, apesar de ele claramente subvalorizar-la. Emily e Gavin passam grande parte da trama justamente nessa tensão sexual por estarem atraídos, mas não poderem ir para os finalmentes e boa parte da diversão do livro está justamente nisso. Os diálogos entre eles são hilários e as situações, apesar de algumas vezes forçadas por coincidências excessivas (eles se encontram sem querer toda hora) deixam bem claro que o romance do livro nunca foi um triângulo amoroso de verdade. 

Outro ponto alto do livro e que, diferente de outros livros do genêro, Gail McHuch se preocupou em dar um passado e desenvolver bem os personagens que estão em volta do romance. O próprio Gavin possui um background interessante e que trás uma boa reviravolta no final. A melhor amiga de Emily, Olívia, já detesta Dillon há algum tempo e eles vivem trocando farpas. As brigas deles são outra parte muito engraçada.

- Estou tão feliz por você estar aqui! - exclamou a amiga. - Como foi o voo?
- Resisti sem precisar de drogas ou de bebidas alcoólicas - Emily sorriu - Então diria que foi tudo bem.
- Em ficou bem. - Dillon se aproximou e passou o braço pela cintura de Emily. - De qualquer forma, eu não deixaria que nada acontecesse a ela.
Revirando os olhos castanhos, Olivia cruzou os braços.
- Claro, porque você seria capaz de impedir a queda de um avião, Dillon.
Ele olhou sério para Olivia e colocou as malas de Emily no chão.
- É isso mesmo, Oliver Twist. Sou a porra do Super-Homem, lembre-se disso.
Emilý deixou escapar um suspiro.
- Já faz um tempo que não encontro vocês dois juntos. Tinha esquecido o quanto se curtem.
Olivia deu um sorrisinho afetado e pegou a mão de Emily.
- Vamos, deixe eu lhe mostrar a casa. - Puxando a amiga recém-chegada pelo corredor, Olivia se virou para Dillon: - Seja útil e desfaça as malas dela ou algo assim, Babaca-Mor.

A narração e o poder de descrição da autora são bons, nada além disso. O texto em terceira pessoa faz você viajar da cabeça de Emily para a cabeça de Gavin de capítulo em capítulo, apesar do foco ser muito maior nela. O livro em si não é exatamente erótico. Comparando com outros como Cinquenta tons de cinza ou livros da Silvia Day, a quantidade de cenas de sexo por página é até bem pequena.  O foco mesmo é muito maior na tensão sexual da vida de Emily do que no ato em si. 

O final do livro que deixa alguns ganchos para a continuação (Pulsação) eu achei particularmente forçado. Claramente a trama podia ter acabado em um único livro, mas a autora resolveu trazer uma complicação extra para que houvesse a continuação. Acaba que o livro ficou com um final bem vago, não curti. Fora que um dos ganchos aparentemente será algo extremamente clichê, mas contarei pra vocês sobre isso quando resenhar o segundo livro.

Eu gostei de Tensão e minha nota final é:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo