quarta-feira, março 11, 2015

Eu Li: Como Salvar Um Vampiro Apaixonado - Beth Fantaskey


Título:
Como Salvar Um Vampiro Apaixonado
Autora:
Beth Fantaskey
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Submarino | Fanc | Saraiva

Quando Jessica Packwood descobriu que era uma princesa vampira romena, sua pacata vida adolescente virou de pernas para o ar. Ela precisou fazer as pazes com seu passado e vencer muitos obstáculos para ficar com seu belo príncipe, Lucius Vladescu.

Depois de se casarem na Romênia, agora Jessica e Lucius devem unir os clãs mais poderosos dos vampiros e estabelecer a paz de uma vez por todas. Mas primeiro ela vai ter que convencer uma nação inteira de vampiros ardilosos de que tem plenas condições de se tornar rainha. O problema é que Jessica nem mesmo consegue pedir uma refeição decente aos empregados de seu castelo, quanto mais lidar com súditos mortos-vivos malignos que adorariam vê-la fracassar.

hello amadinhos! Uma mega dica que resolvi dar logo antes de você ler a resenha. SE você ainda não leu o primeiro livro, e pretende, essa resenha em si já é um spoiler bafão! Então, não diga que eu não avisei.

Cá estamos com mais uma das nossas inspiradoras resenhas, para acalantar nossos coraçõeszinhos sobre aquele livro para parar com o drama neoshakesperiano: ´´Ler ou não ler, eis a questão``.  

A pedida de hoje nada mais é do que a continuação enervante e cativante do livro: Como se livrar de um vampiro apaixonado``. Simmmmmmmmm, para quem não sabia ele tem uma continuação, assim como um daqueles livros que a gente chama de meio termo. O 1.1, que conta como foi o casamento dos personagens em questão, apesar de ter lido esse também, EU particularmente não tenho o habito de considerar ele como uma leitura obrigatória sobre a história. Mas o livro de hoje, considero uma continuação digna.

Para quem não conhece nada sobre a saga desses livros, lá vamos nós! 

Conta a história das aventuras e desventuras da Jessica Packwood, que na verdade é uma princesa vampira chamada Antanasia (é, esse nome é muito escro@#) e ela descobre esse mundo com a noticia mais bombástica possível. O noivo vampiro e sanguinário dela, vai atrás dela, para eles selarem o acordo a muito estipulado pelos seus pais, para enfim acabar com a guerra entre os clãs.

Então, nesse livro eles já estão casados, e a Jessi tem que aprender muitas coisas de sua nova pátria (e o piro de tudo é a língua), a Romênia, para conseguir driblar o conselho vampiresco que quer mais é que ela se lasque, e ainda querem matar o marido dela, o Lucius (lindo todo...arffffando!) Vladescu.

Nesse livro rola muita intriga, com direto a vampiros poderosos da oposição empalados e tudo. E um assassino morto de cretino que você pode odiar com gosto. 

Os capitulos (neste livro) são intercalados entre muitos personagens, quatro para ser exatos, Antanasia, Lúcius, Mindy e o surfista vampiro italiano matador geral (kkkk) e primo de lúcius, Ranieri.

Apesar de ser meio tensinho o enredo do livro, eu mais shipei o casal secundário do que outra coisa, pois teve uma hora que a jessi encheu o saco, duplamente. Eu até aceito que ela passe um tempo em negação e tal, quem não passaria ao saber que possivelmente o amor da sua eternidade pode morre, e tals, mais metade do livro, eu não aceito. Argh...tudo tem limite, até a paciência de um leitor.

Esse foi um dos motivos que me fez esperar ansiosamente os capítulos da Mindy ou do Ranieri. Eles além de mais divertidos, eram mais cheios de atitude e personalidade. E enquanto isso a jessi continuava em negação...kkk

A meta deles era manter o Lúcios vivo. Só isso! Não é uma tarefa tão difícil assim, você só precisa achar as provas, o assassino, o motivo e por e não antes que o Lúcios morre por falta de sangue. É pedir demais que a Jessi mantenha o foco? #SOQUENÂO

Um dos pontos forte do livro, foram as cartas trocadas entre os primos, uma mais hilária que a outra.

Então temos, dois casais, um real, e o outro coadjuvante, com seus dramas particulares, em meio a uma guerra vampiresca em que o mais político e guerreiro deles esta preso, incomunicável e quase em coma por ausência de sangue.

No todo eu adorei o livro, e espero sinceramente que a autora escreva um livro só para a Mindy como letal Ranieri.

Fica a dica.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo