quarta-feira, dezembro 10, 2014

Eu Li: Beemote + Golias - Leviatã #2 e #3 - Scott Westerfeld




Título:
Beemote - A Revolução
Golias - A Revelação
Autor:
Scott Westerfeld
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC






Scott Westerfeld, autor da série Feios, reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial em uma narrativa steampunk. Em lados opostos, mekanistas lutam com aparatos mecânicos movidos à vapor e darwinistas usam imensos animais geneticamente modificados, e adaptados para a batalha. Beemote é um kraken, a besta mais feroz da Marinha britânica. Os darwinistas precisam dele mais do que nunca, agora que estão em guerra declarada com os mekanistas. Alek e Deryn estão juntos a bordo do Leviatã, e esperam conseguir parar a guerra. Mas, quando sua missão de paz falha, percebem que estão sós em território inimigo... e que estão sendo perseguidos!

Steampunk é um gênero único, onde máquinas maravilhosas são movidas a vapor, aviões de madeiras cortam os ares, as mais diversas invenções tomam forma com os materiais mais peculiares e rústicos, entre tantas outras características. Agora imaginem a Primeira Guerra Mundial recontada por Scott Westerfeld em um universo Steampunk ?!?!? I-M-P-E-R-D-Í-V-E-L!

Primeiro, para quem acha o Steampunk esquisito ou não conhece o gênero ainda, essa é uma ótima forma de começar. O autor é muito criativo, e em sua recontagem da I GM ele criou engenhocas que não parecem impossíveis, pelo contrário, você se acostuma bem rápido com eles e aceita aquele universo como real. O autor é muito criativo e habilidoso, e isso é visível durante a história.

Só para relembrar, essa série conta a história de Alek e Dylan (que na verdade é Deryn, uma garota que se finge de garoto para poder ser uma aeronauta da força aérea britânica). Mekanistas e Darwinistas estão em guerra. O objetivo de Alek, mekanista, é acabar com a guerra ao reclamar o trono do império Austro-húngaro, um dos participantes da guerra. Ele pretende acabar com a guerra assim que assumir o trono, mas para isso precisa contar com a ajuda dos aeronautas do Leviatã, uma nave darwinista, onde Deryn trabalha. Ambos acabam desenvolvendo uma grande amizade e se ajudando, apesar de serem teoricamente inimigos. 

Em Beemote eles estão a caminho de Constantinopla quando são atacados por naves mekanistas alemãs. Depois de descobrirem que os alemães estão de posse de um máquina capaz de criar raios e direcioná-los para onde quiserem, eles finalmente chegam a seu destino, mas em uma tentativa de fuga acabam sendo envolvidos em um revolução que mostrará a Alek que ele é capaz de ajudar na guerra sendo muito mais que apenas um príncipe, sendo um guerreiro também.

Já em Golias - vou me segurar para não dar spoilers -  Alek está cada vez mais perto de seu destino (mesmo que não seja o que ele sempre pensou que fosse) e também está cada vez mais perto de descobrir o segredo de Deryn ♥ (que além de ser menina, está apaixonada por ele, aquele dumbkopf). Eles se envolverão com um inventor maluco que jura ser capaz de acabar com a guerra com seu invento, o Golias. 

Essa série é muito, muito boa, em seu gênero, com seus personagens, com a criatividade do autor, com os ganchos de um livro para o outro, com suas criaturas fantásticas e máquinas engenhosas. É uma série muito cativante, muito fácil de se envolver. É toda uma aventura empolgante sabe, no mundo do começo do século 20, que nós sabemos que não era tão desenvolvido como é agora, então tem toda aquela aura de fantasia por causa do steampunk que foi inserido no contexto. E as ilustrações presentes no livro são linda e muito úteis, nos ajudando a ter uma ideia melhor das máquinas e etc. Confiram algumas que eu peguei.

Andador

Canhão Tesla

Alek e Deryn


Eu adoro a Deryn, tão corajosa em seu disfarce, fazendo coisas que a criação almofadinha do Alek não o deixaria fazer antes de conhecê-la. Deryn é muito esperta, muito viva, muito f***!! Alek também é ótimo, mas é um príncipe almofadinha, mesmo que nobre e de boas intenções. ele é muito esperto também, mas ainda precisa ser salvo por Deryn de vez em quando. Adoro essa inversão de papeis, o príncipe sendo salvo pela plebeia. E no final ele me deixou bem orgulhosa ♥.



Super recomendo essa série, tanto para quem já conhece o gênero e a escrita do autor, quanto para quem vai se aventurar em aos pela primeira vez. Não vão se arrepender!

2 comentários:

  1. Oi Bianne,
    Já li steampunk e amei! Essa série parece ser muito boa, e essa diagramação então? Surtei aqui rsrs, já simpatizei com a Deryn ^^
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  2. Só com a primeira imagem já me apaixonei.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo