quarta-feira, setembro 10, 2014

Eu Li: Manhã De Núpcias - Lisa Kleypas


Título:
Manhã De núpcias
Autora:
Lisa Kleypas
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Quando herdou o título de lorde Ramsay, Leo Hathaway e sua família passavam por um dos momentos mais difíceis de sua vida. Mas agora as coisas vão bem. Três de suas quatro irmãs já estão casadas, uma preocupação que Leo nunca teve consigo mesmo. Solteiro inveterado, ele tem uma certeza na vida: nunca se casará. Mas então a família recebe uma carta que pode pôr tudo isso em risco: se Leo não arrumar uma esposa e gerar um herdeiro dentro de um ano, ele perderá o título e a propriedade onde todos vivem. Solteira e sem pretendentes, a governanta Catherine Marks talvez seja a única salvação da família que a acolheu com tanto carinho. O único problema é que Leo não compartilha do mesmo afeto que suas irmãs têm pela moça. Para ele, Catherine é uma megerazinha cheia de opinião que fala demais. Apesar de irritá-lo e quase o levar à loucura, ela é a primeira – e única – mulher com quem ele considera se casar. Catherine, por sua vez, tem uma opinião igualmente negativa a respeito do patrão. Além disso, ela esconde alguns segredos do passado e um deles pode destruir a vida que tão cuidadosamente construiu para si. Agora Leo e Catherine precisam um do outro, mas para vencer as dificuldades e consertar as coisas eles terão que superar as turras e as diferenças, num romance intenso e sensual que só Lisa Kleypas poderia ter escrito.

Depois de curtirmos um desejo à meia-noite, ousarmos ser seduzidas ao amanhecer, e ainda audaciosamente tentadas ao pôr do sol, enfim chegou o momento de desfrutarmos uma linda e delicada manhã de núpcias. Sim, estamos fazendo trocadilhos com os títulos das obras de Lisa Kleypas, que está por um fio (só falta o livro da Beatriz), ou devemos dizer, por um livro de encerrar a série dos Hathaways. 

Dessa vez essa diva literária de sorriso largo e cativante vem nós contar um pouco das formas, as vezes nada galantes, de como Leo Hathaway e sua família conseguiram fisgar a irmã nada pacata do esposo da Poppy. É possível alegar que a família foi quem ganhou primeiro o coração da solteirona, camuflada e preceptora da família, a Senhorita Marks.

Famosa por seus ensinamentos não ortodoxos, seus poemas nada ritmados, vigilância constante, cabelo oculto por uma outra cor, por ter um furão fiel e apaixonado roubando suas ligas e por sua cegueira, essa solteirona conseguiu além de desafiar verbalmente o Lord Ramsay, fazer com que ele passasse a enxergar com clareza como a insossa da Catharine Marks na verdade não é nada sem graça. E que ela consegue ser provocante não somente verbalmente, se é que deu para entender.

Cada um deles vai mergulhar avidamente nos segredos do outro, e encontrar a peça que falta para sustentar um romance que tinha tudo para dar errado. E passou a ser cientificamente hilário. Por que? Como você reagiria se alguém lhe falasse que a cabeça (intelecto ou raciocinio) nada influência a paixão e o amor? E ainda perguntar isso para uma pessoa que pega corda com muita facilidade? E desafiar ela a um teste?

O TESTE: Um beijo (mas tem que ser valendo) depois uma pergunta de raciocínio rápido e lógico! Por exemplo:
'' Um fazendeiro tem 12 carneiros, Todos exceto sete morreram. Quantos restam?"
"Alguns meses têm 31 dias, outros, 30. Quantos meses têm 28 dias?"
"Quantos animais de cada espécie Moisés levou na arca?"
"Se você tivesse um fósforo quando entrasse num quarto escuro, o que você acenderia primeiro? O candeeiro sobre a mesa ou a lenha na lareira?"

Quer saber as respostas? Váaaaaa ler o livro Muahahaaaaaa (era para ser uma risada diabólica...mas enfim...)

Achei o romance bem equilibrado entre as narrativas do Leo (e sim, esse é o nome dele, e não um diminutivo de Leonardo!) e a Marks (e esse nem é o sobrenome dela!), além de ser bem diferente dos demais, pois nos livros anteriores, dificilmente você encontra a interferência tão constante de um personagem das histórias anteriores. E nos livros anteriores as cenas hot são predominantes. Assim como o contexto externo pouco é citado!

Nesse, você vai amar ainda mais o Harry, o marido da Poppy e (meio-) irmão da Cath. Cumprindo o típico papel de irmão mais velho, protetor e provedor. Falando em Harry, eu já contei para vocês que ele é o típico nerd que tanto amamos (como o Carter em Álbum de casamento, o Simom dos instrumentos mortais e o Michael em Os adoráveis) do tempo dele, fofamente desconcertante, intensamente centrado, logicamente ousado e nerdemente lindos? Como não amá-los? E por onde andaram na vida real? #FATO

E na minha humilde opinião, o Leo é sim (nem que seja um pouquinho), aquele nerd, que tenta se camuflar, dando uma de preguiçoso e largado. E ele acabou criando uma fama mais ousada, nos salões de baile, principalmente entre as mulheres casadas. Mas a Marks, não parece se importar muito com o passado de Leo, assim como ele não se concentra no passado dela, e sim com o que ele tem que fazer no presente (e bem feito...rsrsrs), para garantir que no futuro ela esteja ao seu lado.

ALERTA DE POSSÍVEL SPOILER: Acho que até certo ponto não é considerado spoiler, supor que eles tiveram ´´intercurso`` antes do casamento. Todos os livros foram assim até agora! Mas o que pode ser spoiler, é o que o Leo faz com a informação sobre...kkkk...principalmente para quem ele vai fazer questão de contar: Harry!

Gente morri de rir das interações entre o Harry e o Leo, a ousadia do Lorde não tem medidas e nem pudores. kkkk...na verdade eu morri de rir o livro todo. Esse foi aquele típico livro que você termina em uma tarde de domingo, com chuva caindo lá fora, e no fim do livro você está com o rosto dolorido, e percebe que foi pelo sorriso constante no rosto!

A maioria das batalhas entre futuro cunhado e irmão da noiva, foram no campo das ideias, mas isso não fez essas batalhas serem menos divertidas....kkkk

As Cenas Hot: ok, o livro possui elas também, mas em doses menores que os anteriores, ao mesmo tempo que os segredos, intrigas e vinganças fazem mais parte do contexto do livro. E você morre de curiosidade para saber qual o segredo tão 'cabuloso' da Marks.

Então, espero que tenham gostado da resenha!

Até a próxima!

2 comentários:

  1. Agora a minha curiosidade de ler esse livro está muito maior... #necessito

    ResponderExcluir
  2. Não leio essa série mas tenho muita vontade!
    Em breve resolvo isso.
    Mas o que carimbou minha visita foi: FOTCHENHO DO SIMON!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! (Robert Sheehan) <3
    Beijos, tchau.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo