terça-feira, julho 01, 2014

Steampunk: é de comer? O.o

Não, não é de comer. É simplesmente um gênero literário que está atraindo cada vez mais e mais fãs, inclusive euzinha aqui, e que muitas pessoas não sabem direito do que se trata.

Steampunk (steam = vapor, em inglês) é um subgênero da ficção científica. As histórias do gênero são ambientadas em uma realidade espaço-temporal onde a tecnologia é extremamente bem desenvolvida, sendo esses avanços tecnológicos decorrentes da tecnologia disponível na época, como o vapor, a madeira, as engrenagens, etc. Ou seja, no universo steampunk a tecnologia a vapor evoluiu até níveis grandiosos e podemos encontrar automóveis, aviões e robôs movidos a vapor, computadores de madeira, grandes engenhocas cheias de engrenagens capazes de fazer coisas fantásticas e etc. 

Normalmente as aventuras se passam na era vitoriana, incorporando a tecnologia a vapor ao visual da época, onde os personagens usam cartolas, vestidos longos, relógios de bolso, fraques, etc. Julio Verne, H.G. Wells e Mary Shelley são alguns dos grandes autores do gênero.          

Mas o Steampunk não se limita à literatura. Também há músicas, games e filmes do gênero. Entre os filmes há títulos famosos, que talvez você já tenha assistido sem saber que eram do gênero ou faziam referência a ele, como "As aventuras de James West", "A Liga Extraordinária", "Rocketeer", "Blade Runner" e "Suker Punch - Mundo Surreal". 
  Fonte 1 | Fonte 2 | Fonte 3

Mas voltando ao mundo literário, vale ressaltar que não só de clássicos vive a literatura Steampunk. Muitos autores contemporâneos se deixaram envolver pelos encantos do gênero e se aventuraram ao escrever mais obras para o acervo Steampunk. Como não poderia deixar de ser, abaixo algumas obras para vocês iniciarem suas aventuras nesse universo: 


Leviatã: A Missão Secreta - Trilogia Leviatã - Livro 01 - Scott Westerfeld
Scott Westerfeld, autor da série Feios, reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial em uma narrativa steampunk. Em lados opostos, mekanistas lutam com aparatos mecânicos movidos à combustível e darwinistas usam imensos animais geneticamente fabricados, e adaptados para a batalha. Alek Ferdinand, príncipe do império austro-húngaro, está sem saída. Perdeu seu título e o apoio do povo, restando apenas um imenso ciclope Stormwalker e um grupo leal de homens. Por outro lado, Deryn Sharp é uma jovem plebeia que se disfarça de homem para ingressar na Força Aérea Britânica. Os caminhos dela e de Alek se cruzarão de maneira inesperada, levando-os a bordo do Leviatã para uma viagem que mudará suas vidas.


Steampunk - Poe - Ilustrações Zdenko Basic & Manuel Sumberac - Edgard Allan Poe
Apresenta o casamento entre o clima gótico dos contos e poemas do escritor clássico norte-americano. Edgar Allan Poe, e o chamado "Steampunk", gênero da ficção científica e da fantasia que mescla aspectos tecnológicos do século XIX (steam = vapor), a uma certa rebelião contra a tecnologia (o punk). Embora muitos sempre tenham achado que figuras góticas e engrenagens enferujadas se destinavam a ser parceiros brilhantes, o resultado supreende tanto aos admiradores do escritor, quanto ao gênero. A obra de Poe é aprsentada em textos completos, com os contos macabros de horror e mistério intensificados pelas igualmente mórbidas ilustrações no estilo Steampunk. Prepare-se, pois você pode nunca mais encarar Poe, ou o Steampunk da mesma maneira. 


Anjo Mecânico - As Peças Infernais - Livro 1 - Cassandra Clare

Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo. 








Vaporpunk - Relatos steampunk publicados sob as ordens de Suas Majestades
Com força mundial, a estética steampunk vem angariando cada vez mais fãs brasileiros e portugueses. Seu apelo visual e o rico conteúdo inspirados no século XIX são o combustível certo para a produção de uma literatura que pode ser intensa, mas também descontraída. Descubra o que oito autores maquinaram nesse intricando conjunto de engrenagens que é a imaginação.


Sociedade dos Meninos Gênios - Lev A.C. Rosen
Chantagem, mistério, confusões de gênero, coelhos falantes e um assassino autômato: mergulhe na trajetória de Violet Adams, que assume a identidade de seu irmão gêmeo para conseguir uma vaga na mais prestigiada universidade de Londres, que é exclusiva para meninos. Inspirado em clássicos como Noite de reis, de Shakespeare, e A importância de ser honesto, de Oscar Wilde, SOCIEDADE DOS MENINOS GÊNIOS traça um retrato pitoresco e provocativo da aristocracia vitoriana, oferecendo diversão, aventura e uma reflexão bem-humorada sobre a questão do gênero.


A Corte do Ar - Jackelian - Livro 01 - Stephen Hunt
Quando a órfã Molly Templar testemunha um assassinato brutal no bordel onde foi colocada como aprendiz, seu primeiro instinto é correr de volta para o orfanato em que cresceu. Ao chegar lá e encontrar todos os seus amigos mortos, percebe que ela era o verdadeiro alvo, pois seu sangue contém um segredo muito cobiçado pelos inimigos do Estado. Enquanto isso, Oliver Brooks é acusado pela morte do tio, seu único familiar, e forçado a fugir na companhia de um misterioso agente da Corte do Ar. Perseguido pelo país, Oliver se vê cercado de ladrões, foras da lei e espiões, e pouco a pouco desvenda o segredo que destruiu sua vida. Molly e Oliver são confrontados por um poder antigo que se julgava destruído há milênios e que agora ameaça a própria civilização. Seus inimigos são implacáveis e numerosos, mas os dois órfãos terão a ajuda de um formidável grupo de amigos nesta aventura cheia de ação, drama e intriga.





Alma? - Protetorado da Sombrinha - Livro 01 - Gail Carriger
Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.
E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.
Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e... será que vai ter torta de melado?
Uma das séries de Steampunk mais cultuada do mundo.


Dearly, Departed - Gone With The Respiration - Livro 01 - Lia Habel
Ela é Nora Dearly, uma garota neovitoriana de 17 anos que sofre com a morte dos pais e vive infeliz aos cuidados da tia interesseira. Ele é Bram Griswold, um jovem soldado punk, corajoso, lindo nobre...e morto! No ano de 2187, em meio a uma violenta guerra entre vitorianos e punks, surge um perigoso vírus, capaz de matar e trazer novamente à vida.
As pessoas tornam-se zumbis, mas nem todos são assassinos e devoradores de carne. Há os que lutam para que o vírus não se espalhe...Apenas Nora tem o poder da cura em suas mãos, ou melhor, em seu sangue. Ela não sabe disso, e corre perigo. É papel de Bram protegê-la...


Boneshaker - Cherie Priest
Nos primeiros dias da Guerra Civil, rumores de ouro na região congelada do Klondike levaram hordas de recém-chegados ao Noroeste do Pacífico. Ansiosos para entrarem na competição, mineradores russos comissionaram o inventor Leviticus Blue para criar uma grande máquina que pudesse minerar através do gelo do Alasca. Assim nasceu a Incrível Máquina Perfuratriz Boneshaker do Dr. Blue. Mas em seu primeiro teste, a Boneshaker perdeu terrivelmente o controle, destruindo vários quarteirões do centro de Seattle e liberando um veio de gás venenoso subterrâneo que transformava qualquer um que o respirasse num morto-vivo. Agora dezesseis anos se passaram, e uma muralha foi construída para cercar a cidade tóxica e devastada. Logo além dela mora a viúva de Blue, Briar Wilkes. A vida é difícil com a reputação arruinada e um adolescente para criar, mas ela e Ezekiel vão levando. Até que Ezekiel decide efetuar uma cruzada secreta para reescrever a história. Sua jornada irá levá-lo por baixo da muralha, para dentro de uma cidade infestada de mortos-vivos famintos, piratas aéreos, mestres do crime e refugiados fortemente armados. E apenas Briar poderá tirá-lo de lá com vida.

Fonte das sinopses: Skoob

Há vários outros títulos além desses, muitos ainda não publicados no Brasil. 

Então é isso. Fica a dica de um gênero muito interessante, muito criativo, e que estimula muito a sua imaginação. Só quem já leu algum livro do gênero sabe do que estou falando. É um mundo totalmente diferente, e quando você é transportado para essa era vitoriana supermoderna, você não quer mais sair de lá. 


6 comentários:

  1. Chefa, super adorei esse post, devo admitir que eu desconhecia mesmo o sentido geral do citado gênero literário. Gostei das dicas, e as capas dos livros possuem, nesses casos, um padrão tão engenhoso, e trabalhado. Gostei muitooooooooooooooooo das dicas!

    ResponderExcluir
  2. Que legal! Eu realmente não conhecia tanto sobre esse gênero e nem o nome dele mas gosto bastante de livros assim e quero ler alguns dessa lista que você citou.
    Beijos
    http://the-universe-of-books.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Agora que comecei a embarcar no gênero e simplesmente amei <3, antes até o nome me assustava lol. Para quem quer começar acho A Sociedade dos Meninos Gênios <3 <3 uma excelente leitura.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  4. Oieee
    Te confesso que não conhecia esse gênero e bem ele não me agrada muito.Não li nenhum desses livros nessa temática e acho que nem leria.
    Mas se cada vez mais as pessoas estão buscando títulos assim,quem sabe eu me renda não é!
    beijos..

    ResponderExcluir
  5. Aaah, finalmente entendi o que significa esse termo!
    Sempre via falarem isso em resenhas mas nunca tinha entendido o que significava, e agora que sei, adorei!
    Acho que leria super de boa alguns desses títulos ^^

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse termo mais SIM sou super fã!!!
    Anjo mecânico <3 Cassandra <3
    Dearly, Departed é um livro bom? estou na duvida de começar a leitura e não mi agrada muito...

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo