terça-feira, setembro 10, 2013

Eu Li: Segredos Revelados - Fern Michaels


Título:
Segredos Revelados
Autora:
Fern Michaels
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar: 
Submarino | Saraiva | FNAC

Kate e Alex Rocket são abençoados com um casamento maravilhoso e uma casa adorável. Apesar de Kate ser incapaz de ter filhos, ela e Alex cuidam de Sara e Emily, as afetuosas filhas de seus bons amigos Don e Debbie Winter, como se fossem da família. Com uma ligação, tudo muda. Sara acusa Alex de um crime hediondo, criando uma briga entre os casais. Em um único momento, a vida deles se tornou um pesadelo sem fim. Kate só pode observar, impotente, enquanto seu marido inocente é condenado e mandado para a prisão. Quando uma tragédia ainda maior acontece, Kate não tem escolha a não ser transformar sua dor em raiva... Quando sua vida está no momento mais obscuro, Kate descobre uma força interior e uma solução arriscada para limpar o nome do marido — e arruinar a vida daqueles que destruíram tudo que ela construiu com Alex. Mas o maior desafio de Kate será vingar Alex sem ter seu futuro perdido — e um novo amor precioso. Enquanto Kate tiver coragem e esperança, talvez ela não perca tudo...

Quando eu peguei esse livro para resenhar imaginava que se tratava de um romance contemporâneo para adultos escrito por uma escritora madura no meio literário, a americana que ama imensamente cachorros e bate um papinho com fantasmas esporadicamente em sua casa, autora essa chamada Fern Michaels.

Comecei a leitura com muita calma para sentir o livro e me apropriar dos detalhes, só que ate a pagina 30, já estava achando que esta história esta mais para um thriller ou suspense, e nessa altura eu comecei a tecer o final na minha mente, e posso afirmar com toda a minha convicção que eu jamais poderia imaginar o final descrito pela autora.

Inicialmente o livro conta a historia de duas famílias amigas, mas sem nada em comum, e que por motivos que ate o final do livro eu desconhecia, criaram o hábito de se reunirem nas férias.A família abastada e louca, na minha humilde opinião, é constituída por Don “o” pai próspero e sem saco para aturar a mulher troféu que escolheu, Debbie a mulher troféu insuportável que em uma passagem do livro chama a filha mais velha de “vadiazinha” e que aceita tudo da filha mais nova, Emyli a filha mais velha e normal do casal, e por fim Sara a filha mais nova, mimada e fisicamente muito avantajada, que adora sobremesas. Esta é a família Winter, que se esforça muito para aparentar ser a família modelo perfeita na vizinhança.

E antagonizando estes citados acima, temos a família Rocket, formada por Alex e Kate, ele é herdeiro único de sua família e comprou o canil da família de Kate, ela é uma chef de cozinha oleira, famosa na região, que ama incondicionalmente seu marido, mas se culpa por não poder ter filhos. O amor entre eles é tão romântico e verdadeiro.

Ate a metade do livro eu continuava pensando assim, entre possíveis mentiras, história mal contadas, muitas, muitas mesmo pontas soltas... E em meio a um julgamento em que o advogado do acusado ganhou 25 mil dólares para fazer uma defesa “mal e porcamente”, eu me vi tendo que desconstruir o final que eu já avistava no livro. E decidi continuar a ler o livro pensando desse jeito: NÃO SE APEGUE AS PERSONAGENS, QUALQUER UM DELES PODE SER O CULPADO, ATE QUE A AUTORA PROVE O CONTRÁRIO. Isso me ajudou a devorar o livro para saber o que de fato tinha acontecido com o Alex Rocket.

Gente esse livro é muito cheio de perguntas sem respostas ate o final, e você se aflige com as reviravoltas da autora que adora assustar a gente com um novo fato. Outro ponto importante da narrativa é a rápida passagem de tempo que a autora faz. Em um capitulo se passaram três meses, cinco capítulos depois se passaram sete anos. E o que é surpreendente é que a autora não se perde na narrativa e aparentemente não toma partido de personagem nenhum. Eu definitivamente me surpreendi com o livro.

Enfim, quando eu terminei de ler o livro eu estava envolta em muito mistério, segredos, injustiças... E tenho de admitir a autora se superou na conclusão do livro, a meu ver nenhuma ponta solta, inicio, meio e fim escritos linearmente.



Anne Magno Sou uma Assistente Social formada, especializada e apaixonada pelo assunto Família, e que adoro trabalhos voluntários. Na verdade sou uma apaixonada por muitas coisas tipo: doramas (coreanos por favor ^^, o meu favorito é Devil Beside You!!!), filmes, series de TV...mas nenhuma dessas paixões supera o meu amor por livro. Faço parte da comunidade Bookaholic com muito orgulho, e não tenho o habito de desistir de leituras. Os dois gêneros literários que mais leio são: romances (épicos) e/ou sobrenaturais (em especial os de vampiro).

4 comentários:

  1. Eu amo Criminal Minds e em uma resenha que li a resenhista fez uma compraração sobre este livro com essa série, mas por mais que eu ame uma coisa é assistir ao seriado e outra coisa é ler um livro que segue esse padrão. Eu não curto livros assim. Eu uma garota muito romantica para livros desse gênero. Eu sou do tipo que curte aquele verdeiro romance açucarado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poison Girl,
      Olha não consigo ver esse livro como uma serie, e sou aficionada em Bones, Alias, e outros...mas não consigo ver esse livro como serie não! Pelo menos ainda não!
      Eu também sou muito ´´orgulho e preconceito`` da minha vida para sempre, e se você for ver minha estante do skoob vai ver horrores deles...rsrsrs...mas eu me permiti ler esse livro que é diferente do meu gênero literário mather...e eu gostei de toda essa intriga e vingança, e também tem romance a pitadas... foi uma boa surpresa! Para descontrair um pouco da minha saga alucinante a romances épicos esse mês! #ficaadica!

      Excluir
  2. Nossa, a curiosidade aguçou. O livro parece ser muito confuso, mas... 5 estrelas? Hm, confio no teu bom gosto, Anne.
    Vai pra lista!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Eu segui a dica da Bianne e comecei a ler esse livro e quem disse que eu consegui parar, faltando minutos para fazer check in para o RJ e eu não largava o livro, e a minha prima aqui na fila para ler também e toda aflita, sem saber se eu levava o livro ou se eu deixava para ela ler...kkk...mas valeu sim as 5 estrelas!
      Beijos!

      Excluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo