segunda-feira, junho 17, 2013

Eu Li: Panaceia - Georgette Silen


Título:
Panaceia
Autora:
Georgette Silen
Editora:
Giz Editorial
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

As surpresas de Lázarus não terminaram com as incríveis revelações ou com a fuga alucinada de Laura, obrigada a se separar daqueles que ama e sacrificar sua felicidade. Ao contrário, em Panaceia a história ganha um fôlego intenso, repleto de enfrentamentos, conflitos e decisões dramáticas.
Nesta emocionante continuação da saga, descobrimos como o sangue pode conter tanto vida quanto maldição e que a busca pela cura é ao mesmo tempo arma e bênção. A narrativa saborosa faz de Panaceia uma história que vai acelerar a pulsação daqueles que ainda a possuem, enquanto os conduz a uma viagem por lugares fantásticos e paisagens deslumbrantes. Uma incursão deleitosa por mitos e crenças diferentes que envolverão o leitor, prendendo-o numa verdadeira teia de ações e palavras, aliada a personagens envolventes e cheios de mistérios. Sangue, aventura, angústia, esperança e romantismo, uma mistura que certamente vai pregar seus olhos nas páginas desse livro escrito pelas mãos habilidosas de Georgette Silen. Divirtam-se e, para aqueles que têm crise de ansiedade, boa sorte!


Quem inicia a leitura de Panaceia já sabe que precisa estar psicologicamente preparado para reviravoltas, drama, ansiedade e mini ataques cardíacos e histéricos. Isso por que Lázarus foi uma aventura de tirar o fôlego, e seu final nos deixou com muitas perguntas na cabeça e muita ansiedade para saber o que seria de Laura, Robert, Clementine, Carlo, e Cia.

Panaceia já começa eletrizante. Uma morte misteriosa e depois a apresentação de um personagem brasileiro que não sabemos direito em que parte da estória se encaixa. E aí as coisas vão começando a acontecer e se juntarem em mais uma trama muito digna de elogios, com direito a novos vampiros, novas alianças, mais mitologias super interessantes envolvendo vampiros, inclusive mitologias envolvendo a Amazônia, o que eu achei super demais.

Claro que nossos antigos amigos não são abandonados, e enquanto Laura continua em sua fuga aqui no Brasil e descobre aspectos cada vez mais curiosos sobre a cura da panaceia, Robert, Clem e os outros estão à sua procura e enfrentando as consequências dos planos de Avelar, cuja maldade e ambição parecem não conhecer limites.

Mais uma vez a Georgette me encantou com sua escrita, com a narrativa, com a riqueza de detalhes e com sua habilidade de trançar tramas complexas, mas totalmente bem encaixadas e sem furos. Foi possível conhecer mais a fundo alguns personagens e suas lendas, além de mergulhar totalmente na estória, a ponto de deixar de dormir para continuar lendo. Claro que o fim foi do tipo ‘Nãaaaaaaaaao!!! Não pode acabar agora!!’ o que meu deu uma vontade básica de esganar a autora, mas não posso fazer isso enquanto os outros dois livros não forem lançados.

Por sinal Nênia, o terceiro livro, não será publicado rápido o bastante. Tem muita coisa inacabada e imagino que muitas outras coisas legais ainda vão acontecer. A estória tem tudo para ser melhor ainda que Lázarus e Panaceia. Aaaaaaah ansiedade que não me deixa.



4 comentários:

  1. Já tinha visto esse livro mas só de capa, nem vi a sinopse ou resenha dele.
    Me pareceu ser bom, pelo que vi é uma boa trama mesmo. E já gosto de livros assim, então seria uma boa dica de leitura.

    ResponderExcluir
  2. Quando comecei a ler essa postagem e percebi que essa resenha é de uma continuação, fui na caixinha de pesquise e procurei pela resenha do primeiro livro, uma ótima - empolgada - resenha por sinal. E ao voltar para ler essa resenha me senti muito mais por "dentro do livro" e de quebra descobri algumas coisas relativas ao primeiro livro. O complicado das séries é ficar aguardando as continuações. Acho que vou esperar que todos os livros sejam lançados e aí sim eu começo a mergulhar em toda essa mitologia.

    ResponderExcluir
  3. Tenho Lazarus há um tempão e ainda não li, lembro que comprei ele na empolgação de uma resenha no IC :) E como gosto bastante de autores nacionais eu não penso duas vezes na hora de adquirir livros deles \o/
    Sua resenha da continuação está empolgante e quando eu terminar O Último Mensageiro irei ler o primeiro volume, obrigada por me lembrar dele ^^
    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Olha nunca li nenhum da Georgete ... adorei a resenha e fui procurar sobre o primeiro livro... pra me inteirar né, nossa fiquei super empolgada em ler, porque a historia parece ser muito boa, dessas que prendem a atenção...

    Beijos

    Franciele Alves

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo