quarta-feira, junho 19, 2013

Eu Li: Abandono - Meg Cabot


Título:
Abandono
Autora:
Meg Cabot
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Pierce tem dezessete anos de idade e sabe o que acontece quando morremos. É assim que ela conheceu John Hayden, o misterioso estranho que fez ela voltar a vida normal — ao menos a vida que Pierce conhecia antes do acidente — quase inacreditável. Embora ela pense que escapou dele — começando em uma nova escola em um novo lugar — confirma-se que ela estava errada. Ele a encontra. O que John quer dela? Pierce acha que sabe… também acha que ele não é um anjo da guarda, e seu mundo sombrio não é exatamente o céu. Mas ela não consegue ficar longe dele, especialmente porque ele está sempre lá quando ela menos espera, exatamente quando ela mais precisa. Mas se ela deixa cair qualquer coisa, ela pode se ver no lugar que ela mais teme. E quando Pierce descobre uma verdade chocante, sabe de onde John a salvou: o submundo.


Meg é a autora de uma de minhas séries favoritas, A Mediadora, e tem um lugar especial no meu coração. Já me diverti muito lendo suas estórias, e me identifiquei com muitas de suas personagens, como a Suze, de A Mediadora, a Jess, de Desaparecidos, a Lou, de Ela Foi Até o Fim, entre outras. A ideia de fazer uma releitura da lenda de Hades e Pérsefone, uma das histórias que mais me interessa da mitologia grega, me interessou de primeira. Pena que o livro não superou as minhas expectativas.

Pierce é uma jovem de dezessete anos que não tem um passado muito comum, isso por que ela passou por uma Experiência de Quase Morte. Quando tinha quize anos ela sofreu um acidente e tecnicamente morreu afogada. Bem, nem todo mundo que passa por uma EQM vai até o mundo inferior e tem a chance de conversar com o ‘chefe’ do local, John, um rapaz de feições marcantes, muito alto e forte, e com temperamento rude e violento. Também não é todo mundo que consegue impressionar esse senhor do mundo inferior a ponto de receber dele um colar que protege do mal. Mas ela não quis viver sua eternidade com ele e fugiu de lá, voltando à vida no mundo real.

Agora quase dois anos depois a vida dela é tudo menos normal. E quando ela reencontra John as coisas não parecem que vão ficar melhores não. Eles não se esqueceram, isso é óbvio, mas o que será que pode surgir dessa relação?

Eu estava gostando muito no começo, estava muito empolgada por finalmente estar lendo essa estória.  Porém conforme a leitura foi avançando eu fui perdendo um pouco da empolgação. É por que eu achei a estória por vezes confusa, onde a autora começava determinados braços da estória, mas não dava seguimento a eles, deixando para voltar a citá-los mais lá na frente. Eu também não me identifiquei muito com os personagens. Eu gostei do John e sua faceta mal encarada e violenta, por isso mesmo não gostei do modo como seu temperamento foi amenizado mais para o final.

A parte que se relaciona com a mitologia é legal, apesar de pouco aprofundada. O mais legal de tudo é que podemos ver a Meg por trás das linhas. É aquela linguagem familiar para os fãs, com o mesmo tipo de narrativa, e mesmo eu não estando totalmente envolvida pela estória, mesmo assim eu ainda queria chegar ao final logo, para saber o que ela ia aprontar com os personagens e qual seria o gancho para o próximo livro, que é uma trilogia. Não é o livro perfeito para quem nunca leu nada da Meg Cabot, pois a impressão pode não ser das melhores, mas os fãs vão gostar, mesmo que não tanto quanto poderiam.


5 comentários:

  1. A Meg também é uma das minhas autoras favoritas, adoro a série da Garota Americana. Já tinha visto por aí sobre o lançamento desse livro, mas quando vi que era uma série nem procurei saber do que se tratava a estória (estou fugindo de séries). Depois de ler a sinopse e sua resenha fiquei curiosa, afinal adoro mitologia grega, mas vou esperar que toda a série seja lançada para ter uma melhor noção do que esperar.

    ResponderExcluir
  2. Tinha gostado desse livro. Pelas resenhas que vi gostei da história e queria ler, mas gosto é de cada um não é. As vezes agradas, outras não, outras não passam de bom...Ainda acho bem bom e quero ler, mas só lendo pra saber o que vou achar, se concordo ou não.

    ResponderExcluir
  3. ai não creio... eu adoro a Meg e tava louca por este livro pq envolve Meg , Mitologia e romance, mas brochei na hora que li a sua resenha ... vou deixar pra ler bem mais pra frente... até pq é uma série... vou esperar lançarem o proximo pra ver como ta ...

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Tenho um caso de amor e ódio com a Meg Cabot ahahah um dos problemas que vejo em seus livros (Não me entenda mal, adoro a escrita dela... é divertida) mas sinto que ela quer falar de tudo e no final não fala de quase nada :P O meu interesse nesse novo livro dela era justamente essa questão da parte mitológica (pena ter sido pouca aprofundada), achei interessante o romance de Abandono rsrs quem sabe eu não goste? Não custa nada colocar na lista ^^
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu amo a Meg Cabot, todos os livros dela são maravilhosos e esse com certeza não vai ser diferente!

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo